abril 01, 2005


guardiães do tempo


© direitos reservado ao autor nelson d'aires


guardiães do tempo
de 01-abr-2005 a 15-mai-2005

exposição de nelson d'aires
local:FNAC GAIASHOPPING


guardiães do tempo

Queria conhecer pessoas. Durante alguns fins de semana movi-me numa periferia cujo raio não ultrapassou uma noite fora de casa.
Foi a descoberta de certos lugares como portais de um tempo a que recuei, acontecendo-me então pessoas daquelas que nos olham com
um sentido de humanidade e planura de vida, e uma serenidade nos gestos que causam o espanto de existir.
São elas, em seus vagares, as guardiãs dos lugares e das memórias do tempo , calmos monumentos ao necessário e perene humanismo.
É nesta empatia, na explosão íntima de um momento, que se revela a eternidade dos rostos, que a ganharam por serem genuínos e sãos.
Também assim a realidade poética dos gestos captados se torna estreita pela placidez da distância vencida face à câmara fotográfica.

nelson d'aires

.....................................


março 09, 2005


getsemani

Getsemani



fotografia a ser integrada em exposição no Sardoal| © direitos reservado ao autor nelson d'aires


Título: Getsemani
de 13-mar-2005 a 27-mar-2005

exposição colectiva - Nelson d'aires e Z
local:Atrium do Getas
Sardoal

"No Getsemani, Jesus, em oração, percebe todo o desfecho do grande drama da paixão: 'Minha alma está numa tristeza de morte. Fiquem aqui e vigiem comigo'. Jesus precisa de companhia e solidariedade, mas fica só. Todos dormem"

15 fotografias de nelson d'aires:
As fotografias que apresento são uma breve escolha documental sobre a festividade da Páscoa na freguesia de Fiscal ? Amares ? Braga. Trata-se de uma tradição secular, onde actualmente a maioria dos emigrantes regressa à terra para pegar na cruz de Jesus e ao som de uma banda filarmónica que acompanha o compasso, dar a beijar a cruz a toda a população da Freguesia.



15 fotografias de Z:

As fotos que apresento são uma escolha heterogénea de momentos recolhidos em várias procissões durante o ano de 2005. Mais que um "tema" ou uma "reportagem", procuro as procissões como momentos em que as pessoas se desprendem do mundano e se entregam, por horas ou dias, ao espiritual.



fotografia a ser integrada em exposição no Sardoal| © direitos reservado ao autor Z

.....................................