março 31, 2006

Nasceu ShitHappens

Hoje nasceu ShitHappens

Que pode ser visitado a partir daqui

É um blog que conta com a participação de vários amigos e colegas de trabalho.
Darei o meu contributo a seu tempo, o Pedro já deu os primeiros passos.
Parabéns.

Publicado por Nuno Teixeira em 06:02 PM | Comentários (585)

Sugestões

Fim-de-semana está mesmo aí.
Quero mandar desde já um grande abraço à Confraria da Chibita que hoje se reúne em Condeixa, para matar a fome e a sede. A prova viva que as confrarias são uteis e que a amizade prevalece sobre todas as outras forças.
No final do encontro os presentes vão analisar profundamente a obra de Alexandra Solnado.
Bom... e agora as sugestões para este fim-de-semana.
As crónicas jornalísticas de Enrique Vila-Matas, servem para apresentar o seu novo livro "Cidade Nervosa" da Campo das Letras.
Pode ser entendido como um livro de relatos e também uma estreita ligação entre cinema e literatura com uma abordagem ao cineasta italiano Marcelo Mastroianni.
Chega também às livrarias através da editorial Caminho a "Crónica da Rua 513.2 " do escritor moçambicano João Paulo Borges Coelho. Uma ficção hilariante em que personagens do passado tentam interferir no mundo dos vivos. Personagens bem caricatas e fantasmas à mistura fazem desta obra uma leitura bem apetecível.
Samuel Beckett, o trágico do século XX, prémio Nobel da literatura (1969) é motivo de mais uma novidade editorial da Assírio & Alvim.
É celebrado no próximo dia 13 de Abril o centenário do seu nascimento.
Quanto à música é bom saber que The Legendary Tiger Man está de volta com novo disco apresentado dia 29 de Março. O novo álbum da figura principal dos Wray Gunn dá por nome de "Masquerade".
Paulo Furtado merece tudo de bom por tudo quanto de inovador trouxe ao panorama da música portuguesa em termos de criatividade e imagem inovadora mostrando que afinal de contas o Rock está aí para as curvas.
Continuo a sugerir o disco do novo projecto nacional, os Cindy Kat. É sem dúvida a primeira boa surpresa musical do ano por terras lusitanas.

Há quem não goste que eu misture aqui conversas de futebol mas envio uma palavra de força ao bom povo de Guimarães e de Belém e desejo que sejam muito felizes amanhã.
Sei ainda que aquele clube a que chamam de glorioso vai ter uma vaca chamada de gloriosa no Cow parade.
Ora isto meus amigos, é sem dúvida uma notícia que ajuda a perceber a mística desse clube. Sem mais comentários e más interpretações deixo isso à consideração de cada um.

Depois deste breve apontamento desportivo, desejo a todos sem excepção um excelente fim-de-semana com a promessa de que nos havemos de encontrar por aí numa qualquer esquina da paixão, saudados por esse sentimento de profunda surpresa que rodeia o encontro das almas felizes.
Sejam felizes.
Lindos e soltos voamos.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:14 PM | Comentários (201)

BOM DIA MUNDO

"Sonho breve de um tempo
De amor... meu amor"

Cindy Kat

Apesar de eu também ter contribuído com a minha parte (e muito) o Dom Quixote celebra a meta dos 1000 comentários.
Não é o número que conta mas os conteúdos e as pessoas que conheci ao longo deste tempo neste espaço.
O número é apenas um pretexto para celebrar.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:08 AM | Comentários (2)

março 30, 2006

O céu sorriu para a terra que chorou

[...] observou com agrado como fazia dia tão limpo, tão claro, tão lavado e como um dia assim traz às pessoas uma grande sensação de paz.

