junho 01, 2004

O Futuro

Hoje podia ser só mais um dia normal ou mais uma efeméride como tantas outras, mais um daqueles slogans que se projectam numa data para nos lembrarmos dos "outros". Neste caso não é, trata-se simplesmente de valorizar, preservar e proteger o melhor que a vida tem. O amanhã, o futuro. Hoje é o Dia Mundial da Criança.
E a vida, que cada vez mais sinto como onda monstruosa e imparável, em constante formação e mutação, com uma força infinitamente maior pela qual ou nos deixamos arrastar, ou a tomamos com firmeza nas nossas mãos - neste caso nos nossos pés - segue só nesse sentido, o futuro. Sem retorno.
E o futuro é deles, das crianças, no caso do surf da nova geração de pequenos grande surfistas que por aí andam, com um comportamento e atitude que eu não encontro, por exemplo, na minha geração e que só tenho que aplaudir e incentivar.
E se hoje é o dia deles, das crianças e do futuro, é também um dia em que nós, surfistas, devemos abençoar esta estranha forma de vida, o surf, como um dom, qual elixir da juventude, qual poção mágica, que nos permite, surfada após surfada, regressar a terra firme com um sorriso inocente, desprendido e feliz de outros tempos, celebrando aqueles momentos em que mais não fazemos – e nessa não-produtividade, nessa não-utilidade reside a essência do surf - do que nos divertirmos e brincarmos com as formas do mar. Como eles, no mar, somos livres.

MCG


Publicado por manuel castro em junho 1, 2004 09:36 PM
Comentários