outubro 27, 2004

Para Botilhão, Durão e meio...


«Tas calado, ou queres levar uma bolachada??!!»




A
turar um italiano não é para qualquer palerma. 
A "coisa"
custa à brava... o nosso Zé Manel não falou comigo e agora anda «Ó tio, Ó tio» com as "Abanderado" na mão...
Ó Zé Manel, anda cá, eu vou-te explicar como vais fazer com o Botilhão que te está a moer:
A primeira coisa que deves interiorizar é que, o Garrafão, vai tentar subir os
decibeis na Comissão, os tipos falam aos gritos nem que seja para dizer um segredo.
O que fazes?
Facílimo, querido, desligas a tradução simultânea sempre que ele se mexe na cadeira.
Deves saber também que eles exageram sempre, seja no amor como no ódio.
O que fazes?
Facílimo, querido, entregas aos restantes membros um manual prático de significados:
Onde diz:
«a homossexualidade «é pecado», o casamento existe para permitir às mulheres terem filhos e serem protegidas por um homem».
Deve ler-se:
«a homossexualidade é um prEdiCADO,  o casamento já não existe e as mulheres que não tiverem filhos podem perfeitamente permitir-se proteger um homem» (vais ver o sucesso!).
Mas não é tudo! Tenho que te dizer que os "mamma mia" não resistem a um "pedaço de mau caminho"( vulgo gnocca), por muito sério que seja um assunto, uma mini-saia torna "a coisa" vazia de conteúdo. Quando o tema for delicado e o quiseres caladinho...
O que fazes?
Facílimo querido, arranjas uma jornalista jeitosa  para o "entrevistar" e "entredispar" durante a sessão. Vais ver que, o transalpino, concorda até com a nova divisão de Itália e vende Garibaldi como Judas vendeu Cristo.

...E depois, explica aí a esses gajos todos que podem estar descansados, eu cá não conheço quem trate melhor as mulheres, quanto aos homossexuais, o que o homem quer dizer é que "com tanta gaja boa é um pecado não aproveitar"
...
Sabes Zé Manel, eu levei um tempo do caraças a perceber estas nuances e numa situação normal, nem te levava um "tusto" pelas dicas mas já que, também tu, me deixaste com as LaPerla na mão, vou mandar-te a factura e o nib.

.... e não aceito pagamentos a 30 dias.

Publicado por cotadaembolsa em 09:53 PM | Comentários (14)

outubro 26, 2004

Possuída... (à falsa fé!!)



Precisarei de dizer mais alguma coisa?...

Publicado por cotadaembolsa em 06:39 PM | Comentários (13)

outubro 22, 2004

A "gente" não tem culpa!!

Manifestação

Conceito

Substância associada

Luxúria

Desejo ardente por sexo

Ÿ Testosterona

Atracção

Amor no estágio de euforia, envolvimento emocional e romance

Ÿ Altos níveis de Dopamina e norepinefrina

Ÿ Baixos níveis de serotonina

Ligação

Atracção que evolui para uma relação calma, duradoura e segura.

Ÿ Ocitocina e vasopressina

Agora sim, está tudo explicado!!

Afinal esta história de amores e paixões, não passa de um  cocktail explosivo de "inas" e "onas" que acaba naquela "pedrada" que deixa uns de gatas e outros, mais ou menos, deitados.
Uma coisa é certa, a partir de agora, só acredito nos que apresentem, também, análises endocrinológicas.


...vou tratar da comissão com o Laboratório.

Publicado por cotadaembolsa em 09:01 PM | Comentários (8)

outubro 21, 2004

Paciencia??...só para sapatos...



hoje, estou com uma preguiça monumental... volto mais tarde

Publicado por cotadaembolsa em 08:03 PM | Comentários (6)

outubro 20, 2004

Juro que foi só UM!


Pronto, tá bem. Pronto, não te enerves, ninguém te entende, eu sei...
Todos te interpretam mal...
Tens razão, querido...
Mas agora, diz aqui ao teu «chou-chou», aquelas atoardas todas,...

