março 31, 2004

Pronúncias

É tudo uma questão de pronúncias.
Coloquem estes meninos a dizer cenas portuguesas noutras línguas.
E riam-se.

Publicado por TMA em 02:20 PM | Comentários (0) | TrackBack

Ainda o Fumo na Irlanda

Publicado por TMA em 01:57 PM | Comentários (0) | TrackBack

Greves

Publicado por TMA em 01:56 PM | Comentários (0) | TrackBack

Escolha de Cadeiras

Uma fila de cadeiras à venda na Atlantic Avenue.

Publicado por TMA em 01:55 PM | Comentários (0) | TrackBack

O voto da Assembleia

JPP está irritado e chateado.
Não! Não são os estados de alma da SIC.
JPP está irritado, e com razão, sobre o voto de pesar que a Assembleia votou sobre a morte de Yassin.
E tem razão quando diz que a situação já de si um pouco bizarra, da Assembleia da República aprovar um voto de pesar pela morte de um terrorista, quando não o faz pela morte de soldados dos países nossos aliados, a duplicidade de critérios é evidente no voto e na discussão.
O que poderemos esperar da AR após esta votação?
Um voto de pesar se Bin Laden for preso?
Um voto de pesar aquando da morte de Fidel Castro?
Um voto de pesar sobre o governo da Coreia do Norte, essa verdadeira democracia?
Por amor da santa, a AR realmente continua a dar tiros no pé.
E depois ficam espantados com 70% de abstenções.
E se infelizmente houvesse um atentado em Portugal, também dariam um voto de pesar aos terroristas?

Publicado por TMA em 01:48 PM | Comentários (0) | TrackBack

Google

Chegaram até cá à procura das acessibilidades de Alvalade por isto, à procura do casamento do FCP apenas por que afirmei não ser do FCP e ter feito uma apreciação de uma casamento, acham que eu tenho o número de telemóvel do Moreira, isto só porque eu disse que ele tinha sido o herói do frio.
Agora procurarem quarentonas por causa de O´Neil ou andarem a trás de coroas gulosas e chegarem aqui por causa de Francisco Assis, estas, realmente não esperava.

Publicado por TMA em 01:30 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 30, 2004

Raguebi

Não sou um amante deste desporto.
Mas porque será que ninguém deu enfoque a esta grande vitória nacional?

Publicado por TMA em 02:29 AM | Comentários (1) | TrackBack

Sonho

Sonhei - nem sempre o sonho é coisa vã -
Que um vento me levava arrebatado,
Através desse espaço constelado
Onde uma aurora eterna ri louçã...

As estrelas, que guardam a manhã,
Ao verem-me passar triste e calado,
Olhavam-me e diziam com cuidado:
Onde está, pobre amigo, a nossa irmã?

Mas eu baixava os olhos, receoso
Que traíssem as grandes mágoas minhas,
E passava furtivo e silencioso,

Nem ousava contar-lhes, às estrelas,
Contar às tuas puras irmãzinhas
Quanto és falsa, meu bem, e indigna delas!

Antero de Quental

Publicado por TMA em 02:02 AM | Comentários (0) | TrackBack

Mais uma Holding

Fora do Mundo e o regresso de Lomba aos blogs.

Publicado por TMA em 01:55 AM | Comentários (0) | TrackBack

O fumo na Irlanda

Oiço que na Irlanda vai ser proibido fumar em todos os locais públicos fechados.
Sei que o vou dizer provavelmente será atacado por todos esses extremistas anti-tabagistas que pululam na nossa sociedade.
Sou fumador.
Gosto de fumar.
Nunca tentei deixar de fumar.
Sou maior e vacinado e sei o mal que o tabaco me faz.
Mas, pergunto, numa sociedade em que se discute o terrorismo, o extremismo, os ideais religiosos levados ao terror, não é esta atitude também um acto terrorista?
Compreendo que os outros não têm que levar com o meu fumo, OK.
Concordo com a criação de espaços destinados a fumadores.
Agora, proibirem uma pessoa de fumar?
Onde estão os direitos e liberdades de cada um?
E os que não fumam, mas provavelmente terão outros vícios, não são punidos?
Se não fumar, mas apanhar bebedeiras todos os dias?
Isso já pode, porque está no seu direito?
Acha Deus!
Qualquer colocando-nos a todos em ghettos para fumadores.
Agora podem massacrar, porque apesar de tudo, esta é e será sempre a minha posição.

Publicado por TMA em 01:51 AM | Comentários (0) | TrackBack

Mais uma Morte nos hospitais

Navegando por aí descubro o blog do João Tilly.
Fico constrangido, irritado, agoniado, angustiado, triste.
Infelizmente a história não é solteira, é infelizmente mais uma.
Os meus pêsames ao João e à sua família.
Será que alguma vez se fará justiça na casa do João?

