« fevereiro 2007 | Entrada | abril 2007 »

março 30, 2007

Inquéritos...

Neste caso já não é necessário abrir inquéritos!
O miúdo gosta tanto de carros que até quis nascer na garagem! Aposto que vai ser piloto!
_____________________________________________________________________
Figueira: Bebé nasce na garagem
2007/03/29 | 14:27
É o terceiro parto fora de uma instalação médica este mês na Figueira da Foz. Após fecho da maternidade na cidade. Mãe e bebé estão bem e foram levados para o hospital, em Coimbra. Menino não quis esperar pela ambulância para nascer

Um bebé nasceu esta quinta-feira de manhã numa garagem de Buarcos, na Figueira da Foz, enquanto a mãe aguardava a chegada dos bombeiros para ir para a maternidade, noticia a Lusa.

Trata-se do terceiro parto de mulheres da Figueira da Foz ocorrido fora de maternidades este mês: o primeiro foi no dia 8 e o segundo no dia 21, ambos a bordo de ambulâncias dos bombeiros voluntários que seguiam na auto-estrada A14, em direcção a Coimbra.

Fonte dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz disse à Lusa que o alerta para a Rua Rio de Cima, em Buarcos, foi recebido cerca das 10:45 e «a ambulância arrancou imediatamente do quartel e a viatura de emergência médica da sua sede».

«Não demoraram nem cinco minutos a chegar. Entretanto, tinha havido uma chamada do CODU [Centro de Orientação de Doentes Urgentes] a informar que, provavelmente, o bebé já estava cá fora, o que se confirmou», contou, acrescentando que a mãe foi ajudada no parto por uma cunhada.

Mãe e criança encontram-se bem

A mãe e o menino foram transportados para a Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra, onde «se encontram bem», garantiu.

Na semana passada, nasceu um outro menino cerca das 7:00 (meia hora depois de a ambulância ter sido chamada), ao quilómetro 22 da A14, já no concelho de Montemor-o-Velho.

O parto foi assistido por uma equipa médica de uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que seguia junto com a ambulância em direcção a Coimbra, a cerca de 50 quilómetros da Figueira da Foz.

A 8 de Março, tinha nascido uma menina, mas ao quilómetro 17, naquele que foi o primeiro nascimento a caminho de uma unidade hospitalar de Coimbra, após o encerramento, a 4 de Novembro, do bloco de partos do Hospital Distrital da Figueira da Foz.

Publicado por José Carlos Campos às 09:52 AM | Comentários (1)

Fábio Coentrão, e o amor à camisola

Cada vez estou mais certo que o amor à camisola, não passa de amor ao dinheiro que o Benfica pode comprar!
Veja-se os exemplos de Simão Sabrosa e agora de Fábio Coentrão.
_____________________________________________________________________
Fábio Coentrão contratado pelo Benfica
Notícia publicada no jornal "O Jogo"

O Benfica acertou ontem a contratação do jovem Fábio Coentrão – atacante que actua no Rio Ave –, com quem assinou um contrato válido para os próximos seis anos. O extremo-esquerdo, de 19 anos, era cobiçado pelo Sporting e chegou a treinar à experiência no Chelsea, mas os responsáveis encarnados adiantaram-se, garantindo a contratação de um dos futebolistas mais promissores do futebol nacional, por pouco mais de um milhão de euros.

Fábio Coentrão, que foi considerado, recentemente, o melhor jogador dos torneios Internacional da Madeira e Campos Verdes, em Sub-20, viveu ontem um dia bastante intenso. De manhã, treinou, como é habitual, com os companheiros do Rio Ave, tendo viajado depois para Lisboa, onde realizou exames médicos e oficializou a sua ligação ao Benfica, regressando a Vila do Conde ao final do dia.

O internacional luso, que se destaca pela qualidade técnica, festejou o seu 19.º aniversário apenas no passado dia 11 de Março, e apesar da juventude vai mesmo fazer parte do plantel principal dos encarnados na próxima época, participando também na digressão de final de temporada que o clube da Luz vai realizar pelos Estados Unidos.

Publicado por José Carlos Campos às 09:49 AM | Comentários (0)

março 29, 2007

Frases Feitas 2

"O maior espectáculo do mundo, diz certo filósofo, é um homem esforçado lutando contra a adversidade; há, porém, outro ainda mais grandioso, é o ver-se outro homem lançar-se em sua ajuda"

[Oliver Goldsmith]

Publicado por José Carlos Campos às 06:39 PM | Comentários (0)

Voltaram os verdadeiros aceleras...

Parece que voltaram os verdadeiros aceleras...e para dar o bom exemplo alguns jornalistas e espectadores estavam num local proíbido e logo no shakedown um piloto português tinha que sair de estrada e por coincidência no local onde estavam estes espectadores.
Os detalhes transcrevo de seguida, mas de qualquer forma questiono: Os espectadores colhidos pelo carro eram portugueses? (Sem saber já a resposta correcta, tenho quase absoluta certeza que são!); Que mais é necessário acontecer, para as pessoas aprenderem? (sem saber já a resposta correcta, diria que acabarem os ralis seria a melhor solução).
______________________________________________________________________
Rali de Portugal: Armindo Araújo atropela 5 pessoas

O português Armindo Araújo teve um acidente durante o shakedown do Rali de Portugal e atropelou cinco pessoas na manhã desta quinta-feira, três fotógrafos e um espectador.
O Rali de Portugal nem começou e já fez feridos. Durante o shakedown, Armindo Araújo saiu da estrada e acabou por atropelar três fotógrafos (um partiu a perna, outro o braço e o terceiro sofreu apenas esfoliações) e dois espectadores (ferimentos leves). De salientar que as cinco vítimas estavam num local proibido...

Refira-se que o shakedown é utilizado pelos pilotos para fazerem as últimas verificações técnicas dos seus carros.

Antes do acidente, que danificou a porta direita do carro (o vidro partiu-se, por exemplo), Armindo Araújo já tinha feito um peão.

Recorde-se que o Rali de Portugal, que tem o seu início oficial esta quinta-feira, às 18h00, no Estádio do Algarve, foi retirado do calendário mundial em 2001 devido a falta de segurança.

O shakedown já foi reatado.

29-03-2007 10:54:25
In Diario Digital

Publicado por José Carlos Campos às 11:51 AM | Comentários (0)

Assalto em Vila do Conde

Penso que este assalto serve de alerta, os crimes de rua estão a aumentar, e este tipo de assalto está a tornar-se comum cá no norte de Portugal! Penso que as pessoas devem precaverem-se com todas as cautelas necessárias.
______________________________________________________________________

Assalto em Vila do Conde
Táxi roubado sob ameaça de navalha


A Fernando Luís encostaram-lhe uma navalha ao pescoço
Fernando Luís costuma trabalhar até às 21h00. Mas como na postura de táxis não havia mais colegas, decidiu esperar para fazer mais um serviço. Em má altura o fez. O taxista de Vila do Conde foi ameaçado com uma navalha por dois homens, de 31 e 19 anos, que lhe roubaram 200 euros e o automóvel.

“Os dois homens entraram no carro e o que se sentou à frente disse que vinha com o irmão do hospital e queriam ir para Tougues. A meio do caminho mandou-me entrar por uma rua que fazia com que o percurso fosse maior. Foi quando comecei a desconfiar que algo de errado se passava”, recordou ao CM Fernando Luís sobre o assalto que ocorreu na passada segunda-feira.

Já num local ermo, um dos clientes encostou-lhe uma arma branca ao pescoço e exigiu que lhe passasse todo o dinheiro. “Pus-lhe a mão no braço para que a navalha não me ferisse o pescoço. Disse que levassem tudo mas para não me fazerem mal. Ainda fiquei com um corte na mão porque na confusão a lâmina feriu-me”, conta o taxista.

Em seguida, os assaltantes atiraram-no para fora do carro e arrancaram a toda a velocidade. A viatura foi vista numa gasolineira da Trofa onde o funcionário achou estranho ver um táxi com três pessoas àquela hora da madrugada. Deu o alerta e anteontem a GNR apanhou os suspeitos, ainda ao volante do táxi.
João Carlos Malta

Publicado por José Carlos Campos às 10:10 AM | Comentários (0)

março 28, 2007

Correia de Campos abre inquérito sobre nascimentos em ambulância

A minha opinião relativamente à posição do nosso ministro da saúde, é simplesmente:
- Espero que o dinheiro gasto neste tipo de inquéritos não seja superior à poupança obtida pelo fecho das maternidades...
______________________________________________________________________

Correia de Campos abre inquérito sobre nascimentos em ambulância

O ministro da Saúde anunciou na passada quarta-feira, dia 21 de Março, a abertura de um inquérito relativo ao nascimento de dois bebés em ambulâncias a caminho de Coimbra. Contudo, Correia de Campos não relaciona estes incidentes ao encerramento da maternidade da Figueira da Foz. Desdramatizando a situação, o ministro disse que “o que faz nascer crianças nas ambulâncias é o insuficiente acompanhamento do pré-parto”. Correia de Campos falava à margem do 24º Encontro Nacional de Clínica Geral que decorreu no Tivoli Marinotel, em Vilamoura, na presença de cerca de 1900 Médicos de Família Portugueses. Sobre o facto de mais um bebé, o segundo em quinze dias, ter nascido na auto-estrada entre Figueira da Foz e Coimbra, Correia de Campos justificou o sucedido pelo facto de existirem pessoas que “não utilizam o Serviço Nacional de Saúde como deviam”. Correia de Campos admitiu que “o Governo não é indiferente ao facto destas circunstâncias terem ocorrido na mesma região”. Contudo, estes episódios não estão, na opinião do ministro, relacionados com o fecho das maternidades. “Não há risco nenhum, a única forma de os evitar é melhorar cobertura pré-natal” disse o ministro.

Publicado por José Carlos Campos às 06:24 PM | Comentários (3)

Frases Feitas 1

"Há dois tipos de pessoas: as que fazem as coisas e as que ficam com os louros. Procure ficar no primeiro grupo: há menos competição lá."

[Indira Gandhi]

Publicado por José Carlos Campos às 06:12 PM | Comentários (0)

Unidade Hospitalar : Póvoa de Varzim/Vila do Conde

Será isto mais um passo em frente, com vista à execução do novo hospital, ou será só mais areia atirada aos olhos?
Espero coerência nas afirmações de ambos os Presidentes das Câmaras de Vila do Conde e Póvoa de Varzim.
Esta notícia está publicada n'O Primeiro de Janeiro:
_____________________________________________________________________

Protocolo visa a criação de um grupo de trabalho para definir o perfil do futuro hospital
“Os acordos são de boa fé”

Vai ser constituído um grupo de trabalho tendo em vista a definição do perfil do futuro Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde. A novidade foi adiantada ontem pelo ministro da Saúde, que assinou com os autarcas um protoclo para o efeito.

O ministro da Saúde, Correia de Campos, assinou ontem em Vila do Conde o despacho de constituição do Grupo de Trabalho para a elaboração do perfil assistencial e dimensionamento das futuras instalações do centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde.
Durante a cerimónia que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho à qual assistiram os autarcas dos dois concelhos, Mário Almeida e Macedo Vieira, o ministro da Saúde referiu que “há duas razões muito importantes para a aceleração deste processo, além de uma terceira razão mais importante que é o facto de nós precisarmos de garantir à vossa população que o Ministério da Saúde faz acordos de boa fé e acordos de futuro com os municípios”.
A primeira razão apontada por Correia de Campos é o desejo “legítimo” por parte do governo de acelerar o processo de investimento privado para acelerar também o processo de investimento público e a segunda razão prende-se com a obrigatoriedade do concorrente vencedor executar o projecto de construção do novo hospital em 18 meses.
“Vamos aparentemente gastar algum tempo na preparação do projecto, mas temos a certeza absoluta de que o investidor está o mais interessado possível em cumprir 18 meses de execução de obra”, rematou o Ministro da Saúde. Na deslocação a Vila do Conde, Correia de Campos presidiu ainda à cerimónia de inauguração do Centro de Saúde.
A funcionar há cerca de 6 meses – desde 25 de Setembro de 2006 - a unidade de saúde só agora foi inaugurada oficialmente. “Só inauguramos centros de saúde quando eles estejam já a funcionar, entre outras razões é para não corrermos o risco de sermos apanhados a inaugurar qualquer coisa que na semana seguinte volta a estar fechada”, referiu Correia de Campos. Apesar de se ter mostrado agradado com as novas instalações situadas na Rua Dr. António José Sousa Pereira, o Ministro da Saúde deixou um desafio à directora do Centro de Saúde de Vila do Conde/Modivas: “Gostaria muito que esta vossa qualidade de instalações fosse acompanhada da criação de duas Unidades de Saúde Familiares neste edifício. É o desafio que vos faço, gostaria de cá vir daqui a um ano já com essas duas Unidades de Saúde Familiares criadas”. Segundo os números apresentados pelo ministro existem 6 mil pessoas na cidade - 4.500 nas Caxinas - sem médico de família.

Publicado por José Carlos Campos às 11:21 AM | Comentários (0)

março 27, 2007

Dia de Vila do Conde

Ontem no Auditório Municipal festejou-se mais um dia de Vila do Conde. Minha Terra Natal. É bom poder ver reunidas tantas pessoas que adoram a sua linda terra. Tanto mais, se ainda, for para ouvir uma das mais lindas vozes que já nasceram em Vila do Conde. Claro que me refiro à fadista Eliana Castro. Muito bem canta esta nossa fadista! Sem querer por em bicos de pé penso que está deveras ao nível da nossa maior fadista do momento, Mariza. Foi muito bem acompanhada em guitarra portuguesa por Márcio Silva, em viola por José Saraiva e em contra-baixo por Torcato Regufe. Muito bonito mesmo!
Relativamente à consagração dos melhores alunos dos 9º e 12º anos, tenho a dizer que realmente em 10 alunos 8 serem do sexo feminino é um sinal claro de que as meninas levam os estudos muito mais a sério que os rapazes, mas é de enaltecer o facto de haver um rapaz que consegue a média de 19,4 no 12º ano.
Quanto às intervenções iniciais, o eng.º Mário Almeida, esteve ao nível do que nos tem habituado. Relativamente às restantes participantes diria que já vem sendo normal que estas intervenções populares sejam realizadas na sua maioria por mulheres, sendo que grande parte delas são ou foram professoras e são as amizades que o nosso presidente da câmara tem nesta nossa terra e que muitos votos garantem. Apenas, quero salientar dois factores, acho que já chega de fazer sobressair a pronúncia desta região. Pronúncia essa que começa a ficar esbatida, e ainda bem, pois acho que é fundamental cultivar uma pronúncia correcta e não o contrário. Quanto ao segundo ponto, quero salientar que começa a ser imagem repetida misturar religião com regionalização sem tirar grande partido disso... continuo à espera de intervenções mais imaginativas e com maior intensidade cultural.
Bom ano para Vila do Conde e que continuem os festejos!

Publicado por José Carlos Campos às 10:07 AM | Comentários (0)

março 26, 2007

Morreu Vinício Pereira, fundador da Federação Portuguesa de Surf

Preste-se a devida Homenagem:
_____________________________________________________________________
Morreu Vinício Pereira, fundador da Federação Portuguesa de Surf
23.03.2007 - 16h38 Lusa, PUBLICO.PT

Vinício Pereira, um dos fundadores da Federação Portuguesa de Surf (FPS), morreu hoje, aos 51 anos, informa aquela organização no seu site oficial, acrescentando que o funeral será amanhã, pelas 16h30, hora que sairá da Igreja da Misericórdia de Vila do Conde.

Vinni, como era tratado pelos amigos, foi "uma das pessoas que mais lutou pelo desenvolvimento do surf a todos os níveis" em Portugal, lê-se no comunicado da FPS.

De praticante a responsável federativo, Vinício Pereira foi sócio fundador da FPS e da Associação de Surf de Aveiro, presidente da Federação Europeia de Surf e do Conselho de Arbitragem da FPS e várias vezes seleccionador nacional, refere também aquele organismo.

Vinício Pereira "esteve ainda ligado à formação de vários clubes de surf" e de dirigentes, para além do "trabalho excepcional que efectuou como técnico em provas nacionais, sobretudo no papel de director técnico", lê-se na mesma nota.

Publicado por José Carlos Campos às 10:11 AM | Comentários (0)

Há cada troca...

Esta notícia foi publicada pela Sic Online:
______________________________________________________________________
Troca de identidades

Em Vila do Conde o tribunal notifica o homem errado

Imagine que há uma pessoa com um nome exactamente igual ao seu. Imagine que essa pessoa tem muitas dívidas e que o tribunal as cobra a si por engano. Agora imagine que a troca de identidades não acontece uma mas duas vezes. Um caso assim aconteceu em Vila do Conde.

António Fernando Carvalho Ferreira, 28 anos, residente em Modivas, Vila do Conde.

António Fernando Carvalho Ferreira, idade desconhecida, residente em Miramar, Gaia.

O mesmo nome, duas pessoas. Um grande azar.

António tem em comum com António apenas o nome.

Não o conhece, não sabe o que faz, nunca o viu, só sabe que desde Janeiro tem a vida de pernas para o ar por causa de uma troca de identidades.

No início do ano soube que tinha de pagar uma dívida de 15 mil euros a uma empresa de Lisboa.

O Tribunal de Oeiras julgou o caso e mandou penhorar uns prédios. O processo foi então enviado para o Tribunal Cível do Porto, para identificar um António Fernando Carvalho Ferreira.

Mas o tribunal enganou-se na citação e identificou o António errado.

O problema acabou por ser resolvido.

António provou que ele não era o outro, o tal com dívidas, e o processo foi arquivado.

Este, porque ainda há mais.

Pela segunda vez, o tribunal troca as identidades e manda o patrão deste António penhorar um terço do salário.

Agora, por dívidas à Caixa Geral de Depósitos.

Para já, o caso está resolvido.

António diz que não acreditava se visse na televisão.

Mas pode acreditar - ele, o outro e o leitor -, porque no caso de António, foi má sorte chamar-se António. António Fernando Carvalho Ferreira.

Publicado por José Carlos Campos às 09:28 AM | Comentários (0)

março 23, 2007

Portugal - Bélgica

Espero que Portugal vença este jogo, e por muitos! Só não peço 15 a zero porque há um belga que respeito, trata-se de Mitchel ProudHome, que é um grande Senhor!

BOA SORTE PORTUGAL!

Publicado por José Carlos Campos às 06:29 PM | Comentários (1)

março 22, 2007

Por falar em cães perigosos

Leiam a notícia seguinte, passou-se em Houston, nos Estados Unidos da América, não foi em Portugal. Só pergunto, porque será que o cão que atacou este senhor é mais um dessas raças consideradas perigosas?
_____________________________________________________________________
Homem vence luta contra Pitbull
2007/02/04 | 10:01

Norte-americano estrangula cão até à morte depois de ser atacado

Um camionista de 65 anos, do Texas, foi atacado por um Pitbull que acabou por sufocar até à morte enquanto se defendia do mesmo.

Von Pardue sofreu dentadas nos braços e mãos durante o ataque, esta quarta-feira, que aconteceu pouco tempo depois de ter iniciado a sua caminhada matinal pela vizinhança.

O homem foi tratado no hospital local e os donos do cão podem ter de enfrentar queixas por delito grave, disse fonte da polícia.

Pardue relembra que começou por ouvir um latido e preparava-se para se defender, quando se apercebeu que o cão já ia atrás dele.

«Voltei-me para enfrentá-lo e quando vi que era um Pitbull soube que estava em apuros. Levantei as minhas mãos e ele saltou imediatamente para a minha garganta», referiu.

Pardue tentou proteger o seu corpo ao agarrar a cabeça e orelhas do cão, mas este começou a morder-lhe a mão direita. Pardue tentou, então, afastar o cão agarrando-o pela coleira.

O homem disse que arrastou o cão até sua casa enquanto mantinha a mão apertada à volta do seu pescoço. Entretanto, a sua mulher chamou a polícia de dentro de casa. Quando a polícia chegou ao local, Pardue estava deitado no chão com o animal e continuava agarrado à coleira.

