agosto 07, 2003

Escola da Ponte, de novo

Vi que a notícia do Educare sobre o não do Ministério da Educação provocou reacções em alguns blogs, como o Uns e Outros e E-maranhada.

Quero ainda mencionar o aparecimento do blog Escola da Ponte. Mais uma voz que se junta, mostrando que quem conhece a Ponte não a esquece.

Talvez seja oportuno dar a conhecer as conclusões do falado Relatório da Comissão de Avaliação Externa do Projecto Fazer a Ponte.
No seu ponto 5 (Conclusões e recomendações), reza mais ou menos assim:
"...
Pontos fortes:

- A filosofia subjacente ao Projecto "Fazer a Ponte", caracterizada por princípios de desenvolvimento da autonomia e da cooperação entre alunos, com a finalidade de educar para e na cidadania e de efectivo envolvimento de todos os intervenientes na acção educativa (pais, professores e alunos);

- A realização de uma integração curricular, desenvolvida de acordo com os princípios de um ensino e uma aprendizagem cooperativos;

- A existência de um conjunto de docentes altamente motivados e empenhados no processo de acompanhamento dos alunos na respectiva aprendizagem;

- A presença de um acentuado espírito de corpo e de identificação com o Projecto por parte de docentes e alunos;

- A preocupação da Escola em constituir-se como escola inclusiva, em termos sociais, culturais e de intervenção junto de alunos com necessidades educativas especiais;

- A diversidade de modos de actividade (trabalho individual, em pequeno grupo, participação em actividades colectivas, ensino mútuo e ensino directo) pedagógica;

- A adequada articulação entre objectivos e actividades correspondentes às diversas áreas curriculares;

- A ligação entre a escola e a família, implicando a participação activa desta na aprendizagem dos alunos;

- A qualidade dos materiais de aprendizagem, nomeadamente do equipamento informático (hardware e software).

Pontos fracos:

- O número excessivo de alunos para a dimensão das instalações;

- A inadequação e insuficiência das instalações, principalmente a ausência de um ginásio e de laboratórios para permitir um ensino experimental;

- A ausência de um Serviço de Psicologia e Orientação, para intervir em situações de apoio a crianças com necessidades educativas especiais ou com problemas de natureza emocional.

Procurando, no entanto, proceder a um juízo avaliativo objectivo e fundamentado, a CAE considera que:

1. A utilidade social e o sucesso da EBI das Aves/S. Tomé de Negrelos podem ser facilmente constatados e/ou confirmados, não só pelos processos utilizados (cf. os capítulos 1 e 2), mas também pelos resultados obtidos (cf. o capítulo 4) que o Relatório regista;

2. Realiza-se nesta Escola, para além de uma integração curricular, a necessária integração de professores e educadores, que inclui a aceitação e a prática de uma pluridocência, de base disciplinar, que constitui um desafio para construir a unidade de docência no ensino básico;

3. Existe grande coerência entre o discurso e as práticas e os comportamentos observados, o que permite a validação do Projecto. As práticas são adequadas e válidas, apoiadas e reguladas em orientações epistemológicas ecológicas e relacionais, de forma consciente e auto-regulada, com processos e produtos perfeitamente de acordo com o que é preconizado e previsto, quer na legislação em vigor, quer nas orientações curriculares, quer, noutro plano, nas teorias da aprendizagem e de ensino mais representativas;

4. O processo de alargamento ao 2º Ciclo do Ensino Básico de Projecto "Fazer a Ponte" no quadro da EBI das Aves/S. Tomé de Negrelos constituiu uma forma de integração no núcleo original do Ensino Básico (o 1º Ciclo), do 2º e, eventualmente, do 3º Ciclo na EBI, e não o inverso, o que permite superar o paradoxo que este processo pode representar;

5. Existe um distanciamento com um sector da população local e com as escolas do Agrupamento Horizontal das Aves, gerador de uma situação de impasse institucional e administrativo referenciado na Informação/Proposta nº 1/DRA/HR/2002, que deverá ser ultrapassado.

6. Não há, pois, razões científicas ou pedagógicas que impeçam a continuidade do Projecto "Fazer a Ponte" e/ou a sua extensão ao 3º Ciclo de Ensino Básico. Poderão existir, sim, razões logísticas e/ou de política educativa.


