« Uma aventura com sabor a “Morangos” | Entrada | Merche Romero concentra atenções na eleição da Miss Rio Maior »

setembro 07, 2006

Entrevista ao “Tomé” dos Morangos Com Açúcar

FF derrete corações

Fernando Fernandes (FF) é a grande revelação do mundo da música em 2006. Após ter ficado conhecido na novela “Morangos com Açúcar”, na personagem de Tomé, FF lançou o seu disco a solo que numa semana alcançou logo o primeiro lugar no top de vendas nacionais, com a música “o meu verão não acabou”. FF e a sua banda têm actuado por todo o país e no passado dia 23 de Agosto estiveram em Sesimbra. O Jornal de Sesimbra falou com Fernando Fernandes, antes do espectáculo na Fortaleza de Santiago.

Jornal de Sesimbra: Sempre foi um sonho cantar? Como surgiu o teu gosto pela música?
Fernando Fernandes: Para mim sempre foi um sonho cantar e acho que o gosto pela música nasceu comigo. Veio um bocadinho de herança dos meus pais que gostam de música, mas o grande passo para apostar na minha formação musical foi quando, em 1999, participei no concurso do Bravo Bravíssimo e ganhei, fui representar Portugal a Itália.
Acho que isso foi o grande passo para eu decidir que era uma das coisas que eu gostava de fazer no meu futuro e que agora, felizmente, estou a poder concretizar.
JS: Inevitavelmente temos que falar um bocadinho sobre a tua participação na série “Morangos com Açúcar”. O facto de cantares na série, foi propositada ou surgiu depois?
FF: A personagem era uma personagem que tinha o gosto pela música, portanto, teria que ser alguém que soubesse cantar.
Quando fiz o casting cantei, mas não era obrigatório esse lado de cantor, ou seja, que a personagem Tomé saltasse para a realidade.
Foi uma coisa que foi acontecendo e que as pessoas começaram a achar que poderia ter sucesso cá fora.
Saltou para a realidade meses depois de eu ter entrado.
JS: Estava nos teus planos ser actor?
FF: Sem dúvida que sim, porque eu também tirei um curso profissional de teatro do meu 10º ao 12º ano, na Escola Profissional de Teatro de Cascais. Portanto são as minhas duas grandes paixões: música e teatro.
JS: Se tivesses que optar pela música ou pela representação, qual seria a tua escolha?
FF: Eu acho que nunca terei que optar por uma e outra porque vou tendo tempo para me dividir para as duas coisas. Neste momento, obviamente que estou muito mais dedicado à música e tenciono estar muito mais, mas a possibilidade de continuar a fazer teatro e continuar a fazer televisão, para mim não está sequer acabada, até pelo contrário, é um início e eu tenciono continuar.
JS: Encaras a participação nos Morangos como uma rampa de lançamento para o teu sucesso?
FF: Sem dúvida, os “Morangos com Açúcar” foram uma rampa de lançamento e isso dá para ver, pelo simples facto dos dois singles serem músicas já conhecidas pela própria série e, as pessoas identificarem-nas da série televisiva.
Isso faz com que as músicas tenham muito mais impacto, até nos próprios concertos ao vivo.
JS: O teu primeiro trabalho “Eu Aqui” teve entrada directa para o 7º lugar na tabela de vendas de álbuns, na 1ª semana atingiu o primeiro lugar e é já tripla platina.
Foi um sucesso bastante rápido. Como encaraste ou como encaras isso?
FF: Eu encaro bem, como uma responsabilidade para continuar a fazer o meu trabalho bem feito, continuar a evoluir com aquilo que vou aprendendo, com aquilo que vou fazendo.
Acima de tudo é a estrada que nós estamos a fazer com o álbum “Eu Aqui”, que nos dá para evoluirmos enquanto músicos, e eu estou a fazer essa minha parte.
Não quero sequer aproveitar o simples facto de ter saído dos “Morangos com Açúcar” para me encostar à sombra da bananeira e saborear simplesmente a recepção e a boa adesão que o público me tem dado.
Acho que acima de tudo é aproveitar essa adesão, mas continuar a criar um bom trabalho, sólido, para isto perdurar, porque senão não há nada que dure.
JS: A promoção deste trabalho a solo inclui também uma passagem pelos Coliseu de Lisboa e Porto. Como é que tem sido essa promoção? Tem sido positiva?
FF: Muito positiva. Temos passado por sítios muito interessantes, tenho tido recordações por onde vou passando excelentes, mas acima de tudo, essas duas datas foram muito importantes.
O Coliseu de Lisboa e do Porto são as duas salas míticas que são, significam muito para a carreira de um cantor e também de um actor, por isso, sem dúvida que foi um grande momento para mim, poder pisar o Coliseu. Até porque foi no Coliseu dos Recreios que eu comecei com 11 anos, e para mim regressar àquela casa, mas desta vez com uma responsabilidade minha, um espectáculo que é, acima de tudo, um projecto meu, a responsabilidade torna-se muito maior, obviamente. Mas é engraçado, um bocado irónico talvez, começar ali e de repente o grande passo musical também ser ali.