Publicado por TMA em 01:43 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 29, 2004

Entre os Rios III

Continua a caricatura de um juiz

Publicado por TMA em 01:04 AM | Comentários (1) | TrackBack

Sossego

Adirondack Mountains, New York - Maria Stenzel

Publicado por TMA em 01:02 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 26, 2004

Entre os Rios II

A forma expressiva de Elias para as causas naturais:

Publicado por TMA em 10:24 PM | Comentários (0) | TrackBack

O candidato ao PE

O PCP anuncia Saramago como candidato ao PE.
Só faltava realmente mais esta.
Será que o lançamento do novo livro é uma estratégia a imitar alguém?
Belíssimo o post do Homem a Dias.

Publicado por TMA em 10:13 PM | Comentários (0) | TrackBack

Líbia

Publicado por TMA em 09:35 PM | Comentários (0) | TrackBack

Refúgios

Nem vale qualquer comentário.
Que raio de país este.

Publicado por TMA em 09:32 PM | Comentários (1) | TrackBack

Entre os Rios

Depois de ler esta notícia sobre a decisão do Juiz de instrução do caso de Entre os Rios chego à conclusão que em Portugal realmente a culpa é sempre solteira.
Podemos achar que o Juiz esteve uma atitude correcta porque esqueceu tudo o que saiu na comunicação social, em especial a reportagem da Sic.
Mas, daí a absolver-se 29 arguidos e considerar que apesar de haver «uma má organização das estruturas do Estado», mas «era impossível prever um fenómeno natural daquela dimensão», não lembra ao diabo.
Então ninguém é culpado?
Não me digam que não ficou provado que os senhores da JAE tinham conhecimento da situação da ponte?
Que apesar de Paulo Teixeira ter escrito cartas aos orgãos competentes, ninguém é culpado por nada ter feito?
Causas Naturais?
Devemos todos esquecer que após a queda da ponte, o governo da altura, lançou obras em algumas pontes com condições iguais ou piores que aquela.
Causas Naturais?
Por amor de Deus!
O que vale em toda esta história é que o Procurador-Geral da República não vai deixar cair este história e vai avançar para o recurso.
A ver se o novo juiz é um bocadinho menos interessado por questões meteorológicas.

Publicado por TMA em 09:30 PM | Comentários (1) | TrackBack

Adeus Milão

A esperança que 6.000 adeptos tinham era enorme.
A fé pelo seu clube realmente move montanhas, e foi realmente uma verdadeira montanha aquela que estava alojada num dos topos desse grande estádio chamado Guiseppe Meazza.
A meio da primeira parte o sonho começava a querer tornar-se realidade, mas a realidade era outra, que veio demonstrada com dois lances decisivos:
- o primeiro aquela bola ao poste de Nuno Gomes.
- o segundo aquele estúpido golo a 30 segundos do Intervalo.
Apesar disso, a fé continuava no seu auge.
Na segunda parte tudo se transformou, uma verdadeira amálgama de emoções, primeiro com aqueles dois golos sofridos, depois o acreditar novamente, para passados poucos minutos, novamente a desilusão, e passado mais alguns, a fé, a história de Leverkussen.
Depois, bem depois foi o lance de Toldo, o falhanço de Sokota, e a desilusão amarga de uma derrota injusta.
Apesar de tudo, a vitória de uma equipa que teve a capacidade impensável de marcar 3 golos neste lindo estádio:


Publicado por TMA em 09:18 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 24, 2004

Milão

Agora é hora de descansar porque de madrugada é hora de ir para Milão.
Ver parar as modas, e amanhã que sejam portuguesas a reinar numa das maiores cidades da moda mundial.

7.45 - TP5204 - Portela - MILAN-MALPENSA.


Publicado por TMA em 11:48 PM | Comentários (1) | TrackBack

Kosovo

Svinjare, Kosovo.

Nem o Porco resistiu à guerra.

Publicado por TMA em 11:41 PM | Comentários (0) | TrackBack

Blair e os Polícias

Blair esteve esta tarde em Lisboa.
Lisboa ficou policiada por Blair.
As ruas de Lisboa a braços com mais uma Manif daqueles meninos que não tem dinheiro para pagar propinas, por que gastam noutros bens supérfluos policiou-se.
A quantidade de polícias de trânsito por metro quadrado hoje era impressionante.
Terá já começado a tão famosa contestação das policias que começa dia 27?
HOje de certeza que ninguém pagou multas de estacionamento em Lisboa.
A cidade estava preocupada com Blair.

