março 31, 2004

Livro 1 N.º 69

Droga

A vida não é uma droga
para a deitares fora
Pára e vê o que fazes
quem tu magoas
os amigos que perdes
Nada ganhas
tudo perdes
os momentos de euforia
que parecem uma folia
nunca compensam
nem apagam
que a vida não é uma droga

Publicado por firewind em 06:37 PM | Comentários (0) | TrackBack

Quem é o maior?

Este era o titulo que acompanhava a fotografia que me enviaram hoje, a pessoa em causa sabe que sou um grande adepto do F.C. Porto, por isso o meu obrigado a ela e a minha homenagem ao treinador
Mourinho

Publicado por firewind em 06:35 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 30, 2004

Livro 1 N.º 68

Hoje acordei
E pensei em ti
Se calhar tu
Pensaste noutro
Não te consegui afastar
Dos meus pensamentos
Só me lembrava
Do teu sorriso
Dos teus olhos
E do teu cabelo
Se calhar tu
Nem ligas a isso
Nem pensas nisso
Tens outras coisas
mais importantes
que parvoíces,
baboseiras e tolices
mas não consegui
deixar de pensar em ti

Publicado por firewind em 02:46 PM | Comentários (0) | TrackBack

Amar é dificil mas a solidão é tramada

durante o meu jantar de ontem e antes de ir para o cinema surgiu-me este pensamento, ali estava eu a jantar sozinho e de seguida ia ao cinema sozinho, e achei que a solidão era muito tramada, ao lado um casal discutia, e fiquei a pensar no contrasenso, eu só e eles juntos a discutir. Foi nessa altura que este pensamento me surgiu e que muito justamente condensa de forma simples o que eu senti na altura

Publicado por firewind em 02:38 PM | Comentários (0) | TrackBack

o que é a liberdade?

Parece hoje mais do que nunca necessário pensarmos sobre o que é a liberdade.
Isto porque muita gente parece entender que o ser livre lhe dá direito ao insulto gratuito, a denuncia anónima, à difamação, à falta de respeito dos outros.
Após o 25 de Abril de 1974 lembro-me do mau pai me explicar a liberdade citando uma frase de alguém, a minha liberdade começa onde a dos outros termina e termina onde a liberdade dos outros começa.
Julgo que hoje em dia muitas pessoas ainda não entenderam este principio, e com o passar dos anos muitos dos pensamentos iniciais sobre a liberdade foram perdidos.
Hoje há falta de respeito pelos outros, automáticamente falta de respeito pela liberdade dos outros.
A cultura de liberdade e por arrastamento a cultura democrática está a perder-se, hoje em dia cada vez menos pessoas se interessa pela politica, é mais fácil o laisser faire, e depois das eleições dizer mal, mas não se chatear muito.
O respeito da liberdade de cada um leva ao respeito pelos outros e no fundo a um Portugal melhor. antes de insultarem ou difamarem pensem se fossem vocês a sofrer o mesmo como se sentiriam.

Publicado por firewind em 02:36 PM | Comentários (2) | TrackBack

Jantar e cinema

Ontem retomei um habito que tinha perdido nos ultimos meses, à segunda feira ir jantar fora e depois uma sessão de cinema, isto porque à segunda o cinema é mais barato, no caso as salas do Cascaisshopping, infelizmente normalmente estas saídas são sós, mas isso são outras histórias.
Ontem lá retomei o meu hábito, jantei na Piza Hut, e depois fui ver o filme Pago para esquecer, um filme de acção interessante, com um Ben Afleck num papel de acção a que nos vem habituando ultimamente, pessoalmente não sou grande fã do Afleck em papeis de acção, e a Uma Thurman, essa sim mais à vontade no papel de acção, efeitos da sua participação no Kill Bill. Um filme que se vê bem, e que serve o efeito pretendido, um filme de acção que se vê bem e nos diverte.

Publicado por firewind em 11:28 AM | Comentários (0) | TrackBack

como manter um casamento

Este deverá ser um dos assuntos mais discutidos por psicologos e escritores de livros de apoios a casais.
Julgo que nunca um casamento resultará quando o casal não se entende em questões fundamentais, e especialmente quando não há amor.
E numa relação a dois tem que existir compromissos, cedências de parte a parte. E como eu já disse só resulta se houver amor.
Hoje em dia muitos dos casais não têm amor um pelo outro, antes gostam um do outro e resolvem casar-se. Mais tarde a falta desse amor inicial leva ao aparecimento de discussões, mal entendidos, zangas que normalmente conduzem ao divórcio.
Um casal deve estar disposto a conversar, falar sobre tudo e nada, a ouvirem-se mutuamente e a terem paciência um com o outro, algo que nos vai faltando a todos nós.
É claro que existe outra coisa que é essencial e que as mulheres acusam os homens de só pensarem nisso, o sexo, tem de haver uma relação sexual saudável entre os dois, porque se ela existe muitos dos outros problemas como por encanto desaparecem, e nisso falo por experiência própria, e o inverso também é verdade uma relação sexual má transforma todos os outros problemas em autenticos everestes, também falo por experiência própria.
Por isso falem, com calma, paciência, amem-se e tenham uma vida sexual activa e saudável.