JS: Como FF, a passagem pelos Coliseus foi uma das passagens mais marcantes até agora?
FF: Sem dúvida que sim, por serem as salas míticas que são no nosso país.
JS: E como é que é a tua relação com os fãs?
FF: Felizmente tem sido muito boa. As pessoas quando me abordam fazem-no sempre de uma forma muito positiva. Nunca tive uma má experiência com um fã ou uma fã.
Até agora tem sido tudo até bastante calmo, é claro que há determinadas situações um bocado mais stressantes, umas situações se calhar de um fanatismo um bocadinho maior, mas nada que não se tente resolver, que não se tenha resolvido até agora.
A adesão tem sido muito boa, e é engraçado constatar que nos espectáculos ao vivo não temos só, obviamente que se calhar 80% são raparigas e jovens, mas acima de tudo não temos só jovens a assistir aos concertos. Temos também os pais desses jovens, e que poderiam simplesmente levar os filhos aos concertos e não cantarem as músicas, mas não é o que acontece, eles estão lá a cantar as músicas, portanto é sinal que ainda lhes diz alguma coisa. E isso é muito bom para mim.
JS: Para miúdos e graúdos também?
FF: Acho que o álbum tem essa capacidade de chegar um bocadinho a todas as idades, a todas as pessoas.
JS: Deve ser complicado para um jovem como tu, com 19 anos, sair do anonimato assim de repente e ser conhecido em todo o lado?
FF: Já o tinha saboreado um bocadinho no Bravo Bravíssimo, que nunca esperei que fosse uma coisa com um impacto tão grande, mas na altura até tinha, era um programa que pelo menos no Natal todas as pessoas viam na televisão, portanto era um programa já muito visto, e tive noção disso durante bastante tempo, apesar de ser ainda muito miúdo, porque tinha 11 anos e depois fiz os meus 12 logo a seguir.
Agora, é claro, que vivo a mesma situação de uma forma completamente diferente, porque os Morangos são mais do que um fenómeno televisivo, é um fenómeno social, portanto, não há nada a fazer.
JS: Vamos falar agora um pouco sobre a vinda a Sesimbra...na próxima 4ª feira, o espectáculo vai ser em Sesimbra, é a 1ª vez que visitas a nossa vila?
FF: Não, eu já estive em Sesimbra, se bem que o fiz bem mais pequenino e não me lembro muito bem, mas já passei por Sesimbra, obviamente.
Agora, claro que vou tentar ver com outros olhos Sesimbra e vou tentar ir um bocadinho mais cedo para também dar uma volta pela vila.
JS: Quais são as expectativas para o concerto que vais dar na Fortaleza?
FF: São óptimas, e essa é uma das razões para parte do making of que está a ser gravado agora, que supostamente poderá sair daqui a 2, 3 meses, seja gravado em Sesimbra.
O concerto vai ser gravado, algumas imagens vão ser aproveitadas para esse making of, por ser uma data que poderá vir a ser bastante especial.
JS: Esse making of vai ser o DVD da tournée?
FF: Sim, é um DVD da tournée. Acho que muitas pessoas se identificarão com o facto de não terem um único espectáculo, num único sítio. Todas as pessoas que estiveram em vários concertos vão ter a possibilidade de se rever no DVD, que é um DVD de tournée.
JS: Quais são os projectos para o futuro?
FF: Neste momento é continuar a fazer estrada com este álbum, é começar a reunir novo material para o próximo ano estar a sair outra novidade.
JS: E a nível da representação?
FF: A nível da representação, por enquanto vou ter de parar um bocadinho, até porque este lado musical ocupa-me bastante tempo, mas eu também me quero dedicar a 100 por cento a este mundo da música, o que tem sido difícil com as gravações.
Agora que já terminei as gravações no final desta série de Verão, vou ter muito mais tempo para a música, portanto, a parte da representação neste momento vai estar um pouco parada, se bem que quando surgirem novos projectos, não só a nível de televisão, mas também de teatro, obviamente que vou ponderar e vou ver se é possível conciliar as duas
JS: Parabéns, Sesimbra recebeu-te de o conseguir, não é tentar arranjar uma maneira fácil de conseguir, pelo contrário, é batalhar até alcançar, porque são as bases mais solidificadas que nós podemos arranjar, é batalhar para lá chegar. Para todas as pessoas que acompanham o projecto FF, um obrigado por me fazerem sentir tão especial e por me sentir um privilegiado quando estou em cima do palco e olhar para as pessoas e vê-las em sintonia comigo nas minhas músicas.