A polícia disse que o aperto de mão de Pardue foi tão forte que estrangulou o cão. A vítima afirmou que não se apercebeu que o cão tinha morrido até a polícia tentar separá-lo do animal.

No hospital, médicos lavaram as mordidelas no corpo de Pardue, administraram-lhe uma vacina anti-tétano e um antibiótico.

«Se não fosse a coleira não sei como conseguiria acalmá-lo», referiu Pardue, que pesa 90 quilos. «O cão tinha cerca de 36 quilos e era muito rancoroso, foi difícil acreditar na forma vingativa como ele me agrediu mas fui capaz de dominá-lo», assegurou.

O sargento Mike Tindall, porta-voz da polícia de Conroe, referiu que os donos do cão não foram avisados na quarta-feira, mas podem ter de responder por delito grave pelo facto de terem um cão à solta e por este ser perigoso.

Tindall disse que o cão já tinha sido recolhido por oficiais do Controlo de Animais, em Dezembro, por correr solto na vizinhança. Na altura foi-lhe administrada uma vacina contra a raiva tendo sido posteriormente devolvido ao dono, afirmou.

A localidade de Conroe, que fica situada 64 quilómetros a norte de Houston, prepara-se para votar na próxima semana um decreto sobre cães perigosos, que pode vir a requerer que este tipo de animais seja mantido numa cerca fechada.

A lei poderia ter prevenido o ataque de quarta-feira, referiu o sargento.

Publicado por José Carlos Campos às 11:14 AM | Comentários (0)

Cães Raivosos....

Cães Raivosos é o nome que posso dar às pessoas que têm este género de animais! É óbvio que muitas pessoas vão responder que quem matou foram os animais, o dono só tem responsabilidade pela fuga, e caso não tenha sido ele a proporcionar essa fuga é apenas crime por negligência, etc e tal...
Pois bem, estes donos de Pitbull e Rotweiller, estão fartinhos de saber do que os seus cães são capazes! Aliás a maior razão para os terem é isso mesmo! Estão à espera que apareça um ladrão (isto para não dizer um cobrador de dívidas, que é ainda mais provável) para poderem atiçar os seus cães valentes! Mas, por vezes corre mal... e desta quem sofreu foi uma senhora de 60 anos! Posso dizer desde já que caso a vitima fosse minha mãe o dono dos cães não ficava apenas pelo julgamento de crime homicidio por negligência (e isto não se trata de uma ameaça)...
_____________________________________________________________________


Mulher morre em ataque de quatro cães em Sintra

Uma mulher foi atacada hoje por quatro cães perto da sua casa em Casal da Granja, tendo acabado por morrer devido à gravidade dos ferimentos, disse à Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Sintra.
Adriano Filipe contou que a mulher, que completaria 60 anos em Junho, foi atacada cerca das 07:30 da manhã, quando se dirigia para o trabalho, por quatro cães arraçados de Rotweiller que tinham fugido da casa do proprietário.

A mulher, de nacionalidade estrangeira, vivia com um português no Casal da Granja, na Várzea de Sintra, adiantou o autarca, que se mostrou indignado com a situação.

«Isto não pode acontecer. Uma pessoa vai trabalhar, é atacada por quatro cães e morre. É um caso grave», sustentou Adriano Filipe, adiantando que o proprietário dos cães, que vivia perto da vítima, já foi identificado e os cães recolhidos.

O presidente da Junta de Freguesia de Sintra defende que devia haver mais fiscalização.

«Aprova-se uma legislação, mas depois não há fiscalização», criticou, aludindo à lei aprovada pelo Governo em 2004 sobre cães perigosos, que obriga à identificação electrónica dos animais.

O autarca considera que tem de haver mais fiscalização das condições em que vivem os animais, exemplificando com os cães que hoje atacaram a mulher: «ou estavam com fome ou estavam treinados para matar».

No local, estiveram os bombeiros de São Pedro de Sintra e elementos da GNR, da PSP e da Polícia Municipal de Sintra.

Os donos dos animais perigosos, de raças como pitt-bull terrier, rottweiller, cão de fila brasileiro, staffordshire terrier americano e staffordshire bull terrier, têm de possuir seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Além do seguro, num montante mínimo de 50 mil euros, os donos têm de ter ainda uma licença de posse a obter na junta de freguesia, mediante a entrega de registo criminal e um termo de responsabilidade onde será declarado o tipo de condições de alojamento do animal.

A fiscalização do cumprimento destas regras compete às autarquias, Polícia Municipal, GNR e PSP.

A lei prevê que todos os cães que nasçam depois de Julho de 2008 terão de ser identificados electronicamente através do microship introduzido na pele.

Quem não identifique os seus animais incorre numa coima que varia entre os 50 e 1.850 euros, para pessoas individuais, e até 22 mil euros, caso se trate de pessoas colectivas.

Diário Digital / Lusa

21-03-2007 15:22:09

Publicado por José Carlos Campos às 10:48 AM | Comentários (1)

Campanha Turística ALLGARVE

Como é possível haver tanto burguês a dizer alarvidades?!
Então "agora querem mudar o nome da região?"
Ainda há pessoas a caírem nessa? Mas alguém vai mudar o nome de alguma coisa! Esta campanha está é a divulgar o nome da Região!
Eu não costumo cocordar com as palavras de Miguel Sousa Tavares, mas ontem na TVI acho que ele disse precisamente aquio que qualquer pessoa inteligente consegue perceber!
Ó senhor Macário Correia, como propõe o senhor que se promova o Algarve? Quer um slogan do género: 'Venha ao Algarve, escreve-se correctamente, constrói-se o que calha'. E ainda questiono mais, porque razão se promove o Algarve? Afinal não devia ser necessário gastar dinheiro do orçamento de estado para isso, pelo vistos já toda a gente conhece como sendo "Algarve" quando virem "ALLGARVE" vão pensar que estão a mudar o nome, vão dizer indignados: "it is horrible" e nunca mais põem cá os pés!
Tenham dó! Experimentem preocuparem-se com o estádio construído para o EURO 2004 e que está às moscas...

Publicado por José Carlos Campos às 10:12 AM | Comentários (0)

Protocolo para fecho das Urgências em Vila do Conde

De vez em quando os Deputados do PCP abrem os olhos!
Veja-se desta vez o que Honório Novo afirmou relativamente ao protocolo assinado.
Peço aos Vilacondenses e essencialmente ao seu Presidente da Câmara que tenham muito atenção aos últimos parágrafos desta notícia.
______________________________________________________________________

PCP critica protocolo para a Urgência de Vila do Conde
“É uma espécie de tapadeira”


O deputado do PCP Honório Novo descreveu o protocolo para a reestruturação das “urgências” no Hospital de Vila do Conde como “uma espécie de tapadeira com contrapartidas não verificáveis” para o fecho do serviço à noite.
“Este protocolo foi uma espécie de tapadeira com contrapartidas não verificáveis para o encerramento das ‘urgências’ entre a meia-noite e as 8h00", disse Honório Novo. Na opinião do deputado comunista, o Ministério da Saúde não irá cumprir a contrapartida de alargamento, já em Abril, dos horários dos centros de saúde de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, porque nestas unidades “faltam pelo menos 20 médicos”. Honório Novo criticou também o Ministério da Saúde por incluir no
protocolo a promessa de construção de um novo Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde, quando ainda nem sequer tem terrenos para tal. “Na melhor das hipóteses, só haverá novo centro hospitalar daqui a 10
anos”, afirmou, admitindo que o protocolo tenha tido uma “finalidade política” de refrear a indignação das populações pelo fecho das “urgências” nocturnas.
“A única contrapartida que o Ministério da Saúde deverá concretizar é a afectação de uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) sem médico, o que é absolutamente ridículo”, frisou Honório Novo. Os deputados do PCP eleitos pelo círculo do Porto, Honório Novo e Jorge
Machado, apresentaram na Assembleia da República um requerimento em que questionam a forma como o Governo pretende concretizar as contrapartidas previstas no protocolo sobre as “urgências” de Vila do Conde.
O presidente da Câmara de Vila do Conde, o socialista Mário de Almeida, assinou dia 1 com o ministro da Saúde, Correia de Campos, um protocolo com vista à reestruturação das urgências na região. O acordo passa pela manutenção de um serviço de urgências no hospital local, embora só funcione em pleno entre as 8h00 e as 24h00. A partir das 0h00, o serviço será assegurado por uma ambulância de Suporte Imediato de Vida, que transportará os doentes para o serviço mais próximo. Segundo o protocolo, vão ser feitas obras no hospital para o reforço da Medicina Interna e Cirurgia de Ambulatório.
Horários mais alargados nos centros de saúde foram igualmente contemplados neste protocolo. A Comissão Técnica de Apoio ao Processo de Requalificação das Urgências defendia que as 150 pessoas que acorrem diariamente às urgências de Vila do Conde passassem a dirigir-se ao Hospital da Póvoa de Varzim.
A autarquia de Vila do Conde contestou, por escrito, a proposta da comissão, sustentando que a sinistralidade rodoviária no Concelho provoca 4,1 vítimas mortais por cada cem acidentes, quase o dobro da média em toda a Área Metropolitana do Porto (2,1 vítimas).
Comunistas apresentaram um requerimento
no Parlamento
In O Primeiro de Janeiro

Publicado por José Carlos Campos às 08:57 AM | Comentários (3)

março 21, 2007

Cristiano Ronaldo, a criação ou o criador?

De facto o Cristiano Ronaldo vai ficar memorizado nas mentes de muita gente, muito para além daquilo a que estamos habituados.
A verdade é que ele sem demonstrar metade da arrogância do Mourinho, sem ganhar uma décima parte dos troféus do Vitor Baía, não chega a ter metade da idade do Pinto da Costa e por aí fora... mas, já está nos píncaros de todas as vedetas mundiais! Ganha balúrdios, aparece em todas as televisões, é adorado por milhões, respeitado por ainda mais milhões e consegue criar nos adversários a sensação de que nunca estarão ao seu nível, veja-se o exemplo do último (Middlesbrough).
A verdade é que depois de ter sido criado, formado pelas escolas do Sporting e do Man. United, neste momento Ronaldo está a criar! Está a criar a sua imagem, a sua carreira e a reinventar formas de jogar futebol! Estas formas de jogar futebol chegam ao ponto dos adeptos dizerem que o futebol não são só os golos (é claro, que os golos são o mais importante), muito melhor que ver golos é ver Cristiano Ronaldo a jogar! E não digo isto por ele ser português, pois na verdade se ele jogasse por outra selecção eu gostaria na mesma de ver tal como gosto de ver Ronaldinho a jogar pelo Brasil ou Beckham a jogar por Inglaterra.

Publicado por José Carlos Campos às 07:32 PM | Comentários (0)

Afinal Mantorras tem Razão...

Já escrevi sobre este assunto. Na altura mostrei-me indignado com esta situação! Parece que tinha razão e Mantorras volta a colocar-se nos píncaros da emotividade dos Angolanos! Afinal o Mantorras não é o próximo Eusébio de Portugal, é o Eusébio dos Angolanos...
______________________________________________________________________

Cartas condução: Portugueses em Luanda satisfeitos com acordo

Portugueses contactados em Luanda manifestaram-se hoje satisfeitos com o acordo alcançado na segunda- feira, em Lisboa, quanto ao reconhecimento mútuo de cartas de condução entre Angola e Portugal, diploma que, foi sugerido, bem podia receber o nome de Mantorras.

«Acho que o acordo é muito benéfico», disse à Agência Lusa, o director comercial da SOMAGUE Angola, Carlos Vilar, acrescentando que «só peca por ter sido tardio».

Segundo Carlos Vilar, o problema não é novo, só que «não tinha atingido ainda ninguém importante».

«Há muito tempo que os angolanos estavam a ser molestados em Portugal por conduzirem com cartas de condução de Angola, só que o problema chegou ao Mantorras e levantou-se toda essa questão», disse Carlos Vilar, acrescentando que «esse acordo deveria chamar-se Mantorras».

A questão da validade das cartas de condução de Angola em Portugal ganhou relevância quando Luanda retaliou ao facto de as autoridades portuguesas não terem aceite a documentação angolana exibida pelo futebolista internacional Pedro Mantorras, do que resultou um processo judicial.

As autoridades angolanas passaram então a interditar os cidadãos portugueses de circular em Angola com carta de condução de Portugal, tendo, segundo a polícia angolana, sido apreendidas as cartas de condução a 16 cidadãos portugueses, os quais foram multados em 600 euros.

Catiana Oliveira, chefe da tesouraria da empresa Pinto Bastos Angola, defendeu que o acordo a que chegaram as autoridades portuguesas e angolanas em relação ao reconhecimento das cartas de condução «é o mais correcto».

«Acho correcto esse acordo. Estou cá há três meses e era um pouco complicada a situação. Antes podia conduzir com a minha carta e o passaporte, mas depois tinha que ser o meu marido a dar-me boleia», disse Catiana Oliveira.

Por seu turno, Luís Almeida, gestor de projectos do grupo Atlanfina, disse à Lusa sentir-se satisfeito com a obtenção do referido acordo, que «vai estreitar ainda mais» as relações comerciais e de amizade, cada vez mais importantes para Portugal e Angola.

«Congratulo-me com a obtenção do acordo que faz todo o sentido devido aos acordos comerciais e de amizade entre os dois países», declarou Luís Almeida.

A norma transitória que permite o reconhecimento das cartas de condução portuguesa e angolana foi segunda-feira assinada em Lisboa pelos directores-gerais de Viação de Portugal, Rogério Pinheiro, e da Direcção nacional de Viação e Trânsito de Angola, Inocêncio de Brito.

A referida norma, que já está em vigor, aplica-se aos cidadãos dos dois países que possuam vistos de turista, válidos por 185 dias, em cada um dos dois países.

Findo aquele período, os titulares das cartas de condução deverão observar os trâmites legais indispensáveis para adquirir o título de condução do outro país.

A norma transitória vigorará até ao estabelecimento de um acordo definitivo entre os dois países, que deverá ser alcançado no prazo de 180 dias, conforme o memorando de entendimento assinado segunda-feira, em Lisboa, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros de Portugal e das Relações Exteriores de Angola, Luís Amado e João Miranda, respectivamente.

Entretanto, o director-adjunto da Direcção Nacional de Viação e Trânsito de Angola, primeiro superintendente Carlos Albino disse hoje à Lusa que as recomendações do acordo assinado entre as partes em Portugal estão a ser observadas pela polícia de trânsito angolana.

«O acordo está a ser observado desde às 07:30 de hoje. Todo o cidadão português já pode conduzir com a carta de condução portuguesa, mas é necessário fazer-se acompanhar do passaporte», disse Carlos Albino.

Diário Digital / Lusa

20-03-2007 17:24:00

Publicado por José Carlos Campos às 09:43 AM | Comentários (0)

março 20, 2007

Como vai este país: As decisões antagónicas sucedem-se...

Agora discute-se a constitucionalidade de um atleta poder rescindir contrato sem justa causa. No entanto, decidem em estâncias jurídicas de forma contrária sem qualquer arbritariedade! Lembre-se, o historial de desgraças deste atleta (Miki Fehér), já falecido, quando integrava o plantel do fcporto! E chamam a isso formação! Provalvelmente o que o sporting faz já é algo para além da formação! Deve ser concepção, gestação, nascimento, criação, educação e formação. Se calhar, o que era justo é que todos os jogadores formados "por parte dos clubes mais pequenos" continuassem a contribuir com parte do seu ordenado para o crescimento desses "clubes mais pequenos"!
______________________________________________________________________

Acabou finalmente a indigna batalha jurídica entre Benfica e FC Porto por causa de Miki Fehér

O Tribunal Constitucional determinou que o Benfica terá mesmo de pagar 600 mil euros de indemnização ao FC Porto pelos direitos que os portistas detinham sobre a formação do futebolista húngaro Miklos Fehér, noticia hoje o “Público”, citado pela agência “Lusa”. Contratado pelos encarnados em 2002, depois de terminado um vínculo de quatro anos com o FC Porto, Fehér viria a falecer durante um jogo em Guimarães, a 25 de Janeiro de 2004, na sequência de uma paragem cardio-respiratória. Ao contrário do que o Benfica alegava, os juízes conselheiros "dizem que não é inconstitucional o regulamento da Liga de Clubes que permite o pagamento de uma indemnização", lê-se naquele diário. O jornal explica que o FC Porto intentou uma acção judicial depois de não receber qualquer resposta de Fehér à proposta que visava renovar o seu contrato, que vigorou entre 1998 e 2002. Nessa acção judicial, o FC Porto "remetia para o artigo 18º do Contrato Colectivo de Trabalho e o artigo 212º do Regulamento Geral da Liga, que consagrava claramente a possibilidade de haver da parte do clube o direito de receber uma indemnização pela formação de um jogador, mesmo estando este em fim de contrato". O Benfica contestou a constitucionalidade desse artigo, alegando que o mesmo "violava um direito comunitário", versão negada agora pelos magistrados do Tribunal Constitucional, que consideraram ser legítimo o "interesse do empregador, relativamente ao investimento despendido na formação e valorização do trabalhador em causa". "Atendendo às especificidades da actividade laboral em questão, e em particular à protecção dos gastos com formação, promoção e valorização por parte dos clubes mais pequenos, a indemnização não é ilegítima", considerou o Tribunal Constitucional. Esta é a segunda vez, no espaço de poucas semanas, que uma alta instância judicial portuguesa delibera sobre "temas quentes" do futebol português. A 15 de Maio, foi conhecido um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que pode motivar uma revolução jurídica nas relações contratuais entre clubes e jogadores, originando a preocupação dos dirigentes, entre eles o presidente do Sporting, Filipe Soares Franco, o primeiro a manifestar-se publicamente sobre o assunto. Segundo o acórdão do STJ, caso um jogador decida rescindir sem justa causa, terá apenas de indemnizar o clube no valor dos salários que tinha por auferir até final de contrato, e o clube, caso se sinta lesado, terá de fazer prova em tribunal dos prejuízos que terão implicado a rescisão, não podendo valer-se de cláusulas de desvinculação superiores ao valor do contrato firmado entre as duas partes.
In Megafone 2

Publicado por José Carlos Campos às 04:16 PM | Comentários (3)

Comentários emitidos, no Correio da Manhã, por leitores

Não podia deixar de transcrever os comentários, que foram emitidos no Correio da Manhã, por 3 dos seus leitores. Se leram a notícia, por favor leiam estes comentários. Caso não tenham lido a notícia, está no meu anterior Post.

» Comentários
Terça-feira, 20 Março

- Teresa
Tenho muita pena desta família, sobretudo das crianças que ficam sem pais, mas acho que nao sao para aqui chamado os ancestrais aristocráticos, o que está em causa é que este senhor desapareceu e foi encontrado morto.

- Gabriel Da Silva -Suecia
Lamento a ocorrencia desta tragica situaçao e as minhas condolencias a familia do malogrado! Quanto ao comentario anterior, foi inoportuno e deselegante neste contexto! O jornal apenas se limitou a informar...e nao anacronizar...! Sobre a linhagem de tais familias... as quais foram dadas diversos privilegios pelas suas contribuiçoes de ordem militar durante as diversas regencias da epoca monarquica!

- gomes
Com todo o respeito que merece a morte deste senhor, não posso de deixar de destacar o terceiromundismo com que se descrevem os seus ancestrais. Em 2007 ainda se enaltecem estes detalhes das "boas familias" na sua maior parte (senão todas) uma corja de ladróes que se aproveitavem da ignorância do povo para roubar e apropriar-se de tudo o que podiam.
______________________________________________________________________

As basbaridades que as pessoas são capazes de escreverem! Impressionante!

Publicado por José Carlos Campos às 10:30 AM | Comentários (0)

Empresário José d’Orey encontrado sem vida

Esta é a notícia emitida pelo Correio da Manhã, relativa ao aparecimento do empresário José d'Orey:
______________________________________________________________________

José Luís d’Orey saiu de casa, em Azeitão, na manhã de 9 de Outubro do ano passado: deixou os cinco filhos na escola e desapareceu. Ontem, foi encontrado morto, na Serra da Arrábida, a escassos quilómetros da residência.

