julho 06, 2004

Os Nossos

Ricardo – Contra tudo e contra todos lutou. Provou que a opção que Scolari fez era merecida. Nunca nos esqueceremos Ricardo daquela noite com a Inglaterra. Fica apenas manchado no golo da Final em que foi mal batido.

Quim – O eterno nº 2.

Moreira – O prémio por uma excelente época. É o futuro da nossa baliza, terá o seu tempo.

Nuno Valente – Foi das melhores supresas do Euro. Não subiu muito, mas também não comprometeu. Deu-se ao luxo de secar Luque, Joaquin, Beckham e Overmars.

Miguel – Outra das grandes supresas. Anulou o lateral mais caro do Mundo, e fez sempre bons desafios. No dia em que poderia ter sido o seu, teve azar, lesionou-se e lesionou uma Selecção que estava a depender e muito de si.

Ricardo Carvalho – O melhor Central da Europa. Numa palavra: Gigante. Para mim, o melhor jogador do Euro.

Jorge Andrade – Irregular. Alternou boas exibições com exibições menos conseguidas, entre elas, os dois jogos com a Grécia.

Rui Jorge – Jogou o primeiro jogo, foi saneado e do banco mais saiu.

Paulo Ferreira – Não foi o lateral que precisávamos. Cometeu um erro grave no primeiro jogo e na Final não fez esquecer a exibição que Miguel estava a fazer. Talvez impressionado com as libras de Abramovic.

Fernando Couto – O capitão. Dentro e fora. Teve humildade para o reconhecer.

Beto – O esperado. Não jogou.

Costinha – Não esteve ao seu nível, ao nível que nos habituou no Porto. Faltou com a Inglaterra e na Final deixou o grego marcar.

Maniche – Foi um senhor, mandou no meio campo nacional, provando a Scolari, que fez bem em chamá-lo e acabar com a “birra”. Infelizmente não apareceu como queríamos na Final. Marcou o melhor golo do Euro. Para mais tarde recordar.

Petit – Sempre que foi chamado estabilizou o meio campo nacional.

Tiago - Como se esperava não jogou e ainda entrou em polémicas com Veiga a meio do Euro.

Simão Sabrosa – Uma das maiores desilusões na Selecção. Não produziu aquilo que toda época fez no Benfica, não apareceram os golos, e terá que correr muito para ter lugar na Selecção.

Cristiano Ronaldo – O novo menino bonito da Selecção. Quem fica indiferente aos nós cegos que Ronaldo espalhou pelos relvados neste Euro. Marcou dois golos de cabeça o que denota muito trabalho nesse capítulo. Será provavelmente no futuro o novo Figo da Selecção.

Luís Figo – Como ele anunciou nas televisões e rádios continuou a ser a nossa Bandeira. Dele esperávamos tudo. Não rendeu o que esperávamos, fez apenas um grande jogo contra a Holanda.
Amuou quando saiu e foi rezar com a santinha. Figo se ficar arrisca-se a ser o menino que joga os últimos 15 minutos, se sair fá-lo pela porta grande.

Deco – Ouvem alguém que a meio do Euro, disse: Se Deco não e português então eu sou Decolês. Deco foi em muitos jogos sublime, suando a camisola, carregando a equipa às costas. Falhou na Final, onde não conseguiu fugir às marcações gregas.

Pauleta – Não foi o ciclone, nem vento forte. Poderá ter perdido a titularidade na Selecção nacional.

Nuno Gomes – Esteve bem sempre que entrou. Foi feliz com a Espanha, e foi feliz em todo o Euro como já o tinha sido em 2000. Scolari poderia ter acreditado mais nele.

Postiga – Para muitos foi uma surpresa na convocatória, mas da sua cabeça nasceu a mudança contra a Inglaterra. O futuro poderá ser risonho para ele.

Rui Costa – Deixo para o fim, o 10, o maestro. Despediu-se da Selecção na Nova Luz, um palco que uns metros ao lado, foi o seu na Velhinha Luz.
Rui Costa não gostou de sair, como ninguém gosta, mas quando foi chamado mostrou a falta que faz ter um trintão no banco, que ainda é maestro da orquestra. Aquele golo á Inglaterra será sempre para sempre, como foi o penalty em 91, ou o golo à Irlanda em 95.
Obrigado Rui por tudo, e se haveria alguém não merecia, tu eras um deles.

