maio 31, 2005

SUGESTÃO LITERÁRIA

A livraria Quarteto em Coimbra propõe esta semana uma volta pelo mundo do cinema.
Os amantes da sétima arte podem encontrar na Quarteto (zona de celas) em Coimbra algumas raridades da Cinemateca Portuguesa.

Publicado por Nuno Teixeira em 08:36 PM | Comentários (0)

SUGESTÃO MUSICAL

Novo de Yann Tiersen dá por nome de "Les retrouvailles".
Para ouvir antes de dormir. Para viajar

Publicado por Nuno Teixeira em 04:37 PM | Comentários (0)

Todos os dias me apetece ter palavras lindas.
Todos os dias as sinto em mim.
Mas nem todos os dias as consigo deixar escapar em caracteres.
E para quê deixa-las escapar? Para quê oferecer-mos um mundo delas quando se tudo o resto nos foge em silêncio todos os dias?

Publicado por Nuno Teixeira em 04:17 PM | Comentários (0)

maio 30, 2005

Sempalavrasesemtemponotempoqueteimaemfugir... e as rosas estão pela hora da morte.
Bom dia mundo.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:18 AM | Comentários (0)

maio 27, 2005

O mundo que avança

Cá estamos deste lado do mundo.
Avançando sem sair do lugar
Sentados na sombra das noites
Fazemos perguntas ao silêncio do luar

Respostas apenas as das cigarras
Que torturam o silêncio da noite
E a ausência dos teus passos
Provocam a queda dos sonhos bizarros

Profundamente afastado desse mural
Numa luta sem continuidade
Por falta do chamamento tribal
Por quebra da linda cumplicidade

Em breve chegam Tuaregues pela noite calada
Estas paragens serão outras lutas e outras bandeiras
Levantarei a tenda de madrugada
E escreverei na alma as palavras sorrateiras

É o mundo em mudança. É o mundo que avança e nós lá vamos voando sem nos cruzarmos jamais nesse céu, soltos apenas voamos sem os olhares de anos.

Publicado por Nuno Teixeira em 08:38 PM | Comentários (0)

Maresia

[...]Maresia, sente a maresia
maresia, uuu...

Apaga a fumaça do revólver, da pistola
Manda a fumaça do cachimbo pra cachola[...]

Publicado por Nuno Teixeira em 04:39 PM | Comentários (0)

Musicas do mundo em Portugal

Já passou um ano.
Sempre com a crise em plano de fundo eis que surge mais um verão e com ele os inevitáveis festivais que abalam o país de norte a sul.
O pontapé de saída inicia-se hoje no Parque Tejo em Lisboa que vai receber até Domingo 35 bandas.
O Super Bock Super Rock aparece com bandas de sonoridade mais pesada. Há alguma expectativa no entanto para os New Order (filhos dos extintos Joy Divison... que saudades).
Pessoalmente, a minha sugestão deste festival vai para o Palco Quinta dos Portugueses. Com nomes como Blasted Mechanism, The Gift, Wray Gunn ou Bunnyranch.
O jornal Público apresenta hoje nas primeiras páginas uma peça sobre o assunto tendo como tema central o Super Rock e adianta os próximos festivais no país.
Para além dos habituais, Sudoeste, Paredes de Coura, Vilar de Mouros ou Ermal, apresentam-se algumas novidades interessantes (novos festivais) como por exemplo o IberRock em Viseu, o Festival Serra da Estrela na aldeia de Valhelhas em pleno parque natural.
Interessante que nestes casos nunca sabemos como estão alguns festivais que já contam alguns anos, como o Carviçais Rock ou o Celtico de Sendim.
Outra sugestão para o final. The Arcade Fire vão estar em Paredes de Coura a 17 de Agosto.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:55 PM | Comentários (0)

maio 26, 2005

...