Publicado por TMA em 11:40 PM | Comentários (0) | TrackBack

As acessibilidades

Há muito tempo que não andava por aqueles lados.
Hoje, por razões profissionais desloquei-me ao Edifício Administrativo contíguo ao Alvalade XXI, o Visconde de Alvalade.
E o que pude observar foi que além do antigo José Alvalade ser hoje apenas e tão quatro montes de entulho e terra, a confusão nas acessibilidades à volta do Estádio.
Dei por mim às voltas na Rua Stromp a caminhar para as Linhas de Torres ou então às voltas ao Alvalade XXI, até passado alguns minutos e alguma irritação, lá encontrei uma daquelas belas placas amarelas a indicar um desvio para o Campo Grande.
Mas, fora isto, ainda pude constatar que a quase dois meses de começar o Euro, quem vier do Aeroporto ou de outra parte da cidade não possui qualquer indicação para o Alvalade XXI, bem como para a Luz.
Como será?
Quando terminará?

Publicado por TMA em 11:36 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 23, 2004

Qual deles será o próximo?

Publicado por TMA em 11:40 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 22, 2004

Mísseis

Alguns choram a sua morte.
O atentado que lhe fizeram não foi realmente a melhor jogada estratégica.
Os governos ocidentais (principalmente) só tinham que condenar.
Mas, que aquele homem foi um filho da p.. toda a vida, não tenho dúvidas.
Agora, bem agora, lá vamos nós assistir a mais uns quantos mortos na Faixa de Gaza, nada a que não nos tívessemos habituado nos últimos anos.
Com ou sem morte de Sheik.

Publicado por TMA em 06:20 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 21, 2004

A Arte Poética

No dia Mundial da Poesia aqui fica a arte poética vista por Vitorino Nemésio:

A Arte Poética

A poesia do abstracto...
Talvez.
Mas um pouco de calor,
A exaltação de cada momento
É melhor.
Quando sopra o vento
Há um corpo na lufada;
Quando o fogo alteou
A primeira fogueira,
Apagando-se fica alguma coisa queimada.
É melhor...
Uma ideia
Só como sangue de problemas;
No mais, não,
Não me interessa.
Uma ideia
Vale como promessa
E prometer é arquear
A grande flecha.
O flanco das coisas só sangrando me comove,
E uma pergunta é dolorida
Quando abre brecha.
Abstracto!
O abstracto é sempre redução,
Secura;
Perde -
E diante de mim o mar que se levanta é verde:
Molha e amplia...
Por isso, não:
Nem o abstracto nem o concreto
São propriamente poesia.
A poesia é outra coisa.
Poesia e abstracto, não.

Publicado por TMA em 06:37 PM | Comentários (0) | TrackBack

Festas a Norte

Estes e mais estes estão em festa.
Tudo por causa disto:

Publicado por TMA em 06:25 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 19, 2004

Nova Morada

A nova morada do Cruzes Canhoto.

Publicado por TMA em 06:09 PM | Comentários (0) | TrackBack

Frente a Frente

Simen Mountains National Park, Ethiopia - Michael Nichols

Publicado por TMA em 05:58 PM | Comentários (1) | TrackBack

março 18, 2004

Touradas ou não?

Publicado por TMA em 01:07 AM | Comentários (0) | TrackBack

Bloscares 2004

O Miguel da Origem do Amor patrocina mais uma grande gala, no dia 1 de Abril, com a entrega dos Óscares dos Blogs.
Para acompanhar.
Fica a avozinha à espera para ver os nomeados.

Publicado por TMA em 12:37 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 17, 2004

Ainda Madrid- II

Chegou ainda ao Correio da Avozinha estas contas:

Vamos a umas contas matemáticas interessantes e arrepiantes:
- O 11 de Setembro, nos EUA, ficou conhecido por dar o n.º 911, que por sinal é o n.º de Emergência médica desse País.
- Ora, passados 911 dias deste terrífico atentado, outro, não menos terrífico acontece: o 11 de Março em Espanha. (Coincidência????).
- Mais terrível é o facto de a "prova dos 9", utilizada por nós desde a 4ª Classe, nos demonstrar que a soma do ano 2004 e do Mês de Março (3) dá 9, e os 11 dias do mês em que foi efectuado o atentado: ou seja, o n.º 911 mais uma vez. (Coincidência?????).
- Agora vamos ao mais complicado da questão: Se ao dia 11 de Março somarmos 115 (o antigo número de emergência do nosso País), dá-nos o dia 4 de Julho de 2004. Nada por aí além, se não pensarmos que é o dia da Final do
Campeonato da Europa de Futebol.
- E se fizermos mais umas continhas chegamos mais além:
O dia 4 mais o mês (7) dá 11. (Arrepiante)
Outra vez a prova dos 9 - O ano 2004, noves fora dá 6.
Mais os três meses que medeiam o atentado de Madrid e a final do campeonato dá 9.
Ou seja 911. (Interessante, não!?!)
(TV - 17.03.04)

Não convinha termos alguma calma?!

