janeiro 26, 2004

A Morte de Fehér

O jogador do Benfica Miklos Fehér faleceu ontem, pelas 23h10, vítima de um tromboembolismo pulmonar maciço, no qual os pulmões ficaram encharcados de sangue e nem as reanimações efectuadas permitiram ao sangue circular.

O jogador teve duas paragens cardíacas no relvado e outra na ambulância a caminho do hospital, onde chegou ainda com sinais de vida. A equipa médica estava a postos e tentou durante uma hora resolver o problema, mas acabou por desligar as máquinas, porque o corpo não reagia. Nessa altura, Fehér voltou a dar sinal de si e a equipa voltou a tentar o impossível porque o jogador parecia agarrar-se à Vida, mas todas as tentativas revelaram-se infrutíferas e às 23h10 acabaram-se as ténues esperanças.

Correio da Manhã

Para quem via em directo o jogo, ou viu as imagens, o cartão amarelo do árbitro seguido do sorriso de Fehér, não deixava transparecer nada. Mas de seguida, o jogador inclinou-se para a frente e caiu de costas. Ainda pensei que fosse uma simulação, vê-se às vezes os jogadores a "atirarem-se" literalmente para o relvado na forma de ganhar tempo (ou estupidez natural). Era sério no entanto, a equipa estava aflita e ansiosa por ver o que se passava com o seu colega e passado algum (longo) tempo em que ainda havia uma réstia de esperança, foi-se um rapaz de 24 anos. Deixou um casamento em Junho pendente e um aviso fantasma de que se talvez houvesse um desfibrilhador na ambulância que podia ter escapado...

As minhas condolências. Não sou do Benfica, mas acho que acontecimentos destes afectam qualquer clube e qualquer adepto.

À altura deste post, a autópsia realizada ao jogador não teve resultados conclusivos.

Publicado por omelete em 08:02 PM | Comentários (6)

janeiro 22, 2004

Apoio telefónico a Clientes

Publicado por omelete em 10:35 PM | Comentários (1)

janeiro 21, 2004

Email do Dia - A Vida do Homem

Como é a vida do homem...

Deus criou o burro e disse: "Serás Burro, trabalharás incansavelmente de sol a sol, carregarás alforjas nas costas, comerás pasto, não terás inteligência e viverás 30 anos."
O burro responde: "Farei tudo isso, porém viver 30 anos é demais, dê-me somente 10 anos". E assim fez Deus...

Deus criou o cachorro e lhe disse: "Serás cachorro, cuidarás da casa dos homens e serás seu melhor amigo, comerás a comida que te derem e viverás 20 anos."
O cachorro respondeu: "Farei tudo isso, porém viver 20 anos é demais, dê-me somente 10 anos." E assim fez Deus...

Deus criou o macaco e lhe disse: "Serás macaco, saltarás de uma copa a outra das árvores, fazendo palhaçadas simpáticas, serás divertido e viverás 20 anos."
O macaco respondeu: "Farei tudo isso, porém viver 20 anos é demais, dê-me somente 10 anos". E assim fez Deus...

Finalmente, Deus criou o homem e lhe disse: "Serás homem, o único ser racional sobre a face da Terra, usarás tua inteligência para subjugar aos demais animais da natureza, dominarás o mundo e viverás 30 anos".

O homem respondeu: "Serei o mais inteligente dos animais, dominarei o mundo, porém viver 30 anos é pouco, Senhor, dá-me os 20 anos que recusou o burro, os 10 do cachorro e os 10 do macaco". E assim fez Deus...

Por isso o homem vive 30 anos como homem, se casa e passa a viver mais 20
anos como burro, trabalhando de sol a sol e carregando tudo sobre os seus ombros, depois se aposenta e passa a viver 10 anos como cachorro, cuidando
da casa e comendo o que lhe dão, e então fica velho e vive mais 10 anos, como um macaco, saltando da casa de um filho a casa de outro e fazendo palhaçadas para divertir aos seus netos.


Já muita gente deve conhecer esta história, mas não é por isso que deixo de a apreciar :-)

Publicado por omelete em 12:36 AM | Comentários (0)

janeiro 19, 2004

Cidade Velha de Faro

2004@OmElEtEs

Tiradas durante um passeio matinal pela Cidade Velha de Faro...