Publicado por firewind em 10:29 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 29, 2004

Livro 1 N.º 67

Penso na minha filha
Como vou sentir-lhe a falta
Das brincadeiras
Dos amuos e dos choros
Dos abraços e carinhos
Da carinha dela
Quando me vê
Quando a repreendo
Ou quando a levo de mota
Alegra-me o coração
Enche-me de alegria
Vou sentir a falta
Dela ao pé de mim

Publicado por firewind em 11:51 AM | Comentários (0) | TrackBack

como os conhecimentos são importantes

Como tudo na vida os conhecimentos, que dão origem às cunhas são muito importantes.
Durante algum tempo após o 25 de abril de 74, por isso há perto de 30 anos atrás, o sistema de cunhas desabou, mas não por muito tempo infelizmente, hoje em dia é mais fácil subir na vida pelas cunhas que pela capacidade de trabalho ou inteligência, é só olhar para os politicos que nos governam, muitas empresas têm a dirigi-las não as pessoas mais capazes, mas sim as que melhor se mexem no jogo das influências, conhecimentos e cunhas.
E os conhecimentos servem para outras coisas, pode não haver dinheiro para dar aumentos aos empregados ou para participar num evento importante, mas para um evento de merda em que o retorno vai ser quase 0 pode-se gastar o orçamento de marketing dum ano, porque o sr. administrador é amigo do organizador do evento e até vai lucrar com umas tacadas de golfe de borla, e para futuros negócios pessoais mas não da empresa até é muito importante.
Por estas e outras é que Portugal está na miséria em que se encontra, os interesses pessoais sobrepõe-se ao interesse do país, e o que é caricato é que a longo prazo os interesses pessoais vão sofrer com isso.
Mas como é a longo prazo ninguém pensa nisso.
Se uma pessoa se quer safar neste país à beira mar cada vez menos plantado e mais desértico se safar tem que ter conhecimentos, e com estes até pode fazer parte do jet-set, se é que podemos falar em jet-set neste país.

Publicado por firewind em 11:47 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 26, 2004

Livro 1 N.º 66

Lili, meu querido amor
Entendo e partilho a tua dor
A tua profunda tristeza
Posso não saber o que fazer
Nem sequer o que dizer
Mas podes ter a certeza
Que tens o amor do meu coração
A minha intensa paixão
Que sinto por ti
E somente por ti

Publicado por firewind em 10:14 AM | Comentários (0) | TrackBack

Alegria no trabalho

Já pensaram um pouco como se sentem quando vão trabalhar? Claro que ninguém gosta de trabalhar, mas estou-me a referir ao estado de espirito com que passamos um dia no trabalho. Ultimamente tenho verificado que o meu local de trabalho se tornou um local sorumbático, triste, em que as pessoas estão o dia todo sem alegria.
E o que é certo é que a produtividade baixou, drásticamente, porque se uma pessoa está triste, mal disposta no trabalho é evidente que não vai render o mesmo que se estivesse alegre e bem disposta.
Não estou a falar de estarmos todos aos risos e a contar anedotas mas sim sentirmo-nos bem uns com os outros, dizermos uma piada de vez em quando, não sentirmos o peso de estarmos o dia todo a trabalhar.
Não sou psicologo, nem pretendo ser, mas julgo que é fácil entender qu equem está bem disposto é muito mais eficiente que quem está mal disposto.
Por isso os nossos gestores que tanto falam da falta de produtividade deveriam antes de tudo ver se os trabalhadores se sentem bem, tenho a certeza que um pouco de alegria no trabalho faria muito pela produtividade, e também pelo nosso país.

