novembro 28, 2003

A Regata da América

A propósito da regata da América, muita gente vem falando e penso que poucos sabem o que estão a dizer. Peço-vos para lerem o comentário do promotor português, porventura o único português verdadeiramente empenhado em trazer o evento para Portugal.

Publicado por Manuel Marques em 07:22 PM

novembro 22, 2003

Passeio pelos blogs

Tenho andado a passear pelos blogs dos meus companheiros e a verdade é que, sem dar po isso, o tempo passou; realmente isto é uma doença quase incurável. Sinto-me obrigado a vir aqui desabafar mas, é gratificante ler alguns textos que nos agradam e depois, comentário para aqui, comentário para ali, já não sobra para escrever o nosso próprio texto.
Enquanto fui fazendo uns trabalhos aqui na pacatez do meu escritório, a chuva a cair, com a tv ligada, fui ouvindo os noticiários e a opinião de alguns comentadores.
Se dormir não fosse uma actividade necessária, se calhar ficaria aqui a noite toda a escrever sobre as desgraças do mundo, a comentar sobre aquilo que os outros dizem, uns com razão, outros com visões alucinantes, outros sem razão, quase todos convencidos que a verdade está do seu lado.
Eu também tenho a minha verdade, que é a verdade do que acontece: bombas, destruição; a fome, as oligarquias; lutas corporativas, falta de competência; etc.
E a nossa terra? Orçamento para quê? Assembleia da República para quê? O povo vota para quê? Greves e lutas de interesses para quê?
Só pensar que poderíamos ser um dos países da Europa com melhor qualidade de vida!!!

Publicado por Manuel Marques em 02:56 AM

novembro 18, 2003

É o tabaco!

Não é que este artigo tenha uma importância visível porque só fuma quem quere. E mais, há quem goste de fumar porque lhe dá prazer e tranquilidade; dizem isso dos que fumam charuto.
Para além do cigarrito, fui fumador de cachimbo; ainda tenho uma bateria de cachimbos, tenho livros sobre o cachimbo, e lembro-me bem do ritual que era fumar uma cachimbada, limpar o cachimbo, deixá-lo descansar pelo menos 2 dias, etc. Nunca fumei o mesmo cachimbo mais do que um dia; e depois o material descansava uma semana.
Então porquê este post? Porque tenho amigos que fumam e gostaria de os ver sem fumar. Os primeiros benefícios sâo, ausência do cheiro do tabaco em casa, na roupa, nos lençois e no hálito; e a porcaria nos cinzeiros cheios de beatas!!!
Proooonto.............. eu não bato mais!!!!

Publicado por Manuel Marques em 04:38 PM

Saudades de casa

Emigrei, mas a saudade chega como a qualquer emigrante e vem a vontade de "matar saudades". Pela minha outra morada, a BlogA!?, tudo corre bem, é agradável ali participar do convívio com todos aqueles blogueiros e também se recebem conselhos como os do meu amigo Paulo que a seguir transcrevo, com a devida vénia:
"Pessoalmente, acho a ideia do nosso bom amigo do Ensaio de participar activamente no Bloga muito boa. Fica mais acompanhado - o que é para ele um conforto moral, eu sei: participar em projectos com outras pessoas fornece-nos um estímulo único. E os blogues colectivos fazem falta, temos poucos em Português. Mas... custe-me que abandone o Ensaio. Porque não o mantém - ainda que com menor produção? Não está escrito em lado nenhum que um blogger tem de publicar frenética e diariamente! Além disso não necessita diluir-se totalmente na equipa: pode publicar aqui e no Ensaio em simultâneo (é uma questão de copy+past), ou "teasers" no Ensaio com links para o Bloga, o que é uma boa solução de compromisso. Haverá um apagamento do Ensaio, naturalmente, mas fica ali como uma reserva. E com o seu passado intacto.
Não é exactamente um conselho: espero apenas contribuir com alguma luz para a sua decisão -- seja ela qual for merecerá o meu respeito."
E aqui estou eu. Na verdade é doloroso deixar aquilo que se cria, sobretudo quando há alternativas.
Também recebi o apoio da Catarina.Bem Haja.

Publicado por Manuel Marques em 04:22 PM

novembro 16, 2003

Vou emigrar

Vou emigrar para a BlogA!?.
É um local com melhor paisagem, tem lá muita gente, tudo gente boa, dizem-me que há liberdade, não existem compromissos, enfim um lugar para se viver com qualidade de vida.
Agradeço que enviem a vossa correspondência para aquele novo lugar e se me quiserem visitar, já sabem é um grande prazer e, com aviso prévio, tenho muito gosto em vos acompanhar numa visita guiada.
Temos lugares de descanso, com jardins e passarinhos a chilrear, uma frondosa árvore que está mesmo em frente da minha janela, e há sempre disponibilidade para tomar um chá.
Então até sempre. Vosso
Manuel Marques

Publicado por Manuel Marques em 12:29 AM

novembro 09, 2003

O ensino da matemática

Um amigo meu mandou-me texto que segue, fiquei deliciado e não resisto à tentação de o pôr aqui no meu blog.

O Ensino da Matemática

Ensino nos anos 40/50
Um camponês vendeu um saco de batatas por 100$00.
As suas despesas de produção foram iguais a 4/5 do preço de venda.
Qual foi o seu lucro?

