maio 31, 2006

Caminhos-24

Publicado por castafiore às 11:55 PM | Comentários (6)

maio 30, 2006

Lado a lado

Em Santos.

Publicado por castafiore às 12:02 AM | Comentários (0)

maio 29, 2006

O princípio do fim de um lobby

Com as medidas propostas pelo Governo para alterar as regras de funcionamento das Farmácias, parece-me que o meu Ministro preferido, volta a marcar pontos. Correia de Campos agarrou este dossier logo de início e não o largou. Apesar do PCP e do Bloco de Esquerda se terem mostrado muito cépticos aquando da apresentação destas medidas no Parlamento, na passada sexta-feira, com medo do que possam ter sido as eventuais contrapartidas à Associação Nacional de Farmácias, a verdade é que o pacote apresentado parece muito bom.

Vamos lá ver se quando o passarem à prática se mantêm as boas intenções:

1 - Fim da propriedade exclusiva de farmacêuticos. Qualquer um passa a poder ser proprietário de uma farmácia, mantendo-se a exigência de um farmacêutico como director técnico, com mais autonomia.

2 - Médicos, empresas de indústria farmacêutica ou de distribuição grossista de medicamentos não podem ser proprietários de farmácias.

3 - O n.º de farmácias que pode ser detida por um único proprietário passa de 1 para 4.

4 - Os hospitais terão farmácias de portas abertas ao público durante 24 horas/dias, todos os dias do ano.

5 - Abertura de 300 novas farmácias (distância mínima entre farmácias reduzida de 500 para 350 metros; capitação para abertura de nova farmácia baixa de 4000 para 3500 pessoas; onde não exista nenhuma farmácia num raio de 2 kms. pode sempre abrir uma nova farmácia independentemente da capitação).

6 - Horário de funcionamento mais alaragado.

7 - Proibição de cobrar taxa de urgência ao cliente.

8 - Novo serviço a prestar aos utentes: venda pela Internet, serviço ao domicílio, venda de produtos veterinários, de meios auxiliares de diagnóstico e terapêutico.

9 - Possibilidade de praticar descontos: em vez de preço fixo os remédios passam a ter um preço máximo recomendado.

10 - Certos medicamentos passam a poder ser vendidos avulso.

11 - Médicos passam a receitar medicamentos não pelo nome da marca mas pelo nome da susbstância activa que os compõe.

12 - Novo modelo de receita médica retira ao farmacêutico a possibilidade de substituir os medicamentos sempre que o médico não o proiba explicitamente.

13 - Em caso de substituição: o farmacêutico tem sempre de entregar ao cliente o remédio mais barato. Se não o tiver disponível, será a farmácia a pagar a diferença.

Publicado por castafiore às 10:01 PM | Comentários (2)

maio 28, 2006

Teia ... de aranha? - 10


Publicado por castafiore às 09:40 PM | Comentários (2)

maio 27, 2006

Novo espanto

Ontem de manhã ouvi uma sondagem do DN - Marktest, transmitida pela TSF que revelava 2 situações, para mim, extraordinárias:

- O Ministro menos popular do Governo é, este mês, Correia de Campos. Por acaso, até é dos ministros que mais obra está a fazer, mas, claro que para o Zé Tuga é imperdoável obrigar um filho de Barcelos a nascer em Lamego, ou um descendente de Chaves a ter de vir à luz em Braga... Razões de peso, portanto, e que tanto justificam essa impopularidade...

- Por outro lado, e pelo 2.º mês consecutivo, o Ministro mais popular é Freitas do Amaral... Cada vez que abre a boca sai asneira, cada comentário que faz é uma desgraça, a imagem que transmite da diplomacia do país é patética e a sua actual paixão surda e totalmente a despropósito pelos países arábes é, no mínimo, inexplicável, mas, pelos vistos o Zé Tuga acha que assim é que se é um bom ministro...

Nada disto abona muito a favor das mentalidades nacionais...