Dentro em breve será erguida aqui a bandeira da victória.
Uma forma de homenagem a todos os Tuaregues.
Perdemos a luta do amor ganharemos contra os moinhos do poder.
Deixaremos de ter poemas e murais pintados e passaremos ver os campos da batalha aqui estendidos em requintada guerra digital.
Ganharemos.
Bom dia mundo

Publicado por Nuno Teixeira em 04:52 AM | Comentários (0)

maio 25, 2005

O sol?

Lá onde nasce o sol nascemos também nós
e novamente o ar nos traz o hálito do céu
Toda a noite cantou a ave que nas trevas mora
e esse canto seu escureceu a escuridão

Ruy Belo

Publicado por Nuno Teixeira em 02:49 PM | Comentários (2)

maio 21, 2005

Ganhar

Ganhar ou perder?
Perder hoje e ganhar amanhã?
Teorias dos líricos?
Direi:
Ganhar. Ganhar-te.
Perder. Perder-te?
Tanto faz.
Desde que sirva para ganhar.
Ganhar-te?
Não.
Perder-te?
Não.
Apenas ganhar amanhã,
Pelo sorriso que negaste.
Perder-te?
Não.
Perdeste-me.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:01 PM | Comentários (7)

maio 20, 2005

Bom fim-de-semana

Bom fim-de-semana a todos.
Façam o favor de ser felizes dentro das vossas possibilidades e vivam o presente.

Publicado por Nuno Teixeira em 07:06 PM | Comentários (0)

Livros para este fim de semana

A edição especial da obra de Cervantes das publicações Dom Quixote que celebra o quarto centenário da publicação da primeira edição, já está nas livrarias.
As aventuras do cavaleiro da triste figura tem para além de excelentes notas introdutórias, as ilustrações de Dali.
O novo livro de Isabel Allende dá por nome de Zorro - O começo da lenda. Uma edição Difel.
Além disso e ainda relativamente ao JANTAR DOM QUIXOTE, queria apelar + UMA VEZ, para o vosso sentido de alegria e que me confirmassem os vossos dados para o meu e-mail:
nquixote@sapo.pt
Tenho algumas inscrições incompletas e tenho outras pessoas que sei que gostavam de estar presentes mas que não confirmaram para o email.
Vamos conhecer-nos dentro e fora da blogosfera. Este jantar também pretende conhecer o vosso mundo dentro da blogosfera.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:39 PM | Comentários (0)

PENSAMENTO DO DIA

As nossas decisões, quando pesam, são sempre más decisões a curto ou médio prazo.
Mas acabam, na sua maioria por ter resultados no futuro.
Os nossos passos terão de ser ponderados mas firmes, sem a incerteza das variaveis que nos rodeiam.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:26 PM | Comentários (0)

maio 19, 2005

Aromas

Aqui deste lado do mundo respiramos o aroma do verão. Avançamos pelas tardes e pelas noites e damos por nós encostados a um amontoado de folhas de papel.
Lemos e relemos o livro de aventuras e talvez até procuremos respostas da nossa caminhada na ficção e na aventura solta entre páginas.
Por vezes também somos feios mas também voamos e prendemos uma lágrima dentro de nós que mesmo forçada, não consegue sair porque sabe que se perde.

Publicado por Nuno Teixeira em 07:04 PM | Comentários (0)

Não percebo muito bem a ideia da campanha que hoje saiu, daquela marca de cerveja que patrocinou a final da taça UEFA.
Tem apenas um copo de cerveja e bem por cima pode ler-se:

BOA SPORTING.

??????????????????????????????????????????????????????????????
Há coisas que... bom! Whatever.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:34 PM | Comentários (2)

maio 18, 2005

Em alta

O Dom Quixote conseguiu durante o dia de ontem o número (para mim impressionante) record de 356 visitas, ocupando o 121º lugar da weblog Portugal.
Obrigado a TODOS os amigos mesmo aqueles que passam aqui sem "dar sinal de vida".
Somos todos lindos. Soltos voaremos por muito mais tempo.

