junho 30, 2006

Essa estranheza chamada olhar...

O Pedro apanhou bem essa coisa do olhar;

Os olhos dos seres vivos possuem a mais espantosa das propriedades: o olhar. Não há nada mais singular. Não se diz dos ouvidos das criaturas que têm um "escutar", nem das suas narinas que têm um "cheirar" ou um "farejar".
O que é o olhar? Algo inexprimível. Não há palavra que abranja a sua estranha essência. E, no entanto, o olhar existe. E são mesmo poucas as realidades com uma existência tão real.
Qual é a diferença entre os olhos que têm um olhar e os olhos que o não têm? Essa diferença tem um nome: vida. A vida começa onde o olhar começa."

Metafísica dos Tubos, Amélie Nothomb

Ainda há quem diga que os olhos não mentem.
Por vezes enganamo-nos na côr e no sentir do olhar, quando o cruzamos.
Volto mais tarde com as sugestões de fim de semana.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:05 PM | Comentários (2)

Pobreza Franciscana

Ontem, Coimbra, viu nascer uma nova publicação.
Desiludam-se os que ainda tinham esperanças de ver nascer um projecto informativo sério que explorasse de facto as lacunas que existem neste momento, apostando numa vertente de investigação.
O que eu vi ontem, é apenas uma brincadeira, um mero folhetim publicitário, sendo que alguns desses folhetins têm um layout mais apelativo e onde nem sequer passa pela cabeça ter fotos desfocadas.
Sinceramente não gosto da crítica baseada no "bota-abaixo". Mas perante o que se viu ontem é impossível ficar-se indiferente.
Numa semana pode pensar-se tanta coisa...
É uma pena, porque sinceramente esperava mais do responsável e director.

E a vida segue em Coimbra dentro de momentos.

Publicado por Nuno Teixeira em 10:31 AM | Comentários (1)

junho 29, 2006

Souls of Fire substituem Kussondulola em Carviçais

Fica o cartaz completo do 10º Festival de Carviçais:

27 quinta

Recepção ao campista

Tenda-Discoteca

Hi Fidel Cartel (Portugal)

Riddim Culture (Portugal)

DJ Nel Assassin + MC Melo D (Portugal)

28 sexta

Fat Joe (EUA)

Nach (Espanha)

Mind Da Gap (Portugal)

Steel Drums (Portugal)

Tenda-Discoteca

D.L.M. Soundsystem

DJ AC

29 sábado

LKJ (Jamaica)

Morodo (Espanha)

Souls of Fire (Portugal)

Steel Drums (Portugal)

Tenda-Discoteca

Riddim Culture

Publicado por Nuno Teixeira em 03:06 PM | Comentários (0)

junho 27, 2006

Dom Quixote pensa de que

Aquela Felisberta da novela da Sic é uma má influência para a juventude inocente e saloia.

Publicado por Nuno Teixeira em 04:23 PM | Comentários (2)

junho 26, 2006

Dom Quixote pensa de que

O filme Código da Vinci é pior que Kunami.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:53 PM | Comentários (5)

junho 24, 2006

Diário de outra Ausência

Trocávamos cartas e guerras de birras.
Trocávamos palavras escritas em cada passagem de contexto.
Estávamos meio-felizes enquanto guerreávamos.

A ti, que muito disse mas a quem nunca disse tudo, perante a perspectiva de que fica sempre algo para dizer. Algo que possa acender uma racionalidade numa fogueira onde isso não arde.

A minha vontade seria bater à tua porta e dizer-te isso mesmo;
"Ainda tenho algo mais a dizer".

E que raio! Que perdia eu? Mais um bocado de orgulho? Um pouco de desassossego? Uma lágrima que teima em não sair?
Mas também... o que ganhava? O que tu ganhavas?

Em vez disso, prefiro conviver com a ausência.
Para quê continuar a gritar se é apenas minha vontade de bater na tua porta e de procurar-te na cidade e não o inverso?
E se os teus olhos da côr do paraíso me procurassem e pudesse lê-los outra vez como da primeira e da segunda vez, então eu acreditava que a ausência também te custava.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:05 PM | Comentários (0)

Diário da ausência 1

- Quando cortas o cabelo? É que estás gordo!!! Quanto pesas? Já tenho os dois livros que me pediste. Vais de fim-de-semana? Temos de fazer uma jantarada com a malta. Quando é que te resolves a estudar? E gajas? Há gajas ou não há gajas?
Vamos jantar hoje à noite?