João Ubaldo Ribeiro, Viva o Povo Brasileiro

São raios de sol senhores.
São os dias renovados de algo de bom que possa chegar.
Por vezes gostava de ter alguém para dizer simplesmente;
"Já viste como está um dia lindo? Que podemos fazer com ele numa cartolina e com uma mão cheia de lapis de côr?
Como partilhamos este campo aberto ao céu? Este mundo de tela infinita onde toca a minha e a tua música, onde escrevemos nossos livros no chão, deitados entre o regresso de um verão passado e essa saudade que se renova nesse futuro ansioso pela vontade de escrevermos novos dias, como se só agora realmente nos tivessemos conhecido por acaso.
O céu sorri com essa criatividade de voltar a imaginar-te por cá, neste lado do mundo, mas a minha terra suspira e volta-se para si mesma. Afinal são apenas sonhos surrealistas de uma vontade inacabada. O desenho breve que com o tempo se dissipa naquela aquarela que misturei com os dedos quando sonhava que tal como eu eras também tu uma criança.
É só o céu que sorri e ainda bem que ele sorri.
A minha terra voltou-se para dentro de mim e já nem chora porque secou com na esperança da tua espera".

Publicado por Nuno Teixeira em 05:30 PM | Comentários (0)

março 27, 2006

Coisas estranhas do dia - II

Como pode alguém perguntar se o Fernando Pessoa tem lançado alguma coisa ultimamente?

Publicado por Nuno Teixeira em 05:04 PM | Comentários (15)

Coisas estranhas do dia - I

Como ainda pode haver gente a pedir livros da Alexandra Solnado?
Muito estranho!

Publicado por Nuno Teixeira em 04:52 PM | Comentários (10)

Pensamento do dia

O que faz de nós pessoas, é a nossa identidade e a nossa personalidade.
O que faz de nós objectos é quando passamos a ser vistos pelos outros apenas com uma utilidade ou um fim específico. Ou seja, um mero objecto.
A isso eu chamo bater no fundo da condição humana.
E da ilusão criada em torno de pessoas, constato por vezes que o destino de algumas delas é precisamente essa condição de objecto.
Deixa-me esse sentimento de pena, o pior de todos.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:39 PM | Comentários (0)

março 24, 2006

Sugestões


(Foto: António Nunes | Ecos)

Quem entrar aqui leva apenas esse odor e essa sensação de que já houve vida dentro de mim.
Hoje não vivo nem vives aqui, sou apenas um ponto de passagem onde mil céus passam indiferentes, onde se rabiscam ecos se alguém junto de mim vier gritar.
Um dia talvez te encontre. Um dia talvez me encontres, quando o tempo te mostrar as marcas que o tempo deixou em mim.

Sugestões:
Livros
"História Natural da Destruição de W. G. Sebald da editora Teorema. São os últimos anos da Segunda Guerra Mundial. Aliados largam toneladas de bombas sobre a Alemanha.
Sebald mostra que não devemos esquecer o passado apesar de todos os horrores que isso desperta.
Um outro título é "Convite Para Uma Decapitação" de Vladimir Nabokov.
O convite para acompanhar os últimos dias que antecedem a execução em praça pública bem como o próprio acto. Um proposta da Assírio & Alvim. "Munique, a Vingança" de George Jonas. Aqui não é preciso dizer muito.
É mesmo a estória da missão que tem como objectivo localizar, perseguir e eliminar os responsáveis pelo massacre de onze atletas israelitas, perpetrado durante os Jogos Olímpicos de Munique, em 1972.
Já tinha sugerido esta semana "O preto, o branco e alguma cor" de António Drumond da Campo das Letras. Volto a sublinhar que é um álbum de fotos excelente.
Sugiro ainda dois discos. Duas propostas nacionais.
Day Dream de Jacinta e ainda o projecto Cindy Kat que junta os ex-Sétima Legião Pedro Oliveira e Paulo Abelho.

Voamos para fim de semana.
Talvez nos encontremos por aí saltando nas teclas desse piano, onde cada um com a sua sonoridade possa escrever letras em conjunto.
Voamos?
Sejam felizes.

