« A Manhã | Entrada | A "Realidade" »

agosto 29, 2008

Não resisti...

"Como tudo é um todo, toda a matéria está ligada e todo o movimento no todo produz algum efeito nos corpos distantes, proporcional à distância. De tal forma que cada corpo não é apenas afectado pelos outros corpos com os quais está em contacto, sentindo assim de algum modo tudo o que lhe acontece; além disso, através deles, cada corpo sente também os corpos que afectam aqueles com os quais está em contacto imediato. Daí que esta comunicação se estenda ao longo de toda e qualquer distância. Consequentemente, cada corpo sente tudo o que se passa no universo, de tal forma que aquele que vê tudo poderia ler em todo e qualquer corpo aquilo que está a acontecer em todo e qualquer lado, e mesmo aquilo que aconteceu ou aquilo que acontecerá. Seria capaz de observar no presente aquilo que é remoto tanto no tempo como no espaço (...). Uma alma, contudo, pode ler em si mesma apenas aquilo que está directamente representado nela; ela é incapaz de desdobrar de uma só vez só todas as suas dobras; porque estas vão até ao infinito".

Escritos sobre a monadologia de Leibniz, no livro de Paul Auster "Inventar a Solidão", página 180.

Não resisti.

Publicado por Miklos Kazantakis às agosto 29, 2008 09:51 PM

Trackback pings

TrackBack URL para esta entrada:
/g/tb/173676

Comentários

depois do que tenho lido,aqui, sobre ele,esse livro já está na minha lista de espera.

Publicado por: Niklas às agosto 30, 2008 08:24 PM

“Os dois lobos
Um velho índio norte-americano conversa como o seu neto. Ele diz ao menino que tem dois lobos dentro dele, lutando um com o outro. O primeiro, é o lobo da paz, do amor e da harmonia. O segundo é o lobo do medo, da ganância e do ódio.
- Qual é o que vai vencer, avô? – Pergunta a criança
- Aquele que eu alimentar. – Responde o avô.”

Publicado por: Niklas às agosto 31, 2008 07:14 PM

Não há dúvida na "nossa alma" para quem é religioso ou a nossa mente para quem não é, espelha-se naquilo que fazemos, na maneiro como tratamos os outros e, neste "outros" incluem-se os seres vivos.

Publicado por: João Norte às setembro 9, 2008 07:56 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)