Hoje é Sábado.
Aos Sábados colocamos a conversa em dia.
Hoje acordei e lembrei-me que já não estavas e que de pouco adiantava ligar-te, porque, hoje, neste Sábado, não me ias atender.
Mas continuo a chatear-te deste lado do mundo.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:48 PM | Comentários (0)

junho 23, 2006

Sugestões


As minhas sugestões;

Da novíssima Editora Fronteira do Caos, duas sugestões:
Viriato - Teófilo Braga
Quatro Gigantes - Camões, Garret, Camilo & Eça - Ramalho Urtigão.

Da colecção da Gradiva "E agora para algo completamente diferente", surge mais um volume. "Boas maneiras modernas - Manual de etiqueta para Grunhos: P.J. O`Rourke".
Da Relógio D`Água o V volume dos "Contos de Tchékhov".
"Retrovisor" é o nome de "uma biografia musical de Sérgio Godinho", por Nuno Galopim da Assírio & Alvim.
Uma sugestão cinematográfica;
"A Casa da Loucura", um filme David Mackenzie baseado na obra de Patrick McGrath.

Bom fim-de-semana.

Temos estradas
que não usamos
Somos loucos
Lindos e soltos voamos

Façam o favor de ser felizes.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:55 PM | Comentários (0)

junho 20, 2006

LKJ ENCERRA A X EDIÇÃO DE CARVIÇAIS

LKJ encerra o cartaz do 10º Festival de Carviçais, que decorrerá entre 27 e 29 de Julho no concelho de Torre de Moncorvo.
Estão também definidos os preços do certame:
30 euros (três dias) se os ingressos forem comprados na região do festival;
35 euros (três dias) se adquiridos no circuito normal (com direito a viagem desde o Porto);
20 euros (1 dia).

A par de Fat Joe, um dos maiores rappers do momento, LKJ apresenta-se como cabeça-de-cartaz em Carviçais, fechando o festival no dia 29. “O Poeta”, contemporâneo de Bob Marley, é considerado um dos últimos “monstros” vivos do reggae.
Linton Kwesi Johnson (LKJ) nasceu na Jamaica em 1952 e a sua veia artística revelou-se, primeiro, na literatura, editando livros de poesia. Segue-se, a partir de 1979, uma carreira musical com álbuns marcantes na música de origem jamaicana: Forces of Victory (1979), Bass Culture (1980), LKJ in Dub (1981) e Making History (1983). De 1985 até hoje grava para a sua própria etiqueta, a LKJ Records. Actua frequentemente com a Dennis Bovell Dub Band.

Fica assim completo o Line-up de Carviçais;

27 quinta
Recepção ao campista

Tenda-Discoteca
Hi Fidel Cartel (Portugal)
Riddim Culture (Portugal)
DJ Nel Assassin + MC Melo D (Portugal)


28 sexta
Fat Joe (EUA)
Nach (Espanha)
Mind Da Gap (Portugal)
Steel Drums (Portugal)

Tenda-Discoteca
D.L.M. Soundsystem
DJ AC


29 sábado
LKJ (Jamaica)
Morodo (Espanha)
Kussondulola (Portugal)
Steel Drums (Portugal)

Tenda-Discoteca
Riddim Culture


BILHETES35 € - 3 Dias c/ viagem incluída (Porto/Moncorvo)
30 € - 3 Dias
20 € - 1 Dia

POSTOS DE VENDA
FNAC
Ticket Line
Posto de Turismo de Moncorvo
Região de Turismo de Bragança
SEDE Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Carviçais

Publicado por Nuno Teixeira em 02:39 PM | Comentários (0)

Pim pam pum

Não deixa de ser curioso o facto de a Silly Season infectar a blogosfera.
Blogues descuidam a sua actualização e também há menos leitores.
Quanto ao Dom Quixote continua a lutar contra o sistema (informático), porque o seu computador pessoal deu o pum.
E quando as coisas fazem pum, tenta-se remediar com pirim pim pim.
Mas o pirim pim pim não vai lá nem com a dita varinha mágica.
Resta então, fazer um reset e começar tudo de novo, o que acaba por ser outro pum.
É com as explosões que o mundo "pula e avança".
E porque já chega de disparates resta escrever...
que a vida segue dentro de momentos numa esquina da paixão.
Para qualquer forma de vida desse lado do mundo, que ainda perca o seu tempo em visitar o Dom Quixote.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:09 PM | Comentários (3)

junho 16, 2006

Sugestão

Para este fim-de-semana tenho apenas uma sugestão:

Façam por serem felizes porque a vida é apenas aquele momento que temos de aproveitar.
Sem perder tempos com futilidades. Passar tempo com quem mais gostamos e em cada oportunidade dar um abraço que por vezes adiamos sem saber porquê.
Sem negar uma paixão ou um amor que adiamos sem saber porque motivo.
Sem fugir mas sem saturar. Com a racionalidade que se impõe dentro dos sentimentos, se é que isso existe.
Existe sim, a verdade do sentir e é com ela que podemos ser racionais hoje porque amanhã pode ser tarde.

