junho 08, 2004

Ser ou não ser

Quando remo para fora, em busca das ondas, não sei se estou a ir ou se estou a voltar. Não sei se parto, se regresso. Não sei onde e o quê, afinal, é a tal "terra firme". Sei que na tentativa de definir esses quase indefiníveis momentos, em busca e à espera das ondas, acabo por me lembrar sempre dum simples, mas muito bonito, momento em forma de interrogação, do Pedro Cezar, um poeta carioca que o Júlio Adler não se cansa de lembrar e de dar a conhecer, por exemplo, no seu blog.

Um surfista olhando as ondas, está vendo, ou está sendo?

Pedro Cezar

MCG


Publicado por manuel castro em junho 8, 2004 08:23 PM
Comentários