Foi só mais um "chutozito avulso", em homenagem aos velhos tempos, ou tavas a falar a sério?
Olha que assim ninguém te dá "gorjas"!!
 ... Vai uma "passa"?

Publicado por cotadaembolsa em 07:16 PM | Comentários (7)

Agora, ide fazer queixa à Liga!!!

Ontem jogou-se Canastra lá em casa...
Nada demais, uns canecos, uns tremoços, chá e Cream Scones.
Convidei o mulherio do costume e as "mortas de fome", não se atrasaram nem um segundo.
Desta vez, não disponibilizei cadeiras para ninguém, ficaram de pé apesar dos protestos (uma guerrazita de nervos antes dos jogos desconcentra muito o adversário, sobretudo quando jogamos no nosso terreno).
Tinha-a toda estudadinha (vi na televisão como se faz),... desta vez ia ganhar uns trocos valentes e as tipas, levavam para Casa um frio desgraçado nos bolsos e as cruzes arrampanadas.
A coisa não correu bem...
Eu quero lá saber de ter sorte ao Amor!!

Perdi e saltou-me a tampa! Vai daí, puxei o micro e disse-lhes tudo!

- Sois umas badalhocas do carago, é o que é! 
O filho daquela, é bastardo até aos ossos!
E tu aí, andas a roçar-te há anos com o psiquiatra do teu marido!
Não as defendas, ó parvalhona, pensas que não sei  que, quem  te paga o champanhe, é o marido desta infeliz??

(obrigadinha pela ideia, ó Vieira, estas anormais já me andavam a meter nojo há anos!!)

...Canastronas!

Publicado por cotadaembolsa em 05:52 PM | Comentários (1)

outubro 19, 2004

Noites mal dormidas...


Este é um período de importantes decisões, de momentos "a sós" e introspecção profunda.
Como resultado disto,...tenho tido pesadelos horriveis...


Publicado por cotadaembolsa em 08:26 PM | Comentários (6)

outubro 18, 2004

As "coisas" que a gente faz...

Por sugestão do Clark , fui espiolhar aqui ... ao que parece, esta é a minha forma mitológica...
seja lá o que isso for...

You are Form 1, Goddess: The Creator.
"And The Goddess planted the acorn of life. She cried a single tear and shed a single drop of blood upon the earth where she buried it. From her blood and tear, the acorn grew into the world."

Some examples of the Goddess Form are Gaia (Greek), Jehova (Christian), and Brahma (Indian).
The Goddess is associated with the concept of creation, the number 1, and the element of earth.
Her sign is the dawn sun.

As a member of Form 1, you are a charismatic individual and people are drawn to you. Although sometimes you may seem emotionally distant, you are deeply in tune with other people's feelings and have tremendous empathy.
Sometimes you have a tendency to neglect your own self.
Goddesses are the best friends to have because they're always willing to help.

... ups...

Publicado por cotadaembolsa em 11:41 PM | Comentários (2)

E este,...é para ti


E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.
Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo,
não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.

(Fernando Pessoa)

Publicado por cotadaembolsa em 11:32 PM | TrackBack

outubro 15, 2004

«Os Miseráveis»

Gostava de pensar que, a passividade dos portugueses não se deve aos "brandos costumes" mas ao silêncio do predador que espia a presa, antes do ataque mortífero.
Provavelmente não é assim.
Continuamos a funcionar na base da critica muda e o resultado está à vista. Temos no Estado um «Pai que rouba os Filhos» e um Povo que é a «Mulher  agredida, silenciosamente, pelo Marido».
Amo o meu País e a minha cultura mas cada vez menos, me identifico com a «estranha forma de vida» que estamos a inventar para a nossa prole. Chegamos a ter medo de trabalhar! Se cheirar a dinheiro atraímos os abutres!
Vejo-me hesitante em levar a cabo um projecto de "iniciativa privada" por ter receio que me levem o coiro antes de o por a render!!!
O que raio esperamos para levantar a Voz?
Onde pára a oposição?
Onde foram os sindicatos?
Onde está a audácia e a coragem do povo das descobertas e conquistas?
Cá por mim, ia para a rua protestar...  não seria a primeira vez...
...a merda toda é que, o povo, é mesmo miseravelmente sereno.
Portugueses, tende vergonha... não mereceis mais que isto.