Publicado por TMA em 07:57 PM | Comentários (0) | TrackBack

Ainda Madrid

Chegou ao correio da avozinha esta declaração:

Nova Receita para vencer eleições!

Pegue-se num atentando suficientemente sangrento;
Condimente-se com intriga q.b, via opinião publicada;
Deixe-se fermentar a mentira sobre a manipulação da informação por parte do poder;
Agite-se tudo muito bem - com a guerra no Iraque - e ilegalmente, na noite de reflexão;
Et Voilá!
200 Mortos transformados em 2.000.000 de votos!

Viva a ETA!
Viva a Al-Qaeda!
Viva la Muerte!

(GA- 16.03.04)

Publicado por TMA em 07:53 PM | Comentários (0) | TrackBack

Seios

Para alguém que hoje merece um dos melhores de O´Neil:

Seios

Sei os teus seios.
Sei-os de cor.
Para a frente, para cima,
Despontam, alegres, os teus seios.
Vitoriosos já,
Mas não ainda triunfais.
Quem comparou os seios que são teus
(Banal imagem) a colinas!
Com donaire avançam os teus seios,
Ó minha embarcação!
Por que há
Padarias que em vez de pão nos dêem seios
Logo p´la manhã?
Quantas vezes
Interrogaste, ao espelho, os seios?
Tão Tolos os teus seios! Toda a noite
Com inveja em do outro, toda a santa
Noite!
Quantos seios ficaram por amar?
Seios pasmados, seios lorpas, seios
Como barrigas de glutões!
Seios decrépitos e no entanto belos
Como o que já viveu e fez viver!
Seios inacessíveis e tão altos
Como um orgulho que há-de rebentar
Em desesperadas, quarentonas lágrimas...
Seios fortes como os da Liberdade
- Delacroix- guiando o povo.
Seios que vão à escola p´ra de lá saírem
Direitinhos p´ra casa...
Seios que deram o bom leite da vida
A vorazes folhos alheios!
Diz-se rijo dum seio que, vencido,
Acaba por vencer...
O amor excessivo dum poeta:
«E hei-de mandar fazer um almanaque
Na pele encadernado do teu seio!» (Gomes Leal)
Retirar-me para uns seios que me esperam
Há tantos anos, fielmente, na província!
Arrulho de pequenos seios
No peitoril de uma janela
Aberta sobre a vida.
Botas, botifarras
Pisando tudo, até os seios
Em que o amor se exalta e robustece!
Seios adivinhados, entrevistos,
Jamais possuídos, sempre desejados!
«Oculta, pois, oculta esses objectos,
Altares onde fazem sacrifícios
Quantos os vêem com olhos indiscretos» (Abade de Jazente)
Raparigas dos limões a oferecerem
Fruta mais atrevida: inesperados seios...
Uma roda de velhos seios despeitados,
Rabujando,
A pretexto de chá...
Engolfo-me num seio até perder
Memória de quem sou...
Quantos seios devorou a guerra, quantos,
Depressa ou devagar, roubou à vida,
À alegria, ao amor e às gulosas
Bocas dos miúdos!
Pouso a cabeça no teu seio
E nenhum desejo me estremece a carne
Vejo os teus seios, absortos
Sobre um pequeno ser.

Publicado por TMA em 07:46 PM | Comentários (0) | TrackBack

Faz hoje 6 anos...

6 Anos...
Quando tudo começou
Quando tudo cresceu
Quando tudo nasceu
Quando tudo brotou
Quando enriqueci
Quando cresci
Quando conheci
Quando fiquei feliz

Obrigado!

Publicado por TMA em 07:29 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 16, 2004

Natália Correia

Faz hoje 11 anos que Natália Correia morreu.