Tendo em conta a análise feita, o levantamento dos pontos fortes e fracos do Projecto, assim como as Conclusões apresentadas, a CAE formula a S. Exª a Secretária de Estado da Educação as seguintes recomendações:

1. Apoio à continuidade do Projecto ao nível do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico;

2. Possibilidade de garantir o funcionamento do 3º Ciclo dentro do princípio de coerência e sequencialidade entre os três Ciclos do Ensino Básico correspondente à organização curricular deste nível de ensino;

3. Necessidade, no caso de ser aprovado o alargamento do Projecto ao 3º Ciclo, de dotar a EBI das Aves/S. Tomé de Negrelos de instalações amplas, funcionais, com equipamento laboratorial que permita a realização de aprendizagens experimentais;

4. Indispensabilidade de dotar a EBI das Aves/S. Tomé de Negrelos de um Serviço de Psicologia e Orientação com as atribuições estabelecidas no Decreto-Lei nº 190/91, de 17 de Maio;

5. Em função de especificidade do Projecto, máxima conveniência na celebração, prevista no Decreto-Lei nº 115-A/98, de 4 de Maio, de um contrato de autonomia com a EBI das Aves/S. Tomé de Negrelos;

6. Indispensabilidade de um acompanhamento e monitorização do Projecto "Fazer a Ponte", que permita, de forma rigorosa e objectiva, proceder à respectiva auto-regulação."

Diz no Educare "A Comissão de Avaliação Externa teceu rasgados elogios à Escola da Ponte e recomendou obras de alargamento para dar continuidade ao projecto. Mas o Ministério da Educação ignorou o parecer, rejeitando a continuação do 3.º ciclo."

Ninguém consegue compreender esta atitude, uma vez que foi o próprio Ministério que criou esta Comissão, para decidir o futuro do Projecto em função do resultado da Avaliação.

É evidente que a decisão já estava tomada há muito, saiu-lhes o tiro pela culatra, e o contraste entre o relatório e a decisão é vergonhoso.

Não quero acreditar, mas a pergunta não me sai da cabeça: Será que alguem está a pagar "favores"?

Publicado por JSM em agosto 7, 2003 11:56 PM
Comentários

Muito provavelmente. Em Portugal, já nada me surpreende.

Afixado por: Sofia em agosto 8, 2003 02:52 AM

Obrigado pelo conteúdo desta entrada. Consulto há já algum tempo matérias sobre a Escola da Ponte, cuja prática deveria ser não só alargada ao 3º ciclo como a outras regiões de Portugal. É estranho que dado o estado actual do ensino, as pessoas não se dêem conta que os métodos actuais e habitualmente praticados são falhos e que há outros métodos educativos com resultados já comprovados, com 99% (quando não 100%) de sucesso escolar, como o praticado na Escola da Ponte e em muitas escolas de outros países. Não só o Governo, mas toda a população, devia estar consciente deste facto e fazer o que puder, cada um, para que as nossas crianças,em vez de sujeitas a práticas de ensino restritas e limitadoras do seu potencial criativo, pudessem disfrutar de um "ensino" verdadeiramente eficaz. Caso tenham conhecimento de matérias sobre "Escolas Wardolf, Rudolf Steiner", em Portugal, e escolas de ensino musical que utilizem o "Método Suzuki", também em Portugal, gostaria que me contactassem. Obrigado de novo. Um abraço. Isabel

Afixado por: Isabel Monteiro em setembro 2, 2003 03:49 PM

Porfissional brasileira de educação, acho que a experiência da ponte deve ser ampliada e vencer os dogmas existentes de medo de uma educação renovadora

Afixado por: Monica Volpato em setembro 16, 2003 12:24 AM

Depois de Summerhill faz bem estar vivo para saber que existe inteligëncia ainda entre os seres humanos, quando sabemos, mesmo que minimamente desta ESCOLA, PONTE entre a mesmice dos burrocratas e uma revisita à tudo que não nos deixaram ser... uma visão do paraíso no horizonte de nós, os robös...
O bom é que ao nos descobrirmos, ou continuamos a nos suicidar ou passamos a ter o compromisso de tentar de novo e sempre diferentemente ousando, correndo o risco evitável de incomodar...

Afixado por: Otávio Machado em setembro 20, 2003 01:27 AM

goataria de receber fotos da escola da ponte

Afixado por: ROSALI em outubro 24, 2003 04:21 AM

Gostaria de saber mais sobre a Escola da Ponte. Lguém poderia me enviar informações?

Afixado por: Jorge Faria em outubro 30, 2003 07:06 PM

Sou Professor no interior do estado de Minas Gerais no Brasil e gostaria de saber mais sobre a Escola da Ponte. Alguém poderia me enviar informações?

Afixado por: Jorge Faria em outubro 30, 2003 07:07 PM

sou brasileira,tenho 17 anos e me interesso por educação
descobri a escola da ponte através de rubem alves
e gostaria de receber mais informações no meu e-mail, agradeço se me mandarem fotos, textos ou material confeccionado pelas crianças, tenho muitas muitas dúvidas !!queria o e-mail de alguém para corresponder... abreijos(abraços+beijos)eva

Afixado por: evanise figueiredo em novembro 2, 2003 10:46 PM

Sou Educadora no Estado de S.Paulo, Brasil.Estou indo a Lisboa, de 3 a 10-4- e gostaria de saber se possivel agendar uma visita à Escola da Ponte? E qual o endereço correto? Grata. Heloisa Melo

Afixado por: Heloisa Melo em março 21, 2004 01:05 AM

GOSTARIA DE SABER SOBRE UM CONGRESSO OU COISA OARECIDA QUE OCORRERÁ EM JUNHO/2004 NA ESCOLA DA PONTE, SOU BRASILEIRA E ESTOU MUITO INTERESSADA

Afixado por: edna em maio 12, 2004 01:09 AM

just wanted to say nice site!