José Luís d’Orey, o empresário de 48 anos misteriosamente desaparecido desde 9 de Outubro, foi ontem de manhã encontrado morto, dentro do seu carro, num local de difícil acesso na Serra da Arrábida, arredores de Setúbal.

O Renault Mégane Scénic em que seguia quando desapareceu estava coberto por vegetação, no fundo de uma ravina, e foi descoberto na noite de domingo pelos bombeiros na Mata do Solitário, perto do Convento da Arrábida – mas o corpo só foi encontrado, em avançado estado de decomposição, ontem de manhã.

Os bombeiros descobriram a viatura quando rondavam uma carrinha branca, de marca Mercedes, que ali estava abandonada – e que se veio a constatar ter sido roubada na passada semana.

Dado o difícil acesso e o facto de já ser noite, as operações de resgate foram adiadas para ontem de manhã. Antes de um helicóptero do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil resgatar o corpo, uma equipa da PJ de Setúbal recolheu vestígios no local. A carrinha branca, sem ocupantes, tinha sido roubada na semana passada e ali fora abandonada. E o Renault onde se encontrava o cadáver de José Luís d’Orey correspondia à descrição da viatura do empresário misteriosamente desaparecido desde o último dia 9 de Outubro.

À tarde, uma equipa cinotécnica da GNR vasculhou o local. Encontrou uma pasta perto do cadáver. As dúvidas dissiparam-se antes de o resultado dos exames no Instituto de Medicina Legal: era o cadáver de José d’Orey.

ERA RELIGIOSO

José Luís, com vida confortável no Monte dos Barris, nos arredores de Azeitão, Arrábida, despediu-se da mulher naquela manhã de Outubro e, como era hábito, chegou às 08h00 ao colégio dos filhos, em Azeitão, ao volante de um espaçoso Renault Scénic cinzento.

Tinha uma hora para chegar a Alfragide. Era aguardado para uma reunião na ITAU, empresa de restauração do grupo Trivalor. Faltou. Os colegas de trabalho ainda pensaram que estava doente: ligaram-lhe para casa a meio da manhã. A mulher tentou, durante horas, contactá-lo. O telefone ainda chamou, mas depois de várias tentativas desligou-se.

A mulher do empresário, Marina de Mello, 45 anos, decidiu alertar a GNR para o seu desaparecimento. Os militares comunicaram o caso à PJ de Setúbal.

O irmão, Rui d’Orey disse que José não levava mais de dois mil euros consigo. O GPS do telemóvel ainda deu sinal no Montijo, depois calou-se. A PJ não encontrou nenhum registo da via verde nem dos cartões de crédito e multibanco do empresário que chegassem ao seu paradeiro. As imagens da Ponte 25 de Abril não identificaram a carrinha em que seguia o empresário.

Quando José d’Orey desapareceu foi descrito pelos familiares e amigos como uma pessoa alegre e muito católica. Não lhe eram conhecidos problemas. O próprio irmão, Rui, disse que os problemas financeiros eram próprios de qualquer família – nada que o levasse a querer fugir, como chegou a ser avançado.

Os investigadores deram ordens à família de para não falar. Colocaram um apelo na página da internet, mas nenhuma resposta se revelou verdadeira.

Depois de os telefones da família terem ficado sob escuta e de a PJ ter corrido tudo para encontrar o empresário, o corpo de José d’Orey foi encontrado dentro do mesmo carro onde foi visto há cinco meses – o Renault Mégane Scénic de serviço.

O cadáver do empresário, que segundo testemunhas estava irreconhecível, foi levado para o Instituto de Medicina Legal. Só a autópsia poderá determinar a causa da morte.

José Luís d’Orey era amante da caça. E tinha o cuidado de activar o GPS do telemóvel para ser localizado no caso de lhe acontecer alguma coisa. Temia sentir-se mal.

O Correio da Manhã contactou ontem o irmão do empresário, Rui d’Orey, que se limitou a confirmar a morte. “Sim o meu irmão foi encontrado morto. O resto é com a Polícia Judiciária de Setúbal”, disse com uma voz trémula. Fonte da PJ, por sua vez, adiantou que sem autópsia não há conclusões.

Foram Rui d’Orey e a filha que, logo após o desaparecimento, fizeram circular um e-mail pedindo a colaboração na sua localização. O mail deixou de circular na internet e os familiares deixaram de prestar declarações por ordem da Polícia Judiciária.

FAMILIARES E AMIGOS EM BUSCAS

Quando José D’Orey desapareceu, a GNR não fez busca nenhuma porque não tinha sido identificada qualquer zona onde o empresário pudesse estar. Amigos e familiares, cansados de passarem dias sem qualquer novidade, ainda andaram pelos locais onde José costumava caçar e percorreram o caminho que ele fazia de casa para o colégio e escola dos filhos e depois para o trabalho.

No dia que se seguiu ao seu desaparecimento, e em que uma das filhas completava cinco anos, os familiares aguardaram ansiosos por um telefonema. Mas nada. Ainda se colocou a hipótese de rapto, mas as autoridades afastaram a possibilidade quando viram que não foi pedido qualquer resgate.

Mesmo assim, o dinheiro que trazia na pasta poderia levantar essa hipótese, mas alguns cheques que tinha em seu poder nunca foram, sequer, levantados. D’Orey integrava a Associação Portuguesa de Famílias Numerosas. Fernando Castro, presidente, tentou ajudar na divulgação do seu desaparecimento, mas sem qualquer resposta. Outra das hipótese que se colocou foi a sua fuga, por eventuais dívidas, o que a família sempre duvidou.

PASTA

Depois de o corpo de José d’Orey ter sido removido, uma equipa cinotécnica da GNR encontrou uma pasta – de um computador portátil – na zona onde estava o carro. Os documentos foram fundamentais para identificar o condutor, antes de sair o resultado da autópsia feita no Instituto de Medicina Legal.

FAMÍLIA

José Luís Albuquerque d’Orey e Marina de Mello Ferreira Pinto são oriundos de duas das mais tradicionais famílias portuguesas. Os d’Orey têm origem franco-alemã e são descendentes de Gillar d’Orey, barão de Bollandre e senhor de Neufville e de Puilly, na região de Liège. Uma descendente sua, Ulrike Louise Hedwige Uden, casou com Frederico Óscar Guilherme Achilles e o quinto filho deste casal emigrou para Portugal em meados do século XIX. Quanto ao nome Mello, deriva de uma alcunha e a família que o adoptou por apelido é da mais remota e nobre ascendência. Deriva de D. Soeiro Reimondes, o Merlo, contemporâneo dos reis D. Afonso III e D. Dinis.

CARRINHA

Uma carrinha de marca Mercedes largada na Serra da Arrábida foi suficiente para alertar as autoridades. Podia haver feridos. Quando a polícia chegou ao local, concluiu que o veículo tinha sido roubado na passada semana. Fora ali abandonada há dias. Perto da viatura estava outro carro, escondido pela vegetação. Lá dentro um cadáver em estado de decomposição. Era José Luís d’Orey.

HELICÓPTERO

Um helicóptero do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil saiu de Santa Comba Dão logo pela manhã. Ainda não eram 07h00 já os bombeiros estavam prontos para passar à operação de resgate. Os bombeiros de Palmela contribuíram com material adequado. Pelo meio-dia o corpo era resgatado e levado para autópsia. Ao final do dia, a viatura permanecia no local, de difícil acesso.

IMVESTIGAÇÃO

Mal a GNR tomou conhecimento do caso, alertou a Polícia Judiciária de Setúbal. Os inspectores, acompanhados de um médico que declarou o óbito, quando viram tratar-se do monovolume onde seguia José d’Orey – desaparecido há cinco meses – colocaram logo a hipótese de ser o corpo do empresário. A família foi informada da morte ao início da tarde. Mas o mistério ainda não está desvendado.

CASA

José Luís d’Orey vivia nesta casa no Monte dos Barris, na Serra da Arrábida, com a mulher e os cinco filhos entre os cinco e os 15 anos. Depois do desaparecimento, a família fechou-se em casa, limitando as visitas a familiares e amigos próximos e a um psicólogo, que acompanhou as crianças.

CRONOLOGIA

9 DE OUTUBRO - 07H50

José d’Orey sai de casa ainda não eram 08h00. Despede-se da mulher, sorridente, pronto para mais um dia de trabalho

9 DE OUTUBRO - 08H00

Deixa a filha Teresa, de 12 anos, na Escola de Azeitão e a pequena Pureza, de cinco, no Colégio da Arrábida, a 3 km de casa

9 DE OUTUBRO - 09H00

D’Orey não aparece na reunião de trabalho, em Alfragide, Amadora. A meio da manhã os colegas telefonam-lhe para casa

10 DE OUTUBRO

A família já se queixou à GNR e aguarda um telefonema porque a filha de José faz anos. Nem telefonema, nem sinal algum

18 DE MARÇO

Pelas 19h00 os bombeiros descobrem um carro com um cadáver, perto de uma carrinha roubada abandonada na Arrábida

19 DE MARÇO

O cadáver de José Luís d’Orey é removido de uma área difícil na Serra da Arrábida, a alguns metros do Convento

Publicado por José Carlos Campos às 10:21 AM | Comentários (186)

PREVENÇÃO RODOVIÁRIA: Ferido grave em acidente na A7

Na sequência dos Posts que aqui tenho escrito, cá vai nova notícia de acidentes graves, desta vez na A7. Neste quem se tramou foi a ocupante...
_____________________________________________________________________
2007-03-19 - 00:00:00

Em Bagunte, à entrada de Vila do Conde
Ferido grave em acidente na A7

O Porsche onde seguia o casal ficou literalmente destruído
Uma mulher de 58 anos ficou ontem gravemente ferida na sequência de um aparatoso acidente ocorrido ao final da manhã na auto-estrada que liga Vila do Conde a Vila Nova de Famalicão (A7). Excesso de velocidade poderá ter estado na origem do despiste, que provocou ainda ferimentos ligeiros no condutor, de 58 anos.

Ao que foi possível apurar, a ocupante da viatura – um automóvel de marca Porsche – sofreu um traumatismo craniano encefálico, tendo sido transportada no helicóptero do INEM para o Hospital de S. Marcos, em Braga. Fonte hospitalar adiantou que o estado de saúde da mulher, que se mantém internada nos cuidados intensivos, está a evoluir favoravelmente.

O acidente ocorreu por volta das 11h00, numa zona de curvas acentuadas em Bagunte, no concelho de Vila Conde, levando ao despiste do Porsche, onde seguia o casal, residente em Felgueiras.

Publicado por José Carlos Campos às 09:22 AM | Comentários (0)

março 19, 2007

Ao estilo POPULAR

Até onde vai chegar este partido?
O nome começa a significar alguma coisa!
Leiam a notícia publicada pela TVI:
_____________________________________________________________________

Maria José Nogueira Pinto, presidente do Conselho Nacional do CDS/PP, acusou, esta segunda-feira, o deputado popular Hélder Amaral de a ter agredido fisicamente, durante o Conselho Nacional do partido realizado domingo. Em conferência de imprensa, Maria José Nogueira Pinto disse que Hélder Amaral a «magoou nas costas e num ombro».

A dirigente popular responsabiliza ainda o antigo líder do partido, Paulo Portas, de ter «enxovalhado» o CDS e instigado o clima de hostilidade. Nogueira Pinto diz que Portas deu origem a «cenas» que remetem para «o pior do PREC».

Publicado por José Carlos Campos às 07:05 PM | Comentários (3)

Sisa Vieira e Alcino Soutinho: Urbanismo?

Na sequência do anterior post, relembro notícia do JN:
______________________________________________________________________
Muito alcatrão e pouca luz na marginal desiludem população

Marginal ainda não está concluída mas já é usada. Apesar das críticas ao excesso de alcatrão

"Amarginal está de luto" - seja pelo alcatrão negro da estrada, da ciclovia e dos passeios, ou pela falta de iluminação, de árvores e de espaços verdes. Os vila-condenses parecem desiludidos com a nova marginal da cidade - entre a fronteira com a Póvoa e a Capela da Guia -, obra em fase de conclusão.

O projecto, da autoria dos arquitectos Siza Vieira e Alcino Soutinho, não caiu bem em Vila do Conde, que há muito esperava pelo fim das obras do programa Polis. Críticas que não deverão surpreender Siza Vieira, cujas intervenções em espaços públicos, como a marginal de Leça da Palmeira (Matosinhos) ou a Avenida do Aliados (Porto), têm merecido grande contestação (ler caixa).

"Tem alcatrão a mais. É muito pobre. Podia ser mais verde, mais alegre", queixa-se, ao JN, António Ribeiro, que aos 66 anos percorre todos os dias a marginal. "Entre o Forte de S. João e a Praia Azul, no passeio pedonal junto ao mar, tem três candeeiros em mais de 500 metros. É uma vergonha!". "Além do mais, os passeios são muito baixos e confundem-se com a estrada. Não tem segurança. As pessoas vêm na ciclovia e vem um carro e 'limpa-as'", frisou, ainda, António Ribeiro, apontando os muitos carros junto ao Forte de S. João estacionados em cima do passeio.

"De noite ninguém se mete aqui. Não há luz", afirma, por sua vez, José Terroso, no passeio pedonal junto ao mar. Esteticamente também não gosta da obra e até prefere a marginal da "rival" Póvoa de Varzim. "É muito preto. Só alcatrão. Na Póvoa tem mais árvores. E a pista das bicicletas devia ser vermelha, para se distinguir", frisou.

"Gostava que tivesse mais árvores. É tudo muito preto", junta Acácio Fortunato, partilhando as críticas de outros cidadãos.

O presidente da Câmara de Vila do Conde, no entanto, salienta "a amplitude visual" pretendida por Siza Vieira e Alcino Soutinho, justificando assim a predominância do alcatrão e a pequena diferença de cota entre a via e os passeios. Quanto às críticas, Mário de Almeida lembra que a obra é assinada por "dois arquitectos de renome" e admite apenas algum reforço da iluminação no passeio pedonal, entre o Praia Azul e o Castelo.

A obra estará concluída no arranque da época balnear, à excepção da zona envolvente à Capela da Senhora da Guia e ao Caximar.

Publicado por José Carlos Campos às 06:00 PM | Comentários (3)

Sisa Vieira e Alcino Soutinho: Urbanismo?

Este post vem um puco atrasado relativamente à intervenção que foi efectuada na marginal de Vila do Conde, no âmbito do programa POLIS.

Eu sei que estar aqui a introduzir comentários em nada vai alterar o que está feito! E sei que houve oportunidade para fazer-me ouvir adequadamente! No entanto, convém referir que haver oportunidade para fazer-se ouvir, não significa que seja-se ouvido! E mais importante ainda, é perguntar se quem devia ser ouvido, foi?
Já compreendi os objectivos do Programa POLIS, que em seguida transcrevo, proveniente do site www.polis.maotdr.gov.pt:

"Assim, o Programa Polis tem por principais objectivos específicos:

- Desenvolver grandes operações integradas de requalificação urbana com uma forte componente de valorização ambiental;

- Desenvolver acções que contribuam para a requalificação e revitalização de centros urbanos e que promovam a multifuncionalidade desses centros;

- Apoiar outras acções de requalificação que permitam melhorar a qualidade do ambiente urbano e valorizar a presença de elementos ambientais estruturantes tais como frentes de rio ou de costa;

- Apoiar iniciativas que visem aumentar as zonas verdes, promover áreas pedonais e condicionar o trânsito automóvel em centros urbanos."

Portanto, após compreender estes objectivos, enquadrei o caso de Vila do Conde na terceira situação: "valorizar a presença de elementos ambientais estruturantes tais como frentes de rio ou de costa", pois os restantes objectivos foram facilmente excluídos.
Assim, partindo do facto de que a "ideia era valorizar a presença de elementos estruturantes tais como frentes de rio ou de costa", dentro deste objectivo, fico para já com a ideia que a intervenção restringiu-se apenas à zona de costa, pois basta circular no sentido Norte-Sul, e após a curva junto ao Forte S. João, e confirma-se que ficou por aí. Falta saber se por falta de financiamento, por falta de ideias, ou por falta de cuidados na gestão do projecto.
No entanto, não quero aqui desvalorizar tal intervenção, pois creio que Vila do Conde ficou a ganhar com isto. Veja-se que basta que seja um dia mais solarengo para aumentar a afluência a esta zona...

Para nosso orgulho, um dos grandes mentores deste projecto, foi mais uma vez premiado:

Terceiro Prémio Secil para Siza Vieira pela sua terceira piscina
09.03.2007 - 18h03 Alexandra Prado Coelho

Um complexo desportivo em Cornellà de Llobregat, perto de Barcelona, uma piscina metade interior metade exterior, e um “gesto artístico absolutamente inultrapassável”, nas palavras do arquitecto Sérgio Fernandez, presidente do júri, deram hoje a Álvaro Siza Vieira o seu terceiro Prémio Secil de Arquitectura.

Siza, pela terceira vez? O júri ponderou esse factor, mas “não há nada a fazer, porque é muito bom”, resume Sérgio Fernandez, sublinhando, no entanto, que foi uma escolha difícil porque havia “muitos trabalhos de muita qualidade”, entre os quais outras obras de Siza.

Mas o complexo desportivo Ribera-Serrallo foi o escolhido, por unanimidade, pelo júri, formado, para além de Fernandez, pelos arquitectos Leonor Figueira, Armindo Alves Costa, Inês Lobo, Eduardo Souto de Moura (vencedor da edição de 2004), Pedro Maurício Borges (vencedor da de 2002) e Jorge Figueira.

Como o vencedor da última edição não pode apresentar obras a concurso na seguinte, isto significa, lembra Sérgio Fernandez, que na próxima Siza não voltará certamente a ser premiado, porque será membro do júri.

Os responsáveis pela escolha sublinham, por outro lado, que, de acordo com o regulamento, o prémio não é atribuído a um arquitecto nem a uma carreira, mas a uma obra — que tem que ter sido construída nos dois anos anteriores, neste caso 2005/2006. “Foi muito claro que se tratava de um prémio para a melhor obra deste período e era irrelevante se o vencedor tinha sido premiado duas, dez ou 20 vezes”, explica Jorge Figueira.

Siza, que já tem na sua obra uma piscina mundialmente admirada, a de Leça da Palmeira, construída nos anos 60, outra construída na Quinta da Conceição e mais duas em projecto, diz que não tem “nenhuma obsessão por piscinas”.

Não é assim que encara um projecto. “Nunca restringi o meu trabalho ao programa ser mais ou menos interessante para mim. São todos interessantes, depende da forma como se pega neles. Acontece uma piscina, um museu, uma casa — interessam-me por igual”.

A de Cornellà interessou-o também por ser “um programa muito variado”, que incluía, para além da piscina, ginásio, restaurante, etc. E não a vê como uma continuidade ou uma evolução das piscinas de Leça. “A única coisa em que têm a ver uma com a outra é terem água dentro de um tanque onde se nada.” De resto, “a de Leça era uma piscina de marés, com o aproveitamento das rochas naturais”, e a de Cornellà “é urbana, não tem relação com a natureza”, pelo que “a maneira de enfrentar um problema assim é completamente diferente”.

Um dos traços que Sérgio Fernandez destaca na obra — além da “imagem fortíssima” e de “não ter tiques de desenho” — é a enorme liberdade do gesto de Siza. “Está cada vez mais liberto”, comenta. Siza diz que sim, “na atitude mental, talvez”. Mas lamenta que os arquitectos “estejam a projectar cada vez com mais condicionantes” e fala da “difícil conquista de uma margem de liberdade” perante “regulamentos, limitações naturais mas às vezes excessivas em termos de custo da obra, pressões com prazos”.