Publicado por firewind em 10:13 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 25, 2004

Livro 1 N.º 65

Coraste ao pensar
sorriste para mim
abriste o coração
quando reparaste
no meu olhar
no teu olhar
então pensaste
que será que sinto
porque palpita o coração
quando tu olhas para mim

Publicado por firewind em 10:26 AM | Comentários (0) | TrackBack

a mentira

Hoje sabemos que nos mentiram, o Durão Barroso, o Aznar, o Blair, o Bush, todos eles mentiram.
Sabemos hoje que não haviam armas de destruição maciça no IRaque e pior do que isso os mentirosos também o sabiam, mas era mais interessante, politica e financeiramente invaidr o Iraque que tentar destruir a Al-quaeda.
E assim um país que nunca tinha tido terroristas, que nunca tinha contribuido para eles, passou a ser um ninho de nascimento de novos atentados e terroristas.
Eles mentiram ao mundo, mas ainda hoje não tiveram a vergonha na cara para pedir desculpa do erro que cometeram.
Já agora não foi um acto terrorista que fez com que o PP perdesse as eleições, mas sim a mentira que rodeou esse acto, a tentativa que inculpar a ETA é que fez com que perdessem as eleições, ninguém gosta de se sentir enganado, e quando a mentira é persistente o caminho é correr com quem mente.
DURÃO tenha vergonha e reconheça que mentiu a todos nós.

Publicado por firewind em 10:24 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 23, 2004

Livro 1 N.º 64

As lágrimas correm pela face
Sonhos desfeitos
Amores imperfeitos

As lágrimas correm pela face
Perde-se a paixão
Ganha-se a solidão

As lágrimas correm pela face
Parece doentio
Mas sinto um vazio

As lágrimas correm pela face
Onde está o amor
Para parar esta dor

Publicado por firewind em 12:12 PM | Comentários (1) | TrackBack

Sentimental e romântico

Ser sentimental e romântico nos dias de hoje é terrivel. Especialmente no meu caso porque o ser sentimental faz com que viva tudo com mais profundidade, e se à primeira vista parece ser excelente as desilusões da vida tocam-nos mais profunda e dolorosamente.
O ser romântico impede-me de ter relações sem sentido, de um fim de semana ou duma noite. Ou seja não consigo ir para a cama com uma mulher sem haver preambulos, romance e sentimento.
O que é péssimo quando só se quer dar uma queca.
A combinação das duas é implacável quando escolhemos alguém que não nos ama. Porque o mal é que nunca perdemos a esperança, comum em todos os apaixonados, e qualquer revés na nossa estratégia para alcançar quem amamos leva-nos a sentir uma sensação de perda profunda.
No meu caso ao longo dos anos fui-me habituando a esta sensação pelo que apesar de me tocar profundamente não me impede de aceitar isto como algo normal nas relações entre homens e mulheres.
Mas gostava de ser menos romântico e menos sentimental para não sofrer tanto e ser mais desprendido no amor.

Publicado por firewind em 12:11 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 22, 2004

Livro 1 N.º 63

Nesta noite de São João
sinto o meu coração
a bater mais forte

Procuro na multidão
quem me dê a mão
mas não tenho sorte

Ando, subo, desço
e tudo o que peço
é ter-te ao meu lado

Vejo-te na multidão
salta o meu coração
corro para o teu lado

Afinal o São João
pode dar-me a mão
e ajudar-me a entrar
no teu coração

Publicado por firewind em 12:15 PM | Comentários (1) | TrackBack

Estrada Nacional N.º1

Sempre que me desloco de automóvel ao Porto para ver as minhas filhas faço grande parte do trajecto pela estrada nacional nº1, o estado de abandono a que a mesma chegou é a montra da incapacidade e irresponsabilidade deste e de outros governos.
Só interessam as autoestradas, o resto que se lixe. Mas a maior parte de nós anda nas estradas nacionais todos os dias. Desde sinalização contraditória entre o que está pintado na via com as placas que se encontram nos lados da mesma, buracos, cruzamentos perigosos, e a manutenção do mesmo traçado há mais de 50 anos de tudo se encontra.
A estrada nacional devia ser uma opção para quem não quer pagar a autoestrada, e devia ser mantida em condições, com segurança e com bom piso, mas nada disso se encontra salvando as honrosas excepções de alguns, poucos quilómetros onde as autarquias fizeram algo, como vias exteriores às localidades estando as mesmas em bom estado.
Já agora saliente-se que dá a impressão que a estrada nacional só é mantida nos locais onde as autarquias se preocupam e fazem algo por ela.
Ora o desenvolvimento de Portugal passa por ter estradas em condições e não só autoestradas. Estas servem uma função muito especifica de ligação rápida entre grandes distâncias, mas não servem para o nosso dia a dia em que temos que movimentar, ou que não queremos pagar o custo da autoestrada.
E não vejo meio deste panorama se alterar, pois só ouço é falarem em novas autoestradas e não em reparar e melhorar as estradas existentes.