Ensino Tradicional - Anos 60
Um camponês vendeu um saco de batatas por 100$00.
As suas despesas de produção foram iguais a 4/5 do preço de venda, ou seja,
foram de 80$00. Qual foi o seu lucro?

Ensino Moderno - Anos 80
Um camponês troca um conjunto B de batatas por um conjunto M de moedas. O cardinal do conjunto M é de 100 e cada elemento de M vale 1$00.
Desenha o diagrama de Venn do conjunto M com 100 pontos que representam os elementos desse conjunto.
O conjunto C dos custos de produção tem menos 20 elementos do que o conjunto M.
Representa C como sub-conjunto de M e escreve a vermelho o cardinal do conjunto L do lucro.

Ensino Renovado - 1990
Um agricultor vendeu um saco de batatas por 100$00. Os custos de produção
elevam-se a 80$00 e o lucro é de 20$00.
Trabalho a realizar:
Sublinha a palavra "batatas" e discute-a com o colega de carteira.

Ensino Reformado - 2001
Um kampunes reçebeu um çubssídio de 50 euros para purdusir bué de çacos de
batatas o qual vendeo por 100 euros e gastou 80 euros.
Analiza o texto do iserçício, converte euros em escudos e em ceguida dis o que penças desta maneira de henriquesser.

Publicado por Manuel Marques em 08:15 PM

Conversando

Tenho lido com simpatia o GinTónico e porque ali se fala de assuntos que, normalmente, interessam a todos, sou um visitante assíduo. Se bem que, de um modo geral, eu concorde com o seu espírito crítico, isto não significa que não possa olhar o mesmo problema sob outro golpe de vista. Espanta-me que tenha poucos comentários aos seus posts; porque será?

Tenho descurado a inclusão de posts no meu blog. Mas, a verdade é que tenho visitado os blogs dos meus colegas e quando dou por mim, o tempo passou, às vezes horas, com prejuizo de outras coisas que me dão prazer, como ler, por exemplo. Tenho a descansar, em cima da minha secretária, 2 livros que, há muito tempo, deviam estar lidos e porventura, relidos.

Hoje, retomo o meu espírito crítico. É Sábado, já li o Expresso, é a síntese da semana e dá-me para recordar alguns factos que merecem um comentário.
O Expresso não é uma "biblia" mas para o jornalismo vigente, do mal o menos.

Embora, por norma, não perca tempo com pessoas menores, não deixo de referir o presidente do Futebol Clube do Porto pela provocação que utilizou nos convites pessoais para a inauguração do estádio.
Surpreendeu-me que a Dra. Leonor Beleza, uma Senhora com postura, tenha aceitado o convite e comparecido no estádio, para uma visita guiada, juntamente com outros deputados que viram injustificada a sua falta ao parlamento.
Não é com procedimentos semelhantes que a classe política readquire o seu prestigio, se é que alguma vez o teve.

E por falar em prestígio dos políticos, que tal a saga da jornalista? Maria Elisa!
Esta criatura de Deus esqueceu-se que os seus honorários são pagos pelo Orçamento do Estado, isto é, pelos cidadãos que não conseguem "fugir" aos impostos. Aquela mulher pensará que está acima do cidadão comum? E se calhar está.

Os estudantes universitários!
Espanta-me que a juventude de hoje, os homens de amanhã, despendam a sua energia em causas perdidas. Os estudantes universitários estão completamente equivocados com a sua bandeira de reivindicações.
Afinal o que importa aos estudantes? Não pagar propinas? E quem paga? O contribuinte, empregado por conta de outrem, que não pode fugir aos impostos. Então o conceito, utilizador pagador é só para as estradas?
Os estudantes porventura já pensaram que o mérito da sua universidade reside na sua autonomia? Que fizeram ou fazem os estudantes para lutar pela autonomia que está prevista na lei? Porque não lutam eles para que a lei seja cumprida? A Universidade é uma instituição séria que merece ser tratada seriamente por gente séria.

Publicado por Manuel Marques em 07:58 PM

novembro 04, 2003

Fique a saber

Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental.

Fique de olho em três dos seus amigos.
Se eles parecerem normais, o doido é você.

Publicado por Manuel Marques em 09:25 PM

novembro 03, 2003

Recordando Natália Correia

A deputada Natália Correia, escreveu e distribuiu no hemiciclo o poema que abaixo se transcreve, dedicado pela autora ao seu colega João Morgado.
Este parlamentar do CDS afirmara, numa intervenção sobre a questão do aborto, que o acto sexual só é justificável tendo por objectivo a procriação.

Dedicado ao deputado João Morgado

Já que o coito - diz o Morgado
Tem como fim cristalino
Preciso e imaculado
Fazer menina e menino,
E cada vez que o varão
Sexual petisco manduca
Temos na procriação
Prova que houve truca-truca.

Sendo pai de um só rebento
Lógica é a conclusão
De que o viril instrumento
Só usou - parca ração! –
Uma vez. E se a função
Faz o órgão - diz o ditado –
Consumada essa operação
Ficou capado o Morgado.

(Natália Correia)

Publicado por Manuel Marques em 05:06 PM