Publicado por Nuno Teixeira em 04:21 PM | Comentários (3)

nota

Hoje.
Dom Quixote volta à carga com as sugestões de fim-de-semana.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:20 PM | Comentários (0)

BOM DIA MUNDO

Publicado por Nuno Teixeira em 01:31 AM | Comentários (0)

março 23, 2006

Sugestão

António Drumond apresenta um excelente álbum de fotos.
"O preto, o branco e alguma cor".
Fotos que retratam o quotidiano de uma forma harmoniosa. Autêntica poesia que podemos encontrar ao longo de paisagens ou de expressões humanas.
Suavidade e sensualidade em algumas fotos femininas. São mesmo daquelas que requerem a sensibilidade certa para captar o repouso da beleza feminina dentro de uma camisa branca e suave.
Fica-se com vontade de passar os dedos e entrar no mundo das imagens transformando-as como reais.
Não sou um expert em fotografia (longe disso) mas o grão utilizado nas imagens de Drumond, dão-nos a sensação que estamos a voar no tempo e que as fotos passam por vezes para um imaginário de uma tela de pintura.
"O preto, o branco e alguma cor" pode ser encontrado nas livrarias com a marca da Campo das Letras.
É um bom álbum para desfolhar ao som de boa música num dia cinzento e chuvoso.
É também poesia.

Publicado por Nuno Teixeira em 11:27 AM | Comentários (0)

BOM DIA MUNDO

Publicado por Nuno Teixeira em 03:09 AM | Comentários (3)

março 21, 2006

BABA DO ANTÓNIO

Estava eu envolvido em suor laboral quando a meio da manhã aconteceu;
A tragédia. O horror.
Um rio de baba apanha-me desprevenido.
O motivo era simples.
O António Nunes (companheiro e repórter de imagem deste blog), acabava de ver na página do 1000 imagens uma foto sua que fora escolhida para uma das fotos do dia.
PARABÉNS ANTÓNIO.
Podem ver a foto aqui.
Entrego-me ao tempo e espero o fim
de António Nunes

Publicado por Nuno Teixeira em 02:54 PM | Comentários (4)

BOM DIA MUNDO

Poesia não são (só) palavras.
É a feliz reunião do meu corpo com o teu. Poesia serão dois sorrisos que se abraçam naquele olhar.
Poesia é aquele pequeníssimo momento captado por instantes ou aquele grande momento suspenso de dois amantes.
Poesia são os braços no ar, são lágrimas no chão.
É uma bola a girar na tua mão...
É o mundo a girar para mim e para ti e a vida sorri, cabe sempre um olá aqui...
É tocar-te ou ausência do tocar-te. É cantar-te em silêncio ou em gritos de revolta. É a imensidão em cada um dos seus pontos. São os sentimentos de encontros e desencontros.
A poesia és tu.
A poesia somos nós.
Porque o mundo não pára enquanto voarmos por entre a poesia dos dedos.
Ah poesia! Ah saudade!
Ah coisas boas e coisas más da vida!
Ai tamanho sobressalto desta orquestra cantada e vivida!

Poesia é para gente miúda e crescida. Recatada e vivida. Gente triste e alegre.
Poesia é todo o mundo de lá e de cá.

Hoje é o Dia da magia que vemos e escorremos por entre os dedos.
Bom dia mundo.
Somos lindos. Soltos voamos

Publicado por Nuno Teixeira em 02:18 AM | Comentários (0)

março 20, 2006

Finalmente


(Jacinta | Day Dream)

Ufa...
Aí está ele.
É a escolha da semana.
É intensamente lindo com toda a verdade desconcertante da música.

Publicado por Nuno Teixeira em 12:12 PM | Comentários (0)

março 17, 2006

Pedido de desculpas

Peço desculpa a todos os amigos e leitores mas por motivos de saúde não têm sido possível actualizar este blog.
À espera de dias bem melhores desejo desde já um excelente fim-de-semana e não se esqueçam de ser felizes.
Soltos havemos de voar

Publicado por Nuno Teixeira em 01:14 PM | Comentários (6)

março 14, 2006

Palavras viciadas

As palavras são livres,
Voam de alma a alma,
Não podem encontrar refúgio,
Onde se escondem tímidas,
Absorvidas em lágrimas,
Quando soltas não choram,
Injectadas com veneno,
São amorosamente viciadas,
Imaturas, palavras crianças,
Chorosas, ilusórias, arrancadas
Ao solo do homem,
Quando viciadas se transformam

Publicado por Nuno Teixeira em 01:13 PM | Comentários (1)

POESIA

Irás ouvi-la, a musa; ela bate três vezes. Depois não bate mais...