Publicado por firewind em 12:14 PM | Comentários (1) | TrackBack

março 19, 2004

Livro 1 N.º 62

Ele olhou-a nos olhos
Ela desviou-os
Ele aproximou-se
Ela afastou-se
Estava tudo acabado
Tudo terminado
Sem uma palavra
Tudo acabara
Ele ficou só
Até metia dó
Chora coração
O fim duma paixão

Publicado por firewind em 10:07 AM | Comentários (2) | TrackBack

março 18, 2004

livro 1 N.º 61

Sentes-te maltratada
injustiçada
perdes a calma
atiras-te para a cama
fechas os olhos
tentas arrefecer os ânimos
não consegues parar
mas sentes no ar
algo diferente
que atinge a tua mente
tentas perceber
procuras compreender
mas a irritação
sobrepõe-se ao coração
se assim continuas
assim ficas
sem entender
sem perceber
o que anda no ar

Publicado por firewind em 09:36 AM | Comentários (0) | TrackBack

Gare do Oriente

Já alguma vez estiveram à espera de comboio na Gare do Oriente num dia chuvoso? eu já, mais do que uma vez.
Ficamos molhados, apesar de haver uma cobertura a mesma não serve para nada, e porquê?
Porque em vez de fazerem uma estação que fosse prática e a pensar nos utilizadores, fizeram uma estação para o show-off, usual quando os nossos arquitectos só pensam é em ficarem conhecidos pelo tamanho da obra e não pela qualidade, e era muito simples reduzir os problemas na estação, bastava que as colunas que suportam o tecto tivessem metade da altura e a cobertura fosse ligeiramente alargada a cobrir todas as linhas, simples, mais barato e muito mais eficaz, é claro que não dava tanto nas vistas, e como em Portugal o importante é o show-off fez-se a linda merda que temos hoje.

Publicado por firewind em 09:32 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 17, 2004

Livro 1 N.º 60

Pressa
abres, fechas
pressa
sobes, desces
pressa
falas, calas
pressa
pensas, ignoras
pressa
andas, paras
pressa
amas, odeias
pressa
vives, morres
pressa
agarras, largas
pressa
apanhas, atiras
pressa
teres, perderes
pressa
Para, Olha, Ama

Publicado por firewind em 11:00 AM | Comentários (0) | TrackBack

Do céu ao inferno num instante

Alguma vez se sentiram tão bem com a vida que quase tocavam o céu? E depois dum instante para o outro sentem como tivessem descido ao inferno? Não estou a falar de drogas, mas sim quando sentimos que está tudo bem connosco, que finalmente alcançamos algo que pretendiamos para logo a seguir levarmos com um baque tão grande que nos atira para o fundo.
Já me tinha acontecido algumas vezes, e agora muito recentemente, alguns dias atrás sentia que tinha alcançado algo que desejava e ansiava, para no inicio desta semana isso me ser tirado e senti-me descer bem lá no fundo.
Se eu fosse de me dar a depressões estaria neste momento numa depressão profunda, mas como sempre achei que isso não resolve nada não me deixei cair nessa fossa.
Mas que é desagradável é. Como muitas outras coisas na vida, com as quais aprendemos a conviver, o que não impede que as tentemos alterar.
Agora só tenho é que voltar a procurar maneira de alcançar o que desejo e anseio, desistir é que nunca.

Publicado por firewind em 10:59 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 15, 2004

Livro 1 N.º 59

Chegou a hora
sinto que é agora
No meio da cidade
sinto-me sem idade
Pareço um puto apaixonado
fico de queixo ao lado
Sempre que a vejo
só quero dar-lhe um beijo
Até faço peito
e fico sem jeito
O coração palpita
a mente saltita
As palavras não saem
não ouço o que me pedem
não ligo ao que me acontece
o meu coração padece
ao não conseguir dizer
Amor quero-te ter

Publicado por firewind em 10:14 AM | Comentários (1) | TrackBack

Espanha vira à esquerda

No seguimento dos atentados de Madrid e graças à falta de bom senso do governo as eleições puseram fora do poder o PP espanhol que governava à 8 anos.
A manipulação grosseira da televisão, a teimosia em não reconhecer que não sabiam quem era o autor dos atentados, mantiveram-se durante muito tempo a dizer que era a ETA, a não cobertura de manifestções a exigir que toda a informação fosse divulgada resultou num claro não dos espanhois à politica seguida pelo governo.
O Durão Barroso que olhe para o que se passou em Espanha, o próximo poderá ser ele.

