Entrada

July 11, 2005

Publicado por Carlos Ferreira às 01:51 PM | Comentários (0)

July 07, 2005

PRECAUÇÃO CONTRA ROUBO DO TELEMOVEL


Amigo meu enviou-me este conselho:



Uma espécie de vingança para quando nos roubarem o telemóvel.

Para obter o número de série do vosso telefone portátil, escrevam *#06#

Aparecerá no écran um código de 15 algarismos. Este código é único.

Registem e conservem-no religiosamente.

Se vos roubarem o telemóvel, telefonem ao vosso operador e dêem-lhe este código.

O vosso telefone poderá então ser completamente bloqueado, mesmo que o ladrão mude o cartão SIM.

Provavelmente não recuperarão o telemóvel, mas pelo menos têm certeza que quem quer que seja que o tenha roubado não o poderá utilizar nunca.

Se toda a gente tomasse esta precaução, o roubo de telemóveis seria inútil.

Enviem isto a toda a gente e apontem o vosso número de série!!!

Publicado por Carlos Ferreira às 04:54 AM | Comentários (1)

July 05, 2005

NO FUTEBOL É QUE ESTÁ O NOSSO FUTURO ...!


Hoje a equipa do Benfica regressou ao trabalho.
O assunto teve honras de reportagem na televisão.
O locutor informou que milhares de pessoas se encontravam nas bancadas para assistir à sessão. Pouco depois concretizou que eram cerca de duas mil.
Muitos seriam estudantes em férias e ou pessoas na situação de reforma.
Mas, certamente, muitas outras não teriam essa disponibilidade.
Num dia de semana, uma tarde de perdida por tanta gente, por um motivo destes não deixa de ser confrangedor.
Quanta mão de obra se perdeu ali! Quanta coisa de útil poderia ser feita por toda aquela gente !
Alguns, interpelados pelo repórter, não tiveram pejo em confessar que tinham faltado ao trabalho para verem o treino.
Um deles chegou ao desplante de afirmar que o patrão teria mesmo que o dispensar para o efeito.
É assim que o País vai para a frente ? É com gente desta que a produtividade vai aumentar?
Que Deus nos acuda ...

Publicado por Carlos Ferreira às 05:21 PM | Comentários (1)

O MOÇAMBIQUE INDEPENDENTE


Li, há dias, no “Público” uns considerandos acerca da extrema pobreza e condições degradantes em que vive a população de Moçambique. Como exemplo apontava-se que, em plena capital, a cidade de Maputo, há um bairro, Chimanculo, de barracas de zinco, no qual não há água, nem luz, nem saneamento, e em que os acessos estão atulhados de lama e de lixo.

Moçambique é um país independente desde 1975.
Recordo que, quando a Frelimo tomou conta do poder, houve um frenético mobilizar da população no sentido de colaborar activamente na construção do país novo.

Foi um período conturbado, com a retirada massiva e apressada dos europeus, a nacionalização das propriedades, a ocupação das casas dos que se retiravam.

As autoridades recém instaladas incentivavam as populações ao trabalho, num plano de igualdade para todos, de acordo com a nova filosofia de radical abolição de classes sociais.

A população negra aderiu em massa aos apelos feitos, criando-se comités de bairros que orientavam os moradores nos trabalhos de interesse colectivo.

Os mulatos que se sentiram na desconfortável situação de, por parte dos pretos serem considerados brancos, e por parte dos brancos serem considerados pretos, numa opção oportunista intervieram activamente no movimento criado, mostrando-se, por conveniência, fervorosos frelimistas,

Alguns brancos, temendo pelo futuro, integraram-se também nas novas directivas, e alguns vi eu, aos fins de semana, de enxada ao ombro, em grupos heterogéneos, numa exemplar mistura racial, a caminho das “machambas” colectivas, contribuir com o seu trabalho para a produção agrícola..

Que é feito,agora, dessa vontade generalizada das populações que as levava a participar, com entusiasmo, nos trabalhos para o bem comum ?

Que fazem, agora, esses comités de bairro, que apareceram então, como cogumelos, por toda a parte ?

Que fazem as autoridades, os governantes que, trinta anos após a independência, mamtêm em plena cidade capital populações sem luz, sem água, sem saneamento, e com lama e lixo por todos os lados ?

Onde estão as prometidas realidades de um país independente, com vida digna para todos, que de início foram tão vincadamente propaladas ?

E como é possível que trinta anos após a tomada do poder pela Frelimo, com três eleições já efectuadas, as populações não tenham corrido já com governantes tão ineptos que nada fazem para melhorar as condições de vida do povo que neles acreditou ?

Publicado por Carlos Ferreira às 01:20 PM | Comentários (0)

ACIDENTE


Em Paramo (Espinho) uma estrada onde circulam automóveis atravessa uma pista de onde levantam e onde aterram aeronaves !!!
Seria risível, se não fosse trágico.
Aconteceu o que mais tarde ou mais cedo haveria que acontecer:
o choque de um automóvel com um ultra-leve: dois mortos.

Publicado por Carlos Ferreira às 11:19 AM | Comentários (0)