« Michelle Bachelet II | Entrada | Mood »

dezembro 11, 2005

Por Arenas da Roma Antiga


o prisioneiro de animal

No seguimento de uma investigação sob disfarce, iniciada em Agosto de 2003, a Animal Defenders International (ADI) e a ANIMAL acabam de divulgar um relatório pioneiro sobre a realidade de vida dos animais que integram as companhias de circo portuguesas. Elementos das organizações conseguiram ser aceites como empregados, tendo fotografado e gravado diversos materiais em video que comprovam diversas situações de maus tratos e abusos graves. Na investigação foram alvo de observação grandes companhias de circo, como Victor Hugo Cardinali, Chen 1 e 2, Soledad Cardinali, Roberto Cardinali, Atlas, David Cardinali, Dallas, Americano e Magic.

As imagens foram colocadas on line AQUI e o relatório «Basta de Sofrimento Nos Circos» está disponível para download AQUI.




Activistas da Animal acorrentaram-se duas vezes no Porto
Contra animais nos circos

Fonte: O Primeiro de Janeiro | Autor: Isabel R. Monteiro | Data: 11 de Dez 2005

Contra o uso de animais nos espectáculos de circo, activistas da Animal acorrentaram-se ontem no Parque da Cidade, em frente à entrada do Circo Soledad Cardinali. Miguel Moutinho denunciou as “condições miseráveis e violentas” registadas numa investigação recente.

A Associação Animal promoveu ontem no Porto duas acções para alertar a população para as condições em vivem os animais dos circos portugueses. Cerca de uma dezena de activistas acorrentaram-se de manhã na Rua de Santa Catarina e de tarde no Parque da Cidade, junto da entrada do Circo Soledad Cardinali, uma das companhias que a Animal diz ter condições inadequadas para os animais.
Na base desta campanha pública, que em acções futuras deverá ser repetida em Vila Nova de Gaia e Lisboa, está a observação de investigadores em Agosto de 2003 e entre Junho e Agosto deste ano das actividades de 11 circos com animais, uma exposição de serpentes e animais e um circo sem animais. Na investigação foram alvo de observação grandes companhias de circo, como Victor Hugo Cardinali, Chen 1 e 2, Soledad Cardinali, Roberto Cardinali, Atlas,
Davide Cardinali, Dallas, Americano e Magic. Os resultados desta investigação são resumidos por Miguel Moutinho, director executivo da Animal, que em declarações ao JANEIRO relatou as “condições miseráveis e violentas” em que vivem os animais. Durante estes meses em que um dos activistas conseguiu emprego no Circo Soledad Cardinali e registou imagens em vídeo e fotografia, a Animal conclui
que o problema de reclusão dos animais “é agravada” em Portugal com “alojamentos inadequados para as espécies” e que a violência usada passa por situações como “elefantes a serem agredidos com ganchos e aguilhões de metal, e espancados e agredidos na cabeça”. Os animais são normalmente enjaulados em exíguos espaços, poucos mais largos do que o próprio corpo e, segundo a associação, nem sempre as condições de limpeza são asseguradas.
Durante a permanência do activista no Circo Soledad Cardinali, diz Miguel Moutinho, foi registado um pónei a ser esbofeteado esmurrado e chicoteado sucessivamente durante uma sessão de treino para que se mantivesse e caminhasse apenas sobre as suas pernas traseiras. Estas são algumas das situações que a Animal quer divulgar junto da população em geral, manifestando-se contra o uso de animais nos circos. A investigação foi também divulgada junto das entidades governamentais e bancadas parlamentares, com o objectivo de fazer cumprir parca legislação que existe neste sector, nomeadamente as inspecções da Direcção-Geral de Veterinária.
Joaquim Cardinali, responsável pelo Circo Soledad Cardinali, em declarações ao JANEIRO desvaloriza as acusações e exorta a que a Animal apresente queixa às entidades competentes quando tem provas de que os animais são mal tratados nos circos.




Uma nota minha:

O recurso a animais em espectáculos de circo foi proibido na Áustria, nos estados brasileiros do Rio de Janeiro e de S. Paulo, e em dez municípios da Irlanda e outro da Croácia.

Está a circular uma petição europeia para incentivar a Comissão Europeia a produzir uma directiva de teor semelhante.

Publicado por Ana Tropicana às dezembro 11, 2005 11:39 PM

Comentários

eu amo o hugo cardinali se alguém souber kual é o mail dele ou tiver uma futugrafia del por favor publike aki please eu estou mesmo apixonada

Publicado por: Mariana às dezembro 28, 2005 01:40 PM

O Hugo é o homem da minha vida!vou fazer de tudo pa o conheçer nem que implique ir pra todo o lado com ele....kem tiver o mail dele sff que mo de agradeco a todos.bjs pa todos e um mt especial po hugo!

Publicado por: Ana às janeiro 10, 2006 07:09 PM

Comente




Recordar-me?