Darian Julianna

Afixado por: Darian Julianna em julho 15, 2004 09:46 PM

Sou fascinada pela escola da ponte e, por isso, pretendo trabalhar com ela em meu curso de mestrado. Gostaria de me corresponder co algum amigo aí da ponte... Beijos,
Tais

Afixado por: Tais em julho 28, 2004 05:18 AM

Olá...gostria de informações sobre a escola da ponte, sou estudante de pedagogia e meu trabalho de conclusão de curso será sobre a escola da ponte! mandem informações...fotos....Por favor!!!

Afixado por: Michelle em setembro 13, 2004 07:18 PM

estou muito interessada no metodo pedagogico utilizado pela escola da ponte, gostaria de obter mais informações.Sei muito pouco sobre a mesma
bjs
Luciene

Afixado por: Luciene em setembro 29, 2004 06:39 PM

olá...sou fonoaudiologa e como a linguagem e suas varias maneias de aprendizado é, o mais importante da comunicação, gostaria de receber informações sobre a escola da ponte.
Obrigada um abraço a todos!!!!
Andrea Fernanda

Afixado por: andrea fernanda em outubro 2, 2004 04:19 PM

olá, estou cursando o 1º período de pedagogia com ênfase em necessidades educacionais especiais e desde já,vamos desenvolver nossa monografia e fiquei muito interessada em saber dos metodos e processos desta escola ,tão conceituada pelos educadores .Talves não expressei claramente as minhas dúvidas se ficou alguma peço por gentiliza ,
ão deixe de enviá- las .fotos , registros , endereço ,métodos de ensino tipos de necessidades dos alunos.Antecipo meus agradecimentos desde já. Patricia juliana.

Afixado por: patricia juliana frança santos abreu em novembro 19, 2004 03:58 PM

olá, estou cursando o 1º período de pedagogia com ênfase em necessidades educacionais especiais e desde já,vamos desenvolver nossa monografia e fiquei muito interessada em saber dos metodos e processos desta escola ,tão conceituada pelos educadores .Talves não expressei claramente as minhas dúvidas se ficou alguma peço por gentiliza ,
ão deixe de enviá- las .fotos , registros , endereço ,métodos de ensino tipos de necessidades dos alunos.Antecipo meus agradecimentos desde já. Patricia juliana.

Afixado por: patricia juliana frança santos abreu em novembro 19, 2004 03:58 PM

olá, estou cursando o 1º período de pedagogia com ênfase em necessidades educacionais especiais e desde já,vamos desenvolver nossa monografia e fiquei muito interessada em saber dos metodos e processos desta escola ,tão conceituada pelos educadores .Talves não expressei claramente as minhas dúvidas se ficou alguma peço por gentiliza ,
ão deixe de enviá- las .fotos , registros , endereço ,métodos de ensino tipos de necessidades dos alunos.Antecipo meus agradecimentos desde já. Patricia juliana.

Afixado por: patricia juliana frança santos abreu em novembro 19, 2004 04:00 PM

olá, estou cursando o 4º período de Norma Superior da Faculdade Salesiana Dom Bosco com ênfase em necessidades educacionais fiquei muito interessada em saber dos metodos e processos desta escola, tão conceituada pelos educadores . Mas gostaria que me enviasse por gentiliza,
fotos, registros, endereço,métodos de ensino tipos de necessidades dos alunos, como é feita a avaliação da escola em fim gostaria de conhecer a escola até mesmo se tem algum livro que conte sua história. Desde já atecipo meus agradecimentos. Rosana Pereira.

Afixado por: Rosana Melo Pereira em novembro 19, 2004 04:00 PM

Afixado por: Rosana Pereira em novembro 22, 2004 05:12 PM

GOSTARIA DE SABER SOBRE A FILOSOFIA
PEDAGÓGICA DA ESCOLA DA PONTE E SE POSSÍVEL ME ENVIASSEM ALGUMAS FOTOS

Afixado por: SIMONE em novembro 28, 2004 06:21 PM

Não recebi o retorno, estou aguardando anciosa. obrigado . Patrícia.

Afixado por: patricia em dezembro 2, 2004 09:21 PM

Não recebi o retorno, estou aguardando anciosa. obrigado . Patrícia.

Afixado por: patricia em dezembro 2, 2004 09:21 PM

Não recebi o retorno, estou aguardando anciosa. obrigado . Patrícia.

Afixado por: patricia em dezembro 2, 2004 09:21 PM