Publicado por omelete em 05:04 PM | Comentários (1)

janeiro 17, 2004

Em busca de vida inteligente

Uma nave extraterrestre procurava por vida inteligente em outros planetas.
E eis que, após uma exaustiva busca, encontraram a Terra
E decidiram fazer uma visita.
Ao chegarem lá, viram o ser humano poluindo o ambiente,
matando-se uns aos outros,
destruindo, agredindo e brigando.
Depararam-se com a fome, a pobreza, guerras e manifestações.
Tentaram entrar em contato com algum daqueles seres
mas foram recebidos com tiros e pedradas.
Notaram que além de tudo, aquela civilização era hostil.
Entraram de volta na espaçonave
e saíram rapidamente daquele estranho lugar.
Não havia mais nada a fazer ali.
Não existia vida inteligente naquele planeta.
Foram embora buscá-la em outras galáxias.

Gaston Leonardo Stefani. in Reflexões

Publicado por omelete em 11:00 PM | Comentários (0)

janeiro 16, 2004

E-Mail do Dia - (Não) Arte Contemporânea

Correndo o risco de ser chamada de tacanha, de vistas curtas ou bigorrilhas, vou falar de alguma (não) arte contemporânea.

Hoje em dia, quando se vai a uma exposição ou galeria de arte contemporânea, o mais certo será encontrar uma série de objectos e/ou gravuras, pinturas e ilustrações aleatoriamente dispostos em salas ou muito escuras ou muito claras, onde como música de fundo, ouvimos uma qualquer composição desconstruída.

Um autoclismo no meio de uma sala, a funcionar continuamente - reaproveitando a água que despeja -, rodeado por cerca de uma vintena de maçãs vermelhas pousadas no chão, é arte!

Um conjunto de 5 televisões que exibem, cada uma, filmagens da mesma pessoa a repetir diferentes gestos, é arte!

Um rectângulo de tecido branco preso ao chão numa extremidade e "soprado" por uma ventoinha na outra resultando em suaves ondulações do tecido, é arte!

Um bailado em que, das 7 pessoas em palco, 3 estão imóveis deitadas no chão, 2 estão à frente do palco a olhar fixamente o público, outras 2 estão imóveis, suspensas de cordas penduradas no tecto e 1 abana o corpo para trás e para a frente de forma cadenciada, é arte!

Um quadro que tem um borrão de tinta vermelha, um borrão de lama e dois pêlos da crina de um cavalo branco colados, é arte!

Uma composição com dois caroços de maçã com bolor, 3 lápis roídos e uma folha de papel com gatafunhos indecifráveis todos muito emoldurados, é arte!

Uma peça musical em que não há som e muito menos é tocado qualquer instrumento, é arte!

Uma peça de teatro em que dois actores murmuram algo ininteligível e um narrador traduz tudo em linguagem gestual, é arte!

Um filme de 2 horas com uma única imagem totalmente negra, é arte!

E quando pergunto: "Isto é arte?!", as pessoas olham-me com desconfiança e algum desdém... Uns viram costas e soltam um "Hummpf!" empertigado.
Outros tentam explicar-me que isto é arte porque... "traduz a fúria do artista perante a sociedade consumista do EastSide de Bombaim", ou "representa o momento em que, no primeiro dia de escola da artista, lhe enrolaram chiclete em torno das pernas, estragando-lhe umas meias de lã beges.", ou "o silêncio desta peça pretende lembrar à Humanidade que vivemos num mundo em que tudo é ruído."

Perante estas explicações recolho-me à minha humildade e penso... "Se eles dizem é porque é..."
Resta-me o consolo da ÓPTIMA arte contemporânea que se continua a fazer (e que felizmente ainda é em maioria).


Saudações artísticas
Angie TJ

Publicado por omelete em 08:50 PM | Comentários (1)

Gustav Klimt - Beijos

Adoro este quadro e o pintor. Um beijo pode ser de tantas maneiras, este quadro revela o beijo masculino, mas pressuponho que virá um beijo mais intenso, das duas partes. Um beijo fundo, com as almas fundidas nesse amor, nessa paixão. Seguir-se-à sexo ou não? Nada disso interessa, o sentimento está no beijo.

Aqui vos deixo o "Antes do Beijo" (na verdade, o título é "Amor"). Aquele momento em que os olhares se cruzam, quando a atracção é irresistível e se segue o tocar dos lábios, húmidos e ardentes de desejo. Ou será apenas um desejo adiado, e afastar-se-ão os amantes, sem trocarem esse beijo? Ele voltará? Será consumada essa fusão de lábios?


