« O "doente da saudade". | Entrada | A Manhã »

agosto 27, 2008

Sem Saída

Temos sempre dois lados que disputam o nosso pensamento em cada decisão que tomamos. Por vezes pode ter o seu quê de cansativo...

Ele olhou para mim e fixou os seus olhos.
Senti-me desconfortável com tal atitude.
Evitei o seu olhar e puxei de um cigarro para, aos seus olhos, parecer o mais normal possível.
Era noite e, aos poucos e poucos, uma camada densa de nevoeiro foi-se instalando na rua deserta de gente.
Não era tarde, mas também não sabia dizer muito bem que horas seriam.
Nas janelas dos prédios por onde passavam via luz, luz da TV e via crianças a pé, o que queria dizer que não seria tarde.
Ele tinha fixado os seus olhos conforme eu me ia aproximando dele, e da esquina onde ele estava parado e encostado.
Passei por ele e foi aí que fiquei cravejado com os seus olhos algures no meu corpo.
Ao acender o cigarro, fui traído pela tremura das minhas mãos quando levava o fósforo aceso perto do cigarro, na minha boca.
Não dei muita importância porque daquele ângulo ele não poderia ter visto a minha mão trémula.
Ainda por cima era noite, estava nevoeiro e havia pouca luz.
Era impossível ele ter visto o que quer que fosse.
Tentei acalmar-me só que, distintamente, comecei a ouvir os seus passos atrás de mim.
A minha respiração aumentou de ritmo porque o meu coração aumentou de batimentos.
Se o coração bate mais depressa, sua-se, as pernas ficam trémulas e há, de repente, um torpor que se instala, fazendo que as ordens do meu cérebro não cheguem tão depressa aos devidos sítios.
O mundo e as suas coisas parece que ficam sem nitidez e deixa-se de ouvir.
Nós próprios parecemos fantasmas devido ao lado surreal que se instala sem pedir licença e se apodera de nós nestas situações.
Mas depois, entra em cena o lado racional, "o negociador" que vem "falar" com o teu lado emotivo e dizer-lhe que há precipitação, que de certeza há uma explicação lógica e simples para o facto de o homem estar a andar atrás de mim.
O meu lado emotivo desconfia.
O meu lado racional alerta para alguma imprudência que se possa cometer sem se saber exactamente o que se está a passar.
esse meu lado pensa no canivete que trago no bolso.
Fraco de lâmina mas que pode sempre fazer o seu estrago irremediável.
O meu lado emotivo nem ouve.
Consigo aumentar o ritmo da passada, como um teste que se faz para ver se o nosso cão obedece cegamente às ordens.
Mando calar os meus dois lados em disputa e apuro o ouvido.
Será que o tipo também aumentou a passada?
Não consigo perceber com o barulho desenfreado que o meu coração está a fazer.
"E se parasses e fingisses que estavas a apertar o cordão?", alvitrou o lado racional.
"Assim poderias ver se o tipo está ou não atrás de ti!".
"Sim, e porque não, já agora, espetares o canivete que tens no bolso em ti próprio ao mesmo tempo que lhe dás o dinheiro?", respondeu logo o meu lado emocional.
" Não achas que seria de mais parar e ver o que o tipo quer? Não seria muito estúpido? Além do mais estamos de botas e não há cá cordões.".
" Podemos sempre disfarçar qualquer coisa. Assim teríamos a perspectiva correcta do que está suceder e não cometeríamos nenhum erro de julgamento que mais tarde nos poderíamos arrepender."
"Mas se se sente algo no ar, algo inexplicável, não se vai ficar aqui à espera da tragédia, pois não?"
" Lá estão vocês a serem tão alarmistas."
Enquanto esta pequena diatribe decorria entre mim e mim...(?!), fui assaltado pelo o homem que me seguia.
Que querem que vos diga mais?
Que deveria ter corrido?
Gritado por socorro?
Que falasse com o tipo de modo a tentar dissuadi-lo?
E se estivesse enganado?
Que raio de situação que não te deixa saída...

Publicado por Miklos Kazantakis às agosto 27, 2008 10:08 PM

Trackback pings

TrackBack URL para esta entrada:
/g/tb/173628

Comentários

Hecuvka good job. I sure appreciate it.

Publicado por: Kaylana às novembro 4, 2011 08:04 PM

AlWyhk , [url=http://mjccpnhpzajc.com/]mjccpnhpzajc[/url], [link=http://uccwafmgyzvd.com/]uccwafmgyzvd[/link], http://rlwprsendlkl.com/

Publicado por: rngzlzw às novembro 6, 2011 10:23 AM

9Rfdx4 , [url=http://xhtquscyawvz.com/]xhtquscyawvz[/url], [link=http://prgxriyqrcgy.com/]prgxriyqrcgy[/link], http://rhdaxbfnxppr.com/

Publicado por: tfrixvy às novembro 9, 2011 02:19 PM

Comente




Recordar-me?

(pode usar HTML tags)