Publicado por firewind em 10:11 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 12, 2004

Livro 1 N.º 58

Sinto que te perdi
não sei quando nem como
só sei que te perdi
e a minha vida perdeu o rumo
se calhar nunca te tive
se calhar sonhei, ou imaginei
sem amor não se vive
é tudo o que eu sei
diz-me que não sonhei
que não te imaginei
que existes e me amas
que me queres ter
que o nosso amor tem asas
para voar e crescer

Publicado por firewind em 12:41 PM | Comentários (0) | TrackBack

Mulheres divorciadas com filhos

Entre muitas conversas que vou tendo com pessoas amigas, normalmente mulheres, veio à baila o caso duma mulher divorciada que sentia problemas em arranjar relacionamentos sérios desde que se tinha divorciado.
O problema era ela ter 2 filhos, os homens que ela conhecia desinteressavam-se logo que sabiam que ela tinha 2 filhos.
Acredito que muitos dos homens que queiram ter um relacionamento com uma mulher não lhes agrade muito o facto dela ter filhos.
Pus a questão a mim mesmo, se eu aceitaria ter um relacionamento com uma mulher que tivesse filhos, se isso me causaria algum problema, verifiquei que apesar de ser algo que poderia afectar o normal desenrolar duma relação também era algo que não me afastaria dessa pessoa.
Mas em conversa com alguns homens muitos deles mostraram desagrado com essa perspectiva, chegando um a dizer que se ele não aturava os filhos dele não ia aturar os filhos doutro.
Acredito que não seja este o pensamento mais normal, de certeza que devem haver muitos homens que não se importam em se relacionar com alguém que tenha filhos, mas também acredito que muitos não vão atrás dum relacionamento sério, mas sim de dar umas quecas e esses arranjam qualquer motivo para não tornar qualquer relação num compromisso sério.

Publicado por firewind em 12:40 PM | Comentários (3) | TrackBack

Estaremos seguros no Euro 2004

O atentado de ontem em Espanha levanta a questão da segurança do Euro 2004. Especialmente se se confirmar ter sido a Al-queda a efectuar os atentados.
Sejamos realistas, a nossa policia não está preparada para evitar atentados como os que se verificaram em Espanha, se nem os espanhois o conseguiram como poderemos nós evitá-lo?
Mas espero que os responsáveis pela segurança resolvam aumentar exponencialmente a segurança à volta do Euro, e não podemos deixar tudo para a ultima hora, tem que ser já. Treinar, estudar e montar o dispositivo de segurança que terá de ser super eficaz, mas tenhamos sempre em mente que não é infalivel, e que nós próprios vamso ter que ajudar, procurando objectos estranhos, pessoas com comportamentos fora do normal.
Mas continuo e vou continuar preocupado com a segurança no Euro porque não confio em quem é responsável por essa segurança!

Publicado por firewind em 11:15 AM | Comentários (0) | TrackBack

Uma palavra de solidariedade com o povo espanhol

Publicado por firewind em 11:10 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 10, 2004

Livro 1 N.º 57

Ouço um barulho,
viro a cabeça,
é ela penso,
engano,
era o cascalho,
fico tenso,
abano a cabeça,
a barriga aperta,
será que é desta?
olho novamente
o vazio da minha mente
formo a imagem
que tenho sempre presente
quando estou ausente
que me acompanha
e me apanha
nos momentos mais quentes
e me desperta de repente
com a sua presença
que se torna imensa
e que desaparece
e aparece
em breves instantes
que me confortam
e me recordam
que imaginar
não faz ninguém amar

Publicado por firewind em 11:49 AM | Comentários (0) | TrackBack

Não podemos ficar amigos?

Quando uma relação acaba muitas vezes perdemos mais dfo que a relação, perdemos a relação de amizade e companheirismo que existe associado a essa relação.
É claro que infelizmente não é isso que acontece muitas vezes.
Mas quando se acaba uma relação essa parte também se perde. é claro que relações que acabem pacificamente começam a parecer um oasis no deserto.
Mas essas devia ser possivel manter a relação de amizade. Muitas vezes até porque existem outros laços como os filhos.
Mas infelizmente raramente isso acontece apesar das afirmações das pessoas.
Ao acabar duma relação está sempre inerente algum ressentimento e sentimento que ainda não foi completamente extinguido.
Há excepções, como tudo na vida, que deviam ser mais para bem das relações entre as pessoas e especialmente para bem dos filhos.

Publicado por firewind em 11:47 AM | Comentários (1) | TrackBack

Fuck You Alex Ferguson

E já agora FUCK YOU MAN UNITED SUPORTTERS.
Não venham agora com ideias que os britânicos são fleumáticos e desportistas.
Raiou o inconcebivel os dias que antecederam o jogo de ontem entre o F.C. Porto e o Man. United.
Desde batoteiros a conjunto de raparigas de tudo chamaram aos jogadores e adeptos do clube.
Alguns em Portugal como o Dias da Cunha devem ter ficado contentes com os ataques.
Mas ontem tiveram a resposta à altura. FUCK YOU. O F. C. Porto eliminou o Man. United.
E não foi com o sistema, ou melhor foi, com o sistema de ganhar, de não se deixar intimidar porque quem não sabe perder e não tem vergonha na cara.
FUCK YOU Alex Ferguson e todos os Antiportistas começando pelo Dias da Cunha