Scolari – Líder, ambicioso, religioso, amável, carinhoso, lutador, sábio. Scolari foi tudo isto, porque conseguiu pôr o país a gritar, a saltar, a emocionar-se com o hino, a vestir as cores nacionais, a usar as bandeiras em tudo o que era sítio.
Ainda bem, que Madaíl teve coragem para o contratar e o defender quando o teve que fazer.
Muitos devem ter guardado os tais cartazes que exibiram há uns meses atrás.

Uma última palavra para Madaíl, Governo e Forças de Segurança.
Parabéns!

Scriptum - Rui, como prémio se pedirem para ires aos Olímpicos, recusas?

Publicado por TMA em 10:06 PM | Comentários (2)

O ABC do Euro

Alegria – De um povo, de um país, dos visitantes. Foram três semanas de rostos felizes, alegres e de um colorido imenso.

Bandeiras – Passado 30 anos percebemos que possuímos uma bandeira linda, que devemos usar, beijar, exibir. Elas continuam por todo o lado e ainda bem.

Caravagio – Entra no léxico religioso e social de um país. Muitos foram os que acreditaram nela.

Dinastia – A geração de ouro, deixa uma dinastia que poderá ser ainda mais histórica. Sinceramente há futuro.

Escandinavas – Foram um sucesso aos olhos dos muitos portugueses. Loiras, de olho azul e bonitas. Quem não se recorda da sueca de biquíni.

Fiasco – Todas as putativas campeãs que fracassaram a todos os níveis neste Euro. França, Itália, Espanha, Alemanha e Inglaterra. Alguém deu por eles?

Greves – Todos aqueles que existiram sem qualquer mediatização. As organizações sindicais cometeram o maior erro dos últimos tempos. Quem esperaria que existisse alguma mediatização em pleno Euro? Só ficaram mal aos olhos do povo que queria que tudo corresse bem, como correu.

Hellas – Campeões. Futebol feio, mas prático e eficaz. Dá que pensar.

Incêndios – Todos aqueles que foram esquecidos ao longo do Euro, mas que irão começar a ser notícia de primeira página, infelizmente.

Jornais – Que bonitas as capas dos jornais portugueses ao longo da caminhada da Selecção. Fabulosas as suas primeiras páginas.

Karagounis – Um dos heróis gregos.

Lisboa – Que bonita ficou a capital do país com toda aquela festa que andou pelas suas ruas.

Manifestações – As manifestações populares por todo o país de apoio a uma Selecção, a um país. Que loucura que foram aquelas viagens de Alcochete para os estádios da Luz e Alvalade.

Números – Os números do Euro são superiores aos esperados. Estádios cheios, shares televisivos a baterem recordes, bandeiras e camisolas vendidas aos molhos.

Ostentação – A de Roman Abrahmovic que passeou os seus barcos, a sua fortuna.

Portugal – O país, a Selecção. O país que soube receber os seus visitantes de forma cordial e a segurança que lhes proporcionou. A selecção que nos fez sonhar, que brilhou nos nossos estádios e que nos fez sorrir em tempos de crise.

Querer - Queríamos todos, queriam os jogadores, mas....

Religião – Mandou neste Euro. Muito se falou dela, até para justificar estadias nos balneários. A igreja sem fazer por isso, teve a oportunidade para ganhar um novo fôlego.

Scolari – O homem do povo, o homem em que uma nação passou a acreditar, a ouvir, a idolatrar. Passou a ser o treinador que todos querem nas suas equipas, mas que voltou a “casar” com Madaíl. O homem que veio de um país irmão, fez o que nenhum em Portugal alguma vez tinha conseguido, por um país uno em volta de algo, pôs as pessoas a porem bandeiras nas janelas.
Foi líder e se é bom num dia, não deixa de ser à noite.

Televisões – Bateram todos os recordes. Todos os shares. E quando vimos 87% na Final, pensamos que os restantes 13% estavam nos Fun Parks, nos cafés, e alguns, serão aqueles pseudo intelectuais que consideram o futebol algo de ignóbil.

Unidade – A de um povo em torno de um desígnio. E que bonito foi ver.

Vitória – As muitas que fomos arrecadando ao longo do Euro.

Wayne Rooney – Nasceu um ídolo inglês, um novo ídolo para o mundo do Futebol. Até onde irá este menino?

Yes – Gritámos todos, quando vimos aquele menino a defender sem luvas, e a marcar aquele penalty inesquecível.