Acha, apesar disso, que “felizmente há uma margem para os ultrapassar e chegar ao ponto do prazer da arquitectura”. A experiência também ajuda. “Dá-nos uma margem mais larga para explorar as possibilidades”. E admite que quando olha para duas obras como as piscinas de Leça e a de Cornellà, entre uma e outra não foi só a paisagem que mudou. “Mudámos nós também.”

A piscina que Siza projectou e não construiu

“A mais recente piscina que projectei infelizmente não se concretizou.” O arquitecto Álvaro Siza Vieira lamenta que a piscina que tinha planeado para a marginal de Vila do Conde, integrada no Programa Polis local, tenha sido abandonada pela câmara.

“É uma pena, porque um projecto daqueles tem que ter âncoras para funcionar plenamente”, diz, referindo-se não só à piscina, mas aos também projectados e igualmente retirados restaurante, obra de Eduardo Souto de Moura, e um night club, pelo filho de Siza Vieira, Álvaro Leite Siza Vieira. “Espero que depois não venham dizer que aquilo está sem vida”, diz o arquitecto.

Tanto em Leça da Palmeira como em Vila do Conde, Siza está chocado com o que descreve como “o loteamento das praias”. “É terrível o que está a acontecer. Está-se a construir equipamento com muito vulto sobre a areia”, indigna-se. “Em Leça tinha-se libertado o espaço entre a praia e as construções. Assim tapa-se a vista do mar. É uma barbaridade”.

Após esta longa discrição, pergunto:
- Quem lembrou-se destes senhores para projectar urbanismo?
- Quem geriu o projecto?
- Qual a razão para fazerem alterações em elementos que nitidamente não trouxeram qualquer mais valia?
- Alguma vez questionaram-se de quanto custou a iluminação desta marginal?
- Se queremos valorizar a costa, porque fazemos muros e ruas que impedem a sua visão e expansão?

Sei que não obterei respostas a estas questões! Mas também não será preciso! De qualquer das formas, lembro que as coisas quando são feitas concerteza têm um motivo para o serem! Pode esse motivo não ser o melhor...

Publicado por José Carlos Campos às 05:30 PM | Comentários (1)

Os espanhóis desta vez levaram a melhor...

Achava eu que os portugueses eram rápidos! Afinal os espanhóis conseguem passar por nós ainda mais depressa, até mesmo na justiça:
_____________________________________________________________________

A condução a 260 quilómetros/hora não é necessariamente perigosa. De acordo com a imprensa espanhola, o tribunal da província de Burgos considerou que um condutor que circulava a 260 quilómetros/hora não cometeu delito porque «a visibilidade era boa e a circulação reduzida». Segundo o tribunal, não houve «qualquer circunstância perigosa concreta». Em primeira instância, o automobilista tinha sido condenado a seis meses de prisão e a dois anos de inibição de conduzir.
In Megafone2

Publicado por José Carlos Campos às 12:53 PM | Comentários (4)

Por falar em Hooliganismos

Há casos para tudo. Este foi dentro de campo:
_____________________________________________________________________
Todos se lembra da pouca vergonha que foi o final do Valência-Inter de Milão da Liga dos Campeões (ver Hooligometro-229), com os jogadores de ambos os clubes à porrada dentro de campo. David Navarro, defesa valenciano que partiu o nariz ao interista Burdisso, vai ficar longe da alta competição por sete meses devido a um castigo exemplar aplicado pela UEFA. Aquele organismo já fez saber que fará um pedido à FIFA para que o castigo ao jogador de 26 anos se estenda a todas as competições (neste caso, também à Liga espanhola e selecções). Além de Navarro, o colega Carlos Marchena (ex- -Benfica) cumprirá quatro partidas de suspensão, falhando os dois embates dos quartos-de-final com o Chelsea de José Mourinho. Quanto a Nicolás Burdisso, o argentino apanhou seis jogos juntamente com o brasileiro Maicon, enquanto os outros companheiros, Iván Cordoba e Julio Cruz, ficam três e dois jogos de fora, respectivamente. O Comité de Controle e Disciplina da UEFA multou ainda os valencianos em 155.722 euros, o mesmo valor que os ‘nerazzurri’ terão que pagar, ambos acusados de conduta imprópria.
O que se deve retirar uma vez mais de toda esta novela é a diferença de comportamento entre os Adeptos e os profissionais de futebol tão bem pagos. Os Ultras Yomus e a Curva Nord do Inter assumiram publicamente a sua amizade nos dois jogos, protagonizando um comportamento correcto que deveria fazer corar de vergonha os zaragateiros que se confrontaram no relvado do Mestalla e que, mesmo penalizados desportivamente, não vão responder criminalmente pelos seus actos nem foram agredidos pelas forças de segurança, ao contrário do que sucede com os adeptos que os sustentam.
In Megafone

Publicado por José Carlos Campos às 12:49 PM | Comentários (0)

Lançar sanitas: Desporto Olimpico

Leiam o que aconteceu no Brasil, num jogo Santos-São Paulo:
_____________________________________________________________________

Qualquer objecto serviu para os adeptos usarem durante os confrontos ocorridos no jogo entre o Santos e o São Paulo, no estádio Vila Belmiro. Além de peças de calçado, como o chinelo atirado das bancadas que começou por gerar polémica, foram ainda utilizadas muletas e, imagine-se, uma sanita.
As imagens televisivas divulgadas pela Globo mostram uma sanita a ser lançada nas bancadas por um adepto da equipa visitante, mesmo perante a presença de um agente da polícia que ainda tentou evitar o arremesso. Felizmente, o objecto acabou por não passar as grades, mas poderia ter provocado uma tragédia se tivesse atingido alguém no piso inferior.
Conforme recorda o site da Globoesporte, este foi apenas mais um dos insólitos objectos que costumam ser arremessados pelos adeptos nos jogos da Vila Belmiro. Ovos, moedas, carcaças de peixe e pedaços de salame foram as armas escolhidas pelos «torcedores» brasileiros, para demonstrar o seu descontentamento. Na última partida, foi a estreia das sanitas.
O presidente do Santos, Marcelo Teixeira, explica que a confusão foi provocada pelos adeptos visitantes, que chegaram atrasados ao estádio e começaram a arrancar faixas santistas. Logo depois, passaram à casa de banho. «Duas sanitas que estavam reservadas aos adeptos do São Paulo foram totalmente arrancadas. A que foi arremessada era de uma dessas casas de banho. É um prejuízo para o Santos e queremos ser ressarcidos», exigiu o presidente dos alvinegros, citado pelo site da Globo.
A direcção do clube já encaminhou uma representação à Federação Paulista de Futebol exigindo que o São Paulo seja responsabilizado.
Devido aos incidentes, a Federação Paulista de Futebol já vetou o estádio Vila Belmiro para clássicos válidos das meias-finais ou da final do campeonato Paulistão. Assim, caso se confirme uma final do Estadual entre Santos (primeiro classificado) e o São Paulo (que ocupa o segundo lugar), a equipa alvinegra terá de jogar em campo emprestado.
in Megafone

Publicado por José Carlos Campos às 12:46 PM | Comentários (0)

fcp 0; scp 1

Não vou escrever aqui nenhuma prosa acerca deste assunto. Apenas vou transcrever a notícia do jornal Record:
______________________________________________________________________

"ão vale a pena chorar sobre leite derramado, mas o clássico de sábado deixou também alguns motivos de reflexão. O meio-campo do FC Porto, por norma o seu sector mais forte, afundou-se durante a primeira parte e nunca conseguiu empurrar a equipa de forma sistemática para a baliza de Ricardo. O que se passa? Estarão os três jogadores mais utilizados por Jesualdo Ferreira no sector cansados numa fase crucial da época?

Lendo os números, não ficam dúvidas. Tem sido intensa a utilização destes jogadores. Lucho González, por exemplo, só falhou um jogo nos 31 disputados esta época pelo campeão nacional – a fatídica eliminatória da Taça de Portugal com o Atlético Clube de Portugal. Para quem esteve no Mundial e em sofrimento devido a uma lesão, a época já parecia ir longa e não se vislumbram grandes possibilidades de Jesualdo Ferreira poupar o argentino nas próximas partidas."

Autor: EUGÉNIO QUEIRÓS

Publicado por José Carlos Campos às 12:38 PM | Comentários (0)

Simão vs João Pinto...

Onde será que já vi isto?
Parece-me que esta novela não terá um fim muito engraçado! Talvez seja mais um episódio de "Páginas da Vida"...
______________________________________________________________________

Simão até ao fim
ÁGUIAS QUEREM DECLARAR CAPITÃO INTRANSFERÍVEL

Luís Filipe Vieira quer tornar Simão num símbolo do Benfica e está disposto a abrir um regime de excepção para segurar o capitão. Ao que Record apurou, os responsáveis benfiquistas pretendem prorrogar o vínculo contratual do internacional português (expira em 2010) e também aumentar-lhe o respectivo ordenado.

Simão esteve com um pé fora da Luz nos dois defesos anteriores. Primeiro, a transferência para Liverpool chegou a ser dada como certa e no início desta temporada o jogador chegou mesmo a viajar para Valencia onde esteve, na companhia do presidente encarnado, reunido com os dirigentes espanhóis. O camisola 20 benfiquista não chegou a acordo devido a questões financeiras e que se prenderam também com os impostos e regressou a Lisboa com Vieira, que só tinha aceitado negociar por ter dado a palavra ao jogador que não “iria cortar-lhe as pernas”. Nessa mesma altura, o líder do clube da Luz deixou claro a Simão que este não iria arrepender-se de continuar no Benfica e a situação contratual seria revista.

A extrema influência do capitão na equipa – como está à vista esta época e ficou também em todas as outras que vestiu de águia ao peito – leva agora a que os dirigentes encarnados equacionem proporcionar a Simão condições ímpares, pese embora o contrato tenha sido ligeiramente melhorado nos últimos tempos."

Autor: JOÃO RUI RODRIGUES
Data: Segunda-feira, 19 Marco de 2007 - 09:07


Publicado por José Carlos Campos às 12:28 PM | Comentários (0)

março 16, 2007

UEFA: Oitavos de final

Afinal a montanha pariu um rato!
O Benfica diziam uns "ia ser eliminado!", diziam outros "vai dar uma abada aos franceses!". Afinal nem foi uma nem foi a outra!
Com muito sofrimento, mas demonstrando a classe de alguns dos seus jogadores, o Benfica lá conseguiu mostrar quem valia mais.

Quanto ao Sporting... de Braga, é claro, tenho de felicitar Jorge Costa pela belissima réplica que ofereceu à equipa inglesa. O Spurs segue em frente, mas a equipa portuguesa mostrou que tem valor, e que com mais uns ajustes...

Publicado por José Carlos Campos às 04:47 PM | Comentários (0)

Cine-Teatro Neiva: Finalmente...

Enfim! A notícia vem confirmar as obras que já começaram. A recuperação do edifício do Teatro Municipal vai ser cumprida. Espero que a renovação das peças de teatro seja condizente com a renovação do edifício...
______________________________________________________________________
"Mais dinheiro para o Neiva

O cine-teatro Neiva, um dos espaços culturais mais emblemáticos de Vila do Conde, e que vai ser intervencionado, recebeu mais uma comparticipação do Estado de cerca de 500 mil euros. A obra vai estar concluída no Verão de 2008

Dentro de pouco mais de um ano, o Cine-Teatro Neiva vai abrir portas completamente renovado e ampliado no seu interior. O projecto de recuperação está estimado em mais de sete milhões de euros, sendo que 50% é comparticipado através do Plano Operacional da Cultura. Entretanto, a Câmara recebeu mais 480 mil euros através de um contrato-programa que estabeleceu com a Direcção Geral das Autarquias Locais (DGAL) e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN).

Mário Almeida, que a semana passada convocou os jornalistas para falar deste e outros assuntos, referiu que já foi uma "vitória" a cidade ter conseguido que aquele espaço fosse recuperado. Agora, esta verba, vem "reforçar" este apoio. O cine-teatro Neiva, futuro Teatro Municipal, vai ter um auditório com capacidade para 567 lugares, repartidos pela plateia, primeiro e segundo balcão e galerias dispostas no seu prolongamento, sendo promovido de duas salas complementares, uma polivalente e uma experimental, com mais 260 lugares. Estes espaços, segundo o autarca, "vão permitir a realização de conferências, espectáculos de música, teatro e projecções diversas. A obra vai estar concluída no Verão de 2008."
In Póvoa Semanário

Publicado por José Carlos Campos às 10:15 AM | Comentários (0)

março 15, 2007

Cristiano Ronaldo no Real Madrid?

Será desta? O Real continua em busca do contrato com o menino prodígio do futebol português.
Os jornais espanhóis não escrevem sobre outra coisa.
_____________________________________________________________________
"Cristiano Ronaldo, al Real Madrid
El club blanco da por hecho que el portugués del Manchester United vestirá de blanco a partir de la próxima temporada, aunque es consciente de que su fichaje costará una fortuna."
In Marca.com

Publicado por José Carlos Campos às 03:15 PM | Comentários (0)

Situações Surpreendentes

Realmente, acontece cada uma. Então a senhora conseguia ouvir esta música toda? Será que os Download eram mesmo feitos por ela? Não teria nenhum neto?
_____________________________________________________________________

"Uma avó de 66 anos foi condenada por um tribunal francês a pagar 495 euros de indemnização por perdas e danos por ter descarregado cerca de 3.000 músicas da Internet, escreve a Lusa. «Penso que não estamos perante uma delinquente. Assim sendo, sentimos que esta decisão é de puro princípio», afirmou o advogado de defesa, Jean-Louis Pujol, à saída do tribunal.
O procurador requereu no passado dia 2 de Fevereiro uma pena simbólica de «confiscação dos bens», tendo por seu lado Erick Ravinetti, advogado da parte civil, a Sociedade Civil dos Produtores Fonográficos (SCPP), ter pedido dois euros por cada ficheiro descarregado. Dos 2.889 ficheiros, 995 eram propriedade da SCPP."
In Megafone 2

Publicado por José Carlos Campos às 03:04 PM | Comentários (0)

Maconde: últimas notícias

Depois dos Posts que já escrevi aqui, esta á a última notícia que tenho da empresa Maconde. A acreditar nela, pergunto onde está Sócrates agora? Assina protocolos com empresas alemãs e japonesas! Às portuguesas nem sequer faz uma visita... Continuo a perguntar a razão porque quando Sócrates vai ao Norte faz sempre pouco alarido?
______________________________________________________________________

"Maconde em risco
As notícias que têm vindo a público sobre o futuro da Maconde, não podem ser mais desanimadoras para os funcionários. Vislumbra-se o fecho da unidade e, apesar dos esforços da autarquia no sentido de saber o que realmente se passa, não há certezas. Na passada segunda-feira, entrou em funções uma nova administradora. Espera-se é que assuma, de vez, o que vai acontecer a uma das unidades mais importantes de Vila do Conde. São mais de 300 pessoas que estão em causa e a Maconde, e os seus trabalhadores, mereciam mais uma oportunidade." In Póvoa Semanário

Publicado por José Carlos Campos às 09:39 AM | Comentários (4)

março 14, 2007

Sporting Clube de Braga

Eu sei que não são aos adeptos que assistem aos jogos que ganham ao adversário. Mas que ajudam, ajudam!
Em primeiro lugar as receitas das assistências são consideráveis para os orçamentos dos clubes, depois o apoio que os adeptos dão nas bancadas pode ser considerado uma fonte de energia e de dedicação que pode impulsionar os atletas de forma a estes superarem as suas limitações e ambições.
E sei disso não só por experiência no lugar de alguém que desempenha as funções de um atleta como também na experiência de adepto!
E nesta última situação posso lembra o célebre jogo SLBenfica 2; Manchester United 1 da época 2005/2006. Pois nesse jogo assisti 'in locu' a uma exibição estrondosa da claque No Name Boys perante o golo do Manchester marcado logo ao iniciar da partida. Pois bem, todo o estádio ficou estarrecido e cabisbaixo perante tal golo consentido, de forma diria que infantil. O público, por volta de 60 mil adeptos, na sua maioria benfiquistas, ficou atordoado e mudo. Isto durante por volta de 2 a 3 minutos, que pareceram mais de 30. Pois dá-se então o exaltar das hostes desta claque (ou ultra, como queiram chamar), e levantam-se os cânticos pelo nome deste clube. Em pprogressivo alento, tanto a assistência como os atletas deslumbraram-se para uma grande exibição e para um bom resultado!
Este episódio vem a propósito do clube Bracarense: Sporting Clube de Braga. Este clube que já está marcadamente inscrito no historial das competições quer nacionais quer internacionais, encontra-se numa crise de adeptos, esmo obtendo bons resultados!
Não entendendo esta situação, e se calhar com base em observações relacionadas com os acontecimentos recentes de outros clubes (veja-se o SLB que tornou-se o clube com maior número de sócios do mundo), o presidente deste clube exasperou-se perante a impressa e disse algumas afirmações que poderão não ter o efeito por ele desejado. Os grandes clubes não se fazem à custa de melindrar os adeptos! Antes pelo contrário, têm que dar-lhes algo primeiro para depois poder "colher o fruto"!
Sem estar aqui preocupado com dar soluções, este tipo de situação normalmente é resolvido com um bom departamento de Imagem e Marketing, que pelos vistos o senhor presidente do SCBraga deve fazer questão de desempenhar o lugar desse departamento, sem muito jeito para tal.
Em forma de conclusão, alguém deve explicar aos dirigentes (não só de clubes, mas também de empresas)que os adeptos/consumidores não reagem de forma positiva a ameaças! E, não é necessário reinventar a roda! Existem profissionais que conseguem criar imagens consistentes e com mérito condizente com o produto que querem oferecer! Portanto, há que aproveitar esse caminho, já criado, para solidificar o património que dirigem...

Publicado por José Carlos Campos às 06:03 PM | Comentários (0)

Internacionais: são sempre Benvindos....

Este Post serve para simplesmente informar que todos os cidadãos do Mundo são muito Benvindos a Portugal e especialmente a este Blog.
Se quiserem saber alguma novidade aqui deste nobre país não tenham problemas em perguntar. Pode mesmo ser através dos vossos comentários. Eu próprio darei-vos as novidades que pretenderem saber.
Cidadãos de países como:
- Brasil
- Espanha
- França
- Inglaterra
- Roménia
- Irlanda
- Escócia
- Bulgária
- Rússia
- China
- Japão
- Alemanha
- Holanda
- Angola
- Moçambique
- Cabo Verde
- Guiné
- México
- Cuba
- etc

Podem perguntar na língua que bem entenderem e conseguirem escrever que eu posteriormente responderei.

Publicado por José Carlos Campos às 04:42 PM | Comentários (0)

Acidentes nas estradas...

Uma das primeiras medidas de poupança deste governo de Sócrates, foi cortar financiamento à associação de prevenção rodoviária. Parte desse financiamento servia para suportar a campanhã de sensibilização dos condutores com imagens chocantes colocadas em outdoors junto das bermas das estradas! Pois, bem! Acredito serenamente que não foi com intenção, mas a verdade é que esta campanha estava a ter repercursões bastante consideráveis, no entanto como terminou os acidentes muito graves estão novamente em alta. Veja-se a seguinte notícia:
_____________________________________________________________________

382 acidentes e cinco mortos num só dia
2007/03/13 | 13:31

As infracções mais comuns continuam a ser a falta de cinto de segurança e o excesso de velocidade

Cinco mortos, oito feridos graves e 61 ligeiros é o resultado de 382 acidentes rodoviários ocorridos em Portugal no dia de ontem, segunda-feira e registados pela PSP e a GNR.

Segundo a Lusa conseguiu saber, durante o dia de ontem, a GNR fiscalizou 1.634 condutores, sendo que nove ficaram detidos por conduzirem com uma taxa de álcool superior a 1,2 grama por litro de sangue.

Nas suas áreas de operação, a GNR registou 196 acidentes rodoviários, que fizeram cinco mortos, seis feridos graves e 43 feridos ligeiros.

A GNR levantou ainda 868 autos, sendo 418 graves e 62 muito graves, as causas mais comuns são a falta de cinto de segurança e o excesso de velocidade.