A senha é o absurdo.
Assim começa o segredo que esconde a mensagem derradeira...
Sentar-te-ás no escuro esperando as três pancadas. Não te iludas com a chegada dos três porquinhos, ou do velho que manca com uma bengala. O que massacra a Esfinge no final do jogo.

O desfecho é o absurdo, sem o qual a rota da mensagem derradeira está inçada de significado, e a incerteza de tudo está em toda a parte...

Russell Edson | O Túnel

Publicado por Nuno Teixeira em 12:14 PM | Comentários (5)

março 13, 2006

Caminhos


E os workshops que se vão realizar na XIII edição dos Caminhos do Cinema Português são:

- Produção Filmes - Como produzir um filme?
- Animação Digital - 3D Studio Max
- Animação de Volumes
- Interpretação para Cinema
- Construção Paginas Web
- Guionsimo

Brevemente serão divulgados os programas completos dos workshops, assim como os respectivos preços, datas, horários e formadores. Também poderá efectuar em breve a sua inscrição online.

Mais informações em:
www.caminhos.info

Abraço aos amigos do Caminhos.

Publicado por Nuno Teixeira em 06:35 PM | Comentários (0)

Inovação metereológica


(A pedra não engana)

É caso para dizer;
A pedra não engana.
Enviado por António Nunes.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:42 PM | Comentários (1)

março 10, 2006

SUGESTÕES

Bom dia meu mundo.
Vamos tirar o bilhete para nos vermos do outro lado "dos catarata" onde convivem os seres iluminados deste mundo.
Por outras palavras, vamos de fim-de-semana.
Sim. Vamos.
Até mesmo quem tem pulseira electrónica pode estar em dois locais ao mesmo.
Bom... mas porque o tempo convida à alegria do lar, vou apenas ficar-me pelas leituras e isto para não tomar muito do vosso tempo, que deve estar voltado para o trabalho.
Leituras:
Da Oficina do Livro, três propostas;
"Terra de ninguém" de Eduardo António Parra. "As Batalhas no Deserto" de José Emidio Pacheco e ainda de Possidónio Cachapa "Segura-te ao meu peito em chamas".
Do bem conhecido Michael Cunningham o livro "Dias Exemplares".
Mais um título da divertida coleção "E agora para algo completamente diferente" da Gradiva, "Groucho Marx - Histórias curtas e Grossas".
A editora Livros do Brasil apresenta mais um fabuloso livro de André Malroux entitulado "A Esperança".
Por último, um livro de Haruki Murakami "Kafka à Beira-mar", da Casa das Letras.
E ficamos por aqui.
Sejam felizes este fim-de-semana e nos restantes.
E digo mais;
Não façam da ilusão um bom lugar para habitar, mas lutem pela moradia na casa dos sonhos que é tão diferente da primeira moradia.

Publicado por Nuno Teixeira em 04:53 PM | Comentários (0)

coiso

Hoje.
Regressam as maravilhosas sugestões de fim-de-semana.
A não perder neste Dom Quixote perto de si.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:01 PM | Comentários (0)

março 09, 2006

Pensamento do dia


(Corpse Bride | Tim Burton)

Everybody knows that it is just a temporary state

Publicado por Nuno Teixeira em 07:34 PM | Comentários (8)

Eramos dois

E ali ficámos, cada um no seu lugar a olhar o mesmo ponto em que a terra toca no céu.
Envolvidos pelos mesmos elementos.
Os vales, as planícies, toda a vegetação, os rios.
Eramos dois no mesmo local em que a terra toca o céu.
Mudávamos apenas, na maneira de ver o mesmo espectáculo nesse mesmo mundo.
Somos lindos. Soltos voamos.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:29 PM | Comentários (1)

março 07, 2006

Canção de Viagem

Que o Sol me ilumine tão-só o coração,
O vento me dissipe os cuidados e pranto,
Nesta Terra não conheço maior encanto
Que estar a caminho, na vastidão.