Zagorakis – O homem do Torneio escolhido pela UEFA. Para muitos, é discutível, mas foi o escolhido, como poderia ter sido, Maniche, Ricardo Carvalho ou Poborsky, mas nunca Zidane, que nem merecia estar nos 23.

Publicado por TMA em 10:03 PM | Comentários (0)

O fim da Festa

O fim da festa, tem destas coisas: a tristeza de ver partir, de saber ver perder.
Agora que a ressaca se foi embora, apercebemo-nos que também a Euromania se foi embora.
Percebemos que os gregos, os holandeses, os espanhóis, os checos se foram embora.
Percebemos que a Baixa de Lisboa ficou mais triste, sem festas sem uma pluralidade de culturas que inundou este país, esta cidade.
Aquela noite de Domingo tinha tudo para ser linda, para ser feliz, para ser bela.
Não o foi na sua totalidade, porque não ganhamos, porque não fomos felizes.
Em todo o caso, fui para a rua festejar.
E festejar o quê?
- Festejar a excelente organização do Euro.
- O vice Campeão chamado Portugal.
E que bonita foi a festa, que bonito foi ver à beira rio, portugueses e gregos a confraternizar, porque todos percebemos que apesar de tudo, apesar de todas as rivalidades, o futebol é isto: FESTA!
Falei com muitos gregos, com alguns espanhóis, ingleses e italianos.
Todos, mesmo os gregos, foram unânimes, Portugal foi a melhor equipa do Euro, merecia ganhar, mas quem marca é quem ganha, está nos livros.
E por estar nos livros, apesar de todo o seu futebol feio, a Grécia soube ler esses mesmos livros, e perceber qual a sua fórmula para o sucesso.
Mas, não devemos estar tristes, porque podemos sempre nos orgulhar das conquistas que este Euro nos trouxe.
Ficamos todos a saber que afinal, continuamos a ser um todo, um país que vai de Norte a Sul, passando pelas ilhas, e que ainda continuamos a merecer o amor e carinho de todos aqueles povos que ainda nos consideram irmãos.
Ficamos a saber que continuamos a ter orgulho na nossa Nação, no nosso hino, na nossa bandeira.
E que bom que é ouvir todos os nossos visitantes sem excepção, que vão voltar, porque realmente, somos um país fantástico, apesar de todas as politiquices que por aí andam.
Foi bom, foi muito bom, e como o anúncio dizia:

Ganhou quem soube receber bem.
Ganhou quem pôs a bandeira na janela, outra no carro e quem seguiu o autocarro da Selecção.
Ganhou quem soube perder.
Ganhou quem ficou mais perto de saber o que é ser português
.

Publicado por TMA em 10:00 PM | Comentários (0)

julho 04, 2004

As capas do DIA D

Adenda: Faltava este!

Publicado por TMA em 02:23 PM | Comentários (0)

Uma careca Diferente

Publicado por TMA em 03:35 AM | Comentários (0)

O caneco que desejamos

Publicado por TMA em 03:30 AM | Comentários (0)

A última Aposta

Portugal - 4/11

Grécia - 2/1

Jogo:

Vitória Portugal - 4/6

Empate (90m) - 9/4

Vitória Grécia - 9/2

Publicado por TMA em 03:27 AM | Comentários (0)

julho 02, 2004

Até onde vai o apoio à Selecção?

Tudo começou com uma bandeira, hoje já se recebem mails assim:

Domingo, dia 4 de Julho, pelas 16:00 horas vamos todos formar um cordão
humano na 2ª Circular entre o ramo de acesso da Ponte vasco da Gama e o
Estádio da Luz.
São 9 Km,... mas vamos ser mais de 18.000 a apoiar a Selecção de Portugal. Depois do autocarro da nossa equipa passar, ainda vamos todos a tempo de ir ver o jogo, seja no Estádio, seja no Fan Park, em outros parques, em cafés, ou mesmo nas casas de cada um.
Importante é que cada Um, contribua com o seu Apoio para a Vitória Final. Vamos dar as mãos!
Divulga este email e comparece.
VIVA PORTUGAL

Publicado por TMA em 12:37 AM | Comentários (1)

