« Mood | Entrada | Vícios de Cinderela »

outubro 10, 2005

«De repente, não mais que de repente»


vince de national hurricane center

«De repente, do riso fez-se o pranto / Silencioso e branco como a bruma (...) / De repente da calma fez-se o vento / Que dos olhos desfez a última chama / E da paixão fez-se o pressentimento / E do momento imóvel fez-se o drama.» Vinícius de Moraes

Diz que há uma «tempestade tropical a dirigir-se para a Europa». Diz que é notícia, que é novidade e facto novo. Não para mim.









Nova tempestade tropical, formada nos Açores, dirige-se para a Europa
Fonte: LUSA | Data: 09-10-2005 21:03

A vigésima tempestade tropical da temporada de furacões no Atlântico, a Vince, formou-se hoje ao largo dos Açores e, ao contrário do que é habitual, dirige-se para a Europa e não para a América.

O Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami, disse que a nova tempestade tropical transforma a actual temporada na segunda de maior actividade no Atlântico desde que há registos, iniciados em 1851.

O novo fenómeno meteorológico, com ventos máximos de 85 quilómetros horários, desloca-se para Noroeste a sete quilómetros por hora e espera-se que mantenha essa trajectória nas próximas horas, segundo o Centro de Furacões.

às 16:00 (hora de Lisboa), o olho da "Vince" estava 225 quilómetros a Noroeste da Ilha da Madeira (Portugal), à latitude de 34 graus Norte e à longitude de 19,2 graus Oeste, revelou o último boletim do Centro.

Os meteorologistas prevêem poucas mudanças na intensidade da "Vince", que se formou entre os Açores e as Ilhas Canárias.





"Vince" não ameaça Portugal - SNBPC
Fonte: LUSA | Data: 09-10-2005 22:41

A tempestade tropical «Vince» já passou a Norte da Madeira e vai desfazer-se no mar, pelo que não há razões para os portugueses se alarmarem, garantiu hoje à Lusa o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC).

Segundo a mesma fonte, a tempestade passou 250 quilómetros a Norte da Ilha da Madeira.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA, com sede em Miami, emitira hoje à tarde um comunicado alertando para a vigésima tempestade tropical da temporada de furacões no Atlântico, a "Vince", que, ao contrário do que é habitual, se dirigia para a Europa e não para a América.

Horas depois, a mesma fonte anunciou que a tempestade perdera força e estava agora classificada com a categoria 1 numa escala com cinco níveis.


Publicado por Ana Tropicana às outubro 10, 2005 01:45 AM

Comentários

Comente




Recordar-me?