Publicado por firewind em 11:42 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 08, 2004

Livro 1 N.º 56

Tremo ao olhar
só de pensar
o prazer de montar,
e pôr a funcionar

Sinto o ronronar do motor
ao rodar o acelerador
o barulho do motor
torna-se um grito ensurdecedor

Sinto adrenalina a subir
o sangue a fluir
o ar a diminuir
o corpo a cair

Colado ao depósito
sente-se o propósito
pela qual existo,
vivo e me excito

Publicado por firewind em 05:05 PM | Comentários (0) | TrackBack

Dia internacional da mulher

A existência dum dia internacional da mulher só prova que ainda falta fazer muito para as mulheres se sentirem em igualdade com os homens. O dia da mulher para um homem devia ser todos os dias.

uma mulher é um sonho
uma mulher é um desejo
uma mulher é uma perdição
uma mulher é o céu
uma mulher é o mar
uma mulher é a tranquilidade
uma mulher é uma tempestade
uma mulher é perder-se
uma mulher é encontrar-se
uma mulher é a vida
uma mulher é o amor

Para todas as mulheres do mundo

Publicado por firewind em 04:59 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 05, 2004

Livro 1 N.º 55

Ele chegou
e logo mostrou
ela olhou
pensou
resmungou
e decidiu
por fim subiu
e no fim sorriu
andou
passeou
e disse: agradou
ele contente ficou
e logo pensou
ela convidar
a novamente passear
mas pelo ar
que ele viu
e pelo que ouviu
repetir
só se muito pedir

Publicado por firewind em 10:34 AM | Comentários (1) | TrackBack

O que me atrai numa mulher?

Para onde olho primeiro quando vejo uma mulher? Não não é para os seios, primeiro olho para a cara, os olhos em particular, depois sim olho para os seios, seguido das pernas e por fim do rabo. Nessa altura faço a apareciação global onde também conta o caminhar. Mas isto é a atração fisica, a parte seguinte e muito mais interessante é conhecer essa pessoa, que maneira de ser tem, se é simpática, divertida, se os nossos gostos se encaixam, se temos prazer em falar e escutar um ao outro, isso é atração sentimental.
Como é claro as duas componentes têm que existir, no meu caso têm que estar equilibradas, é claro que muitos homens e mulheres muitas vezes só olham à atração fisica, esquecendo a outra parte, no caso dos homens porque querem é dar uma queca, no caso das mulheres porque apesar do que dizem ligam muito ao aspecto fisico.
Se só estivesse interessado n uma queca era evidente que a atração fisica seria a unica coisa que me interessava, ou como dizia um colega meu, eu só a quero foder, o que ela pensa ou faz não me interessa para nada.
Quando se quer um relacionamento mais profundo procura-se conhecer a outra pessoa, e algumas vezes temos surpresas desagradáveis, a maneira de ser não encaixa na nossa, ou certos aspectos do seu carater desagradam-nos. Já conheci algumas mulheres que se apaixonaram só olhando à parte fisica e se deram mal com isso. Mas muitas vezes não controlamos o amor, ele é incontrolável, e apaixonamo-nos por quem não deviamos ou podiamos.
Engraçado, eu gosto muito de olhar nos olhos uma mulher, diz muito sobre o que lhe vai na alma, e muitas vezes perco-me neles, alguns são como o céu, outros como o mar, e alguns infelizmente como uma noite escura. Definitivamente os olhos são o que mais me atrai numa mulher. Devo estar maluco em não escolher os seios, as pernas ou o rabo, mas o que se há-de fazer, essas partes vêm a seguir.

Publicado por firewind em 10:17 AM | Comentários (2) | TrackBack

março 04, 2004

Livro 1 N.º 54

Eu gosto do verão
da praia e do calor
apanho um escaldão
e mudo de cor

a temperatura sobe
a roupa desaparece
quanto mais aquece
não quero que acabe

sempre que vejo
a tua pele nua
quero-te dar um beijo
nessa boca tua

juntos nos deitamos
junto ao mar estamos
o calor aperta
e o amor desperta

o calor do verão
a frescura do mar
só penso em amar
e cantar uma canção

Publicado por firewind em 11:46 AM | Comentários (0) | TrackBack

A Reforma 5 anos mais tarde?!