Havemos de continuar a voar porque...,

Somos lindos e soltos voamos.
Bom Fim-de-semana.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:14 PM | Comentários (1)

junho 14, 2006

Em dias de sabor a nada

Contemplo o lago mudo
Que uma brisa estrmece.
Não sei se penso em tudo
Ou se tudo me esquece.

O lago nada me diz,
Não sinto a brisa mexê-lo.
Não sei se sou feliz
Nem se desejo sê-lo.

Trémulos vincos risonhos
N água adormecida.
Por que fiz eu dos sonhos
A minha única vida?

Fernando Pessoa

Publicado por Nuno Teixeira em 05:46 PM | Comentários (0)

junho 12, 2006

...

Em várias dessas passagens da vida, sei que tenho tantos momentos para recordar contigo.
Hoje, ingratamente, não me consigo lembrar de nenhum.

Tu desse lado do mundo viverás eternamente entre nós.

À tua memória meu grande amigo.

Publicado por Nuno Teixeira em 10:52 AM | Comentários (0)

junho 09, 2006

Sugestões

O temporal de verão convida.
Faz lembrar aquelas tardes passadas na varanda ou no terraço a observar o céu abafado que massacrava a terra com as gotas grossas de água.
O cheiro do verão é subsituído por aquele odor de terra molhada que a cada toque das primeiras chuvas liberta pequenas camadas de poeira.
Esse odor que me parece tão familiar ao odor das páginas dos velhos livros.
Convites de sensações.
Aqui vai um abraço delas.
E os livros para o fim de semana são:
História Virtual de Niall Ferguson da editora Tinta da China.
Gaudi; um Romance de Mário Lacruz das Publicações Dom Quixote.
Residência na Terra de Pablo Neruda da Relógio D`Água.
Cotovia de Deszó Kosztolányi.
Por fim da Oficina do Livro recomendo Grande Reportagem. "Contos" de grandes nomes do jornalismo português.
Desejo a todos um excelente fim-de-semana.
Arrisquem a amar ou a serem amados.
E no final de contas desejem voltar a viver momentos mesmo que isso vos traga alguma nostalgia. Faz tudo parte da felicidade, até mesmo um regresso.

Temos estradas
que não usamos
Somos loucos
Lindos e soltos voamos

Façam o favor de ser felizes.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:08 PM | Comentários (1)

Dom Quixote pensa de que...

o país do futebol acorda hoje.
Adormece entretanto o país da pobreza real.

"Cidade maravilhosa
Cheia de encantos mil..."

Publicado por Nuno Teixeira em 12:26 PM | Comentários (0)

Dita "coerência"

Em conversa de café (melhor dizendo, conversa de bar em adiantadas horas da noite), disse um grande amigo meu com alguma graça, que já não queria ter aquela "coerência" para os debates de ideias. Prefere, nos tempos que correm ser mais simplista e olhar para um certo estado de coisas com essa dita simplicidade.
Como por exemplo, para a repartição de riqueza por todos os seres humanos, em proporções relativas mas em que todos pudessem viver bem.
O sonho mágico. Devaneios ou idealismos humanitários.
De qualquer das formas, foi bom notar que apesar de tudo, o meu grande amigo não perdeu a tal dita "coerência", caso contrário não estaríamos envolvidos naquele tipo de conversas de novelos (engraçado como desenvolvem de um ponto para outro).
A dita "coerência" é que faz de nós pessoas mais felizes. É isso que nos agrega em pequenas comunidades de amigos. Deve se por aí que escolhemos as pessoas que mais se aproximam da nossa linha de pensamento e de estar na vida.
E não precisam de pensar igual. Basta a dita "coerência".
Volto mais logo com algumas sugestões.
Bom dia mundo.

Publicado por Nuno Teixeira em 10:42 AM | Comentários (0)

junho 03, 2006

Anjo da Guarda

"Eu tenho um anjo/anjo da guarda/que me protege de noite e de dia"

Desse teu rosto nuvem de onde me chega essa paz, onde conseguiste ser o amparo dos secretos trilhos de amores e desamores perdidos, a tua calma e presença foi, o abrir de caminhos para a serenidade.
É um facto, que não acreditava em Anjos mas que eles existem, lá isso...

Obrigado mais uma vez, por tentares ao meu lado, resolver aquele pseudo enigma do amor e com o tempo me provares que há amor e encantamento.

Obrigado pelos sorrisos.
Obrigado pelo humor.
Obrigado Anjo e parabéns.

