« O Jardineiro | Entrada | Norte »

novembro 06, 2004

Solidão

Solidão, essa terrível doença, que mata devagarinho e consome a alma com uma rapidez que não deixa réstia de esperança ou fé.

Solidão dos velhos que se confrontam com a morte e com a impossibilidade de partilharem os seus receios com alguém que os possa tranquilizar.

Solidão dos que não sendo velhos, vivem esmagados pelo peso desta sociedade desfigurada, automatizada e anónima.

Publicado por sccabrantes às novembro 6, 2004 11:24 PM

Comentários

Comente




Recordar-me?