Depois da planura tomo alento
O Sol poderá queimar, o mar irá refrescar,
Para da vida desta Terra compartilhar
Mantenho o espírito sempre atento.

E assim, terei em cada dia renovado
Outros aliados, novas afeições,
Até que, sem pena, de todos os corações
E estrelas, possa ser amigo e convidado.

Hermann Hesse | Canção da viagem, in Da Felicidade

Publicado por Nuno Teixeira em 02:29 PM | Comentários (1)

Uma carta a deus

[...]Escrever é penas uma mentira que ornamenta. Uma coisa de adultos.
A prova? Olha, por exemplo o príncipio da minha carta :«Chamo-me Óscar, tenho dez anos, peguei fogo ao gato, ao cão, à casa (acho que até grelhei os peixes vermelhos) e é a primeira carta que te mando porque dantes, por causa dos estudos, não tinha tempo.» Podia também ter dito:
«Chamam-me Cabeça de Ovo, pareço ter sete anos, vivo no hospital por causa do meu cancro e nunca te dirigi a palavra porque nem sequer acredito que tu existas.»


Eric-Emmanuel Schmitt in Óscar e a senhora cor-de-rosa

Publicado por Nuno Teixeira em 10:33 AM | Comentários (9)

março 03, 2006

Uma frase musical...

Uma frase musical de um tocador ambulante, o assobio de quem passa, um talo de erva que irrompe de uma juntura de pedras, podem alvoroçar-nos como a mais pura e vidente aparição da beleza.

(Virgílio Ferreira)

Publicado por Nuno Teixeira em 04:02 PM | Comentários (1)

Sounds like dancing days



It's a Trick of My Mind
Two Faces Bathing in the Screenlight
She's So Soft and Warm in My Arms
I Tune It Into the Scene
My Hands Are Resting On Her Shoulders
And We'll Dancing Away For a While
Oh, We're Moving, We're Falling, We Step Into the Fire
By the Hour of the Wolf in a Midnight Dream
There's no Reason to Hurry, Just Start That Brand New Story
Set It Alight, We're Head Over Heels in Love
Head Over Heels

The Ringing of Your Laughter It Sounds Like a Melody
To Once Forbidden Places We'll Go For a While

It's the Definite Show
Our Shadows Resting in the Moonlight
It's So Clear and Bright in Your Eyes
It's the Touch of Your Sighs
My Lips Are Resting On Your Shoulder
When We're Moving So Soft and Slow
We Need the Extasy, the Jealousy, the Comedy of Love
Like the Cary Grants and Kellys Once Before
Give Me More Tragedy, More Harmony and Fantasy, My dear (Not Love)
And Set It Alight, Just Starting That Satellite
Set It Alight

(Alphaville)

Sem palavras. Sem Sugestões.
Bom Fim-de-semana.
Havemos de voar de alguma forma.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:30 AM | Comentários (14)

março 01, 2006

BOM DIA MUNDO


(Sandro Botticelli)

Wow, I’m sick of doubt
Live in the light of certain
South
Cruel bindings.
The servants have the power
Dog-men and their mean women
Pulling poor blankets over
Our sailors

I’m sick of dour faces
Staring at me from the tv
Tower, I want roses in
My garden bower; dig?
Royal babies, rubies
Must now replace aborted
Strangers in the mud
These mutants, blood-meal
For the plant that’s plowed.

They are waiting to take us into
The severed garden
Do you know how pale and wanton thrillful
Comes death on a strange hour
Unannounced, unplanned for
Like a scaring over-friendly guest you’ve
Brought to bed
Death makes angels of us all
And gives us wings
Where we had shoulders
Smooth as raven’s
Claws

No more money, no more fancy dress
This other kingdom seems by far the best
Until it’s other jaw reveals incest
And loose obedience to a vegetable law.

I will not go
Prefer a feast of friends
To the giant family.

(Jim Morrinson)

Publicado por Nuno Teixeira em 03:30 AM | Comentários (454)