Ontem

Ontem foi daqueles dias que poucos portugueses se irão esquecer.
Por muito anos, por muitas festas que já tenha vivido ontem foi realmente um dia dos mais emocionantes que alguma vez vivi.
Tudo começou às 17.30 ao ver todo aquele povo à volta de uma carrinha laranja (original!!) a caminhar de Alcochete até Alvalade.
Depois foi ver todo aquele de vermelho bandeira num estádio que não tem por hábito receber essas cores.
E finalmente, a emoção dos rostos, a felicidade, o abraço dos irmãos Figo-Rui Costa (e tanto eles merecem esta Final).
As ruas engalanaram-se, o povo saiu à rua, manifestou-se por uma razão comum, e que bonito estava o Marquês, a 24 de Julho, a Liberdade, o Parque das Nações, as Docas.
Agora, bem agora, é pensar que o coração vai bater muito no Domingo, do princípio ao fim, e que apesar, dos ricos se terem ido embora, este não é o Euro dos Pequeninos, este é o Euro de um povo grande.
Se dúvidas houvesse, vejam as imagens de Díli, de Luanda, de Paris (aquele Arco estava mais lindo ontem), de São Tomé, de Maputo, de Bragança ao Funchal.
São as centenas de anos de História.

Adenda: Repararam que hoje no Dragão jogavam a Rep. Checa contra a Grécia?
É que só se ouvia "Portugal Alé!Portugal Alé!


Publicado por TMA em 12:36 AM | Comentários (0)

julho 01, 2004

Imagens de uma noite Linda

(Que figura triste estou eu a fazer!)

(Esta é para si, P.C.!)

(Vou mas é levar já este Gajo para Madrid! Boa!)

(Onde está a santinha?)

(Obrigado Santinha)

Publicado por TMA em 03:13 PM | Comentários (3)

O adeus de uma Laranja esmagada, esprimida

Publicado por TMA em 03:03 PM | Comentários (0)

As capas a caminho de uma Final III

~

Publicado por TMA em 02:54 PM | Comentários (0)

As capas a caminho de uma Final II

Publicado por TMA em 02:46 PM | Comentários (0)

As capas a caminho de uma Final I


Publicado por TMA em 02:39 PM | Comentários (0)

junho 30, 2004

Portugal

É lindo.

Estamos na FINAL.

Agora é hora de ir para Lisboa.

Muita cerveja na certa.

Publicado por TMA em 09:50 PM | Comentários (0)

Manif´s

Numa época em que se fazem por aí umas manif´s sem muita lógica, veja-se hoje a maravilhosa e grandiosa manifestação de apoio desde Alcochete dos portugueses à sua selecção.
Para não falar ainda da manifestação de 5000 holandeses nas ruas de Lisboa.
Isto sim, são verdadeiras manif´s.

Força Portugal!

Publicado por TMA em 06:08 PM | Comentários (2)

E que o coração não nos falhe...

Publicado por TMA em 01:29 PM | Comentários (0)

junho 29, 2004

Serão três

Três parece dizer Scolari. Será?

Publicado por TMA em 04:42 PM | Comentários (0)

As apostas a um dia de...

Rep. Checa - 11/8

Portugal - 11/5

Holanda - 5/2

Grécia - 10/1

Publicado por TMA em 04:40 PM | Comentários (0)

junho 27, 2004

Isto já está assim...

Somos os maiores:

Portugal - 2/1

Holanda - 9/4

Rep. Checa - 11/4

Dinamarca - 8/1

Grécia - 8/1

Publicado por TMA em 01:28 AM | Comentários (0)

junho 25, 2004

As apostas hoje já estão assim...

Portugal - 15/8

Rep. Checa - 11/4

Holanda - 4/1

Dinamarca - 8/1

Grécia - 8/1

Suécia - 9/1

Publicado por TMA em 11:49 PM | Comentários (2)

Au Revoir France

A desforra fica para um dia destes...

Publicado por TMA em 11:09 PM | Comentários (0)

As capas de uma Vitória III

Publicado por TMA em 05:56 PM | Comentários (0)

As capas de uma Vitória II

Publicado por TMA em 05:37 PM | Comentários (0)

As capas de uma Vitória I

Publicado por TMA em 05:28 PM | Comentários (0)

Uma pergunta

Onde estará o tal adepto que levantava a tal bandeira a dizer “Com Baía Sem Scolari”?

Provavelmente no São João!
Ou em casa?