Publicado por Nuno Teixeira em 09:50 PM | Comentários (0)

ups

O prometido é devido e eu não gosto nada de falhar mas... mas...
As minhas desculpas (caro amigo António) mas as minhas drives sofrem do mesmo sindroma e como tal não me é possivel ir buscar a foto que prometi publicar hoje e também porque me esqueci de trazer o suporte onde ela estava para a passar para o servidor.
Amanhã sem falta cá estará.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:06 PM | Comentários (0)

viva o futebol

A 5 dias do final do campeonato, aqui estou eu para fazer um resumo (pessoal, repito, pessoal) desta campanha futebolística que muitos apelidam de atípica.
Quando falo em "muitos", refiro-me como é óbvio aos comentadores e jornaleiros. Todos sabem que nisto das opiniões e dos contraditórios, tem muito que se lhe diga, principalmente quando falamos do símbolo da nação que se encontra a 5 dias de poder renovar esse regresso saudosista aos dias gloriosos.
Atípico é na verdade, o baixo nível futebolístico com que o meu F. C. Porto se apresentou esta epoca.
Goste-se ou não do Mourinho, a verdade é que havia uma estratégia apoiada em jogo de alta pressão e consistencia defensiva, que não será difícil de entender, até para os mais leigos do futebol, que uma equipa consistente do meio campo para trás, consegue ter maior segurança ofensiva.
Aquilo que este ano vimos no campeonato é tão só, a instabilidade de ideias e de criatividade. Por mais defeitos que tenha o Mourinho, sabemos o quanto irritado fica com iniciativas individuais (defensivas ou ofensivas) que descurassem a estratégia. Antes de qualquer iniciativa, um jogador deve ter a consciência (positiva e também negativa) das suas consequências.
Por vezes as perdas de bola em zonas não consideradas perigosas transformam-se em dores de cabeça se pensarmos que estamos sem fio de jogo mas que estamos perante um adversário com a estratégia bem delineada.
Este ano pautou-se por um futebol pobre, ou pelo menos inconstante.
O Benfica ganhará o campeonato e terá de agradecer a Trapattoni pela gestão e não pela inovação.
Terá de agradecer aos factores estranhos que pautaram os jogos do Benfica.
Quem não se lembra do jogo contra o Estoril, contra o Leiria e também contra o Sporting. Quem não se lembra do jogo do Guimarães contra o Boavista? Estranho esse Boavista: ficou sem Jaime Pacheco. Perdeu dois jogadores em Guimarães que não podem defrontar o Benfica e ainda (fazendo lembrar o episódio Estoril, desculpem... desse clube cujo o maior accionista é José Veiga), visto que todos os ingressos do jogo estão vendidos aos benfiquistas. Pior. Esse facto levou a que nem a claque axadrezada possa ocupar o seu lugar habitual no estádio do Bessa. EStranho? Não. Diria antes atípico.
Imaginem agora (clubites à parte) que aquele golo meio duvidoso do Luisão fosse do Jorge Costa e contra o Benfica ou Sporting? Tenho a certeza que voltaria o sindroma do "clube da ladroagem".
Imagino se fosse o Porto a ter um lance daqueles validado numa altura crucial do campeonato! Caía o céu.
Voltando aos comentadores, custa-me que na sua maioria não possam ser isentos. Um guarda-redes não pode ser em circunstância alguma ser tocado dentro da pequena área. Dizem que foi um frango do Ricardo. Peço que examinem bem o lance. Apessar do Ricardo não ter estado muito bem na saída dos postes (como quase sempre acontece em lances de cruzamentos e cantos que penso serem uma fraqueza desta equipa do Sporting), peço que examinem bem o lance. E depois digam-me amtes assim:
"Os árbitros são humanos e também erram".
Houve centenas de lances como aquele durante o campeonato e vão poder voltar a ver lances destes e na maioria é marcada falta.
Venham com os apitos dourados mas o F.C. Porto quando ganha títulos, ganha com aquela vantagem, que mesmo assim ainda suscita dúvidas em alguns menos ponderados.
É a vida. Viva o futebol.
Já se apregoa por aí à boca cheia que a possivel victória do Benfica vai fazer alienar muita gente (diz-se que são 6 milhões) de problemas reais do país.
"SERÁ? OLHA LÁ RAPAZ, QUER CONTINUAR VENDO!?"
Fiel ou infiel ao futebol teremos dentro em breve as cenas dos próximos capítulos.
Boa sorte hoje para o Sporting.