A comissão europeia constituida por uma data de gajos bem instalados na vida e cheios de dinheiro propôs que todos os trabalhadores na União Europeia se reformem 5 anos mais tarde.
Quer dizer se já há pouco trabalho, se muitas empresas o que querem é ver-se livre dos trabalhadores mais velhos isto surge como um absurdo. Todas as opções empresariais apontam para que a reforma fosse 5 anos mais cedo, é claro que isto cria problemas a nivel da SEGURANÇA SOCIAL, e porquê? Porque nenhum estado utiliza os descontos para a segurança social só para pagar as reformas, mas sim para pagar uma data de outras despesas. É claro que assim é impossivel ter dinheiro para pagar a toda a gente. eu sei que muitos gostariam de trabalhar durante mais anos, detestam não ter nada que fazer, mas também sabemos que hoje em dia não há empregos para todos, e quando a comissão europeia vem propor o aumento dos anos para a reforma e a seguir diz aos governos para arranjarem forma de manter estas pessoas empregadas. Quer dizer, os governos já são incompetentes em arranjar empregos para as pessoas actuais quanto mais para as que no futuro não se reformarem na altura esperada.
Deixem de brincar com as pessoas e pensem, proque se não só posso pensar que quem está na Comissão Europeia é uma cambada de imbecis que não sabe o que se passa fora dos escritórios onde se reunem, e se é este o caso, demitam-se.

Publicado por firewind em 11:36 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 03, 2004

Livro 1 N.º 53

Macho
és um macho
não queiras saber
o que eu acho

macho
és um macho
julgas-te superior
pensas que és o maior

macho
és um macho
fazes-me sorrir
e acabo a rir

macho
és um macho
portas-te mal
não tens igual

macho
és um macho
crias a imagem
que os homens têm

macho
és um macho
não sabes amar
só mandas calar

macho
és um macho

Publicado por firewind em 10:37 AM | Comentários (0) | TrackBack

Um olhar atrai?

O que nos leva a sentir atraídos por uma mulher e não por outra?
Porque é que algumas vezes olhamos para alguém e nos sentimos atraídos imediatamente?
Já deparei na minha vida com casos parecidos, muitas vezes nunca conhecemos a pessoa e nunca a iremos ver outra vez, mas acontece de ao cruzar o olhar sentir algo entre as duas pessoas, como que uma atracção.
É claro que isso passa quando nos afastamos, mas quando é alguém com quem falamos e convivemos isso torna-se ainda mais notório. É claro que quase sempre a atracção fica do nosso lado, porque quem olhamos ou não reparou nessa atracção ou não quis dar atenção a esse promenor. Mas também acontece que muitos relacionamentos começam com esse olhar.
E porquê?
Estou certo que os especialistas têm diversas explicações, eu prefiro acreditar que no nosso subconsciente algo nos ligou a essa pessoa através do olhar, muitas vezes algo que nos fez olhar nessa direcção.
E sim acredito que nos podemos apaixonar num olhar, o que hei-de fazer sou um romantico incurável.

Publicado por firewind em 10:35 AM | Comentários (0) | TrackBack

Aborto

Volto novamente a este assunto, não porque o ache agradável, não há nada de agradável numa mulher ter que abortar, mas sim porque os portugueses continuam hipócritas, são contra o aborto, mas acham que as pessoas que o fazem não deviam ser presas. Decidam-se por favor, ou são contra ou são a favor, não podem é ser contra e não querer que a lei seja aplicada. No mesmo assunto o BE mostra artigos onde o totó do Paulo Portas em 1982 defendia o aborto, é claro que agora está contra, é que antes interessava ser oposição, hoje interessa manter o poleiro, pois sabe que no dia em que sair dele a carreira politica acabou. E já vai ser tarde de mais para alguém sem ideias, sem projectos, sem dignidade. Mas voltando ao que interessa, pessoas que vêm defender que as mulheres não deviam abortar muitas vezes têm familiares a quem ajudaram a abortar, não em Portugal para não se saber, mas em Espanha ou na Inglaterra, porque essas pessoas têm posses, deixando aos outros o recurso a clinicas sem qualidade nem material para executar um aborto com segurança. E a vida em Portugal não está fácil, apesar de telenovelas o darem a enteder, arranjam-se empregos do dia para a noite, especialmente numa area reconhecidamente dificil de arranjar emprego, sim estou a falar de queridas feras, aquela farmácia deve dar um lucro espantoso para episódio sim, episódio não entrarem novos empregados, é claro que tinham que estar contra o aborto, não iam querer aborrecer quem gosta de meter a cabeça na areia e assobiar para o ar como se tudo estivesse bem em Portugal. Mas a maior parte dos portugueses têm o que merecem pois nada fazem para alterar isso. Eu pela minha parte faço o que posso, e continuo a ser contra a criminalização do aborto.

