novembro 19, 2008

Leão não come leão

O interessante de se notar nessa recente crise que abala os mercados financeiros mundiais é a atitude dos governos. Todos sabem que a razão da crise é a incapacidade dos tomadores de empréstimos imobiliários nos USA de honrarem as suas dívidas.

Para socorrer o sistema o governo usa o dinheiro do povo, dinheiro público, ficando com os chamados "títulos podres", e sem garantias de que um dia irá ser ressarcido desses valores.

Os tomadores dos empréstimos perdem as casas (pelo não pagamento do empréstimo hipotecário), o governo (leia-se, o povo) perde o seu dinheiro e aqueles que agiram irresponsavelmente na concessão dos empréstimos saem beneficiados.

Eu pergunto: porque não socorrer os tomadores dos empréstimos diretamente? Inclusive pela possibilidade de só ajustar o valor das prestações de modo que pudessem continuar pagando normalmente as suas dívidas?

Parece que o governo só existem para proteger os poderosos...

Publicado por opiniario às 11:02 AM | Comentários (0)

junho 17, 2008

Renovadas Esperanças

Terminei o ano passado - e nisso concluo que faz muito tempo que não apareço aqui no Opiniário - falando de esperança em relação ao regime venezuelano - ou para ser mais preciso, em relação ao povo venezuelano.

Falei da vitória do "não" que sepultou - ao menos até agora - as pretensões totalitárias do companheiro Chávez. Hoje começo escrevendo sobre "Renovadas Esperanças" para a América Latina.

Esse post serve, igualmente, para constatar a importância do velho caudilho e ditador, Fidel Castro. Constato que com a sua retirada - mesmo que parcial do cenário, novos ares começam a soprar no continente.

E isso é reconhecer a sua - forte e maléfica - influência no continente. Desde que "el viejo comandante" se retirou, algumas mudanças começaram a ocorrer em Cuba. Nenhuma concessão especial, já que o regime continua a ser dirigido pela dinastia castrista, com o irmão de Fidel, Raul Castro, ocupando o poder na ilhota.

Dizem as más línguas que esses "novos ares" são o reconhecimento do fracasso do regime cubano na economia. Como ficaria incômodo que Fidel reconhecesse o fracasso, afastou-se do poder e deixou o pepino para o irmão Raul. Não duvido.

A última boa nova foi esse pedido de Chávez, para que as FARC, a guerrilha colombiana, solte os reféns seqüestrados e deponha as armas!

Publicado por opiniario às 03:43 PM | Comentários (0)

dezembro 03, 2007

Esperança

Devo confessar minha surpresa com o resultado do plebiscito na Venezuela. Essa inesperada - ao menos para mim - e surprendente vitória do voto "nao" manifesto pela população nas urnas, me enche de esperança, na medida em que constato que o povo daquela país ainda preza a sua democracia.

Na prática, este voto "não" derruba as pretensões totalitárias de Hugo Chávez, candidato a títere, e a ditador sul-americano. Acredito que a força da igreja católica se fez sentir no resultado do pleito - e não é por outro motivo que as religiões são tão detestadas pelos comunistas/ditadores.

Vencer um governo populista - na pior acepção da palavra - não é tarefa fácil! Ainda há esperança, inclusive para o nosso Brasil!

Publicado por opiniario às 05:48 AM | Comentários (0)

maio 28, 2007

Mais um escândalo

Hoje o presidente do senado brasileiro ocupará a tribuna para fazer a sua defesa da acusação de corrupção que lhe fez uma revista de circulação nacional.

Se certo é que a ele deva ser dada a presunção de inocência que todos merecem - até que se prove em contrário -, não deixa de ser desanimante ver mais um escândalo espocar no país.

Pior de tudo é saber que - independente do que vier a ser provado ou não no caso - nada vai mudar, se culpado não será o primeiro e - pior - nem o último.

Não faz muito tempo tivemos um presidente do senado e outro da camara federal afastados dos seus cargos por corrupção. Adiantou? Tivesse adiantado não estariamos revivendo a cena...

Publicado por opiniario às 03:55 PM | Comentários (1)

maio 23, 2007

Descendo a ladeira

Em matéria de ética, continuamos como sempre, descendo a ladeira. Estou sendo, é claro, modesto, a grande verdade é que, mais do que descer uma ladeira, continuamos caindo num buraco que parece não ter fim. As manchetes dos jornais estampam a cada dia uma notícia mais escabrosa do que a anterior. Quando você achou que já tinha visto tudo, se surpreende com uma novidade pior.