Publicado por Nuno Teixeira em 12:50 AM | Comentários (4)

maio 17, 2005

Pensamento do dia

Não existem sonhos.
Existem objectivos que concretizamos ou não. Sonhos são uma criação do mundo fantástico, um excerto da capacidade que temos em nos alienar do mundo concreto e definido a cada passo que damos.
O meu objectivo desta semana é partilhar um pouco mais este espaço porque ultimamente tem sido difícil marcar presença assídua.
Amanhã quero partilhar com todos vocês uma foto fantástica.
Quero também que partilhem os vossos pensamentos por cá. Assim de forma digital, deste ou desse lado do mundo.
Um abraço que nos envolve.
Soltos voamos.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:24 PM | Comentários (3)

Hoje apetece-me tão só dizer:
Não aos manifestos políticos. Já repararam que qualquer manisfesto é seguido de uma ordem radical?
Sim aos ideais. SIM À VIDA.
BOM DIA MUNDO

Publicado por Nuno Teixeira em 02:18 AM | Comentários (1)

maio 16, 2005

...

Aqui deste lado do mundo marchamos sem sair do lugar.
Longe do sol, na sombra dos dias.
Olho o mural sem pinturas. Olho o céu sem sinais vindos da montanha.
Para quê gritar? Os gritos deste lado do mundo não sentem o eco.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:36 PM | Comentários (1)

maio 13, 2005

Sugestões

Estou sem sugestões para este fim-de-semana!
Lanço um desafio a todos vós.

DESAFIO:

Deixem na caixa de comentários alguma sugestão que possam achar interessante.

Publicado por Nuno Teixeira em 04:34 PM | Comentários (1)

maio 12, 2005

AVATARA

Noite de magia ontem em Coimbra.
Quem acompanha Blasted desde quase o seu início e viu o espectáculo de ontem à noite na Queima de Coimbra, fica com a percepção de uma evolução e crescimento de uma banda, sustentada na sua criatividade, no culto e basicamente naquilo que todas as bandas procuram em toda a sua existência:
Afirmação e encontro da sonoridade própria.
Os Blasted não fazem distinção entre queima ou festival. Qualquer espectáculo é acompanhado da devoção à causa... a causa Karkoviana.

Publicado por Nuno Teixeira em 01:58 PM | Comentários (0)

maio 11, 2005

A V A T A R A

HOJE EM COIMBRA THE REVOLUTION


A V A T A R A


Publicado por Nuno Teixeira em 12:18 PM | Comentários (0)

maio 10, 2005

Despedida

Hoje fazemos a despedida.
Do homem do desporto, do homem da comunicação.
Presto-lhe a minha homenagem ao deixar aqui as recordações daqueles relatos intensos e divertidos.
"Oi!!! O qué qué isso oh meu!? Leva a rapaqueca para casa!"
"Comigo. Ripa na rapaqueca!!!"
Deixo-te um poema de Fernando Alves tantas vezes repetido por cá em vários contextos. Mas acima de tudo repetido por todos aqueles que como tu são grandes amantes da rádio e da comunicação.
Um abraço e até sempre, amigo Jorge Perestrelo.

“Já corremos de mãos dadas,
A mais secreta noite do mundo.
Já subimos ao alto da montanha.
Sabemos todos os nomes,
Do medo e da alegria.