Publicado por TMA em 01:38 AM | Comentários (0)

Os nossos Amores

Heróis do mar, nobre povo,
Nação valente, imortal,
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitória!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Desfralda a invicta Bandeira,
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira:
Portugal não pereceu
Beija o solo teu jucundo
O Oceano, a rugir d'amor,
E teu braço vencedor
Deu mundos novos ao Mundo!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir;
Seja o eco de uma afronta
O sinal do ressurgir.
Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe,
Que nos guardam, nos sustêm,
Contra as injúrias da sorte.

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Publicado por TMA em 01:35 AM | Comentários (0)

Somos nós, esse nobre Povo

Publicado por TMA em 01:34 AM | Comentários (0)

Raiva, Querer, Alma, Amor

Fonte: Euro 2004

Publicado por TMA em 01:32 AM | Comentários (0)

Bye Bye England

Publicado por TMA em 01:30 AM | Comentários (0)

junho 24, 2004

A nossa Esperança

Publicado por TMA em 03:33 AM | Comentários (0)

junho 23, 2004

A travessia no deserto de Inaki

Near Ayparahui, Bolivia - Maria Stenzel

Publicado por TMA em 11:20 PM | Comentários (0)

As apostas hoje andam assim...

França - 2/1
Rep Checa - 5/1
Inglaterra - 5/1
Portugal - 11/2
Holanda - 6/1
Suécia - 10/1
Dinamarca - 12/1
Grécia - 33/1

Publicado por TMA em 11:10 PM | Comentários (0)

A dos Ingleses

Portugal - Inglaterra - 8/5 (P) 13/8 (I)

França - Grécia - 4/9 (F) 7/1 (G)

Rep. Checa - Dinamarca - 1/1 (RC) 11/4 (D)

Publicado por TMA em 11:08 PM | Comentários (0)

Os meus prognósticos

Portugal - Inglaterra 3 - 1

França - Grécia 2 - 1

Suécia - Holanda 1 - 2

Rep. Checa - Dinamarca 2 - 1

Publicado por TMA em 11:06 PM | Comentários (0)

Auf Wiedersehen Deutschland!

Fonte: Euro 2004

Publicado por TMA em 10:53 PM | Comentários (0)

Ciao Italia

Fonte: Gazzetta Dello Sport

Publicado por TMA em 01:42 AM | Comentários (0)

E quem passa...

Qual não é o espanto, quem passa à meia final?

Portugal - 17/20
Inglaterra - 17/20

Começou o cepticismo?

Publicado por TMA em 01:36 AM | Comentários (0)

As finais que eles acham...

França - Inglaterra - 5/1
França - Portugal - 5/1
França - Suécia - 5/1
Portugal - Rep. Checa - 9/1
...
Portugal - Dinamarca - 16/1
...
Portugal - Grécia - 40/1

Continua a ser um site Inglês!

Publicado por TMA em 01:34 AM | Comentários (0)

Quem ganha?

- França - 2/1
- Inglaterra - 5/1
- Rep. Checa - 11/2
- Portugal - 11/2
- Suécia - 10/1

O site é Inglês!


Publicado por TMA em 01:31 AM | Comentários (0)

junho 22, 2004

Carecas na Luz

Fonte: Euro2004

Publicado por TMA em 12:46 PM | Comentários (0)

E agora?

Agora é hora de comer rosbife até à morte, porque este sim, é um jogo de mata-mata.
Vamos quebrar as apostas inglesas.

França - 2/1
Inglaterra - 11/2
Portugal - 6/1
Rep. Checa - 13/2
Itália - 7/1

Fonte: SportingBet

Publicado por TMA em 12:33 PM | Comentários (0)

junho 21, 2004

As apostas à data de Hoje

Hoje a SportingBet aponta como principais vencedores os seguintes:

França - 2/1
Rep. Checa - 6/1
Portugal - 6/1
Inglaterra - 7/1
Itália - 7/1
....
Suiça - 1000/1

O que dá uma vitória sobre a Espanha.

Publicado por TMA em 05:55 PM | Comentários (0)

As capas do Dia I - Do lado de Lá

Marca

Sport

Publicado por TMA em 04:41 PM | Comentários (0)

As capas do Dia I - Do lado de Cá

A Bola

Record

O Jogo

Publicado por TMA em 04:15 PM | Comentários (0)

A Nova Aljubarrota

Prometi que não fazia comentários até ao fim e não farei.
Apenas gostaria de dizer que foi bom, muito bom.
Não tenho problemas de dizé-lo: Odeio e sempre odiei espanhóis.
E porque tinha prometido à menina, lá fui para Lisboa apitar a vitória sobre aqueles que sempre odiei.
Foi bonito, mas poderá ainda ser mais....