Muitas vezes você nem acredita na capacidade do país em suportar o golpe. A corrupção é um trabalho de formigas saúvas, aquelas que dia e noite atacam as plantações devastando tudo. A capacidade dos cofres públicos em alimentar esse bando de formigas assaltantes é notável. Os cofres suportam um ataque continuado praticado, ao que tudo indica, por milhares.

A corrupção é vasta, ampla e irrestrita. Está presente em todos os níveis, em todas as esferas do poder público. Basta haver algumo forma de enriquecimento ilícito com o dinheiro do erário público e lá estão presentes as formigas assaltantes. Até quando?

Publicado por opiniario às 07:43 PM | Comentários (0)

maio 01, 2007

Dia do trabalho

Comemoramos um dia do trabalho triste, com poucos empregos. Fruto de uma economia que cresce pouco - embora a propaganda seja a de que cresce muito -, há pouco o que comemorar nesse primeiro de maio.

Dizem os adeptos da globalização, cujos efeitos só favorecem o capital, as indústrias, que o nosso trabalho está excessivamente regulamentado pelo setor público, dificultando as contratações.

Difícil aceitar essa tese em uma economia em que 53% dos trabalhos se acham na indústria informal, ou seja, sem nenhum tipo de regulamentação governamental - e que parece haver uma omissão governamental nesse campo.

Não há como competir globalmente com o trabalho escravo na China, ou por acaso é isso que esperam os nossos capitalistas?

Publicado por opiniario às 07:51 PM | Comentários (0)

abril 14, 2007

Os Abrilinos

Nutro uma certa simpatia pela dor dos Abrilinos, divido a dor deles. Não creio, embora tudo seja possível, que um Abrilino tenha orgulho, carregue com alegria e satisfação o seu nome, creio que ser um Abrilino é carregar uma cruz onomástica.

Poderia ser pior? Sempre, tudo sempre pode ser pior. Nesse departamento há uma pasta preta de onde pode sair as maiores barbaridades. Não é à toa que existe uma vastidão de listas com os piores nomes do mundo.

Não fiquem tristes, Abrilinos! Isso é coisa de menor importância, afinal, para que servem os apelidos?

Publicado por opiniario às 04:30 PM | Comentários (0)

março 27, 2007

Feliz Ano Velho? Ou Novo?

Custo a voltar ao meu blog, coisa de quem tirou férias maiores do que a média. Dizem aqui no Brasil que ano só começa depois do carnaval, a julgar por isso, o ano começou há pouco tempo.

Nesse dois mil e sete não se espera nada diferente de dois mil e seis, o número do ano, talvez, a única diferença. Estamos começando um ano com mais dos mesmos, ou continuamos com o mesmo governo fraco da gestão anterior.

Agora o IBGE, nosso Instituto de medidas e pesquisas geográficas, resolveu modificar as regras de cálculo do Produto Interno Bruto do país. Como se a mudança no papel pudesse refletir alguma coisa na realidade - triste...

Publicado por opiniario às 12:59 AM | Comentários (0)

dezembro 30, 2006

Contagem regressiva

De dias, daqui há pouco estaremos a poucas horas do novo ano, nessa contagem regressiva que separa o novo do velho. Acreditar nas promessas que vêm embutidas com o ano novo é outra coisa. Mal não faz, entrar nesse jogo de ilusão do calendário, onde uma fração do segundo separa o mesmo tempo do tempo, o velho do novo, o que está morto daquele que promete uma nova vida, um renascer.

Como disse, mal não faz, apesar de ir contra a minha pouca fisíca, entremos nesse jogo, nessa magia do calendário, dizendo que "daqui pra frente tudo será diferente". Será?

Publicado por opiniario às 08:46 PM | Comentários (0)

dezembro 24, 2006

Magia de Natal

Quando o natal fizer a magia de que ninguém passe-o sem uma passa a lhe faltar; quando o natal fizer a magia de nenhum filho sem um lar; quando papai noel não fizer distinção entre ricos e pobres; quando o sentido do natal não for essa "fraternidade plástica", esses sorrisos de bocas para expor perfeitas dentições ou dentaduras; quando esse velho crápula se lembrar de que verdadeiros reis estiveram numa estrebaria; quando tudo o mais fizer sentido, aí então fará sentido se comemorar Felizes Natais.

Publicado por opiniario às 05:24 PM | Comentários (0)