Em ti me transcendo.
Podia morrer nos teus olhos.

Se nestes dias de cigarras doidas,
Perderes de vista o meu coração vagabundo,
Dá-me um sinal.
Abraçar-nos-emos de novo
Antes dos rigorosos frios.
De novo o grande sobressalto
O formidável estremecimento,
Dos instantes felizes.

Podia morrer nos teus olhos…
Amada Rádio”.

Fernando Alves

Publicado por Nuno Teixeira em 12:53 PM | Comentários (1)

maio 09, 2005

Se ainda fizer sentido, faço um apelo à saudade.
A força é da vontade

Publicado por Nuno Teixeira em 06:26 PM | Comentários (0)

Vida na cidade

A vida na grande cidade é assim.
Nada é deixado ao acaso para nossa felicidade. Os encontros e os desencontros, o barulho dos carros, os gritos em silêncio... os cartazes da Isabel Figueira nas paragens de autocarros.
Vivam as manhãs radiosas ou pelo menos, o que resta delas.

Publicado por Nuno Teixeira em 03:05 PM | Comentários (4)

60 ANOS

Dia 8 de Maio de 1945.
A Alemanha nazi capitulou.
Fez ontem 60 anos.
A edição portuguesa do Le Monde Diplomatique deste mês, publica uma peça interessante sobre o assunto.

Publicado por Nuno Teixeira em 12:04 PM | Comentários (0)

maio 08, 2005

De regresso ao mundo

Estamos de volta aos dias banais aqui deste lado do mundo.
Somos lindos e soltos voamos.

Publicado por Nuno Teixeira em 10:33 PM | Comentários (0)

maio 07, 2005

ADEUS

Um grande abraço para o homem da "rapaqueca".
Sentiremos saudades do grande senhor da rádio. Cada relato era uma animação.
Adeus Jorge Perestrelo. Ninguém "com a tua barriguinha fazia melhor, oh meu!!!".

Publicado por Nuno Teixeira em 12:51 PM | Comentários (4)

maio 06, 2005

AQUI EU

Sei à partida que este post vai ser provavelmente um dos posts mais longos da história deste blog. Sei porque é sempre o meu hábito de escrever a tinta corrente.
Hoje dei comigo na praça da républica em Coimbra. Hoje. Noite se serenata, noite de euforia e encanto. Nunca ouvi uma serenata. A única vez em que isso esteve prestes a acontecer foi graças a uma "telefonia" que ainda a meio de uma confusão se lembrou que puderia, não fazer sentido, mas sim oferecer-me o mundo das guitarras na Sé Velha.
Mas hoje como sempre fiquei perdido pelas ruas de Coimbra. Partilhei um pouco os momentos dos últimos anos de estudante de amigos.
Cruzei-me com olhares que conheço, tão pequena que é esta grande aldeia.
A certa altura brindámos. A certa altura rimos e ficámos para ali, quase como no tempo de estudantes a pensar ou não se íamos à serenata.
Não podíamos ir. Jamais.
Ficámos.
Falámos do mundo e da esperança, das mágoas, dos sonhos, do concreto. Do decisivo e do indeciso. Fálamos normalmente de coisas banais numa noite tão banal como qualquer nioite de Coimbra que tem sempre uma melodia no ar.
Todos voltaram a casa. Eu fiquei para apanhar um taxi.
Adoro andar a pé. Mas sabia à partida qual a sensação de passar a cidade em imagens repentinas. Era essa a minha ideia. Foi isso que fiz. Passei antes e a pé pela esquina da saudade, senti vontade de estender um abraço e dedicá-lo à vontade.
Eis que dou por mim dentro de um taxi. Percorro a avenida cheia de gente. Por entre o som das guitarras que não me sai da cabeça, o rádio do taxi toca Brothers in Arms. Quaquer boa música dava bem com o meu estado de espírito. Repito. Qualquer boa música. Mesmo que isso tenha de valer a razão de estar ou responder a quem só ouve o que só agora conhecem e que tudo o resto seja já uma espécie de tagarela comercial ou saudosista.
E lá ia... pela avenida.
Cruzei-me com olhares que conheço, tão pequena que é esta grande aldeia.
Olhares que conhecemos vagamente da cidade. Ora os vemos aqui ou acolá. Mas que conhecemos. E a pequena alegria que temos em ve-los?
E cheguei a casa. Sopra um vento esquisito. Não deve ser um sopro no coração. É seimplesmente um vento que me dá as despedidas da calçada mas que sei que vai continuar a suspirar na minha janela e me acompanhará o sono mesmo que eu não dê por isso.
O mundo lá fora continua. Mesmo que não haja ninguém com pachorra para ler tudo isto até ao fim, mesmo que as respostas do mundo jamais cheguem. Mesmo que as melodias façam de um poema que ainda há-de nascer esta noite, mais um caminho para além do desconhecido, esta foi a minha maneira de ver uma noite.
Que só termina com a certeza de um beijo onde quer que ele esteja. Como um sopro no coração, se isso for possível ainda alguma vez.
BOM DIA MUNDO.

