sábado, dez 31

malandro
EM Meus Caros Amigos

THIS YEAR (MONTAIN GOATS) (video)

In, The Sunset Tree (2005)
Montain Goats


This Year

Este ano teve coisas boas e más, (como todos os anos de todas as pessoas), e embora fosse fácil cair na tentação de eleger esta ou aquela pessoa ou este ou aquele acontecimento como os grandes momentos deste ano, bastou-me parar uns segundos antes de postar estas palavras para perceber que o grande acontecimento do meu ano foi sem dúvida a descoberta d'o abraço.

Acabei o ano mais rico, por isso só tenho qua agradecer a quem de direito por esses momentos intermitentes de felicidade.

 
Comentários

Oi malandro

Concordo contigo e confesso que foi a melhor supresa desta minha "iniciação": aquele abraço!

Um bom ano!

"( )"

Comentário de: J às janeiro 2, 2006 01:40 PM

Desejo-te um belo 2 mil e 6.
E sabes,... sou doido por dar abraços. Em vez de os enviar, dou-os. Até hoje nunca ninguém os recusou ou me fez sentir desconfortável por tê-los dado. É uma coisa que me sabe muito bem, pronto! :)

Comentário de: Catatau às janeiro 1, 2006 08:47 PM

obrigado pelos bons momentos que me proporcionaste ao longo deste ano através do teu blog! um grande abraço (sentido) e um ano de 2006 absolutamente fantástico.

Comentário de: maike às janeiro 1, 2006 06:31 PM

Para mim este post faz um sentido imenso!
Eu realmente mando abraços todos os dias mas nunca abraço nenhum amigo meu. Não é prático e muitos deles de certeza que se sentiriam incomodados com isso. No entanto é umas das coisas que eu mais gosto de sentir na vida: um abraço.

Fica bem.

Comentário de: dcg às janeiro 1, 2006 02:21 PM

E se for daqueles abraços especiais, que boa descoberta!

Desejo-te que sejas muito feliz neste ano de 2006!!

Big hug

Comentário de: Thilu às dezembro 31, 2005 07:50 PM

Passei por aqui para desejar um bom ano e para te agradecer os belos momentos que passei ao ler os teus posts. Espero que não se te cale a inspiração!

João

P.S. Eu por acaso sou dos que banalizam o "abraço" nas despedidas, mas dado o teor deste post (e do comment do Zé), preferi não utilizar essa palavra!

Comentário de: João às dezembro 31, 2005 02:18 PM

(Zé) Para começar eu é que agradeço a tua presença neste blogue e espero que continues a divertir-te por aqui.
Quanto aos abraço, sou da mesma opinião que tu. Os abraços comovem-me. Há uns tempos tb deixer de escrever "abraço" porque há coisas que n podem ser banalizadas, no entanto os abraços de que falo foram mesmo sentidos e por isso tiveram este valor imenso.
Um bom ano novo para ti.

Comentário de: malandro às dezembro 31, 2005 02:26 AM

Bem, não é meu hábito despedir-me das pessoas com um "abraços", como se faz tanto hoje: parece-me um pouco leviano, porque só abraço os que amo.

Se quem te abraçou pensa como eu - foste um homem de sorte neste ano.

Que recebas muitos abraços nos anos a vir.

Outra coisa: Até Setembro, nunca tinha posto o click do rato num blog ( para ser franco, só tinha uma vaga ideia do que fosse um blog ). De Outubro para cá, tenho-me divertido à brava e, sendo tu o responsável pela animação cultural neste campo de férias, quero agradecer-te. Obrigado.

Zé Ribeiro.

Comentário de: Zé Ribeiro às dezembro 31, 2005 02:01 AM