Publicado por omelete em 12:09 PM | Comentários (2)

Gérard Castello-Lopes


Carcavelos (1956) - Gérard Castello-Lopes


Abre hoje a mais ampla retrospectiva do fotógrafo Gerárd Castello-Lopes, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, "Oui Non".
No total, são cerca de centena e meia de fotografias, entre 1956 e 2003.

Castello-Lopes, na entrevista dada ao Público, afirma que já não procura fotografias, esperando que estas o encontrem, pois há falta de paciência, curiosidade e entusiasmo. De relembrar que no período de tempo exibido no CCB, uma pessoa dá-se conta de um intervalo de 17 anos no qual nenhuma fotografia de Gérard foi publicada ou exibida, na época do Estado-Novo. Pode-se dizer que ele se "aborreceu" talvez de fotografar operários, a desgraça humana e a pobreza. Arrependeu-se. A obrigação moral da dor não se lhe adequava.
Voltando no princípio dos anos 80, procura outro tipo de fotografia, a natureza, o real, sem muitas observações sociais nem políticas, como anteriormente. É uma fotografia mais livre, sem o estigma de ser perseguido pela PIDE, ao libertar-se da bolha da prisão que era o Salazarismo.

A exposição decorre de 16 de Janeiro a 25 de Abril de 2004, podendo ser visitada de Terça a Domingo, das 10 às 19h00m.
O preço do bilhete normal é de €3,00.

Publicado por omelete em 10:56 AM | Comentários (0)

Coração

DOBRE

Peguei no meu coração
E pu-lo na minha mão

Olhei-o como quem olha
Grãos de areia ou uma folha.

Olhei-o pávido e absorto
Como quem sabe estar morto;

Com a alma só comovida
Do sonho e pouco da vida.

Fernando Pessoa, 1913

Imagem de Chris Achilleos

Publicado por omelete em 01:06 AM | Comentários (1)

janeiro 15, 2004

Pensamento da Manhã

Muitas vezes o tempo não passa de um fardo que não sabemos empregar, e que só nos causa tédio. Há-de vir o dia em que um simples quarto de hora nos parecerá mais estimado que todos os bens da Terra.

Salignac de La Mothe-Fenelon, escritor francês

Publicado por omelete em 10:27 AM | Comentários (0)

Nevoeiro


Barbara Breen - Trees in Fog, Cleveland [1994]

De tempos a tempos, apareces do nevoeiro da minha mente. Esquecido, mas relembrado. Surges de dentro da névoa do esquecimento, um simples fantasma no princípio. As tuas linhas vão-se definindo, e eu consigo ver a tua face como há eternidades não a via. Jovem, sem sinal de velhice. Consigo discernir a expressão nos teus olhos, as pupilas, a retina. Agarras-me as mãos, suaves, e leva-las aos teus lábios perfeitamente desenhados. Um toque suave, esse.. Relembras-me do teu esquecimento, vens quando já te tinhas ido... Há quanto tempo foi? Há tanto...

Depois, olhas para mim. Fixas os teus olhos nos meus e sinto um abismo súbito. As árvores afastam-se de mim, tu afastas-te, os teus traços a definharem, a serem apagados pelo tempo, o teu toque suave, tudo a ser levado por este fluxo temporal onde vivemos..

Acordo.
Não te vejo ao meu lado.
Há quanto tempo te foste, meu amor?

Omelete..

Publicado por omelete em 03:25 AM | Comentários (0)

E-Mail do Dia - Estado de Bêbado

Coisas que são DIFÍCEIS de dizer quando se está bêbado:
- Indubitavelmente
- Preliminarmente
- Inconstitucional
- Três tigres

Coisas que são EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de dizer quando se está bêbado:

- Especificidade
- Transubstanciado
- Verossimilhança
- Três tristes tigres

Coisas que são IMPOSSÍVEIS de dizer quando se está bêbado:

- Que gaja/o horrível!!
- Nem penses nisso, a última coisa que fazia agora era comer-te!
- Chega, já bebi demais.
- Desaparece que eu tenho namorada e sou um gajo fiel!!!
- Conduz tu que eu não consigo!

Publicado por omelete em 01:00 AM | Comentários (0)

janeiro 09, 2004

Juntar o Útil ao Agradável

Em caso de queda, o hospital é mesmo aqui ao lado.. :-)

Publicado por omelete em 01:07 AM | Comentários (0)

janeiro 08, 2004

A Fúria do 1ºdia dos Saldos


2004@Albert Olive


Atropelamentos à vista, no primeiro dia de saldos de uma loja em Espanha...