Publicado por Nuno Teixeira em 02:21 AM | Comentários (9)

maio 05, 2005

SERENATA

Ouço já ao longe os gritos das capas. Ouço ao longe um afinar de guitarras.
Ouço sem ouvidos que agora distantes da euforia. Outrora perto demais de outras euforias.
Nunca ouvi uma serenata de Coimbra. Mas trago-a na alma.
Sim, isso é possível

Publicado por Nuno Teixeira em 10:27 PM | Comentários (1)

LOVE

Um album de fotografias que conheci esta semana. Dá pelo nome simplesmente de LOVE (Edições Abrams).
O albúm contém várias fotos e várias citações de autores bem conhecidos como Neruda ou Friedrich Nietzsche.
É daquelas coisas que eu costumo chamar de "meias azeiteiras", mas fundamentalmente vale pelas fotos.
Como diria Ghandhi, Onde há amor há vida.

Publicado por Nuno Teixeira em 08:20 PM | Comentários (1)

o dom das coisas

Fascina-me estar certo das coisas e dos factos da vida.
Mas fascina-me mais a ideia de ser contrariado ou repelido hoje e sorrir ironicamente amanhã.
Até amanhã mundo.

Publicado por Nuno Teixeira em 05:43 PM | Comentários (4)

Livro

Amanhã dia 6 será apresentado o livro "O que dizem as mães" de Rosa Monteiro.
Edições Quarteto

Publicado por Nuno Teixeira em 05:40 PM | Comentários (0)

Dias

Que dia é hoje afinal?
O dia em que finalmente ganhamos asas e voamos?
O dia da desmistificação?
Que dia é hoje?
Dia de deixar o ontem?
Dia de olhar o amanhã?
Qual dos dias faz o nosso dia?

Publicado por Nuno Teixeira em 05:00 PM | Comentários (7)

...

Finalmente a liberdade.
Demos tempo ao tempo
Vivemos até ao limite da ilusão.
Julgámos viver um tempo em passagem
No final acabou como começou,
Lugares e tempos que jamais foram nada,
Na negação de amor,
No olhar para trás,
Ver apenas um rasto que se apaga,
Ou que se mistura com um olhar...
O meu olhar que sincero,
Jamais mentiu, jamais viveu alucinado.
Aqui jaz Dom Quixote

Publicado por Nuno Teixeira em 02:16 PM | Comentários (4)

maio 03, 2005

DOM QUIXOTE EM DUAS NOVAS EDIÇÕES


(Uma das ilustrações de Salvador Dali em Dom Quixote)

No decorrer deste mês de Maio vão ser lançadas em Portugal duas novas edições da obra de Cervantes.
Uma delas é da Relódio d`Água e conta com tradução de José Bento e ilustrações de Lima de Freitas.
Uma outra edição pertence às Publicações Dom Quixote e conta com a tradução de Miguel Serras Pereira e ilustrações do génio Salvador Dali.
Se alguém me quiser oferecer alguma delas estejam à vontade que eu não me importo.
Um recado especial para uma pessoa especial:
Não são "noites brancas" mas provavelmente a melhor obra literária do mundo. Conto oferecer-te uma destas edições para que afinal possas perceber a importância do meu mundo.