Jornal de Sesimbra

Publicado por morangostvi às setembro 7, 2006 04:20 PM

Comentários

o ff e td bom

Publicado por: gina às setembro 27, 2006 04:41 PM

continua es o maior bonzao do mundo de uma fã derretida por ti bjs tania silves

Publicado por: tania às setembro 28, 2006 12:37 AM

o ff é podre de bommmm...
amuuuuuu...
bjs

Publicado por: Mary às outubro 1, 2006 08:26 PM

n gosto do ff

Publicado por: diano às outubro 9, 2006 05:41 PM

oi! es muito fixe e oferecote muitos beixinhos para a tua carreira ff!!!!!!!!!!!!!

Publicado por: Cláudia às outubro 10, 2006 12:07 PM

o ff é bom e porreiro

Publicado por: helder às outubro 10, 2006 04:54 PM

o ff e bonito e simpatico

Publicado por: andreia às dezembro 18, 2006 07:31 PM

achei optimo esta entrevista ao tome dos morangos com açucar

Publicado por: débora às abril 9, 2007 01:07 AM

:D
Adorei a entrevista...
adr ouvir-te cantar
GMDT

Publicado por: Sara às maio 14, 2007 04:30 PM

euqueria falar co ff que e un grande cantor eu gosto muito das suas musicas pero mais do meu namorado aver se responde

Publicado por: esther às junho 11, 2007 06:00 PM

o ff é giro canta bem e tem uma voz fantastica.

Publicado por: ines matos tavares às agosto 2, 2007 07:14 PM

ola...........kurto bues as tuas músicas i és mt bm.........bjao

Publicado por: rute às dezembro 17, 2008 01:03 PM

O FF E FIXE

Publicado por: HELENA às maio 22, 2009 07:25 PM

adoro as musicas tds

Publicado por: Agueda às maio 24, 2009 10:06 AM

O TOMe é bue girro e fofo.

Publicado por: marisa às maio 29, 2009 04:18 PM

voces sao bues de giros e muito profissionais e cantam muito bem e dancam muito bem muitos beijos para todos os actores dos morangos com acucar


ADORO-VOS

Publicado por: Daniel às junho 24, 2009 11:51 AM

voces sao bues de giros e muito profissionais e cantam muito bem e dancam muito bem muitos beijos para todos os actores dos morangos com acucar


ADORO-VOS

Publicado por: Daniel às junho 24, 2009 11:53 AM

voces sao todos um abrasa

Publicado por: marta às junho 24, 2009 11:55 AM

o rodrgo e uma brasa e o tome tambem , o goncalo

as raparigas tambem sao muito giras

Publicado por: diana às junho 24, 2009 12:00 PM

eu sou angolana e adoro ver o Tome (FF) eis um verdadeiro talento,
tanto na musica como na representacao.

Publicado por: erica bige às dezembro 10, 2010 06:34 PM

Comente




Recordar-me?


MORANGOS COM AÇUCAR - CLUBE MORANGOS