Queixa das almas jovens censuradas

Dão-nos um lírio e um canivete
e uma alma para ir à escola
mais um letreiro que promete
raízes, hastes e corola

Dão-nos um mapa imaginário
que tem a forma de uma cidade
mais um relógio e um calendário
onde não vem a nossa idade

Dão-nos a honra de manequim
para dar corda à nossa ausência.
Dão-nos um prémio de ser assim
sem pecado e sem inocência

Dão-nos um barco e um chapéu
para tirarmos o retrato
Dão-nos bilhetes para o céu
levado à cena num teatro

Penteiam-nos os crâneos ermos
com as cabeleiras das avós
para jamais nos parecermos
connosco quando estamos sós

Dão-nos um bolo que é a história
da nossa historia sem enredo
e não nos soa na memória
outra palavra que o medo

Temos fantasmas tão educados
que adormecemos no seu ombro
somos vazios despovoados
de personagens de assombro

Dão-nos a capa do evangelho
e um pacote de tabaco
dão-nos um pente e um espelho
pra pentearmos um macaco

Dão-nos um cravo preso à cabeça
e uma cabeça presa à cintura
para que o corpo não pareça
a forma da alma que o procura

Dão-nos um esquife feito de ferro
com embutidos de diamante
para organizar já o enterro
do nosso corpo mais adiante

Dão-nos um nome e um jornal
um avião e um violino
mas não nos dão o animal
que espeta os cornos no destino

Dão-nos marujos de papelão
com carimbo no passaporte
por isso a nossa dimensão
não é a vida, nem é a morte

Natália Correia, in "O Nosso Amargo Cancioneiro"

Publicado por TMA em 11:59 AM | Comentários (5) | TrackBack

Madrid vista por Americanos

Publicado por TMA em 11:46 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 15, 2004

Porque não estarem calados?

Não valia a pena ter estado caladinhos?
Não era preferível apenas comunicar às entidades, neste caso, à Direcção Central de Combate ao Banditismo?
Para quê utilizar este tipo de alarmismos para vender jornais?
Não é preferível termos todos um pouco de contenção neste tipo de notícias?

Porque não ter um pouco mais de calma?

Publicado por TMA em 07:00 PM | Comentários (2) | TrackBack

A Nova Espanha?

Estive alguns dias sem escrever, porque sinceramente não sabia o que dizer de todo aquele massacre de Madrid, e por isso, optei apenas pelas fotografias e por cartoons que correram mundo.
Ontem, cheguei à conclusão que desde Quinta tinha guardado para mim, o PP não ganharia as eleições em Espanha.
Julgo mesmo, que se o Ministro do Interior não tivesse efectuado aquela conferência de Imprensa onde informava a detenção dos marroquinos e indianos, considerando que os mesmos estariam envolvidos no atentado, o PP perderia na mesma as eleições.
O povo espanhol foi soberano e decidiu em democracia o seu voto.
Mas, apesar de tudo, não poderemos esquecer que na Quarta o PP tinha as eleições ganhas, a taxa de abstenção situava-se nos 30%, e Zapatero apesar da recuperação tinha a perfeita noção de que não ganharia as eleições apesar do elevado número de indecisos.
O que ontem se passou em Espanha, foi a determinação de um povo contra um governo que na sua mente terá ajudado aquele massacre.
Mas, apesar da contestação contra o apoio à guerra no Iraque, o PP na Quarta não estava na frente das sondagens?
Por muito que se queira esconder o facto é que o PSOE venceu ontem as eleições espanholas, porque o povo quis penalizar o PP pelo atentado.
Quando hoje Zapatero comunica que os espanhóis irão sair do Iraque até Junho, tenta cumprir uma promessa eleitoral, a mesma que até Quarta não tinha tido a mesma adesão que teve após o atentado.
A pergunta sobre a nova Espanha, é a pergunta que muitos hoje devem estar a fazer por este Mundo.
Como irá Zapatero lidar com os compromissos espanhóis em termos de política externa?
Zapatero irá esperar que Bush perca as eleições ou coligar-se-á desde já à França e Alemanha, criticando os EUA?
Como Zapatero terá reagido à queda da Bolsa de Madrid, após a sua vitória de ontem?
Como Zapatero irá continuar o processo de exterminação total da ETA, que o PP realizou ao longo deste últimos anos?
E o que os terroristas que produzira aquele atentado, pensam de todas estas eleições?
Haverá mais atentados para derrotar governos?

Publicado por TMA em 06:56 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 12, 2004

Ontem ainda

Vs

Ontem ainda houve:

- Silêncio.
- Força.
- Querer.
- Raiva.
- Oportunidades.
- Penalty por assinalar.
- Grandes defesas.
- Pontapés para frente.
- Espectáculo.
- Máximo apoio.
- Casa Cheia.
- Banho de bola.
- Melhor jogo da época.

Mas faltou aquele "bocadinho" assim.
Agora é preciso muita fé e poucos medos.


Publicado por TMA em 12:52 PM | Comentários (3) | TrackBack

Mais Madrid


Publicado por TMA em 12:29 PM | Comentários (0) | TrackBack

Luto

Publicado por TMA em 01:04 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 11, 2004

A nossa vida daqui a uns anos...