Publicado por castafiore às 01:01 PM | Comentários (3)

maio 26, 2006

Campo Pequeno


Publicado por castafiore às 11:39 PM | Comentários (6)

maio 25, 2006

Cow Parade - 3

Praça Duque de Saldanha

Publicado por castafiore às 11:49 PM | Comentários (3)

maio 24, 2006

Aulas de bom comportamento num museu

No sábado passado, aproveitei ser dia mundial dos museus, estar um dia bonito, estar perto de Santos, e fui revisitar o Museu Nacional de Arte Antiga. Aproveitei também para ir conhecer a extraordinária colecção temporária de pintura que estará em exibição até Setembro e que é a Colecção Rau.

A afluência era enorme e isso deixou-me contente. Adultos, hippies, adolescentes com ar bem comportado, turistas, punks, artistas, pessoas mais velhas, deficientes visuais, crianças... Era só escolher... Fiquei surpreendida, mas agradavelmente surpreendida... Nem parecia que se estava em Portugal. Tanta e tão diversa gente a visitar uma exposição tão recente em termos de exibição...

Mas... Mas depois comecei a suspeitar que muitos estariam ali mais por uma questão de show-off e de "politicamente correcto" do que outra coisa qualquer... Senão, vamos lá a reparar nestes pequenos detalhes:

- Proibição de entrar com os telemóveis ligados não existia...
- Indicações para não tirar fotografias com flash era pura ficção e até doía ver aquelas flashadas à queima roupa nas telas renascentistas, sob o olhar impávido e sereno dos funcionários...
- Crianças insuportáveis e completamente malcriadas e selvagens a brincar "à apanhada" e a derrubar os pins que limitavam a área de proximidade das obras e até a tocar nos quadros perante o olhar condescente dos imbecis progenitores.
- Casais novos com um ar pseudo-moderno, vestidos de marca de alto a baixo, a condizer um com o outro e com a respectiva prole, a discutir em voz altissíma se o quadro em questão era aquele sobre o qual tinham feito um filme com aquela actiz muito gira, ou não...
- E, o apogeu máximo, um fulano todo vestido de logotipos dos pés à cabeça, rematados por um blaser vermelho com botões dourados cuja etiqueta da loja nem sequer tinha sido retirada e que atendeu uma "importantissíma" chamada de telemóvel (topo de gama, claro...), respondida literalmente aos berros, e que se prolongou pelo menos por 10 minutos, sobre as vantagens de uma aparelhagem audio para um BMW descapotável, muito cara mas "muita" boa, que ia dar "ganda estilo à máquina" e deixar "os outros gajos - e, claro, as gajas - de boca aberta"... E ninguém (a não ser eu e mais 2 ou 3 pessoas) o mandou estar calado ou ir atender a chamada para a rua...

Bem vindo a um museu português, absolutamente livre e democrático e em que a selvajaria convive lado a lado com a pseudo-cultura. Porque é que isto tem de ser assim...???

Publicado por castafiore às 10:16 PM | Comentários (2)

maio 23, 2006

Telhados de Lisboa


Publicado por castafiore às 01:06 AM | Comentários (5)

maio 22, 2006

Cow Parade - 2

Esta está na Praça de Londres.

Publicado por castafiore às 11:58 PM | Comentários (1)

maio 20, 2006

Surrealismo puro

Apenas 3 dias depois da inauguração da exposição da Cow Parade, uma das vacas em exibição, mais concretamente, a vaca Cowpyright, uma das 2 localizada no Campo Pequeno foi roubada! Exactamente! Roubada, durante a noite, por um grupo de pessoas que foram avistadas por um taxista.

Este chamou a polícia mas quando chegaram ao local, nem vê-la. Foram difundidos apelos para que o objecto fosse devolvido ainda que danificado, pois a sua reparação seria sempre possível, e haveria que considerar que se trata de um objecto integrante de uma exposição.

Ontem, 6.ª feira, após 48 horas desaparecida, a vaca em questão foi recuperada em Queluz e aguarda-se que volte a ser colocada em exposição!

Surreal, tudo isto!

Publicado por castafiore às 01:03 AM | Comentários (1)

maio 19, 2006

Será coincidência...???