Publicado por cotadaembolsa em 06:43 PM | Comentários (9)

Meu e do Flavio,... "pra vocezes" todos!


MENSAGEM DE ESPERANÇA

Depois do tempo das vacas gordas,
virá o tempo das vacas magras
e depois do tempo das vacas magras,
virá de novo o tempo das vacas gordas,

 ... o mais importante de tudo isto é que,
vacas, nunca faltarão.

Publicado por cotadaembolsa em 08:51 AM | Comentários (3)

outubro 14, 2004

Motos e Modas...


Ah, se soubesses a emoção que senti quando me olhaste e disseste:
«- Sei que gostas de motos, levar-te-ei a dar um belo passeio!»
Percebi quanto te preocupavas com os "meus agrados" e logo ali, ajudada pelo Gin, me vi de cabelos ao vento, agarrada a ti, desafiando o mundo em ZigZag's...
Sonhei um mundo sem limites e uma existência sem semáforos...
Imaginei-te cavaleiro de 200 cavalos, velas limpas e sela dividida...
Nas asas de Pegaso, abraçada ao teu troco musculoso, senti-me uma fêmea indefesa nas mãos de seu macho, quanto te amei neste sonho embriagado, meu amor...
... Sim, eu bem sei que neste Inverno se usam Rosas, Bordeaux's e Castanhos mas até que domines o Pegaso, vou tentar manter-me sóbria.

... Não estou assim tão segura, se tais cores me irão bem, ao tom da pele...

Publicado por cotadaembolsa em 12:04 AM | Comentários (6)

outubro 13, 2004

Retrato (III)...por José Gomes Ferreira e Matisse


Porque é que este sonho absurdo
a que chamam Realidade
não me obedece como os outros
que trago na cabeça?

Eis a grande raiva!
Misturem-na com rosas
e chamem-lhe Vida.


José Gomes Ferreira

Publicado por cotadaembolsa em 01:39 AM | TrackBack

outubro 12, 2004

Sim Senhor!!! Grande Discurso!!!



«Somos todos livres»

(Pedro Santana Lopes, Primeiro Ministro de Portugal)


Estou Atónita!! Descobri,  o quanto sou parecida, com o "Nosso Primeiro":


Ambos fazemos um grande frete ao falar de coisas sérias;
Ambos sabemos que, se a Vida é curta , é melhor que seja gasta em festas e não em funerais;
Ambos gostamos de locais "in" e gente gira que usa bons cremes;
Ambos gostamos da leveza de não ter que acabar o que nos apeteceu começar;
Ambos achamos que, não vale a pena chatear o "povo", quando o "povo" já tem muito com que se incomodar;
Ambos falamos da superfície, se esta for mais bonita que a profundidade;
Ambos sabemos que um "ar" envelhecido dá mais crédito às palavras de um Homem;
Ambos pensamos que, é " o gajo chato" que deve falar de " assuntos chatos";
Ambos achamos que, se não for possível fazer filhos, devemos fazer simulacros;
Ambos somos  eternamente, "jovens navegadores", quando tudo o resto virou "velho do Restelo"...

A única diferença é que,
Eu sou livre para ser tudo isto, Ele Já Não!

... Ajudai-me Senhor, a não atingir o último grau no «principio de Peter»

Publicado por cotadaembolsa em 12:11 AM | Comentários (7)

outubro 11, 2004

Decorar... (com Arte)


- Pois é querida amiga, tens mesmo que te acalmar, o respeito pelo espaço de cada um é fundamental, não podes levar tão a peito que ele se divida de
"temps en temps".
Sabes o que te digo?
Se queres ser feliz e dormir descansada, olha o teu homem como um "pombo correio", lança-o livremente e goza o prazer de o ver voltar.
Nunca protestes, nem grites porque, às vezes, as palavras são supérfluas.
...lembra-te apenas que, para ele, como para ti, não há WC como o da "vossa Casa"...
Vamos escolher a moldura??