Publicado por firewind em 10:29 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 02, 2004

Livro 1 N.º 52

Curtir
gostar, amar
pode ser tudo
e nada representar

curtir
paixão, andar
duas pessoas juntas
podem não fazer um par

curtir
tentação, felicidade
tu, queres tudo
mas não tens idade

curtir
sexo sem idade
não fazes contas
andas só na cidade

curtir
sem distinção de sexo
sentes-te de fora
por uma razão sem nexo

curtir
queres ter
queres sentir
aqui e agora
dentro ou fora
todo o prazer
de ..... curtir

Publicado por firewind em 10:09 AM | Comentários (0) | TrackBack

Sentimentos incontrolaveis

amor, odio, raiva, medo, paixão, obsessão tudo sentimentos que muitas vezes s tornam incontroláveis. Os adeptos de futebol misturam muitas vezes muitos destes sentimentos levando a actos deploráveis como vimos um presidente da camara na televisão fazer cenas pouco dignas do cargo que ocupa.
Também todos sabemos que o amor muitas vezes leva as pessoas a fazerem muitas coisas, algumas horriveis como matar a mulher ou homem por ciumes, como suportar o marido ou mulher apesar dos maus tratos, como sofrer quando se ama e não se é amado. Todos estes sentimentos é que nos tornam unicos e ao mesmo tempo destrutivos. Porque a maior parte das pessoas não controlam estes sentimentos, e muitas vezes pessoas especializam-se em tirar partido destes sentimentos, o expoente máximo foi o Hitler que usou os sentimentos de revolta existente nos alemães para chegar ao poder.
É claro que os politicos duma maneira ou de outra tentam usar os nossos sentimentos para serem eleitos, aproveitando momentos conturbados para tirar dividendos politicos, mas isso é o normal em politica, e maior parte das pessoas acha isso comum.
É claro que continuo achar que enquanto as melhores pessoas nas suas areas não estiverem num governo este país nunca sairá do sitio, por isso vamos todos os que trabalham vivendo o dia a dia com a cabeça de fora do atoleiro em que estamos metidos.
Vêem! O meu sentimento de incoformismo a tomar conta de mim.
É, os sentimentos são algo que nos distingue, que nos acompanha, que nos ampara e que nos pode levar a cometer loucuras.

Publicado por firewind em 10:08 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 01, 2004

Livro 1 N.º 51

O troar do motor
a velocidade do vento
voa-se no tempo

Mota, andar de mota
forma de vida
sentido da vida

sente-se o calor
do ar seco e quente
que abafa a mente

Mota, andar de mota
forma de vida
sentido da vida

ama-se ou odeia-se
ninguém fica indiferente
quando vê uma pela frente

Mota, andar de mota
forma de vida
sentido da vida

vive-se e morre-se
como tudo na vida
numa grande desdita

Mota, andar de mota
forma de vida
sentido da vida

Publicado por firewind em 10:18 AM | Comentários (3) | TrackBack

Orgasmos

Um tema que em Portugal ainda é controverso, como quase tudo o que tenha a ver com sexualidade.
Nós homens temos que ser honestos, o nosso orgasmo esvazia-nos totalmente, e ou somos jovens ou usamos Viagra (ou produto parecido) para estar constantemente em cima duma mulher.
E também muitas vezes após o acto sexual a mulher já não nos interessa para nada.
As mulheres reagem de maneira diferente, quanto têm um orgasmo, e há muitas que não os têm apesar da convicção do homem em contrário, elas ainda ficam mais sensiveis, por isso muitas delas reagem negativamente ao afastamento do homem após o orgasmo.
E por falar em homens, vejam lá se fazem um esforço e tentam procurar que a companheira goze tanto como vocês, não custa nada, é bom que se farta e se calhar conseguem fazê-lo mais vezes.
É claro que nós homens precisamos de algumas indicações, nem que sejam suspiros de prazer.
E não esqueçam, usem sempre preservativo.

Publicado por firewind em 10:16 AM | Comentários (2) | TrackBack

Porquê Firewind?

Porque assino firewind? Porque escolhi este nome em vez de qualquer outro?
Bem isto tem a ver com o meu prazer de andar de mota, há alguns anos atrás quando comecei a passear de mota o vento quente que sentia no rosto fazia-me parecer que o vento ardia. Como quando comecei a navegar na internet queria um endereço pessoal diferente escolhi a versão inglesa de vento ardente, firewind. Quando criei o meu blog achei que seria interessante chamá-lo firewind, além de que por motivos pessoais não me interessava por o meu nome, apesar de que muitos que lêem este blog o conhecem.
Para quem esteja curioso chamo-me Pedro, e normalmente assino Pedro MAC.
Espero ter satisfeito algumas questões sobre o usar firewind e quem eu sou, neste caso continuam a saber pouco sobre isso.

Publicado por firewind em 10:10 AM | Comentários (1) | TrackBack