março 05, 2004

Inédito

Sopram ventos
nos teus cabelos,
que trazem
a cor de um fim
de uma tarde de verão.
O teu corpo
são veios róseos,
quentes,
inscritos
na mármore.
Os teus dedos
são cravos,
que rebentam
no lume
da tua boca.

Publicado por Filomena em 03:33 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 04, 2004

Custos da interioridade

A interioridade é isto: não receber em condições o canal 1 da RTP porque o transmissor no alto da Serra de S. Mamede está tão perto que distorce a imagem e ter de pagar 350 euros para ter uma antena no telhado, que nos permita entrar em contacto com uma realidade que vá um pouco além da maravilha que é ver a novela brasileira legendada em português

Publicado por Filomena em 06:44 PM | Comentários (2) | TrackBack

março 03, 2004

Onde é que andas, pá?

Os fiéis seguidores destas colunas heterobanais perguntavam-me, ansiososos: "Onde é que andas, pá?" Eu não ando em sítio nenhum... ou ando. Isso depende das condições atmosféricas, das neuras, ou da bateria do carro. Resolvi dar-vos descanso, dar-vos férias, deixar-vos entregues a vós mesmos e às palavras enigmáticas de ajr. Fiquei cansada de ouvir dizer: "És uma desbocada!"; "Disseste mal de mim!"; "Onde está a minha privacidade?".
Infelizmente não sei falar das coisas que não sinto, nem que não vivi. Peço desculpas aos amigos leitores se sou inconveniente.
Daqui em diante, escreverei depois de muito pensar e mudo o nome às personagens.

Publicado por Filomena em 06:12 PM | Comentários (1) | TrackBack

março 01, 2004

Good-Bye

So good-bye, dear, and amen
Here's hoping we meet now and then
It was great fun
But it was just one of those things

Just one of those things

Lyrics: Cole Porter
Music: Cole Porter
From the Show: Jubilee - 1935

Publicado por ajr em 04:41 PM | Comentários (2) | TrackBack