A PSP registou através dos 20 comandos distribuídos pelo país, um total de 186 acidentes, sendo a área metropolitana de Lisboa a que registou o maior número (62) dos quais resultaram um ferido grave e quatro ligeiros.

Os valores globais de vítimas de 1 de Janeiro até 11 de Março do corrente ano são de 151 mortos, 483 feridos graves e 6.973 feridos ligeiros nas estradas portuguesas em acidentes rodoviários.
______________________________________________________________________

PS: Acredito que a campanha que terminou tinha maior efeito sobre os condutores do que qualquer acção policial que se desencadeia a partir daqui!

Publicado por José Carlos Campos às 11:11 AM | Comentários (0)

Carolina vs Mourinho

Porque será que não fico admirado do respeito mutuo entre ambos!
Será que é ele que está a financiar a história de Carolina?
Ainda muita água vai correr neste rio:
___________________________________________________________________

"Reacção - Carolina e as declarações do ‘Special One’
Mourinho comportou-se como um gentleman

Exclusivo. Numa extensa entrevista ontem publicada, Mourinho abordou o relacionamento, 'pautado pelo respeito', que manteve com Carolina durante a passagem pelo FC Porto "A constatação de uma evidência”. Foi assim, sem aparente espanto e com toda a naturalidade, que Carolina Salgado reagiu à forma como José Mourinho, em entrevista exclusiva, ontem publicada no Correio Sport, abordou de forma sintética o relacionamento que com ela manteve durante o período de glória que passou no FC Porto.

“Tratei sempre Carolina como a senhora Pinto da Costa”, disse o ‘Special One’. Carolina, confrontada pelo CM com o teor da declaração proveniente de Londres, mais não fez do que confirmar a veracidade das palavras proferidas pelo treinador do Chelsea. “É verdade que sempre houve respeito. José Mourinho, mesmo nos momentos mais conturbados da sua passagem pelo FC Porto, comportou-se sempre como um gentleman”, revelou a ex-companheira de Pinto da Costa, escusando-se a fazer outras considerações.

"GANHA-SE, GOSTE-SE OU NÃO"

Ainda assim, Carolina Salgado não deixou passar a oportunidade para salientar aquela que será, porventura, a principal característica do técnico que juntou uma Taça UEFA e uma Liga dos Campeões, em anos consecutivos, na sala de troféus do FC Porto. “Comprovou no Chelsea, diga-se o que se disser, que é um vencedor. Goste-se ou não do seu estilo, ninguém terá dúvidas da sua qualidade enquanto treinador de futebol. Ganha muitas vezes”, recordou.

Noutro âmbito, e embora se tenha refugiado no sigilo decorrente da investigação em curso, referente ao processo ‘Apito Dourado’, é certo que Carolina Salgado tem seguido com especial interesse e atenção o resultado das últimas inquirições.

Depois de ao CM ter considerado “normal” o facto de nomes como os de Valentim Loureiro ou Pinto de Sousa, entre outros, terem de prestar contas em tribunal, Carolina aguarda novos desenvolvimentos. É que a investigação segue a todo o gás. "

Publicado por José Carlos Campos às 10:48 AM | Comentários (3)

Urgências vs Saúde Privada (porque será que ainda pago impostos?)

As medidas de poupança na "máquina" do estado são louváveis... agora quero perceber porque tenho de continuar a pagar impostos e segurança social?
______________________________________________________________________


"Abrem clínicas privadas onde fecham hospitais públicos

Grupos privados do sector da saúde e Misericórdias preparam-se para abrir clínicas

O encerramento de alguns hospitais e urgências está a abrir caminho à iniciativa privada. Os grupos privados do sector da saúde e algumas Misericórdias preparam-se para abrir clínicas onde o Estado está a encerrar unidades de atendimento. O Ministério da Saúde prefere não comentar as intenções privadas e das Misericórdias.

A política do Governo de encerrar unidades públicas de saúde abre o caminho aos investimentos privados e da rede social.

Na Mealhada, a Misericórdia local inaugurou recentemente o serviço de urgências, assim como aconteceu em Vila do Conde, onde o Ministério da Saúde prevê o fecho das urgências. Espinho também vai ficar sem serviço de urgência, mas a Misericórdia apresentou já ao Governo uma proposta para gerir o hospital e o centro de saúde.

As Misericórdias, que sempre se assumiram como substitutas e complementares do Estado, dizem-se dispostas a investir não apenas nos locais lucrativos, mas sim de sustentabilidade.

Mas a saúde é cada vez mais um bom negócio para os privados. O grupo BES Saúde, detentor dos privados da Hospor, quer aproveitar a lacuna deixada pelo Estado nos concelhos do Vale do Minho. Em Mirandela, o grupo privado de saúde pretende abrir, em Janeiro de 2009, o Hospital da Terra Quente.

O grupo Mello vai avançar com uma clínica em Torres Vedras, cidade em que o hospital está sobrecarregado com o encerramento das urgências de Peniche. Neste caso o investimento é anterior à decisão da reestruturação dos serviços.
So governo que prefere não comentar as intenções privadas e da misericórdia."

Publicado por José Carlos Campos às 10:22 AM | Comentários (0)

Maconde: já falei aqui sobre...

Leia-se o artigo agora publicado por Luísa Bessa no Jornal de Negócios:
______________________________________________________________________

"O passado, o presente e o futuro

Estranho país o nosso, cuja economia cresceu modestamente em 2006, mas cujos cinco maiores bancos lucraram 2,7 mil milhões de euros e cujas sete maiores empresas, entre as quais dois dos anteriores, quatro mil milhões de euros. A edição de hoje do Jornal de Negócios revela-lhe três histórias com que se faz Portugal.
A Maconde, que foi fundada em 1969 em Vila do Conde por um grupo holandês de nome Macintosh, que deu notícia no princípio dos anos 90 quando os quadros protagonizaram à época o maior MBO em Portugal (13,5 milhões a números de 1993) e que chegou a ser uma das grandes empresas têxteis portuguesas, sofre novo volte face. Em 2005, os sócios contrataram Mário Pais de Sousa (ex-Bosch e ex-Vista Alegre) para reestruturar o grupo. Menos de dois anos passados, a reestruturação industrial está feita (cinco fábricas reduziram-se a uma unidade em Vila do Conde e outra em Marrocos), os postos de trabalho ficaram em metade e as marcas comerciais Macmoda e Tribo foram alienadas. Quando se esperava o passo seguinte da estratégia, o gestor é substituído por Maria Cândida Morais (ex-Barbosa & Almeida e ex-Lusomundo). Parece que a Maconde anda à deriva, pelo menos desde que a saída de Joaquim Cardoso (entretanto falecido), e não se percebe se quer ser um grupo industrial, uma empresa comercial ou até de marcas topo de gama, como foram as experiências falhadas com as insígnias Oxford, Alto e Nuno Gama. Maria Càndida Morais, que é uma gestora experiente, não vai ter pela frente vida fácil.

A Autoeuropa marcou outra fase do investimento estrangeiro e, menos de dez anos sobre a sua instalação em Setúbal, o futuro esteve sombrio. Entretanto, recuperou posição competitiva em termos de custos entre as fábricas do grupo, para o que contribuíram dois acordos laborais considerados históricos, que criaram um banco do tempo e flexibilizaram as condições de remuneração do trabalho extraordinário. Com as novas condições, a Autoeuropa já está a produzir o Eos e arranca em breve um outro modelo, que, no entanto, não garantem a capacidade instalada para além de 2010. As boas notícias chegaram ontem, com a garantia de mais 500 milhões de euros de investimento, que permitirão à fábrica a produção de dois novos modelos, entre os quais o sucessor do Sharan, e a criação de 600 empregos.

O que é bom para Palmela é bom para Portugal.

Num Norte ainda demasiado dependente do sector têxtil e do calçado, a quem nunca coube um investimento estruturante com a dimensão da Autoeuropa nos anos 90, as boas notícias parecem escassas ou não aparecem nos jornais. Enquanto as empresas mais antigas enfrentam os desafios do mundo global e os empresários tradicionais tentam sobreviver, há uma nova realidade a fervilhar, sobretudo à volta das universidades, com investigadores que desafiam a lógica do emprego seguro para a vida e decidem arriscar. Um exemplo vem de investigadores do Departamento de Física da Universidade do Minho, com um projecto de "spin-off" para produzir novos materiais para componentes electrónicos, que ganhou um concurso de ideias para criação de novas empresas e vai ter direito a um ano de incubação. O ambiente científico da Universidade do Minho já deu provas de promover o empreendedorismo, em projectos bem sucedidos como a Primavera Software, a MobiComp ou alguns quadros que estiveram na origem da Enabler. Ainda mal se dá por eles mas há mais projectos a dar os primeiros passos, seja nas iniciativas da Cotec ou das próprias universidades.

É como se fosse o passado, o presente e o futuro de Portugal."

Publicado por José Carlos Campos às 10:18 AM | Comentários (0)

março 13, 2007

Ronaldo chegou, o circo começou?

O brasileiro Ronaldo não deixou saudades ao pessoal do Inter de Milão. O seu regresso a Itália, para representar o AC Milan, após ter sido escorraçado de Madrid, foi por isso devidamente saudado pela Curva Nord de San Siro com mensagens a condizer. Ainda por cima, o momento desportivo dos "nerrazurri" é incomparavelmente superior, tendo o "scudetto" praticamente conquistado. O Inter ganhou o dérbi ao AC Milan (2-1). Isto apesar do próprio Ronaldo ter aberto o activo para os "rossoneri". No entanto, os golos de Júlio Cruz e Ibrahimovic pesaram mais nas contas finais.


As faixas exibidas tinham escrito:

"O palhaço chegou, o circo está completo"

"Um homem de merda é um homem do Milan; Ronaldo como Vieri; Todos os poios acabam na sanita"

Portanto, mesmo tendo sido durante algum tempo admirado lá para as bandas da equipa nerrazurri, quando se chega ao principal rival, não há forma de escapar ao insulto!

Publicado por José Carlos Campos às 02:43 PM | Comentários (0)

Não é só em Portugal...

Os confrontos entre adeptos do desporto e forças policiais não ocorrem só em Portugal. Veja-se o exemplo de França, em que o adepto parisiense foi morto por um polícia.
Note-se ainda, que no jogo entre PSG e SL Benfica a claque Diabos Vermelhos apresentou uma faixa onde demonstrou as suas condolências pela ocorrência:

"Os Diabos Vermelhos mostraram sensibilidade em relação aos problemas que as Curvas parisienses atravessam, nomeadamente em virtude dos incidentes que culminaram com o trágico falecimento do Ultra Julien Quemener, abatido por um polícia francês. "La couleur n'a pas de couleur... repose en paix, Julien", foi a mensagem exibida pela claque encarnada"

Publicado por José Carlos Campos às 02:32 PM | Comentários (0)

Apareceu a menina desaparecida em Penafiel

Os médicos especialistas afirmam que esta experiência não deixará marcas nesta criança!
Espero que não e que ela possa ter uma vida bastante feliz!
______________________________________________________________________
Desaparecida há um ano
Mãe falsa confessa rapto de Penafiel

A menina desaparecida a 17 de Fevereiro do ano passado foi encontrada esta segunda-feira. A menina tinha sido raptada do Hospital Padre Américo, em Penafiel. A mulher suspeita do rapto já confessou o crime.

A falsa mãe esteve a prestar declarações na Polícia Judiciária (PJ) durante esta tarde, onde terá dito que o crime foi cometido para manter a relação com o actual companheiro. Amanhã será presente a juiz, que decreterá qual a medida de coacção.

O companheiro e a sua irmã denunciaram a mulher, com cerca de 35 anos de idade. As suspeitas surgiram devido ao registo da criança. O casal possui três filhos de anteriores relações - dois do companheiro e um da mulher .

A menina, agora com um ano de idade, foi encontrada numa casa em Valongo e foi entregue a uma instituição da Segurança Social, até que se confirme a sua identidade, depois dos testes de ADN realizados pela bebé e pelos pais biológicos, que ainda não terão visto a criança.

Publicado por José Carlos Campos às 02:15 PM | Comentários (0)

Papa mantém celibato de padres

Ora, cá estão algumas razões porque a religião Católica está cada vez mais em declínio.
______________________________________________________________________

Vaticano não aceita alteração
Papa mantém celibato de padres


O Papa Bento XVI recusou esta terça-feira qualquer alteração no seio da Igreja Católica em relação ao celibato dos padres, declarando que continua a ser de carácter obrigatório.

A tomada de posição é dada a conhecer num texto doutrinal assinado por Bento XVI e divulgado hoje no Vaticano, que constitui a primeira exortação apostólica do seu pontificado.

No texto doutrinal o Papa reafirma também que os católicos divorciados que voltem a casar estão proibidos de comungar, a não ser que se comprometam a viver com o novo cônjuge "como amigo, irmão ou irmã".

Bento XVI envia também uma advertência aos políticos e legisladores católicos, para que se abstenham de votar leis favoráveis ao aborto, à eutanásia ou às uniões homossexuais.

Publicado por José Carlos Campos às 02:12 PM | Comentários (1)

Há coisas macabras

Homem apareceu morto em Vila do Conde

Um homem de 45 anos apareceu morto, esta manhã (12 de Março), em Vila do Conde, num terreno baldio junto ao Modelo.

José Zacarias era casado, tinha três filhos, morava no bairro social localizado na Praceta da Paz e terá sido descoberto por uma funcionária da autarquia que procedia à limpeza das ruas.

A vítima estava pendurada numa árvore, sendo que, de início se pensou que se teria enforcado, mas o facto de ter uma das mãos supostamente atadas, colocou a possibilidade de homicídio.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local e está a proceder à investigação.

Publicado por José Carlos Campos às 10:37 AM | Comentários (1)

março 12, 2007

Lição...

De que lado está? Do pai ou da filha?
______________________________________________________________________

Um pai entrou no quarto da sua filha e encontrou uma carta sobre a cama que dizia o seguinte:

"Queridos pais,
com muita pena vos digo que fugi com o meu noivo, encontrei o amor da minha vida. Estou absolutamente fascinada com os seu piercings, cicatrizes e tatuagens. Mas não é só, estou grávida de gémeos. Aprendi
também que a Marijuana e a Cocaína não fazem mal a ninguém. Sé rezo que a Ciência encontre a cura da Sida, o Joaquim merece. Não se preocupem com o dinheiro, o Joaquim conseguiu que entrasse em filmes com outros amigos, posso ganhar EUR 50,00 á Hora, se for com mais de três homens são EUR 200,00 e se entrar o Pastor Alemão do Joaquim são EUR 300,00.
Não te preocupes mãe. Já tenho 15 anos e sei cuidar de mim
mesma...

Com muito carinho, a vossa querida filha.

Ps : Pai, é uma brincadeira, estou a ver televisão na casa da vizinha, só queria mostra-te que ha coisas piores na vida que as minhas notas"

Resposta de pai:

"Dei a carta a ler à tua mãe, teve um AVC e foi internada de urgência, está entre a vida e a morte. Por causa disso e a conselho dos advogados foste retirada do testamento. Todas as coisas do teu quarto foram doadas e também mudamos a fechadura da nossa casa. Não tentes fazer pagamentos por multibanco, porque a Conta foi cancelada. Demos também baixa do teu telemóvel. Demos também a tua colecção de CDs ao anormal do 5º andar.
Podes começar também a pensar em trabalhar, com a tua idade e com esse
corpinho estou certo que trabalho não vai faltar, apesar da concorrência das brasileiras.
Enfim, espero que sejas muito feliz na tua nova vida

PS : Filha querida , claro que é tudo uma brincadeira, a tua mãe está aqui comigo a ver a novela.
Só queríamos mostrar-te que ha coisa bem piores que passares as
próximas 3 semanas sem sair de casa, sem ir á Internet e sem ver televisão por causa das tuas notas e da tua brincadeira."

Publicado por José Carlos Campos às 06:07 PM | Comentários (0)

Futebol: Fonte de novas proezas

Inventam cada coisa:

CHINELO:

O objecto da discórdia é um chinelo. Decorria o clássico do campeonato paulista entre o Santos e o São Paulo quando um adepto santista atirou a peça de calçado na direcção do guarda-redes do São Paulo, Rogério Ceni. O responsável foi detido, o árbitro entregou o objecto a um dos auxiliares e o Santos corre agora o risco de ver o campo interditado e de se sofrer mais sanções. A partida terminou empatada a uma bola, resultado que garante a liderança à equipa de Vanderlei Luxemburgo, que soma 32 pontos, mais um que o São Paulo, segundo classificado.

Publicado por José Carlos Campos às 05:58 PM | Comentários (3)

Desculpas à parte, vejam a diferença pelo Metro não ser de Lisboa

"Metro do Porto em risco de parar

A operação do metro do Porto nas cinco linhas que estão em funcionamento corre o risco de ser suspensa se não forem resolvidos, com urgência, os problemas de financiamento do projecto. O alerta é da própria Empresa do Metro, que reitera a necessidade de reforço do investimento a fundo perdido e do estabelecimento de um regime para a atribuição de indemnizações compensatórias adequadas ao serviço, por parte do Estado. Caso estas questões continuem sem resposta da Administração Central , a empresa arrisca-se a esgotar a capacidade de endividamento, o que obrigaria à suspensão da circulação dos veículos, que servem 160 mil passageiros por dia.

A proposta apresentada pelo Ministério das Obras Públicas e dos Transportes à Junta Metropolitana do Porto para a concretização da segunda fase da rede não faz referência às duas questões que mais preocupam os responsáveis da empresa e para as quais defendem um tratamento urgente e específico. "O Metro é, hoje, um projecto insustentável", tinha já alertado, em Dezembro, o presidente da Comissão Executiva da empresa, Oliveira Marques. O défice avoluma-se. No início da construção da rede, o apoio do Estado a fundo perdido rondava os 42% do total do investimento (1,07 milhões de euros). Com o alargamento da primeira fase - destaque para a duplicação da Linha da Póvoa e do primeiro troço da Linha da Trofa, a extensão ao Dragão e a linha do aeroporto - os custos dispararam para os 2,37 mil milhões, fazendo cair o apoio a fundo perdido para cerca de 22%.

Por outro lado, continua sem ser estabelecido um contrato que defina as indemnizações compensatórias a receber pela Metro, referentes ao serviço público prestado. Resultado no primeiro ano de exploração (2003), a empresa não recebeu qualquer verba e, de 2004 a 2006, conforme sustenta o Relatório e Contas deste ano, só teve direito a "valores pouco mais do que simbólicos". Em 2006, por exemplo, a Metro do Porto recebeu 2,4 milhões, 11% da soma atribuída ao Metro de Lisboa (22,7 milhões).

O escasso apoio financeiro do Estado obrigou a Metro do Porto, no ano passado, a recorrer à banca para pagar a empreitada. O financiamento estruturado apenas assegurava 21,5% dos 301,5 milhões investidos em 2006.

Junta pediu análise

A Junta Metropolitana pediu à Comissão Executiva da Metro para analisar a propostas dos ministérios das Obras Públicas e das Finanças para a segunda fase. A análise servirá de base à contra-proposta que será aprovada pelos autarcas antes do final do mês.

O JN apurou que a empresa sugere que deve ser aceite a posição maioritária do Governo no capital social, salvaguardando para a Junta uma participação accionista de pelo menos 33% (a Administração Central quer deter 75% do capital social, reservando 25% para as câmaras). Mas aponta, ao contrário do que pretende o Governo, para a manutenção de um Conselho de Administração com sete elementos, embora atribuindo ao Estado o direito de nomear o presidente (ver infográfico). A Metro defende que as alterações ao modelo da empresa não devem ser adiadas para Janeiro de 2008, como é proposto pelo Governo (o mandato actual dos administradores termina a 31 de Dezembro), para evitar que se perpetue uma gestão precária.

O mesmo sucede quanto a novos investimentos. Seja qual for o modelo da futura concessão, a empresa sustenta que pode avançar-se com obras antes de 2009. Já o Governo prevê realizar novas empreitadas no segundo semestre de 2009, seguindo um modelo de parceria público-privada, à qual se atribuiria a construção e a exploração da segunda fase e a exploração das linhas existentes. O contrato teria uma duração entre 10 e 15 anos.