Publicado por cotadaembolsa em 09:36 PM | Comentários (1)

outubro 10, 2004

As piores "facturas"...


Despedida


Na estação na tarde o fumo
O rumor o vaivém as faces
Anónimas
Criam no interior do amor um outro cais

As lágrimas
O fogo da minha alma as queima antes que brotem
(
Sophia de Mello Breyner Andresen)



Raios,... quanto detesto despedidas...

Publicado por cotadaembolsa em 11:37 PM | Comentários (4)

outubro 04, 2004

Pausa...



Aproveitem bem o feriado!

Aqui a menina, vai aproveitar a semana toda porque, é boa rapariga e merece.

Até breve!

Publicado por cotadaembolsa em 06:01 PM | Comentários (7)

outubro 03, 2004

Natureza!... (humana)


Naquele fim de tarde, abraçaste-me e sussurraste-me palavras loucas ao ouvido.
Deixaste as mãos deslizar, docemente, sobre as minhas pálpebras e senti que, com vigor, os teus dedos me acariciavam o pescoço. Girei-me.  Os meus olhos penetraram os teus e nesse olhar, disse-te tudo.
Em espasmo, estiquei os braços, apertei o volante com quanta força tinha e deixei suavemente cair a cabeça para trás. 
Ainda hoje lembro o frémito das folhas daquela árvore, vibrando ao ritmo do nosso amor...

E pronto, assim do acidente não recordo mais nada...

Publicado por cotadaembolsa em 11:53 PM | Comentários (9)

outubro 02, 2004

Labor, Caritas, Fides

O Luso-Francês foi a minha segunda Casa.
Ali passei anos a fio,  anos que apelido  "Os melhores da minha vida". É com enorme orgulho que vejo, de forma recorrente, esta notícia. O " Meu Colégio" está, há já muito tempo, cotado entre os melhores no ranking das classificações nacionais.
Li, de sorriso nos lábios, esta notícia no Público de hoje e se por um lado me revi nas palavras da irmã Helena, não pude deixar de entender, na plenitude, os sentimentos destes alunos com idade para serem meus filhos. De facto, aqui interessam os resultados em termos quantitativos mas o Colégio pauta a sua acção, desde sempre, em resultados qualitativos que marcam cada um nós, alunos e ex-alunos.
Tenho com esta Casa uma dívida de gratidão. Em cada dia percorrido, encontro nos ensinamentos do Colégio, apoio e segurança.
Não vou aqui falar de "matérias", a aprendizagem é um processo dinâmico que envolve uma preparação total e correcta para a Vida. Entre "brilhantes académicos", não é difícil encontrar "energúmenos morais".
O Colégio ensinou-me a estar à mesa, a comportar-me, a respeitar os outros e a perdoar. Deu-me disciplina e mais importante que tudo o resto, ensinou-me o valor da Lealdade e do "Espirito de Grupo". Ali não havia "culpados" nem havia acusações. O grupo, respondia com igual grau de responsabilidade, pela "reprovável acção" de cada um dos membros. Dentro do "clã" eram resolvidos todos os problemas porque cada um fazia parte de uma mesma comunidade.
Aprendi o significado do autocontrole,  gerir a dor e o sofrimento como processos de restruturação e evolução interna, capazes de me tornar mais forte e apta. Tenho para mim que, independentemente dos ideais ou das convicções, só passa a sua mensagem de forma eficaz, quem se preocupa com o valor da "Elegância" nos comportamentos e nas palavras.
"Casa de pais, Escola de filhos", estas foram as palavras que a Madre Directora dirigiu aos meus pais, no dia em que me casei na Capela do Colégio.
Mas eu casei em "Casa", sou dessas felizardas que, para além de "matérias", aprendeu a estender, globalmente, a noção de "Família".
Alguém me saberá dizer, se o insucesso em "Matemática", é mais grave que a "Crise de Valores"?
Ou estará tudo "interligado"?...

Publicado por cotadaembolsa em 11:58 AM | Comentários (5)