novembro 09, 2006

Saddam, Hitler, Bush, USA, factos e interpretações de certa informação popular ou populista

Quase só contra quase todos: Os USA fizeram mais bem do que mal ao mundo e a “resistência” apoiada por certo Ocidente causa mais danos que benefício para o Iraque e para o mundo.

Com base nos factos que observei pessoalmente ao viver e trabalhar na BRD e ex-DDR, Japão, Áustria, Itália, Checoslováquia e Hungria, verifiquei que o dito “imperialismo americano” sempre deu mais liberdade e bem-estar do que países que antes estiveram unidos e se separaram. Por isso acredito a influência americana no Iraque pode contribuir para que no futuro se distinga do Irão como BRD se distinguiu da DDR, Japão da China, Áustria de Hungria e Checoslováquia, Coreia do Sul da do Norte, Itália de Albânia, etc.
Com base nos factos que observei pessoalmente nos países em que trabalhei e com influência americana, penso que os USA podem contribuir mais para o bem do Iraque e do mundo do que os “resistentes” apoiados por muitos ocidentais. Antes da invasão do Iraque eu era contrário àquela guerra, mas depois que começou penso que todo o anti-americanismo e apoio dos terroristas islâmicos contribui a retardar uma pacificação e reconstrução do Iraque que por pior que seja sempre será melhor do continuar da guerra e anarquia.
Com base em informações mais de elites do que de certa informação muito popular, penso que se não fossem os USA, a Europa sofreria danos e perigos de Saddam muito piores aos de Hitler. Andreotti, o maior político italiano do após-guerra, que conheceu bem Saddam e é um dos políticos italianos mais pró-árabes, deu-me uma imagem de Saddam com uma personalidade muito semelhante à de Hitler, com idênticas ambições de domínio, com duas guerras que causaram mais de um milhão de mortos. Se não fossem os USA e as bombas de Israel a impedir a construção da bomba atómica, teríamos muito provavelmente hoje um perigo para o mundo semelhante ao de Hitler.
Com base na opinião de quem melhor conhece o Iraque e não é suspeito penso que a saída dos USA do Iraque originaria uma guerra civil e a continuação do terrorismo até terminar o poder em algum ditador como Saddam.
Na primeira página do jornal mais popular de Itália, um dos mais populares editorialistas e correspondente nos USA, Director de TG1, escreveu um artigo com o título: “AMERICA, LA TORTURA CHE SPORCA”, (“CORRIERE DELLA SERA”, 2006-03-21, GIANNI RIOTTA). As “torturas” americanas no Iraque causaram mais indignação em certa informação muito popular e na maioria da opinião pública do que todos os ataques terroristas com milhares de mortos, todas as torturas da mafia e criminalidade dos últimos tempos. Um mafioso que algumas horas depois de sair da prisão torturou até à morte uma voluntária de 18 anos com a única culpa de ter sido namorada do que o mandou para a prisão com a sua confissão só causou uma pequena notícia na maioria dos meios de informação. “O mais famoso torturado do Iraque ... torturado durante 3 dias com choques eléctricos” acusando Itália de haver quem falasse italiano entre os torturadores, foi principal notícia da primeira página dos principais jornais e Rai3 apresentou várias vezes durante vários dias uma entrevista com as suas teorias da heróica resistência.
Aqui sou o único contrário à apologia dessa resistência, penso que mais depressa se pacifica o Iraque mais depressa o terrorismo dá lugar à colaboração para a reconstrução e bem-estar geral.
O "oil for food" e o petróleo de Saddam que não foi sequestrado continuará a corromper, comprar ou financiar a informação que o defende?
http://pt.indymedia.org/ler.php?numero=68984&cidade=1&forcarcomentarios=S#69074
A deformação de informação também corre por Portugal: nada sabem do milhão de mortos de Saddam, dos 5.000 civis de uma vez, dos .... só dos civis mortos dos americanos... Nenhuma notícia de quando no tribunal reconhece que mandou matar 148 civis porque o queriam matar ...
>>>Mais:
Saddam, pena de morte, civilidade americana, mafiosa, de Indymedia e de um Neo-Machiavelli http://usa-onu.blogspot.com/2006/11/saddam-pena-de-morte-civilidade.html
IDEIAS PARA UM MUNDO MELHOR: http://jiimm.bravejournal.com/entry/21657
http://jiimm.bravejournal.com
http://onu-w-gov.blogspot.com
http://usa-onu.blogspot.com
www.dimm.weblog.com.pt
http://avi.weblog.com.pt , (ou: www.avi.weblog.com.pt ) ,
Italiano:
Neo-Machiavelli http://neo-machiavelli.ilcannocchiale.it
Ideias para uma Itália melhor
2005: http://berlusconi-prodi.ilcannocchiale.it

Publicado por PIRES PORTUGAL em 07:44 PM | Comentários (3)