À Claudia pelo seu aniversário.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:27 PM | Comentários (6)

junho 02, 2006

Observação

O meu computador adoeceu.
A juntar ao facto de ultimamente o tempo não abundar e mais outros aspectos que nem vale a pena retratar aqui.
Peço desculpa pela falta de conteúdos no Dom Quixote.
Diga-se a bem da verdade que o blog não cumpriu com os seus principais objectivos de conquista mas passou as expectativas em relação ao número de amigos que por aqui passam.
Só por vocês eu ainda vou mantendo o blog e por esse motivo me custa também não ser mais assiduo.
Peço desculpa a todos.
Hoje não há tempo para as sugestões embora deixasse uma bem extensa no post anterior. Não é para este fim-de-semana, é certo mas... foi o que se arranjou.
Desejo a todos um bom fim de semana.

Temos estradas
que não usamos
Somos loucos
Lindos e soltos voamos
Bom dia mundo.

Juntos voamos para fim-de-semana.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:34 PM | Comentários (3)

destination: Carviçais.

Está de volta o maior festival transmontano. Em ano de mega eventos musicais, o Festival de Carviçais procura marcar a diferença em termos de formato e apresenta-se neste 10º edição com sonoridades alternativas, entre o reagge e o hip-hop.
Das presenças já confirmadas, o destaque vai para o rapper norte-americano Fat Joe, um dos nomes grandes do hip hop.
Fat Joe (Joseph Cartagena) apresenta-se em Carviçais ainda sob os efeitos do sucesso do seu quinto álbum de originais, “All or Nothing”, editado no ano passado.
Outra das presenças confirmadas é a do espanhol Nach. O rapper de Alicante é uma das estrelas do cartaz da 10ª edição do certame e apresenta-se em Carviçais para um concerto que incidirá sobre o seu último trabalho intitulado “Ars Magna – Miradas”.
Morodo (Rubén Morodo) é outro dos nomes espanhóis do cartaz de Carviçais. Este MC de Madrid editou o seu primeiro trabalho em 2001: “OZML Stayl”. Três anos mais tarde, em 2004, saiu “Cosas que Contarte”, com sonoridades mais próximas dos reggae. Trata-se de uma edição de autor, já que Morodo criou a sua própria etiqueta (Taifa), para conseguir trabalhar o disco a seu gosto.

O Festival de Carviçais, decorrere entre os dias 27 e 29 de Julho e que conta também com os portugueses Kussundolola e Mind da Gap.

A organização do festival continua a cargo da Associação Cultural Desportiva e Recreativa de Carviçais, este ano, com a produção da Articket Eventos.


Francisco Mendes +

Francisco Mendes, apresentador do programa “Top +” da RTP, terá a sua imagem associada ao Festival de Carviçais. O cantor e profissional de televisão participará nos três dias.


As escolas da região com a cultura hip-hop

A cultura do hip hop motivará a organização de workshops em várias escolas da região de Torre de Moncorvo, durante o mês de Junho, bem no fim da época de aulas, associando características pedagógicas ao ambiente do festival. A métrica e a sonoridade do hip hop será ensinada aos jovens de Torre de Moncorvo, que assim poderão conhecer melhor um estilo de música pelo qual já mostram especial interesse. A organização do Festival de Carviçais dará a conhecer, em tempo útil, o programa e as datas desta iniciativa, destinada a centenas de estudantes das escolas secundárias da região.


Discoteca hip hop, graffiti,
e campismo

Como é já tradição nos festivais de Verão, funcionará após os concertos um espaço de discoteca em Carviçais. Para as noites do certame estão assegurados alguns dos melhores dj’s de hip hop: Nelassassin com Melo D, Dlm Sound System e o alemão DJ A.C. Junto à tenda-discoteca encontrar-se-á um mural destinado ao graffiti de todos os que quiserem participar.
A organização do Carviçais/2006 assegurará, ainda, uma zona de campismo para os espectadores, com as condições necessárias às pernoitas durante o período do evento, assim como um serviço de transporte entre o Porto e Carviçais, do qual daremos pormenores em data próxima do festival.

Será desta forma que Carviçais vai acordar Trás-os-Montes nesta edição comemorativa.
As sonoridades encontradas podem ser um atractivo no país vizinho, visto a proximidade e a aposta em nomes espanhois mas também podem ser atraentes para as gerações mais jovens de emigrantes portugueses que estão em França e que por esta altura visitam Portugal nas suas férias, até porque em França as sonoridades como o Hip-hop e Reagge têm uma cultura muito forte.
Resta saber se este estilo vai atrair o mercado português.
Para já podem apontar na agenda os dias 27, 28 e 29 de Julho. Carviçais volta a estar na rota dos festivais e promete nesses três dias transformar a região transmontana numa Jamaica musical.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:09 PM | Comentários (0)