Deixe-vos esta mensagem com respectiva pergunta que recebi no correio da Avozinha:

Será o Big Brother?

Telefonista : "Pizza Hot, Bom dia."
Cliente : "Bom dia, quero encomendar uma pizza sff"
Telefonista: " Pode me dar o seu NIDN,sff ?"
Cliente : " Com certeza, o meu número de identificação nacional, é
6102049998-45-54610."
Telefonista : "Muito obrigado Sr Jaquim. A sua morada é Rua do Meio à Lapa, Nº 17, e o seu número de telefone é 213962366, o seu número do trabalho na Contruções Abrantes, Lda é o 217952302 e o seu portátil é 962662566.
De que número é que o Sr ligou ?"
Cliente : "Euh ? Estou em casa. Onde foi buscar essas informações todas?"
Telefonista : "Nós estamos ligados em rede ao Sistema."
Cliente : (Suspiro) "Ai sim ! Eu queria encomendar duas pizzas com extra queijo e camarão..."
Telefonista: "É capaz de não ser boa ideia."
Cliente : "Desculpe!!! ?"
Telefonista : "Consta na sua ficha médica que sofre de hipertensão e de um nível muito alto de cholesterol, além disso o seu seguro de vida desaconselha vivamente escolhas perigosas para a sua saúde."
Cliente : "Pois é ...tem razão! O que é que me propõe ?"
Telefonista: "Porquê que não experimenta a nossa pizza Light com iogurte de soja, tenho a certeza que vai adorar."
Cliente : "Como é que sabe que vou adorar!!!?
Telefonista: "O Sr. consultou o site ``Receitas de Soja´´na biblioteteca municipal dia 15/01 às 14h32 onde permaneceu ligado à rede durante 36 minutos, daí a minha sugestão."
Cliente : "Pronto está bem!. Dê me duas pizzas familiares, quanto é?"
Telefonista: "É a escolha certa para si , a sua esposa e respectivos 4
filhos, são EUR49,99 ."
Cliente : "Quer o meu número de cartão de crédito?"
Telefonista : "Lamento mas vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu cartão de crédito já foi ultrapassado"
Cliente : "Não faz mal eu vou ao multibanco levantar dinheiro antes que chegue a pizza."
Telefonista : "Dúvido que dê. Tem a conta a descoberto."
Cliente : "Meta-se na sua vida. Mande-me as pizzas que eu arranjo o
dinheiro. Quando é que entregam ?"
Telefonista : "Estamos um pouco atrasados. Daqui a 45 minutos serão
entregues. Se estiver com muita pressa pode vir buscalas, só que transportar duas pizzas de mota não é aconselhável além de ser perigoso"
Cliente : "Mas que raio de história é esta, como é que sabe que tenho uma mota ?"
Telefonista : "Peço desculpa, apenas reparei que não tinhapago as prestações do carro e que ele foi penhorado. Mas a sua Harley está paga.
Daí pensei que fosse utiliza-la"
Cliente : "@#%/$@&?#!"
Telefonista : "Agradeço que não me insulte... não se esqueça que já foi condenado em Julho de 2009 por Insulto a Agente na via pública"
Cliente : (Silêncio)
Telefonista : "Mais alguma coisa! ?"
Cliente : "Não é tudo...não espere..não se esqueça dos 2 litros de Coca Cola que constam na promoção ."
Telefonista : "Peço imensa desculpa, mas o regulamento da nossa promoção descrito no art.3/12 proíbe-nos de enviar bebidas com açucar a pessoas diabéticas."

Publicado por TMA em 01:04 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 10, 2004

Francisco Assis

Eu até posso entender que Jorge Sampaio fique aterrado com os tão famosos 69% de provável abstenção nas eleições euopeias.
Eu até posso perceber que Francisco Assis nos diga que: "...o PE não pode continuar a ser percebido, como por vezes o é, como uma espécie de refúgio dourado ou até um cemitério de elefantes, onde tranquilamente se acabam algumas carreiras políticas, por mais brilhantes que tenham sido".
Infelizmente é essa a imagem que os portugueses têm dos deputados que viajam para Bruxelas, exemplos mor, Mário Soares ou PSL.
Mas, Francisco Assis na sua entrevista de ontem ao Público tenta nos dar uma nova imagem sobre os deputados do PE: "Na altura própria serei candidato a uma autarquia e, se vencer essa autarquia, terei de abandonar o Parlamento Europeu [PE]. Esse foi o compromisso claro que assumi na comissão política distrital".
O que FA quer transmitir ao povo português é que os tachos, as jogadas partidárias, as manobras continuam.
O que FA quer dizer é que o seu papel no PE vai ser apenas de figurante, ganhar umas coroas, até ter lugar numa camarazita qualquer.
O que FA pede aos portugueses é que se abstenham ainda mais.
O que FA fez à Comissão Política do PS dá pelo nome de Bufice.
Apesar de não fazer parte da minha opção partidária, tinha ficado com uma imagem de Francisco Assis quando dos acontecimentos de Felgueiras como uma pessoa com carácter e honestidade.
O que FA me fez a mim foi continuar a acreditar que o PS continua a afundar-se.