Contactado pelo JN, o Ministério das Obras Públicas não quis comentar."

Publicado por José Carlos Campos às 02:32 PM | Comentários (0)

Despesa pública regista primeira queda em 11 anos

Esta notícia não deixa de ter a sua piada, uma vez que em 1995 foi a tomada de posse do Governo de Guterres!
______________________________________________________________________

Dados relativos a 2006
Despesa pública regista primeira queda em 11 anos

Lisboa - A despesa pública registou em 2006 a primeira contracção desde, pelo menos, 1995, data dos primeiros registos disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), noticia esta segunda-feira a edição do «Jornal de Negócios».

Os gastos do Estado atingiram os 26,23 mil milhões de euros, o que representa um corte de 0,3% face aos 26,31 mil milhões observados em 2005 em termos de volume agregado em cadeia.

«A contracção da despesa pública é um desenvolvimento muito positivo, embora tenha um impacto negativo no Produto Interno Bruto», avançou ainda o economista-chefe do Santander.

O consumo das famílias também registou um abrandamento no ritmo de crescimento, ao subir 1,1%, o nível mais baixo desde 2002, a reflectir não o elevado nível de endividamento como também do aumento do desemprego.

(c) PNN Portuguese News Network

Publicado por José Carlos Campos às 11:30 AM | Comentários (0)

Do que Mantorras é capaz!

Vejam bem a importância do Benfica e de Mantorras em Angola! As leis até mudam de um dia para o outro! Já escrevi aqui sobre este assunto anteriormente. Acrescento apenas que Portugal criou a lei apenas porque Angola não aderiu ao Tratado de Viena, que rege as normas de circulação do trânsito!

______________________________________________________________________

"Caça à carta portuguesa em Luanda
As autoridades angolanas executaram, ontem, numa acção sem precedentes, uma megaoperação de fiscalização intensiva de cartas de condução estrangeiras junto de todas as fronteiras de acesso à província de Luanda. Várias centenas de portugueses foram alvo da acção policial, acabando, quase na totalidade, na Polícia de Luanda, para onde foram encaminhados.

A decisão tomada pelo Ministério angolano da Administração Interna é entendida, de acordo com alguns cidadãos da comunidade portuguesa, contactados pelo JN, como uma "retaliação administrativa" relativa ao "caso" Mantorras. Segundo as mesmas fontes, o mais "revoltante" é que os portadores de cartas de condução de outras nacionalidades não foram fiscalizados.

Segundo a Televisão Pública de Angola (TPA), os portugueses estão "impedidos de conduzir em Angola, à semelhança do que acontece com os angolanos em Portugal". Por isso, "ao abrigo da reciprocidade", diz a TPA, "todos os portugueses autuados em Angola a conduzir e que detenham carta de condução portuguesa serão detidos e multados".

Um dos portugueses alvo desta acção, que pediu o anonimato com receio de represálias, foi encaminhado desde Kuanza Norte até Luanda num "comboio" de automóveis, mantendo-se na Polícia da capital entre as 9 e as 17 horas. Se hoje, às 8 horas, os portugueses não comparecerem no posto de Luanda da Brigada Especial de Trânsito, serão acusados do "crime de desobediência civil".

A situação precipitou-se no passado dia 5, quando o futebolista Pedro Mantorras foi mandado parar pela PSP e acabou por passar toda a manhã no tribunal do Seixal, por ter sido apanhado a conduzir com uma carta angolana, inválida em Portugal desde o passado dia 1 de Janeiro."

José Vinha e Paulo F. Silva

Publicado por José Carlos Campos às 11:25 AM | Comentários (0)

março 09, 2007





Publicado por José Carlos Campos às 07:21 PM | Comentários (0)

BACALHAU À CONDE

BACALHAU À CONDE
INGREDIENTES:

400g de bacalhau
600g de batatas
200g de cebolas
3 dentes de alho
100g de margarina
2.5dl de natas
2 colheres de sopa de queijo ralado
sal e pimenta

PREPARAÇÃO:

Coza em água o bacalhau já demolhado. Retire-lhe as peles e as espinhas e faça-o em lascas. Coza as batatas em água temperada com sal, escorra e reduza a purê. Pique finamente as cebolas e os dentes de alho e leve ao lume com 100g de margarina. Deixe cozer sem ganhar cor. Junte o bacalhau. Deixe cozer um pouco. Depois reduza-o a purê numa máquina de cozinha ou num almofariz. Junte o purê de batata e bata tudo com uma colher de pau. Adicione 2.5dl de natas e temperar com sal e pimenta. Deite o preparado num tabuleiro untado com margarina. Polvilhe com 2 colheres de sopa de queijo ralado e leve a gratinar em forno bem quente (225ºC) até alourar a superfície.

Publicado por José Carlos Campos às 06:59 PM | Comentários (0)

DUI Laws
DUI Laws

Publicado por José Carlos Campos às 06:41 PM | Comentários (0)

Mulheres versus homens

Importante: Não refere quem tem mais amigos...
____________________________________________________________________

"Amizade entre mulheres dura mais
2007/03/08 | 18:24

Homens costumam basear as amizades no acto de beber socialmente

As mulheres costumam estabelecer amizades mais profundas e duradouras, de acordo com um estudo da Universidade de Manchester, no Reino Unido, citado pela BBC.

O estudo analisou dados de dez mil pessoas que participaram no British Household Panel Survey, um censo residencial que analisa mudanças sociais e económicas de indivíduos na Grã-Bretanha.

A pesquisa foi baseada em informações recolhidas entre 1992 e 2002, as mulheres tendem a manter os mesmos amigos ao longo da vida.

Já os homens costumam basear as amizades no acto de beber socialmente e pensam mais nos benefícios que podem tirar dos seus relacionamentos.

Segundo o coordenador da pesquisa, Gindo Tampubolon, os dados sobre a amizade feminina são duplamente significativos, pois as pessoas tendem a socializar com o mesmo sexo.

A investigação revelou que apenas 25 por cento das pessoas têm melhores amigos do sexo oposto.

«A amizade entre mulheres parece ser fundamentalmente diferente da amizade entre homens. É muito mais profunda e mais moral: é sobre a relação em si em vez de ser sobre o que se pode tirar da relação», explica o responsável pela investigação.

Segundo o estudo, as mulheres tendem a manter as amizades, apesar de mudanças geográficas ou sociais.

A pesquisa mostrou também que a classe média geralmente tem amigos de diferentes condições sociais, enquanto a classe trabalhadora costuma relacionar-se com pessoas do mesmo círculo.

«As descobertas reflectem a nossa visão de que a amizade não é uma escolha. Temos contacto com amigos, família, vizinhos e colegas de trabalho, que conseguimos ou não transformar em amizades», explica Tampubolon."

Publicado por José Carlos Campos às 03:08 PM | Comentários (0)

Como perder 200 quilos...

"Homem perdeu 200 quilos
2007/03/08 | 08:45

Chegou a pesar 540 quilos. Festejou perda de peso com champanhe

O mexicano Manuel Uribe, que chegou a pesar 540 quilogramas, deixou quarta-feira o quarto, em que esteve prostrado durante cinco anos, para festejar, com champanhe, a perda de 200 quilos.

Uribe, de 41 anos, é considerado pela ciência médica um caso anormal, pois, apesar de sofrer de obesidade mórbida, goza de boa saúde, com níveis quase normais de colesterol e açúcar no sangue.

Quarta-feira à tarde, a sua cama foi colocada num reboque e, com a ajuda de um monta-cargas, Uribe deixou a sua casa e deu um passeio pelas ruas do bairro.

Ele celebrou a perda de 205 quilos, no último ano, tendo à cabeceira os seus médicos, os familiares e a noiva. A cama estava coberta com uma colcha onde se lia: «Se eu consegui, tu também consegues».

«Estou a perder peso todos os dias. O meu sonho é voltar a pôr-me de pé e caminhar», disse Uribe aos jornalistas, adiantando que cumpre rigorosamente a dieta que uma equipa de médicos mexicanos, italianos e espanhóis, lhe receitou."

Publicado por José Carlos Campos às 02:54 PM | Comentários (0)

PSG - 2 ; SLB - 1

O meu primeiro comentário acerca deste jogo vai para Fernando Santos e o central Anderson: os senhores são muito fraquinhos!

a minha função não é ser treinador! Muito menos ganho o que estes dois senhores ganham! No entanto vê-se perfeitamete que neste jogo estiveram os dois muito mal! Senão veja-se:

Incluido no Onze inicial: Derlei! Continua o SLB a ir buscar as velhas glórias que faziam anti-jogo no fcp! É óbvio que não serve para o SLB! Basta reparar no número de faltas que este senhor faz!

Sustituição de Luisão: até concordo que entre Dadvid Luís, o que não consigo admitir é que esta hipotese nunca tivesse sido colocada! De tal forma, que não sabiam qual os lugares a ocuparem! Quem jogava descaído para a esquerda? Anderson que é dextro ou David Luís que é canhoto? Dificil a solução para esta questão! Não, não é só o facto de ter que responder a esta questão que é relevante, relevante é a condição em que esta questão surge! Durante o jogo! Porque não durante os treinos? E veja-se antes de David Luís entrar em jogo o que Anderson fazia. Pura e simplesmente atirava a bola para fora pela linha lateral! E não era para afastar o jogo da baliza! Era para livrar-se da bola, pois nem sequer tentava chutar para longe!
Depois Fernando Santos, não contente por não ter conseguido preparar os centrais para jogarem juntos! Esta hipotese nunca se colocou visto Luisão estar numa forma de super-homem antes do jogo (lesionado à cerca de 2 semanas!)! Não conseguiu vislumbrar que o lado direito da defesa do Benfica esta exposto! Pois os avançados do PSG sempre tentaram entrar por esse lado (veja-se o golo de Pauleta). Mas não, entra um central com falta de rotina de jogo e não se reforça com os trincos a apoiarem!

Penso que é para esquecer isto! Concerteza nas escolas de treinadores hão-de usar o vídeo deste jogo para demosntrações de como não fazer...

Importa, ainda, referir que nos dois lances de golo Anderson está no no seu verdadeiro nível! Primeiro vai em apoio de Nélson e é "comido" por Pauleta (que nunca foi grande espingarda)! Depois não consegue cortar de cabeça o lance do segundo golo!

FORÇA DAVID LUIS!!!!!

Publicado por José Carlos Campos às 01:52 PM | Comentários (0)

Esta, eu, não podia deixar passar sem assinalar

O PSD quer tudo! Então se a autarquia está falida é óbvio que
não pode haver sala para dar conferências de imprensa.. daaah!
______________________________________________________________________

"Coligação PSD/PP em Vila do Conde promete desmascarar Mário Almeida

Os vereadores do PSD e do CDS-PP reafirmaram esta tarde (8 de Março), em conferência de imprensa, que Mário Almeida “não está a dizer a verdade aos vila-condenses, encobrindo a decisão do governo de encerrar o serviço de urgência” do hospital local.

Pedro Brás Marques, líder concelhio do PSD, foi o porta-voz da coligação de centro/direita tendo deixado a garantia aos jornalistas de que “essa mentira do presidente da Câmara Municipal será em breve denunciada a toda a população”, estando em marcha algumas iniciativas que serão abertas à participação das restantes forças políticas.

Também o processo de construção do novo hospital inter-concelhio mereceu o reparo de social-democratas e populares. Para Pedro Brás Marques “o governo continua a não considerar prioritária essa unidade de saúde” que, especificou, “até poderia avançar se a autarquia não estivesse falida”.

Nota ainda para o facto desta conferência de imprensa ter sido realizada ao relento – em frente ao edifício dos paços do concelho – “porque o presidente da autarquia não disponibilizou qualquer sala” aos vereadores da oposição “alegando que todos os gabinetes estavam ocupados pelos serviços da autarquia”, justificou Pedro Brás Marques, considerando essa atitude como “mais uma prova da falta de cultura democrática de Mário Almeida”."

Miguel Pinto

Publicado por José Carlos Campos às 10:55 AM | Comentários (0)

março 08, 2007

Salários: Sporting Clube de Portugal

Reparem bem no salário do Liedson... e agora reparem no saláiro do Nani!
______________________________________________________________________

MEGALupa: A tabela salarial dos craques do Sporting

Liedson (110 mil euros), Ricardo (75 mil), Carlos Bueno (73 mil) formam o trio mais bem pago do plantel do Sporting.
Segundo uma tabela ontem revelada pelo site Sportugal, o "Levezinho" é o único futebolista que ultrapassa o tecto
salarial estabelecido em 75 mil euros, sendo que aos 110 mil que aufere é necessário subtrair os descontos para a
Segurança Social e IRS, embora numa percentagem inferior por se tratar de uma actividade de desgaste rápido.

TABELA SALARIAL
Liedson: 110 mil euros
Ricardo: 75 mil euros
Bueno: 73 mil euros
Caneira: 68 mil euros
Romagnoli: 66 mil euros
Polga: 54 mil euros
Paredes: 54 mil euros
Alecsandro: 52 mil euros
Farnerud: 44 mil euros
J. Moutinho: 32 mil euros
Pinilla: 30 mil euros
C. Martins: 30 mil euros
Abel: 30 mil euros
Custódio: 26 mil euros
R. Tello: 25 mil euros
J. Alves: 25 mil euros
L. Loureiro: 25 mil euros (emprestado ao E. Amadora)
Tonel: 24 mil euros
Tiago: 22 mil euros
Ronny: 21 mil euros
M. Veloso: 20 mil euros
Djaló: 20 mil euros
M. Garcia: 17 mil euros
Varela: 13 mil euros (emprestado ao V. Setúbal)
Nani: 12 mil euros
Pereirinha: 10 mil euros
André Marques: 10 mil euros (emprestado ao O. Moscavide)
Nuno Santos: 9 mil euros (emprestado ao V. Guimarães)
Wender: 6 mil euros (vinculado ao Sp. Braga)
R. Patrício: 2 mil euros (júnior, foi titular com o Marítimo)

Publicado por José Carlos Campos às 06:00 PM | Comentários (1)

A melhor anedota dos últimos dias...

Uma senhora vai ao Ikea comprar um armário novo. Para que lhe saia mais barato, compra um em kit.
Ao chegar a casa, monta-o e fica perfeito.
Nesse momento passa o comboio (ela mora junto à estação de comboios)e o armário desmonta-se todo. Monta novamente o armário. E este volta a cair com o passar do comboio. À terceira tentativa falhada, telefona para a Ikea e exige a presença de um técnico.

O técnico chega, monta o armário e, quando passa o comboio, desmonta-se todo.
O técnico monta novamente o armário, passa outro comboio e, armário novamente desmontado.
Então, o técnico tem uma brilhante ideia: - Escute, minha senhora, eu vou montar novamente o armário, meto-me lá dentro e espero que passe o comboio para ver porque é que o armário se está a desmontar.

E assim fez.

Nisto o marido entra no quarto e diz: - Querida, que armário tão bonito! - e abre a porta.
Ao ver o técnico da Ikea pergunta: - O que é que você faz aí?
Este responde:

- Estou quase tentado a dizer-lhe que vim comer a sua mulher. Porque, se lhe digo que estou à espera do comboio, não vai acreditar.

Publicado por José Carlos Campos às 03:56 PM | Comentários (0)

Famosos?! (para descontrair)

"Brasileira e português casaram a bordo de avião da TAP
«Vou ficar famoso», foi o desabafo do menino das alianças do casamento inédito entre uma brasileira e um português que se realizou hoje a bordo de um avião, no aeroporto do Porto.
A psicoterapeuta brasileira Eliete Ferreira, 37 anos, e o empresário português José Santos, 42 anos, conheceram-se, há menos de um ano, a bordo de um avião da TAP numa viagem entre Lisboa e S. Paulo.

Ele lia um livro, com o sugestivo título como «Mudar a sua vida em doze semanas». Ela encantou-se do «lindo careca» que viajava quase ao seu lado.

Depois de troca de olhares e vários sorrisos, foi ele que ganhou coragem e «meteu conversa».

«Começou por uma troca de olhares e, depois, fui eu quem meteu conversa, claro!», contou o noivo.

Confessando-se «emocionada» com o momento que significou o «concretizar de um lindo sonho», Eliete Ferreira recordou, que no momento que o viu, «ele estava a ler um livro muito interessante», que acabou por lhe oferecer.

A cerimónia de hoje - que durou cerca de 20 minutos - realizou-se em classe executiva do Air Bus 330 Infante D. Henrique, da companhia aérea portuguesa, oriundo do Rio de Janeiro e com destino, uma hora e meia depois, a S. Paulo.

Apesar do rigor no horário, os noivos cumpriram a tradição, no que respeita, apenas, à entrada da noiva ao som da marcha nupcial.

À sua espera estavam os convidados e a tripulação do avião, que confessou, nas palavras do chefe de cabine, António Afonso, tratar- se de um «momento inédito», no aeroporto do Porto e nos restantes aeroportos do País.

O casamento foi realizado pela conservadora do Registo Civil da Maia Cidália Silva, que inicialmente achou a ideia «excêntrica».

«Pensei que estavam a brincar comigo, mas depois percebi que era o sonho deles e aceitei realizar o casamento», explicou a conservadora.

No final da cerimónia, o noivo recordou que, habitualmente, viajava com o sócio, mas naquela dia, 24 de Abril de 2006, estava sozinho. Aproveitou, por isso, para por a leitura em dia, optando por uma obra que acabou por surtir os efeitos prometidos.

«Estou muito emocionado, com uma sensação muito boa, porque foi no avião que nos conhecemos e foi no avião que casamos, como tínhamos planeado», sublinhou o noivo.

Já sobre a Lua-de-Mel, nem uma palavra. «É segredo», disse o noivo, talvez por receio de que os olhares por trás das câmaras, de televisão e fotográficas, se tentassem a acompanhá-los."

Diário Digital / Lusa

08-03-2007 13:20:00

Publicado por José Carlos Campos às 03:52 PM | Comentários (0)

Supremo Tribunal: mais uma para ficar a rir....

Vejam agora o que está a acontecer no Supremo Tribunal! Supostamente a instituição mais imparcial do nosso sistema judiciário! Sem querer estar para aqui a acusar ninguém em concreto... e somos nós julgados por estes senhores!
______________________________________________________________________

Desvio de dinheiros no Supremo Tribunal
"A Polícia Judiciária está a investigar a gestão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) dos últimos anos. As suspeitas surgiram na sequência da detenção de Ricardo Campos Cunha, ex-chefe de gabinete do Representante da República nos Açores, que durante muitos anos foi o administrador do STJ. Nesta investigação, a actual administradora e directora financeira, Teresa Alexandre, foi constituída arguida. Em causa poderá estar a delapidação do orçamento do Supremo através de simulação de despesas e aquisição de bens sem justificação aparente, como salvas de prata e relógios. Fonte ligada ao processo estima, nesta primeira fase, que terão sido gastos 250 mil euros à margem da lei.

Esta investigação está a provocar um profundo mal estar na mais alta instância judicial. A única resposta que o DN obteve a um pedido de esclarecimento feito ao actual presidente do STJ, Noronha do Nascimento, foi o silêncio. "O processo encontra-se em segredo de justiça", justificou o seu assessor de imprensa. Também contactada pelo DN, Teresa Alexandre não quis prestar qualquer declaração. "Não vou dizer nada."

Antes de assumir as funções de chefe de gabinete de José Mesquita, Representante da República no Governo dos Açores, Ricardo Campos Cunha foi, desde 2000, administrador do STJ. Na gestão dos dinheiros deste tribunal, que detém autonomia administrativa, o gestor terá gasto à margem da lei muito dinheiro da rubrica "Condecorações" estabelecida no orçamento deste tribunal. Segundo o DN apurou, os investigadores procurarm justificações para despesas como a aquisição de salvas de prata e relógios de gama alta, além de existirem suspeitas de facturação falsa.