Hoje estava convocada mais uma greve dos funcionários públicos membros da CGTP. Desde que o Governo tomou posse, esta é talvez a 5.ª ou 6.ª greve da Função Pública, e, que me lembre, apenas uma não foi convocada para 6.ª feira à tarde...

Apesar de implicarem perda de vencimento, as faltas dadas por motivo de adesão à greve sempre são justificadas e como de facto ninguém controla se o funcionário vai para a "manif" ou simplesmente começa mais cedo o fim de semana....

Talvez mudar o dia das greves senhores sindicalistas...???

Não é por nada, mas também convém aparentar alguma seriedade...

Publicado por castafiore às 11:44 PM | Comentários (2)

O 1.º genocídio do séc. XXI

O Darfur é uma região do Sudão, o maior país africano, e tem, por si só, uma dimensão equivalente a França.

Há já algum tempo, mas com especial enfâse nos 2 últimos anos, decorre naquela zona um processo brutal e desumano em que milhares de pessoas vivem em condições que poucos de nós podem imaginar e sobrevivem a situações que muitos não imaginam sequer serem possíveis.

São cometidas diariamente atrocidades indiscritíveis contra populações indefesas de homens, mulheres, crianças, idosos. Violações, mutilações, sequestro, são algumas das versões, ainda assim, mais suaves do que ali acontece.

Forças militares apoiadas pelo Governo daquele país desalojaram cerca de 2,5 milhões de pessoas nos 2 últimos anos. Centenas de milhares morreram como vítimas dos ataques, torturas, doenças e fome. Apesar de não existirem números oficiais para calcular uma estatística rigorosa, a estimativa é que as vítimas diárias ascendam a 500 pessoas.

Daqui, de longe, poderemos não conseguir fazer muito, mas se difundirmos o que se passa, se apontarmos o dedo e acusarmos em voz alta os responsáveis, se os chamarmos pelos seus nomes a um e um, se criarmos um movimento, se a nível internacional for feita a pressão certa ... se com isso conseguirmos salvar 1 pessoa ... já valeu a pena.

Entre muitos outros sites com informação disponível na net, podemos saber mais aqui. E passar palavra! Urgentemente! Porque logo, ao fim do dia, já terão sido assassinados outros 500...

Publicado por castafiore às 01:15 AM | Comentários (2)

maio 18, 2006

O fumo de Sócrates

"É preciso admitir: o Governo de José Sócrates, de facto, não deixa as coisas pela metade. No avião fretado que levou ministros, empresários e jornalistas a Angola, foi aproveitado um buraco nas leis de aviação que permitiu que se fumasse a bordo. Mas os passageiros não se limitaram a dar umas passas - transformaram o avião numa chaminé com asas. E só pararam quando, no regresso, um assessor do primeiro-ministro se sentiu mal e precisou de receber oxigénio a conselho médico.

José Sócrates sabe que este episódio não é um detalhe. Ou melhor: sabe que é um detalhe, sim - e que os detalhes são muito importantes em política. Foi por isso que se deu ao trabalho de encenar o detalhe do jogging nas ruas de Luanda. Foi por isso que se deu ao trabalho de anunciar o detalhe das 333 (e não 332 ou 334) medidas "simplex" contra a burocracia. Foi por isso que se deu ao trabalho de aparecer nas cerimónias de comemoração do 25 de Abril com o detalhe do cravo vermelho ao peito.

Em política, os detalhes são importantes porque funcionam como símbolos.

E o detalhe de um Governo a fumar descontroladamente a bordo de um avião é um símbolo poderoso de duas coisas. Primeiro, de que este Executivo não leva a sério o combate ao tabagismo, apesar de ter sentido a imperiosa necessidade de mudar a legislação há pouco tempo e de impor proibições violentas aos fumadores não ministros. Depois, de que, por mais restritivas que sejam as leis, é sempre possível contorná-las, principalmente se se tem alguma força política ou económica e muita falta de pudor.

Grande parte do poder de José Sócrates, que gosta que o vejam como um guerreiro solitário contra interesses poderosos, é este: ele não é apenas sério, parece sério. Quando permite que numa viagem os ministros que estão à sua volta usem um estratagema para ganhar privilégios que nenhum português tem, deixa de parecer sério e passa a parecer, simplesmente, igual aos outros, o que, para ele, é tão fatal como um cigarro."