INSCREVAM-SE NO JANTAR DOM QUIXOTE PARA O E-MAIL DO BLOG (EU GRITANDO)

Publicado por Nuno Teixeira em 02:35 PM | Comentários (3)

maio 02, 2005

JANTAR DOM QUIXOTE

Peço alguma brevidade na vossa inscrição no jantar convívio Dom Quixote a realizar em Coimbra no dia 25 de Junho (Sábado).
Já recebi algumas inscrições e já recebi também a vontade de umas tantas outras pessoas em estarem presentes mas NÃO FIZERAM a sua inscrição para o email nquixote@sapo.pt, com o seu nome e contacto telefónico.
Como devem calcular eu não posso tratar com os interessados neste jantar aqui no blog.
Peço-vos com alguma urgência que façam a vossa inscrição para que eu possa marcar o local.
Apelo também a todos os amigos "anónimos" que se inscrevam. Além de um simples jantar haverá também lugar para outras surpresas, para trocarmos informações sobre a blogosfera e fundamentalmente aprofundar as nossas amizades.
Inscrevam-se para eu depois confirmar pessoalmente com vocês as condições do jantar e da vossa disponibilidade em estarem presentes

Publicado por Nuno Teixeira em 10:17 PM | Comentários (0)

Antecipar o final

Pela hora dos sonhos e sem conseguir adormecer pensei na alegria enorme de estar certo.
À hora dos sonhos conquistei a força e a vontade de ver um dia o meu sorriso dizer: "ainda bem que chegas tarde, porque a hora dos sonhos já lá vai".
É deixar passar a carruagem do tempo e dizer que afinal eu vou rir-me tanto no final, ou até antecipando o final, voltarei as costas se algum dia nos cruzarmos numa qualquer esquina da paixão onde espero que fiques na ânsia de um abraço.
É bom estarmos cá entretanto. A programar a vida sem folhas. É bom irmos recordando coisas más para facilitar o bolo final recheado de coisas boas onde apenas interessa o nosso poder.

Publicado por Nuno Teixeira em 08:20 PM | Comentários (3)

...

Apetecia-me falar de tudo mas desse tudo, algumas das coisas seriam nada.
Gostava de escrever neste espaço tudo que sei, tudo que sinto e comprimir tudo numa linha, de uma forma digital que desse para ir buscar dentro de um sonho.
Gostava de fazer uma loucura e depois outra. E quem é que ainda não o fez!?
Gostava de partilhar tudo mas nem o tudo podemos partilhar porque dentro da nossa compreensão do mundo jamais entrariam outras percepções da maneira como vivemos as coisas no momento. No imediato.
Apetecia-me revelar as minhas leituras e fazer delas a minha vida quando não é o contrário.
Gostava de correr o mundo e gritar que a vida é injusta mas que não cabe na compreensão de qualquer um que não nos sinta como nós o sentimos.
Sei lá que mais me apetecia fazer dentro de uma solidão nocturna com breves devaneios de alegria que se esfumaçam ao ritmo dessa mesma vida que nos toca através dos outros.
Gostava de acrescentar mais um dia à semana para viver o mundo com outra paixão. Talvez um outro domingo à tarde sem o tédio aparente e aquele sorriso traquina ausente.
Um mundo qua acorda para um bom dia. Quase sempre um bom dia sempre igual

Publicado por Nuno Teixeira em 04:54 AM | Comentários (5)