Ora, o desconforto entre os juízes do Supremo prende-se com o facto de a figura do administrador não possuir uma autonomia global. Isto é, as depesas por si assumidas teriam que passar pelo crivo ou do presidente do STJ ou do Conselho Administrativo, composto além do administrador, do presidente e do director de serviços administrativos e financeiros, por mais dois juízes conselheiros. As despesas funcionam neste circuito: uma proposta de despesa partia da directora dos serviços administrativos, era autorizada pelo administrador que depois a submetia à consideração do presidente ou do conselho administrativo que detinham a palavra final, segundo o art.º 4 do Decreto Lei n.º 74/2002 de 26 de Março que define a "Organização dos serviços do Supremo Tribunal de Justiça".

Segundo uma fonte próxima da investigação, por agora não existem indícios de participação de qualquer juiz conselheiro no alegado esquema de subtracção de fundos. Quanto muito, segundo a mesma fonte, um excesso de confiança pessoal depositada no ex-administrador Ricardo Campos Cunha que, aos 25 anos, migrou de Braga para Lisboa para assumir a gestão do orçamento do STJ. A gestão de Ricardo Campos Cunha atravessou as presidências de Aragão Seia (já falecido) e Nunes da Cruz. Com a entrada do actual presidente, Noronha do Nascimento, o gestor mudou-se para o Açores."

Publicado por José Carlos Campos às 03:47 PM | Comentários (0)

Pequenos Furtos

Espero que não aconteça o contrário:
Tornar-se vulgar roubarem pouco para serem mais dificilmente acusados!

_____________________________________________________________________

"Reforma Penal quer pequenos furtos nos julgados de paz
A reforma penal a ser preparada pretende que a penalização dos pequenos furtos seja decidida pelos julgados de paz, de modo a retirar esse tipo de processos dos tribunais, disse hoje um responsável do Ministério da Justiça.
Reagindo à manchete do jornal Correio da Manhã, o coordenador da Unidade de Missão para a Reforma Penal, Rui Pereira, disse à agência Lusa que, deste modo, os lesados pelos furtos terão mais hipóteses de ser ressarcidos do que se conseguirem a condenação em tribunal A mediação pode ser feita através do recurso aos julgados de paz.

Este método acaba por ter várias vantagens: retira processos dos tribunais e permite às vítimas dos furtos serem mais facilmente ressarcidas do que se recorrerem ao tribunal, e conseguirem uma eventual condenação.

O jornal Correio da Manhã noticia hoje que «o novo Código Penal prevê que os crimes de furto que envolvam prejuízo inferior a uma unidade de conta, 96 euros, passem a depender de uma acusação particular».

Isso acarretaria a constituição do lesado como assistente no processo e a pagar custas judiciais próximas dos 200 euros, o dobro do valor do prejuízo.

Rui Pereira diz que o recurso aos tribunais continua a ser possível, mesmo para quem provar não ter recursos financeiros - dispõe do apoio judiciário - mas diz que o grande objectivo das alterações é fomentar a mediação entre os lesados e os autores dos furtos.

No novo texto, a única alteração significativa é o fim da necessidade de ficar provado, logo na fase do inquérito, se um bem roubado se destinava ou não a satisfazer uma necessidade imediata do autor do furto ou de parente próximo.

Rui Pereira salientou que esse procedimento não era, na prática, aplicável, porque a prova do furto para consumo imediato só pode ser feito em julgamento e nunca quando as polícias ou o Ministério Público elaboram o inquérito e produzem a acusação.

O jornal cita o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, para quem esta alteração é uma «descriminalização encapotada», facto que Rui Pereira nega, insistindo que, no essencial, a lei permanece igual."

Diário Digital / Lusa

08-03-2007 14:15:41

Publicado por José Carlos Campos às 03:45 PM | Comentários (0)

Adeptas do futebol

Reparem nos números abaixo indicados! Parece que onde vão muitas mulheres, ainda vão mais homens!
______________________________________________________________________

SÓCIAS:
FC Porto, Benfica e Sporting têm nas mulheres perto de 20 por cento do universo de associados. Repartidas pelos três clubes, há 69.274 mulheres filiadas. Em termos percentuais, o campeão nacional é quem tem mais adeptas - 22,9%, correspondentes a 23.993 cartões de sócia, de um total de 104.475. Em termos absolutos, o Benfica tem mais sócias, 28.972, correspondentes a 17,41% dos 166.401 filiados no emblema encarnado. Dos 90 mil sportinguistas com cartão, 16.309 são leoas (18,1%), mas com uma particularidade: há cinco mulheres entre os 16 sócios mais antigos do clube de Alvalade. Todas elas têm mais de 75 anos de filiação!

Publicado por José Carlos Campos às 10:58 AM | Comentários (0)

Adeptos Ingleses agridem Bracarense

Veja-se o que dá as equipas inglesas contnuarem a disputar competições internacionais! Se fosse ao contrário, já há muito
tempo que as equipas portuguesas estariam suspensas!

______________________________________________________________________

A PSP de Braga identificou, ontem à noite, dois adeptos do Tottenham que agrediram
um habitante da cidade, obrigando-o a tratamento hospitalar, e danificaram a viatura em que
este se deslocava, disse hoje à agência Lusa fonte policial.
Os dois ingleses passeavam na rua "meio embriagados" e entoando cânticos de apoio aos "spurs",
que defrontam amanhã o Sp. Braga na primeira mão dos oitavos-de-final da Taça UEFA. Algo exaltados,
os ingleses trocaram algumas palavras com o português, de cerca de 25 anos, quando atravessavam,
cerca das 23 horas, uma passadeira, à entrada da Rua do Carvalhal.
De imediato - e segundo testemunho de moradores da zona - os dois adeptos do Tottenham abriram a
porta do carro, retiraram o condutor e desataram a dar-lhe murros e pontapés, enquanto o insultavam.
Mais tarde viria a ser tratado no hospital a várias lesões por todo o corpo, tendo recebido alta uma hora depois.
Depois de agredida, a vítima conseguiu fugir para a Rua do Carmo, perseguido pelos ingleses, e entrar no
Comando da GNR, situado a poucos metros do local, pedindo ajuda. Nesse entretanto, os adeptos britânicos
refugiaram-se no Hotel Ibis, onde estão hospedados, o que impediu a polícia - chegada ao local em três viaturas -
de os identificar de imediato, o que veio a suceder mais tarde. Os alegados agressores não ficaram detidos, quer
porque a PSP não possuía mandado judicial e não podia entrar na unidade hoteleira, quer porque não foram apanhados
em flagrante delito. Tal facto, que causou estranheza no agredido e nas testemunhas, pode fazer com que, depois
de regressados a Inglaterra, não respondam às intimações judiciais portuguesas.
Para além das agressões, os dois ingleses danificaram fortemente o veículo em que a vítima se deslocava, tendo
partido três vidros e amolgado portas e chapa a pontapé e com um boneco de fibra de vidro que retiraram da porta de um restaurante ali situado.

Ainda furtaram as chaves do carro à vítima para o impedir de fugir, tendo acabado por devolvê-las, atirando-as
pela janela do hotel, face à pressão policial. Recorde-se que são esperados cerca de 3 mil ingleses no Estádio
Municipal de Braga para darem o seu apoio aos "spurs".

Publicado por José Carlos Campos às 10:56 AM | Comentários (0)

Notícia ou Contra-informação?

Leiam a notícia que a seguir transcrevo e respondam-me: Trata-se de informação ou contra-informação? Onde é que eu já vi isto?
_____________________________________________________________________

"Vila do Conde acelera novo Hospital
Numa reunião mantida com o ministro da saúde, o presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde formalizou um protocolo que dá ‘luz verde’ ao reinício do processo de construção do novo hospital inter-concelhio. Nesse documento ficou também salvaguardada a manutenção do serviço de urgências na actual unidade de saúde vila-condense

O presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde, Mário Almeida, deslocou-se na passada quinta-feira a Lisboa e, numa reunião mantida com Correia de Campos, ministro da saúde, garantiu o "início imediato" dos trabalhos técnicos de identificação das necessidades e da elaboração do perfil assistencial e dimensionamento do futuro hospital inter-concelhio. Na prática, o autarca reanimou o processo de construção da nova unidade de saúde que irá servir Vila do Conde e Póvoa de Varzim – processo há muito emperrado, mas que está assumido pelo governo como "um dos projectos prioritários em termos de parcerias público/privadas.

"Trata-se de uma obra que não pode continuar a ser adiado já que, além de ser uma necessidade, é também um exemplo nacional dos dois municípios envolvidos que, ao contrário de outros, não exigiram a construção de dois hospitais distintos, mas a construção de apenas um, desde que venha a ter todas as condições necessárias para responder eficazmente às necessidades das populações de ambos os concelhos", terá argumentado Mário Almeida junto do governante.

Correia de Campos foi sensível ao discurso do chefe do executivo vila-condense, tendo assumido, em protocolo estabelecido com a autarquia local, "o levantamento da actual situação no sentido de concretizar essa obra num prazo razoável", confirmou o autarca.

Instado a comentar essa abertura do ministro com vista à agilização do processo relativo à nova estrutura inter-concelhia, Torcato Santos, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do conde, caracterizou a acção do governante como "um empurrão importante" para a evolução positiva desse processo. "É uma excelente notícia porque vai de encontro ao anseio que temos de melhorar as nossas condições de trabalho que actualmente não são as mais adequadas", completou.

Silva Pereira, provedor da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Varzim também recebeu com "satisfação" aquela que poderá ser uma das mais importantes etapas no desenvolvimento desse processo, tendo reafirmado o objectivo da instituição que representa de "constituir uma parceria para se candidatar à gestão do futuro hospital", adaptando a actual unidade de saúde poveira a um hospital de retaguarda.

A manutenção do Serviço de Urgências de Vila do Conde foi o principal motivo da audiência de Mário Almeida com o ministro da saúde. Também aqui o encontro teve resultados práticos já que esse objectivo foi garantido pelo autarca junto do governante. No protocolo ainda a oficializar, ficou estabelecida a continuidade do atendimento urgente na unidade hospitalar de Vila do Conde – entre as 8h00 e as 24h00 –, sendo que no período restante – entre as 24h00 e as 8h00 –, estará disponível uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) com tripulação especializada. "Ficou definido que as actuais instalações do serviço de urgência vão continuar a garantir o atendimento não programado para casos agudos de foro ambulatório, sob a responsabilidade integral dos cuidados de saúde primários, em horário alargado (…), com acesso aos sistemas de informação do Centro de Saúde e aos meios complementares de diagnóstico do Hospital, nomeadamente Imagiologia e Testes Laboratoriais", lê-se no protocolo.

Além de ter assegurado a manutenção das urgências no concelho, Mário Almeida garantiu também junto do ministro "a conclusão da instalação do Serviço de Medicina Interna e a sua ampliação na área da Cirurgia de Ambulatório". A isso acrescentam-se as ‘consultas abertas’ que passarão a ter lugar no Centro de Saúde Vila do Conde/Modivas e na unidade de Caxinas, destinadas ao atendimento de casos não programáveis (urgências) entre as 8h00 e as 22h00, nos dias úteis, e entre as 8h00 e as 20h00, nos fins-de-semana e feriados, "podendo em função da procura e dos períodos sazonais alargar-se o atendimento até às 24h00", completou Mário Almeida enfatizando, em síntese, os "ganhos significativos para a população vila-condense" resultantes do protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal e o Ministério da Saúde.

O PSD de Vila do Conde desvalorizou as ‘boas novas’ trazidas de Lisboa pelo chefe do executivo socialista na autarquia local. Para Pedro Brás Marques, líder da concelhia social-democrata, "o protocolo determina o encerramento definitivo da urgência que funciona em Vila do Conde a partir do momento em que terminem as obras na unidade da Póvoa de Varzim".

Enquanto permanece a "aguardar cabais explicações" do presidente da Câmara Municipal acerca do protocolo definido com o Ministério da Saúde, Pedro Brás Marques não deixou também de criticar "a mão cheia de vagas promessas não calendarizadas e que não dão qualquer garantia quanto à construção do novo hospital Póvoa de Varzim/Vila do Conde]"."

Publicado por José Carlos Campos às 09:37 AM | Comentários (0)

Transportes! Mobilidade?

Bem! Parece que o tema está de novo na ordem do dia! Transporte e Mobilidade!
Tenho a afirmar o seguinte:
A mobilidade é um problema nos dias que correm, já os transportes deixaram de ser ser problema para tornarem-se arma vulgar de arremesso!
O que quero dizer com isto? É que já existem dezenas de formas de nos fazermos tranportar, no entanto não existe uma forma organizada! Portanto parece-me que devia ser feito um esforço por parte dos empresários, políticos e técnicos da regiões com dificuldades de mobilidade para organizarem as melhores formas de transporte e as colocarem à disposição dos utentes!
_____________________________________________________________________

"Transportes: PS propõe rede comum para Póvoa/Vila do Conde
O PS propôs às autarquias de Póvoa de Varzim e Vila do Conde a criação de uma rede de transportes intermunicipais, concessionada, para servir os 150 mil habitantes dos dois concelhos e abre sexta-feira um debate sobre a matéria.
O vereador socialista da Póvoa de Varzim João Sousa Lima, justificou hoje a proposta porque a linha vermelha do metro (Porto- Póvoa) «apenas resolve 20% dos problemas de mobilidade» dos dois municípios.

Um inquérito à mobilidade, do Instituto Nacional de Estatística, revelou que 80% das deslocações destas 150 mil pessoas ocorrem dentro do eixo Póvoa/Vila do Conde.

O Metro do Porto serve as deslocações para sul, «mas não tem qualquer conexão devidamente articulada com o que se passa para norte do centro urbano e para o interior», explicou João Sousa Lima à agência Lusa.

A lacuna não é preenchida, na avaliação do autarca, pelos operadores privados com carreiras nos dois concelhos.

«A menos que usem meios de locomoção próprios, os residentes nas freguesias do litoral norte e do interior também não dispõem de qualquer interface devidamente articulado com o Metro do Porto», frisou.

Talvez por isso, os indicadores de mobilidade disponíveis permitem perceber que só oito por cento dos habitantes da região usam o transporte público.

Esta percentagem representa menos metade da constatada no conjunto da Área Metropolitana do Porto (19 por cento), a que os dois municípios pertencem.

Segundo João Sousa Lima, a criação de uma rede intermunicipal de transportes retoma, em novos moldes, uma ideia equacionada há três anos pelas duas autarquias e entretanto abandonada.

«Os encargos para os dois municípios eram pesados. Mas a nossa abordagem é outra. Propomos que as autarquias se limitem a definir o modelo de exploração e a concessionar o serviço», disse.

No ciclo de conferências a iniciar sexta-feira e a terminar dia 30, pretende-se realizar «uma reflexão estruturada» a partir de estudos conhecidos e de experiências realizadas noutras cidades portuguesas de média dimensão.

Serão ouvidos os testemunhos de representantes das autarquias de Évora e Vila Real, onde, segundo João Sousa Lima, diminuiu o trânsito automóvel no casco urbano devido à criação de redes de transportes urbanos concessionados.

Para ajudar ao debate, o PS preparou o projecto «Bolina», que faz um ponto da situação sobre mobilidade no eixo Póvoa/Vila do Conde e propõe três medidas.

Além da criação de um transporte intermunicipal, o «Bolina» propõe a elaboração de um Plano de Mobilidade Sustentável e a criação de park&rides (um só bilhete para pagar estacionamento e viagem), para articulação dos parques periféricos com o metro e o centro das duas cidades.

«Este não é um trabalho acabado. Serve de base a uma reflexão, a um debate e à recolha de contributos para a construção da proposta final», afirma João Sousa Lima."

Diário Digital / Lusa

07-03-2007 12:22:12

Publicado por José Carlos Campos às 09:20 AM | Comentários (0)

março 07, 2007

Programa Novas Oportunidades

O governo lançou um novo programa em que promete o investimento de 5,1 mil milhões de euros! Parabéns senhor Primeiro Ministro!

Agora, espero que as próximas notícias não sejam relativas a crianças que querem ir para as escolas, mas como moram a mais de 15 km, não podem ir porque não têm tranporte...
______________________________________________________________________

"Programa Novas Oportunidades: Governo lança campanha

O Governo lança hoje uma campanha publicitária ao Programa Novas Oportunidades, com o objectivo de mobilizar os jovens e os adultos para a possibilidade de aumentarem as suas qualificações ao nível do 12º ano de escolaridade.
«Hoje podemos já oferecer às pessoas que venham a um Centro Novas Oportunidades uma oportunidade de se qualificarem ao nível do 12º ano», disse o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, José Vieira da Silva, em declarações à agência Lusa.

O Novas Oportunidades foi apresentado a 21 de Setembro de 2005, mas só agora o Governo entendeu que estão reunidas as condições para o lançamento de «uma forte» campanha publicitária.

«Temos vindo a construir os instrumentos necessários à resposta que queremos dar que é oferecer uma nova oportunidade de qualificação e escolarização», frisou Vieira da Silva.

A possibilidade de qualificação ao nível do 12º ano, uma rede alargada de Centros Novas Oportunidades e de Centros de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências e um novo quadro comunitário com mais recursos para esta área são alguns dos «novos dados» que levam o Governo a «colocar o patamar da missão» Novas Oportunidades «mais elevado».

«Vamos elevar o patamar de exigências, queremos envolver centenas de milhar de portuguesas e portugueses neste processo», sublinhou o ministro Vieira da Silva, acrescentando que a campanha tem como principal alvo os adultos no activo com baixa escolaridade.

A campanha publicitária do Novas Oportunidades vai ser transmitida pela televisão, rádio, imprensa, internet e outdoors.

O lançamento oficial da campanha é feito hoje numa cerimónia que conta com a presença do primeiro-ministro, José Sócrates."

Diário Digital / Lusa

07-03-2007 9:26:21

Publicado por José Carlos Campos às 04:41 PM | Comentários (0)

Apito "Loureado"

Afinal o Apito Dourado vai acusar! Pelos vistos o Dourado apenas está a conseguir chegar ao Gondomar! O pinto da costa e os seus amigos por muito que façam ou tenham feito continuam a rir-se desta treta toda! E mais até as alegações de carolina salgado estão a ser usadas contra valentim loureiro e seus amigos, já para pinto da costa...

______________________________________________________________________
Valentim Loureiro: tarde de mais
2007/03/07 | 11:50 || Luís Sobral
Venceu o trabalho que foi realizado por polícias e procuradores nos últimos anos, sobre a corrupção desportiva. Agora o juiz que decida

Valentim Loureiro vai ser julgado em tribunal. Está pronunciado por crimes que têm a ver com desporto e que ocorreram quando era presidente da Câmara de Gondomar e presidente da Liga de Clubes.

Este cenário era possível no Verão, por altura das eleições na Liga, uma vez que o processo «apito dourado» se arrasta desde 2004. Valentim Loureiro sempre negou ter cometido qualquer crime, mas reconheceu que algo eticamente pouco recomendável teria feito, seja lá o que isso for.

Para Valentim Loureiro, o «major» sempre dispôs de condições para se manter ligado ao futebol. E por isso se candidatou a presidente da Assembleia Geral da Liga.

É evidente que o «major» continua a ser inocente até que o tribunal eventualmente decida o contrário. Mas poucos terão dúvidas de que o movimento correcto no Verão, até porque o mandato na Liga chegara ao fim, era sair.

Entre os poucos que entenderam o contrário estão quase todos os presidentes dos clubes profissionais. O Benfica, cujo líder adora o dossier «apito dourado», incluído. Por isso, a derrota que Valentim Loureiro sofreu ao fim da tarde de terça-feira é também a derrota de um conjunto de dirigentes. Afinal, foram eles quem, ano após ano, perpetuaram o reinado e a forma de estar do «major». E pelo menos da última vez não podiam dizer que desconheciam.