(Editorial da Direcção da revista Sábado, 4 de Maio de 2006)

Publicado por castafiore às 11:58 PM | Comentários (0)

maio 16, 2006

Cow Parade

A 1.ª que vislumbrei, em plena Praça de Londres. No próximo sábado vou de mapa em punho fazer cow hunting pela cidade...

Publicado por castafiore às 12:22 AM | Comentários (4)

maio 15, 2006

E vai mais uma...

... morte de mais uma criança aos cuidados da Comissão que supostamente protege os menores em risco. Como a principal preocupação destes técnicos é não cortar os laços com a família biológica, desta vez foi uma rapariguinha de 12 anos violada e esquartejada pelo tio, quando foi devolvida à família para ser acompanhada pela mãe a uma consulta médica...

Fazem bem estes técnicos em achar que o acompanhamento pela família de origem é importante, pois realmente são essas famílias as mais eficientes em assassinar as crianças...

E como se tem provado que é uma metodologia de sucesso, parece-me que fazem bem em manter essa orientação...

Não vale a pena dizer mais nada, a não ser que essa Comissão mete nojo. Quanto aos assassinos... simplesmente inqualificáveis...

Estamos todos de luto! Mais uma vez!

Publicado por castafiore às 11:25 PM | Comentários (3)

maio 13, 2006

Hotel Guadiana


Publicado por castafiore às 11:53 PM | Comentários (4)

maio 12, 2006

A Igreja e o sexo

"As religiões devem assumir-se como uma utopia do Bem, defendendo os princípios mesmo em situações-limite, ou devem saber moldar-se às circunstâncias da vida dos crentes e à evolução da espécie humana, seja lá o que isso for?
Como sabemos, as duas vias degladiam-se no interior de todos os credos. Na Igreja Católica, por exemplo, todas as questões ligadas ao sexo têm merecido prudência em excesso. Se a SIDA fosse uma doença da idade média, como a sífilis e outras, seria com certeza um pecado devido à fornicação. Hojé não será bem assim, mas sabe-se como o tolerante e ecuménico João Paulo II recusou sempre qualquer transigência em relação ao preservativo, à discussão da reprodução artificial assistida ou a outros temas polémicos e fracturantes. Até por isso, Bento XVI surpreende. A Igreja portuguesa já aconselha o preservativo como uma elementar precaução quanto às doenças e mesmo o Vaticano vai em breve começar a necessária discussão teológica sobre outras matérias delicadas. São passos aparentemente pequenos, mas que, adaptando uma frase do astronauta Neil Armstrong, são gigantescos para a Igreja. E são bem-vindos."

(João Marcelino, Director editorial da revista Sábado, in Sábado de 4/05/2006)

São mesmo muito bem-vindos! Finalmente será que vamos ter uma Igreja inteligente e acabar de vez com o obscurantismo?

Publicado por castafiore às 11:52 PM | Comentários (2)

maio 11, 2006

Refrescar é preciso!


Publicado por castafiore às 11:46 PM | Comentários (3)

maio 10, 2006

Desemprego - os números não mentem

Pela primeira vez desde a sua adesão à União Europeia, Portugal tem prevista uma taxa de desemprego superior à média comunitária, com a indicação que a mesma atingirá, em 2007, 8,3% da população activa...

Publicado por castafiore às 12:39 AM | Comentários (2)

maio 08, 2006

Pescaria


Publicado por castafiore às 11:15 PM | Comentários (1)

maio 05, 2006

Despojos do mar


Publicado por castafiore às 12:15 AM | Comentários (2)

maio 04, 2006

O verão todo num só dia

Tavira, no fim de semana passado.

Publicado por castafiore às 12:30 AM | Comentários (6)

maio 03, 2006

Operação Primavera

14 mortos na estrada em 3 dias!

Não vale a pena dizer mais nada, pois não...???

Publicado por castafiore às 12:09 AM | Comentários (5)

maio 02, 2006

Melhor mesmo que ser magra...

Publicado por castafiore às 12:12 AM | Comentários (8)