janeiro 19, 2007

Melodias de fundo

quando o mar estronda
sob o vento forte
meu coração ateu ganha medo
quando o mar me ronda
com a voz da morte
crédula em bruxedo
peço lavada em lágrimas
peço fervorosamente
peço para poupar a gente


quando o céu pesado
num troar medonho
vem acordar em mim os temores
quando sinto o fado
a domar o sonho
crédula em agoures
peço lavada em lágrimas
peço fervorosamente
peço para poupar a gente
peço

Clã, Lágrima de Moça

Publicado por Nuno Teixeira em janeiro 19, 2007 11:35 AM | TrackBack
Comentários

Pedir é o desespero em voz alta.
Pedir custa muito.
Pedir dói.

:)

Afixado por: Bruna Pereira em janeiro 23, 2007 10:27 AM
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?