Publicado por TMA em 04:10 PM | Comentários (0)

junho 20, 2004

Grande Jogo

Que grande jogo esta noite em Aveiro.
Foi na minha opinião a par do Dinamarca - Itália um dos melhores jogos deste Euro.
A Rep. Checa passou, foi a primeira, mereceu porque o seu seleccionador teve a coragem de arriscar quando o tinha que fazer.
Quanto à Holanda, depois de uma boa segunda parte com a Alemanha, hoje até fez uma boa primeira parte, mas depois o seu seleccionador perdeu para o seu adversário, não teve arrojo.
E normalmente a sorte protege os audazes.
Quanto a este menino Pavel Nedved, apenas dizer, que se aquela bomba ao poste tem entrado era um dos melhores de todos os tempos.

Publicado por TMA em 12:45 AM | Comentários (1)

junho 17, 2004

Apostas

Ao 1º Dia do Euro a Sportingbet tinha como quadro para vencedores de Euro, posicionados assim:

- França - 8/1
- Itália - 10/1
- Inglaterra - 12/1
- Portugal - 14/1
- Espanha - 16/1
- Rep. Checa - 18/1

Hoje, já anda assim:

- França - 5/2
- Itália - 5/1
- Espanha - 13/2
- Inglaterra - 8/1
- Rep. Checa - 10/1
- Holanda - 10/1
- Alemanha - 12/1
- Portugal - 12/1

Diga-se ainda que a Letónia já passou de 5000/1 para 1500/1 e a Suiça de 5000/1 para 150/1.
É obra

Publicado por TMA em 12:16 AM | Comentários (0)

junho 15, 2004

A festa começa hoje aqui...

Praga, Rep. Checa

Publicado por TMA em 07:05 PM | Comentários (0)

A festa do Euro

Que bonita que está a festa dos dinamarqueses e italianos nas praças e ruas de Guimarães.
Isto é o verdadeiro espectáculo chamado futebol.

Publicado por TMA em 01:07 AM | Comentários (0)

junho 14, 2004

Para onde vais Selecção?

Sinceramente pensei que o melhor era nem escrever sobre o assunto.
Sinceramente nem sei o que daqui vai sair, mas decide-me a escrever algo.
O jogo no seu todo foi pobre, mas nada de espantar para um jogo de abertura.
Poderia ter sido melhor, nem que fosse o empatezito habitual nestes jogos de abertura.
E porque não foi?
E porque Portugal perdeu?
Perdeu porque, temos jogadores velhos, porque não temos garra, fé, crer, alma.
Perdemos porque acima de tudo não temos capacidade para aguentar a pressão, porque somos uns meninos armados em vedetas e que nem com todo o apoio do mundo conseguiremos lá chegar.
Sinceramente acho que Scolari não teve culpa!
Sinceramente acho que Scolari não sabe onde se veio meter.
E digo isto, porque apesar de Scolari já conhecer os nossos jogadores, nunca teve a oportunidade de os ter mais do que dois dias.
Agora, sim Scolari já sabe o que pode contar, ou seja, um bando de meninos mimados, que apenas se preocupa em discutir com Madaíl quanto vai ganhar se for campeão europeu e no que ganha com os belos anúncios que faz.
Nós todos não merecíamos, nós todos mais uma vez, acreditamos, desta vez ainda mais, com o hastear louco de bandeiras nas janelas, nas esquinas, nos carros, nas malas de senhora, nas cordas da roupa, à cabeça ou à cintura.
Querem mais?
Nós é que queremos, nós é que queremos que vejam o que é crer, olhem para o jogo que a França fez hoje na Luz.
Aquilo sim, é crer, é garra, é acreditar, por isso mesmo, é que são campeões europeus, mundiais.
Mesmo com velhos como Zidane que se arrastou durante 90 minutos, mas em 2 resolveu o jogo.
E escusa alguém vir dizer que menos com menos dá mais.
Na matemática sim, no futebol não.
Estou triste, desiludido e acima de tudo revoltado.
Se fizermos algo neste europeu provavelmente estarei lá, mas já não estarei com a mesma confissão que estava há uma semana.
Por isso, não farei nenhum comentário mais até ao fim.

Publicado por TMA em 03:55 AM | Comentários (0)