Publicado por omelete em 03:48 AM | Comentários (2)

Transfigurações - Spiderwoman


Publicado por omelete em 12:58 AM | Comentários (0)

janeiro 06, 2004

Pensamento do Dia

A paz mais desvantajosa é melhor do que a guerra mais justa.
Erasmo de Rotterdam, filósofo holandês

Publicado por omelete em 02:53 PM | Comentários (0)

janeiro 05, 2004

Janela

O que se esconderá atrás desta janela?

Publicado por omelete em 11:31 AM | Comentários (0)

janeiro 04, 2004

O Aquário do Futuro

Serão assim os aquários de um Futuro longínquo ou próximo ???

Publicado por omelete em 10:01 PM | Comentários (0)

Alcóois

Bate leve levemente como quem chama por mim, será Vodka, aguardente, Absinto não é certamente e ganza não bate assim.

[Inspirado pela "Balada da Neve" - Augusto Gil]

Publicado por omelete em 03:34 AM | Comentários (0)

SONETO de Olavo Bilac

SONETO, Olavo Bilac [não é o dos Santos & Pecadores.. ;-P ]

Não és bom, nem és mau: és triste e humano...
Vives ansiando, em maldições e preces,
Como se a arder no coração tivesses
O tumulto e o clamor de um largo oceano.
Pobre, no bem como no mal padeces;
E rolando num vórtice insano,
Oscilas entre a crença e o desengano,
Entre esperanças e desinteresses.
Capaz de horrores e de acções sublimes,
Não ficas com as virtudes satisfeito,
Nem te arrependes, infeliz, dos crimes:
E no perpétuo ideal que te devora,
Residem juntamente no teu peito
Um demônio que ruge e um deus que chora.

Publicado por omelete em 02:51 AM | Comentários (0)

janeiro 03, 2004

Calendários

Quando começa um novo ano, dá jeito ter um calendário para nos guiarmos ao longo dos 365 dias que nos aguardam...
Aqui vão alguma sugestões:

Calendário Chinês para 2004 (inglês + chinês) - Calendário Chinês tamanho A4. Clique com o botão direito do rato em cima do link e escolha: "Salvar destino como..."

Free Printable Calendars (inglês) - Com vários calendários, desde formato A4 anuais, de bolso ou por meses. Hipótese de personalização.

Com Crianças (Português - Brasil) - Clique com o botão direito do rato em cima do link e escolha: "Salvar destino como..."

Com Anjos (Português - Brasil) - Clique com o botão direito do rato em cima do link e escolha: "Salvar destino como..."

Free Printable Calendar (Inglês)

Yin-Yang Calendar

A to Z Calendar Printouts

Free Printable Calendar Templates - Templates para fazer calendários no Microsoft Word

Printable Custom Monthly and Yearly Calendars (1999 até 2009) - Calendários para Imprimir.. Várias categorias, personalização.

Espero que vos tenha sido útil!! Sugestões aceitam-se!!!

Publicado por omelete em 09:02 PM | Comentários (3)

Anedota - Equívocos...

Duas mulheres jogavam golfe numa manhã de sábado.
Uma delas errou a tacada e atingiu um jogador próximo.
Quando a bola atingiu o homem, ele, imediatamente, juntou as mãos entre as pernas, e ajoelhou-se gemendo de dor.
A mulher correu até o local e pediu desculpas, explicando que era uma fisioterapeuta.
- Por favor, deixe-me ajudá-lo. Sou uma fisioterapeuta e sei como aliviar a dor que está a sentir! Posso fazê-lo sentir-se melhor se você deixar!".
- "Ummph, oooooh, não..., já vai passar... ficarei bem em alguns minutos - disse o homem, quase sem poder respirar, continuando em posição fetal com as mãos entre as pernas. Mas ela insistiu e ele finalmente permitiu que ela o ajudasse.
Delicadamente ela afastou as mãos do homem e deitou-o de lado, abrindo sua calça. Colocou a mão por dentro e iniciou uma massagem.
Após alguns minutos ela pergunta:
- Como está? Sente-se melhor?.
Ele responde: Melhor? Fantástico! O pior é que o meu dedo indicador continua a doer muito!...

Publicado por omelete em 08:38 PM | Comentários (2)

janeiro 01, 2004

Pensamento do Dia

To most of us the future seems unsure. But then it always has been; and we who have seen great changes must have great hopes.

John Masefield, poeta inglês (1878-1967).

Publicado por omelete em 11:35 PM | Comentários (0)