Publicado por TMA em 07:03 PM | Comentários (0) | TrackBack

Um contra todos

South Georgia island, Falkland Islands - Maria Stenzel

Publicado por TMA em 06:43 PM | Comentários (0) | TrackBack

Uma notícia importante

É realmente uma notícia importante, aliás sem ela nem sei o que seria do nosso dia-a-dia.
Mais uma de José Castelo Branco.
Quando é que desterram "a coisa" para bem longe?

Publicado por TMA em 06:40 PM | Comentários (0) | TrackBack

FêCêPê

Estava sentado no sofá a observar o jogo em Old Trafford.
Aproximava-se o jogo do fim, e estava a preparar-me para escrever um post sobre o referido com a análise à eliminatória, preparava-me para escrever que o Porto tinha perdido a eliminatória não no Teatro dos Sonhos, mas sim no Dragão quando não conseguiu dar mais de dois a um MUtd completamente irreconhecível.
Mas, para meu contentamento, por mais que isto se estranhe, fiquei feliz com o golo de Costinha.
E fiquei, porque o Porto fez um bom jogo em Manchester, lutou, jogou mais, e principalmente toda aquela arrogância de Sir Alex Fergusson, tão características dos britânicos.
Não sou adepto do FCP, não gosto de Pinto Costa, apesar de lhe dar valor, gosto de Mourinho, nem que seja, por ter sido o último treinador a pôr o meu Benfica a jogar à Benfica.
Mas realmente fiquei feliz por o Porto e Mourinho terem conseguido calar o Teatro dos Sonhos.
É arrepiante, ver todos aqueles adeptos do MUtd com as mãos na cabeça e na cara a taparem os olhos, antes do livre de Benny.
Eles sabiam o que aí vinha.
Para finalizar, percebo o contentamento de Pinto da Costa, percebo a sua felicidade, mas permitam-me apenas uma correcção sobre o que PC disse na Sic Notícias: "o árbitro teve alguns erros, mas não influenciou o resultado".
Acho que todos discordamos, ao vermos o golo anulado a Scholes por pretenso fora de jogo.

Scriptum- Depois de tantos feitos no último ano e meio, também não percebo a festa nos Aliados dos adeptos do Porto, apenas passaram aos 4ºs de Final, mas se calhar, deve-se ao que um adepto transmitiu em directo: “Trata-se do nosso Orgulho, o Orgulho de Portugal!”.


Publicado por TMA em 01:11 AM | Comentários (6) | TrackBack

março 09, 2004

O rio

Adirondack State Park, New York, Maria Stenzel

Publicado por TMA em 06:43 PM | Comentários (0) | TrackBack

março 08, 2004

A apreciação de um casamento

Este casamento era especial, por várias razões, sendo a principal, o facto de eu ser o padrinho da noiva.
Além desta missão altamente "paternal", o casamento era também especial por se realizar em Leiria, sendo assim obrigado a sair das muralhas do meu castelo em Lisboa.
E será especial, tornou-se ainda mais especial ao longo do dia.
Chegados à igreja deparo-me com um padre altamente liberal, vestindo as suas belas Levi´s por baixo da batina, e demonstrando que a Igreja pode e deve actualizar-se permanentemente, possibilitando assim, a congregação de mais fiéis aos seus mandamentos.
E se já me tinha "espantado" com as calças de ganga, o que dizer deste início de sermão:
"Chegou a hora do sermão, e é nestas alturas que alguns aproveitam para fechar os olhos para poderem descansar e se refazerem da noite mais atribulada e mal dormida, ou de alguns aproveitarem para irem à tasca mais próxima. A vantagem que tenho é que a tasca mais próxima é bastante afastada deste paróquia, e provavelmente ninguém fechará os olhos, porque não farei nenhum sermão, até porque não tenho idade para o fazer".
De referir que a audiência estava ganha.
Mas o casamento foi ainda especial, porque em certas localidades por este país fora, a celebração do tão famoso copo de água efectua-se de uma forma diferente dos da capital.
E assim, após o almoço bem merecido e tardio, fomos informados pela organização do repasto que teríamos que nos ausentar até às 21 para posteriormente se servir as mesas de carnes frias, frutas, queijos e tão apreciada doçaria.
E assim foi.
Mas, agora vamos ao que interessa, ou seja, a doçaria.
De destacar a bela tarte de frutos, em que o seu creme era deveras delicioso, não sendo a fruta uma boa companhia.
O arroz doce estava bastante apetitoso, não fazendo apesar disso, inveja ao da avozinha.
Apreciei a baba de camelo e os fios de ovos.
Gostei demasiadamente da tarte de laranja, e da tarte de amêndoa.
Mas do que eu realmente gostei foi das belas cornucópias, esse doce tão original, que consiste no cone em massa parecido com a massa da fartura, possuindo no seu interior um belo creme a fazer inveja aos melhores leites cremes.
E assim, o casamento em Leiria.

