maio 23, 2006

tempus de acção/reflexão/acção

Temos registos da história, cruzamentos de opinião, temos tudo o que os nossos antepassados não tiveram. E com tanto de tudo, conseguimos criticar tudo e todos e continuar a não fazer nada.
É tempo de deixar os economistas políticos à solta, sem escrúpulos, sem senhor e sem deus, de forma a ficarem sem dados para jogar. Isso! proponho que seja feita uma mudança de jogo. Sim - não estou a propôr mudança das regras. proponho mudança de jogo. É que ludicamente, as regras são os obstáculos ao jogo eficaz e divertido. No jogo político, as regras viram-se para os que têm menos recursos, de forma a formatá-los com alucinações labirinticas. E porquê esta minha proposta? porque o jogo é com PESSOAS. E com pessoas que não têm TEMPUS para joguinhos.
Ora, já agimos mal; já reflectimos no assunto e chegámos à conclusão que já todos estiveram a ganhar o jogo mas logo alteram as regras e o jogo deixa de ter piada..e andamos nisto há anos! Há que reinventar valores associativos coerentes, eficazes, e que sejam simples, para que, de facto, o que vulgarmente apelidam de oportunidades, não sejam cada vez mais só para alguns (os que alteram as regras do jogo).

Publicado por Filipe Caro às 01:59 AM | Comentários (0) | TrackBack (0)