abril 26, 2007

mineral de dois mundos

O volfrâmio foi muito valorizado no período da 2ª. guerra mundial e ainda nos primeiros tempos da chamada "Guerra Fria", pelo que desencadeou um pouco por todo o lado, uma verdadeira "corrida ao minério". A volframite entrava no tempero dos aços, daí a sua ligação à indústria do armamento, e ainda hoje tem aplicação em maquinaria de corte. Contudo, as minas de volfrâmio da China e a menor procura, determinou o progressivo abandono da sua extracção, devido aos baixos preços deste mineral. Na nossa região trasmontana, além das minas de Argoselo, um pouco por todo o lado se extraíu o volfrâmio. Destacamos no concelho de Torre de Moncorvo as minas de Carviçais, da Saílça (na Lousa) e as da Abeleira, de que existe documentação no Museu do Ferro & da Região de Moncorvo.


Otília Lage é investigadora na Universidade do Minho e é natural de Carrazeda de Ansiães.

Para saber mais, não perca esta conferência, integrada nas comemorações do 20º aniversário do PARM (Projecto Arqueológico da Região de Moncorvo).

Publicado por Nuno Teixeira em abril 26, 2007 03:00 PM | TrackBack
Comentários
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?