Scriptum- Apreciei a arquitectura do Estádio de Leiria, um dos palcos do Euro 2004.

Publicado por TMA em 02:24 AM | Comentários (2) | TrackBack

março 05, 2004

Casamento

Amanhã é dia de casamento em Leiria, e para completar tenho a honra de apadrinhar a noiva.
Será mais um momento para degustar os doces dos casamentos.
Posteriormente farei a apreciação.

Publicado por TMA em 05:30 PM | Comentários (2) | TrackBack

Cotações

A cotada em bolsa parece que andou a comer os docinhos da avozinha

Publicado por TMA em 03:22 AM | Comentários (2) | TrackBack

Início da Partida

Publicado por TMA em 03:02 AM | Comentários (1) | TrackBack

Corte de Cabelo

Hoje é daqueles dias em que olho para o écran e não sai realmente nada!
Deve ser do corte de cabelo.

Publicado por TMA em 02:58 AM | Comentários (0) | TrackBack

março 04, 2004

Moreira - o Herói no frio

É a este homem que Nuno Gomes tem que agradecer, e pagar um belo almoço pela trampa que hoje fez.
Só espero que não o convide para almoçar no Mac Donald´s.
E LFV depois da quebra tensão bem pode agradecer e muito a Moreira pela receita que o Benfica pode arrecadar com esta passagem.
Scolari terá visto?

Publicado por TMA em 02:19 AM | Comentários (9) | TrackBack

março 03, 2004

Mais Doces

As Blasfémias, o Megafone e o Semiramis

Publicado por TMA em 03:35 AM | Comentários (1) | TrackBack

Kerry a votos

Kerry após a desistência e as felicitações de Bush, começa amanhã a sua campanha.
Vencerá a campanha anti-Bush?
Como diz Kerry "Get ready. A new day is on the way" !

Publicado por TMA em 03:27 AM | Comentários (0) | TrackBack

Avelino Ferreira Torres II

Publicado por TMA em 01:44 AM | Comentários (1) | TrackBack

março 01, 2004

Avelino Ferreira Torres

Esse verdadeiro senhor do PP do Norte, que faz parte do tal senado "pêpêano", demonstrou ao país que os tais bois que o editorial do jornal Sporting falava são muito mais do que supostamente pensamos.
E para começar, um dos que ainda não sabíamos, é esse grande senhor Avelino Ferreira Torres.
Esse senhor que consegue dar cabo das placas de substituição, do banquinho do 4º árbitro e de mais qualquer coisa que lhe aparecesse à frente, com a vantagem de conseguir tudo isso, com o belo do telemóvel na mão.
Provavelmente estaria a ligar para alguém desse tal senado "pêpêano", a contar como ele é bom, muito bom, e que até vai virar início de telejornais em Portugal.
E o que está mal em tudo isto?
Apenas os senhores barrigudos, se calhar, parecidos com aqueles que andavam em Guimarães à umas semanas, que andaram ali no meio do relvado a tentar apanhar esse grande senhor chamado Avelino Ferreira Torres.
Era um verdadeira cena de: "Eu vou-me a ti e fico todo negro!".
O que dirá o MAI sobre isto, esta é pergunta que formulo em conjunto com JPP.
E gostaria ainda de sugerir a leitura do post do Jaquizinhos, bem demonstrativo dos despotismo que anda a vigorar ali para os lados de Marco de Canavezes.

Publicado por TMA em 08:11 PM | Comentários (3) | TrackBack

Um antigo amigo

Dou as boas vindas a um amigo de liceu que aderiu a este fenómeno chamdo blogues.
Na escola era o pseudónimo, na blogoesfera o viajante no tempo.
Sê bem vindo.

Publicado por TMA em 06:59 PM | Comentários (2) | TrackBack