sábado, mar 4

malandro
EM Ópera do Malandro

The Leading Guy (Micah P. Hinson) (mp3)

In, The Baby & The Satellite
Micah P. Hinson

The Leading Guy

Será que todas as histórias têm um panasca que é o principal?
O panasca #1 convidou o panasca #2 para ir passar o Carnaval com ele. O panasca #2 aceitou. O panasca #2 não conhece pessoalmente nenhum dos panascas que se seguem. O panasca #3 ficou triste por o panasca #1 ir passar o primeiro feriado do ano com o panasca #2… O panasca #4, no mesmo dia em que o panasca #2 ia chegar, mas umas horas mais cedo, foi tomar café com o panasca #1, mas levava companhia – o panasca #5, com que já tinha trocado algumas “impressões”. O panasca #1 e o panasca #5 não se conheciam pessoalmente, embora já tivesse havido troca de impressões entre cada um deles e o panasca #4. Enquanto andavam no Shopping onde foram tomar café, o panasca #4 encontrou o panasca #6, que era ali das redondezas e com quem ele já tinha trocado algumas “impressões”. O panasca #1 só conhecia o panasca #6 de ouvir falar nele, e o panasca #5, além disso, já se tinha cruzado com o panasca #6 num chat e já tinham falado por telemóvel, embora o panasca #6 não soubesse. O panasca #6 cumprimentou o panasca #4 e foi-se embora. O panasca #1 até gostava que o panasca #4 passasse lá o Carnaval, mas ele não aceitou o convite, preferia ir brincar ao Carnaval para Lisboa com o panasca #5 e com o panasca #7, com quem tinham combinado ir para o Bairro Alto. O panasca #4 nunca trocou “impressões” com o panasca #7, que se saiba, e por incrível que pareça. Consta que a meio da noite o panasca #5 e o panasca #7 deixaram o panasca #4 e foram ás suas vidas, provavelmente trocar “impressões" respectivamente com o panasca #8 e o panasca #9, e o panasca #4 acabou a noite sozinho. Parece que o panasca #4 e o panasca #7 foram conhecer o panasca #8 dias depois...
Esta história de panascas aparentaria ser menos confusa se o panasca #3 não se tivesse armado em complicado e não tivesse voltado atrás no convite para o panasca #4 ir passar o Carnaval com ele.
Alguém disse que os panascas não eram complicados?

 
Comentários

Lindo!

Comentário de: je bois às março 10, 2006 04:41 PM

Óptimo! :)

Comentário de: no limbo às março 10, 2006 03:10 PM

Óptimo! :)

Comentário de: no limbo às março 10, 2006 03:10 PM

concordo ctg tong_zi....
(até parecem os conatctos do hi5)

Comentário de: outro às março 4, 2006 09:10 PM

Boa "estória", enredo denso e sumarento, com o seu quê de almodovariano. Se trocasses de panascas e metesses os larilas, não tinha o mesmo impacto, sem dúvida. ;)

Comentário de: Catatau às março 4, 2006 08:15 PM

Para mim a moral da história é outra:

Muita "panasqueira" junta não se safa.

:)))))))

Comentário de: Tong Zhi às março 4, 2006 07:15 PM

olha, se calhar és tu o Leading Guy da história... :-)

Comentário de: malandro às março 4, 2006 04:00 PM

ah e obrigado pela reposição do *.
Espero nao voltar a perde-lo...
:p

Comentário de: bicho às março 4, 2006 03:54 PM

digo-te, se nao conhecesse todos esses panascas nao percebia nada deste texto lol

Comentário de: bicho às março 4, 2006 03:51 PM