PS: Disse atrás que a ida a julgamento é uma derrota do «major». Mas talvez esteja errado. Aqui há umas semanas, à porta do tribunal de Gondomar, Valentim desejou que chegasse depressa o dia em que o «apito» seria julgado. Claro que uns tempos antes, o advogado de Loureiro tinha pedido a nulidade de tudo e mais alguma coisa. Enfim, venceu o trabalho que foi realizado por polícias e procuradores nos últimos anos, sobre a corrupção desportiva. Agora o juiz que decida."

Publicado por José Carlos Campos às 04:31 PM | Comentários (0)

Serviço de Urgência

Vejam bem esta notícia espectacular!
Agora, em Vila do Conde só se poderá ter acidentes ou problemas de saúde a partir das 8 horas da manhã! Se por acaso tiver algum destes problemas antes por favor aguarde:

"Vila do Conde assinou protocolo com o GovernoServiço de urgências no hospital vai funcionar entre as 08:00 e as 24:00

Vila do Conde assinou um protocolo com o ministro da Saúde com vista à reestruturação das urgências na região.
O presidente da Câmara, Mário de Almeida, disse à Agência Lusa que reuniu com Correia de Campos para discutir a reestruturação das urgências e chegaram a acordo nesta matéria.

O acordo passa pela manutenção de um serviço de urgências no hospital local, com portas abertas entre as 08:00 e as 24:00.

Durante a madrugada o serviço será assegurado por uma ambulância de Suporte Imediato de Vida, que transportará os doentes para o serviço mais próximo.

Segundo o protocolo, vão ser feitas obras no hospital para o reforço da Medicina Interna e Cirurgia de Ambulatório.

Horários mais alargados nos centros de saúde foram igualmente contemplados neste protocolo."

Publicado por José Carlos Campos às 10:43 AM | Comentários (0)

março 06, 2007

MACONDE (É portuguesa! Quem vem em seu socorro agora?)

Esta é uma empresa portuguesa que continua a fechar as portas das suas fábricas! Não acredito que seja por baixarem as vendas no ramo textil! Acredito sim, que em termos de produção os preços praticados em Portugal incluindo os impostos e taxas que se pagam sejam totalmente incomportáveis para fazer concorrência à produção Asiática (China, Indonésia, India...). Portanto, diminui a produção, diminui a exportação, diminui o emprego e diminuem as receitas do Estado! Agora o governo que faça as contas.
Veja-se a noticia do Póvoa Semanário:


"Maconde preocupa políticos de Vila do Conde"
"A situação da Maconde, que tem vindo a vender várias das suas unidades e lojas em todo o país, está a causar preocupação em Vila do Conde, ao ponto do presidente da Câmara Municipal já ter marcado, para esta semana, uma reunião com o administrador da empresa.

Na última assembleia municipal vila-condense, o deputado da CDU, Fernando Reis, chamou a atenção da autarquia para este cenário de eventual fecho da empresa que emprega cerca de 500 pessoas no concelho. O comunista sugeriu, inclusivamente, que a reunião inclua elementos dos partidos representados na Assembleia Municipal."

Publicado por José Carlos Campos às 04:26 PM | Comentários (0)

Mantorras e a Documentação

Eu acho que Mantorras e todos os jogadores do Benfica deviam tirar a carta de condução novamente!
Acho que o grande motivo para haver tantos acidentes nas nossas estradas deve-se precisamente à sua falta de jeito para conduzir, mais ainda, inaptidão para conduzir!
Só mesmo no nosso país é que a alguém ao abrigo de um convénio é-lhe permitido conduzir durante anos e após esse período deixa de poder e funciona como se não possuísse habilitações para tal! Mas, quê? Antes ele tinha habilitações agora deixou de ter? Os automóveis foram todos reajustados? As leis da estrada alteraram todas?

Não seria adequado que as fontes de informação fossem mais realistas e verídicas? Porque será que fazem este tipo de divulgação de informação apenas por ser jogador do Benfica?

Não seria mais importante listar o número de atropelamentos que vêm acontecendo nas nossas estradas?
E os acidentes pela falta de sinalização?
E os acidentes por excesso de velocidade ou alcool?
Por favor, não percam tempo com análise quotidianas da vida das outras pessoas! Sejam francos e arranjem bons motivos para manterem-se ocupados! Que tal, telefonarem de vez em quando aos vossos familiares? Ou irem ao cinema, teatro ou ao parque?

Publicado por José Carlos Campos às 02:43 PM | Comentários (0)

MEGAFONE (Manuel Bento)

Em seguida transmito texto divulgado pelo site MEGAFONE, e que concordo na sua totalidade, haja paciência:

"Aqui fica o registo possível de vídeo do duelo entre o FC Porto e o Sp. Braga. Um jogo que ficou marcado pela lamentável atitude dos Super Dragões, cuja falta de dignidade ao não respeitarem o minuto de silêncio por Manuel Bento envergonhou todo o Mundo Ultra português. Para além de ter suscitado a desaprovação de praticamente todas as restantes pessoas que se encontravam no Estádio do Dragão. A morte não tem cor, nem clube, e não consigo perceber a razão pela qual Bento não há-de merecer pelo menos tanto respeito como um jogador húngaro que faleceu nos relvados portugueses. Uma claque de futebol, sempre defendemos aqui, não pode ser um bando de selvagens sem consciência ou civismo. O mais triste deste episódio é sentir, sem qualquer sombra de dúvida, que os responsáveis por tamanha vergonha durante o minuto de silêncio, se fosse hoje, fariam exactamente a mesma coisa."

Publicado por José Carlos Campos às 02:40 PM | Comentários (0)

março 05, 2007

OPA: SONAE vs PT

Na 6ªfeira a OPA deu um passo de gigante para não ficar na história!
O que quero dizer é que caso se concretizasse a desblindagem dos estatutos da PT seria um passo para se concretizar um grande negócio do pequeno mundo empresarial português. Independentemente de ser um passo positivo ou negativo! Isso o tempo o diria!
Portanto, temos de continuar a acreditar que temos um mundo de negócios à nossa frente... isto apesar de parecer-me que o que temos à nossa frente é uma série de negociadores mesquinhos, que nem sequer sabem explicar porque certos negócios não se concretizam!
Espero que mais tarde, nunca para muito breve (rezo eu), não venha uma empresa estrangeira adquirir a PT e levar para o seu real mundo de negócios aquilo que temos de tão português!

Para os mais cépticos relativamente a que este tipo de negócios (Sonae comprar PT) possa ser bom para o nosso país, apenas invoco a imagem dos trabalhadores sindicalistas da PT a aplaudirem o capitalista Joe Berardo...

Publicado por José Carlos Campos às 04:24 PM | Comentários (0)

Comentário da 20ª Jornada

Liga BWIN
fcp-1;Braga-0 - uma vitória suada, mas que nunca questionei, mesmo antes do jogo começar acho que nunca esteve em causa esta vitória. Mais não fosse, o Braga é o ex-clube de Jesualdo Ferreira e o fcp é o ex-clube de jorge costa e aloísio! Agora façam as contas!
Aves-0; SLBenfica-1 - Fernando Santos tinha um problema no centro da defesa! Não estava contente e criou um problema maior no centro do campo! O SLB não existiu durante todo o jogo, e pior ainda é que estava a jogar com o último! Os adeptos têm que rezar para que os onze principais jogadores estejam sempre disponiveis!
U. Leiria-0; sporting-0 - mais um empate para o sporting! já começa a ser costume portanto não é para espantar! De qualquer forma o "sporting jogou com tranquilidade" e como paulo bento referiu no final do jogo: "domingos paciência desta vez esta a olhar para o jogo, contra o fcp não!"

Liga de Honra
Gil Vicente-1; Rio Ave-2 - Mais uma grande vitória na caminhada para a 1ª Liga! A equipa de Mateus deu uma boa réplica! Serviu para mostrar que esta equipa do Rio Ave tem estofo para a 1ª Liga, já são 12 jogos sem perder.

Em tom de comentário
O penalti a favor do fcp tem razão de existir porque todos os penalties a favor do fcp têm sempre razão de existir!
O penalti a favor do Aves, tem a sua lógica: Está dentro da área adversária! Quer um penalti? Atire contra o adversário, pode ser que acerte-lhe no bracinho! E já agora! Onde está o vermelho para o Karagounis? Qual é a justiça deste futebol?

Publicado por José Carlos Campos às 10:08 AM | Comentários (0)

março 02, 2007

Caricato:Chinês viciado em Internet morre após 7 dias a jogar on-line

Leiam esta notícia e reflitam:
_____________________________________________________________________

"Chinês viciado em Internet morre após 7 dias a jogar on-line

Um jovem chinês de 26 anos morreu depois de participar numa maratona de jogos on-line durante o feriado do Ano Novo Lunar, disseram os pais do rapaz ao China Daily.
O rapaz de 150 quilos, morador no noroeste da China, morreu sábado, depois de passar «a maior parte» das comemorações de sete dias a jogar on-line.

A China tem apresentado nos últimos anos um aumento - que os especialistas consideram «alarmante» - no número de adolescentes e jovens adultos viciados em Internet.

Cerca de 13% (2,6 milhões) dos 20 milhões de utilizadores de Internet na China com menos de 18 anos são considerados viciados, noticiou a imprensa estatal."

Publicado por José Carlos Campos às 11:58 AM | Comentários (0)

Fumar será proibido em bares, discotecas e restaurantes

Nova legislação aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros

O fumo nos restaurantes, discotecas e bares com menos de 100 metros quadrados vai ser proibido, anunciou, esta quinta-feira, o ministro da Saúde.

Em conferência de imprensa, António Correia de Campos revelou que a nova legislação do tabaco - aprovada hoje em Conselho de Ministros - vai permitir uma única excepção nos restaurantes com mais de 100 metros quadrados, que poderão ter uma área de fumadores nunca superior a 30 por cento do seu espaço.

O ministro revelou ainda que os restaurantes, bares e discotecas poderão ter um período de adaptação de um ano, desde a entrada em vigor da lei, que aguarda ainda aprovação pela Assembleia da Republica.
______________________________________________________________________

Não esqueçam de levar uma fita métrica quando forem a estes espaços públicos! Podem precisar de verificar se têm mais ou menos que 100 metros quadrados de área.
Não estou a ver quem vai fiscalizar isto... mas na onda do que está a acontecer o mais provável é que formem a "Polícia Tabacal" em contra-ponto com a "Policia Municipal".

Publicado por José Carlos Campos às 10:05 AM | Comentários (0)

mário são vicente

Dedico este post à personalidade: mário são vicente!
Blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, só tenho isto para dizer sobre ele.

Publicado por José Carlos Campos às 09:20 AM | Comentários (0)

março 01, 2007

Homenagem a Manuel Bento

Presto aqui a minha Homenagem a este grande senhor das Balizas do Benfica e da Selecção: MANUEL BENTO.


"01/03/2007 16:33 Comunicado Direcção do Sport Lisboa e Benfica

Falecimento de Manuel Galrinho Bento
É com profunda consternação que a Direcção do Sport Lisboa e Benfica recebeu hoje a notícia do falecimento de Manuel Galrinho Bento, uma das grandes referências do nosso Clube e do desporto português.

A família benfiquista está mais pobre com a partida do Bento. Foi um dos jogadores com mais presenças na equipa do Benfica, contribuindo para a conquista de 22 títulos. Um guarda-redes de dimensão mundial. E acima de tudo, um grande homem. Depois de terminar a sua carreira de futebolista, continuou ligado ao Clube como treinador de guarda-redes. Actualmente fazia parte dos quadros técnicos do futebol de formação onde passava toda a sua experiência e conhecimentos aos nossos jovens atletas.

Já é grande a saudade que toda a família benfiquista sente pelo desaparecimento deste grande homem, que jamais será esquecido.

À família enlutada a Direcção do Sport Lisboa e Benfica presta as mais sentidas condolências."

Publicado por José Carlos Campos às 05:51 PM | Comentários (0)

Publicado por José Carlos Campos às 04:02 PM | Comentários (965)

Mateus está em todas

Fiúza já sabia que Mateus tinha hepatite B

O presidente do Gil Vicente, António Fiúza, reconheceu hoje à Agência Lusa que o clube de Barcelos já tinha conhecimento de que o futebolista internacional angolano Mateus tinha hepatite B, mas «em valores mínimos».
«Nos testes realizados no início de época, as análises efectuadas ao jogador detectaram a existência do vírus, que provoca lesões ao nível do fígado, em valores muito comuns a jogadores vindos de África», referiu.

O internacional angolano deslocou-se esta semana a Bucareste para cumprir testes médicos e negociar a transferência para o clube da capital romena, que alegadamente falhou devido aos valores apresentados pelos testes sanguíneos do jogador.

O Gil Vicente aguarda a chegada de Mateus ainda hoje e já solicitou aos romenos do Dínamo de Bucareste que enviem uma cópia dos testes para o departamento médico do clube de Barcelos averiguar se houve algum agravamento dos valores iniciais.

Ainda segundo o dirigente, esta eventual alteração nos valores, que terá ditado o desinteresse do Dínamo de Bucareste, «a verificar-se realmente, poderá estar relacionada com alguma alteração comportamental ou alimentar».

Para António Fiúza, a saída de Mateus não foi abortada pela existência de problemas físicos, pois «só havia um acordo entre os clubes para a realização de exames e a comunicação social é que avançou com a transferência».

«Tal como sempre disse, o Mateus é jogador do Gil Vicente e, dependendo da sua condição física actual - não sei se tem treinado ou não desde sexta-feira -, pode integrar o leque de opções do treinador Paulo Alves», adiantou à Lusa António Fiúza.

O presidente do clube de Barcelos pediu calma e serenidade em torno de todo o processo relacionado com o caso de hepatite B de Mateus, «até porque o clube ainda não tem em sua posse as cópias dos exames».

«Quando o Gil Vicente tiver em sua posse os referidos documentos, já solicitados ao Dínamo de Bucareste, e até porque eu não sou médico, o departamento clínico irá pronunciar-se sobre o assunto», acrescentou.

Diário Digital/Lusa


Publicado por José Carlos Campos às 03:53 PM | Comentários (0)

Uma do nosso Povo: "Motosserra minada pelo dono"

Explosão - Preso pela polícia em Fonte Arcada
Motosserra minada pelo dono

Logo na altura da explosão, os bombeiros consideraram-na ‘suspeita’
A motosserra que na passada segunda-feira explodiu e matou um homem que a manuseava e feriu outro, em Fonde Arcada, Sernancelhe, afinal tinha sido armadilhada pelo proprietário. Manuel Correia, o suspeito, de 59 anos, foi detido ao início da madrugada de ontem pela Polícia Judiciária do Porto e acusado de homicídio premeditado e ofensa à integridade física qualificada.

Manuel Correia afirmou ao CM aquando da explosão que “isto foi alguém que armadilhou a motosserra para me atingir a mim”. Porém, a investigação da PJ levou a uma conclusão totalmente oposta.

Segundo a PJ, Manuel Correia, que já sofrera vários crimes de furto em sua casa, terá resolvido fabricar um engenho explosivo, que deliberadamente escondeu naquele equipamento.

Manuel Correia deixou então a máquina num local à vista, na cave da casa, de forma que fosse apetecível de levar na próxima visita dos amigos do alheio.

O objectivo, ao que tudo indica, seria de dar uma lição aos ladrões que desde há meses têm roubado a residência de Manuel Correia.

Os acontecimentos tomaram um rumo ainda mais trágico quando Manuel Augusto Almeida, de 36 anos, acompanhado de Luís Carlos Correia, de 18 anos, ambos residentes em Vila da Ponte, foram contratados por Manuel Correia para fazer vários trabalhos, entre eles o rachar lenha para a casa.

Sem saber da armadilha montada na motosserra, os dois homens foram-na buscas e ligaram-na para executarem o seu trabalho, tendo o engenho explodido acto imediato, matando Manuel Almeida e ferindo Luís Correia.

Manuel Almeida era pai de dois filhos e Luís Correia continua internado no Hospital de Viseu, embora não corra risco de vida.

A PJ apreendeu na casa de Manuel Correia objectos e vestígios relacionados com o crime.

Publicado por José Carlos Campos às 03:12 PM | Comentários (0)

Acidente na construção da ponte da Pesqueira

Esta é a notícia do Correio da Manhã:

"Dois mortos
Horror na ponte


O dia de trabalho começou às 08h30. Dez minutos depois dois operários estavam pendurados numa viga que tinha sido colocada no dia anterior. A estrutura cedeu e os dois homens caíram desamparados, de uma altura de mais de trinta metros, na margem do rio Homem. João Luís Pereira, de 25 anos, morreu no local. Simão Leal, de 20 anos, faleceu no hospital.

Dois homens morreram ontem ao caírem de uma altura de trinta metros, quando trabalhavam na construção de uma ponte sobre o rio Homem que vai ligar os concelhos de Terras de Bouro e Vila Verde. As vítimas estavam suspensas numa estrutura metálica que tinha sido colocada no dia anterior. A Inspecção de Trabalho ordenou a suspensão da obra, que integra a Via Intermunicipal Homem-Lima.

“Os trabalhadores caíram nas margens do rio, bastante rochosas”, explicou o comandante dos Bombeiros de Terras de Bouro. João Luís Pinto Pereira, de 25 anos, residente em Marco de Canaveses e casado – a mulher está grávida de três meses – teve morte imediata. O colega, Simão Augusto Moreira Leal, de 20 anos e residente em Paredes, ainda foi sujeito a intervenção cirúrgica no Hospital de S. Marcos, mas não resistiu às “lesões múltiplas provocadas pelos traumatismos em todo o corpo” – como adiantou fonte hospitalar. As vítimas estavam ao serviço de uma empresa subcontratada: a Pacto MP Sociedade de Construções Lda, de Marco de Canaveses.

Ao que foi possível apurar, o acidente ocorreu por volta das 08h30, quando os dois trabalhadores estavam suspensos nas duas extremidades da futura ponte de Pesqueiras, junto aos dois pilares que suportarão o tabuleiro. “Os dois homens estavam a proceder a trabalhos de montagem de uma estrutura metálica de suporte da cofragem para o vão central da ponte”, adiantou ao CM fonte ligada à obra.

O comandante dos Bombeiros de Terras de Bouro, José Dias, referiu que os dois trabalhadores estavam suspensos por um cabo numa armação metálica que havia sido colocada anteontem e que “cedeu quando os homens se encontravam nas duas pontas”. João Pereira caiu na margem direita do rio, em Valdreu, Vila Verde, enquanto Simão Leal tombou sobre terrenos de Moimenta, Terras de Bouro.

Os trabalhos de remoção das vítimas demoraram quase uma hora, devido às dificuldades em chegar ao solo. “Era uma zona complicada e de grande dificuldade de mobilidade para os bombeiros”, disse José Dias, acrescentando que as vítimas foram retiradas em macas de evacuação.

Três técnicos da Inspecção do Trabalho – que apenas ao final da manhã recebeu a comunicação do acidente – estiveram no local e decidiram suspender a obra, apesar de remeterem qualquer avaliação sobre o cumprimento das normas de segurança para o “relatório final, nos próximos dias”. Hoje deverá ser tomada uma decisão sobre a possibilidade de manter a suspensão ou permitir a continuidade parcial de trabalhos na ponte.

As empresas responsáveis pela obra intermunicipal – Alberto Couto Alves e Sá Machado – não prestaram quaisquer esclarecimentos sobre o caso, tal como a entidade fiscalizadora do empreendimento, a HPN."
______________________________________________________________________

Os meus sentidos pêsames aos familiares das vítimas. Espero que se faça a real justiça, que houver a fazer e em tempo útil!
De qualquer das formas quero salientar que não devemos tecer julgamentos precipitados, principalmente quando não conhecemos todos os factos.
De qualquer

Publicado por José Carlos Campos às 12:56 PM | Comentários (0)

Mais carvão para a fogueira...

Alguém está preocupado com o salário que aufere o sr. Jorge Gabriel, a D. Merche Romero ou a D. Sónia Araújo na RTP...
E o rendimento deles é questionado...
Parabéns para os inconsequentes!

Publicado por José Carlos Campos às 10:43 AM | Comentários (0)