« O futebol português | Entrada | O Chicote »

September 20, 2005

Jornada 4

FC PORTO - Co Adriaanse quis disfarçar um caso McCarthy com a qualidade do futebol português e continua a cometer erros que nem os suplentes desta vez o safaram. Continua a insistir que Quaresma é jogador para 15 minutos, não aposta em Hugo Almeida para ponta-de-lança e colocou McCarthy a titular, infringido o seu próprio manual de conduta. O FC Porto ataca muito, é verdade, mas defende mal e talvez aí seja o seu ponto fraco. Falta-lhe muitas vezes o pragmatismo de querer ganhar o jogo pela margem mínima e isso às vezes paga-se caro.

SPORTING - José Peseiro deve ter alergia à liderança, uma vez que teve a possibilidade de a atingir e não quis. Também não é uma questão de não querer. No jogo que foi com o Nacional, qualquer uma das equipas podia ter ganho e por isso quando Peseiro fala em injustiça, quer apenas mandar recados para dentro. Paulo de Andrade disse que não tremia com ninguém e a continuar com o discurso (já mudou o do sistema...) poderá não ter sorte...

BENFICA - Neste fim-de-semana acabou o discurso do sistema, da falta de homem-golo, das teorias do Koeman. Para muito ajudou o União de Leiria, que mostra um José Gomes nada talhado para a Primeira Liga, fazendo lembrar Luís Campos. Até Nuno Gomes agora já é bom, porque marcou três golos de rajada. O efeito Miccoli está a sentir-se na Luz. Espero, pessoalmente, que dure até ao fim da época...

Publicado por Danielovsky às September 20, 2005 09:03 PM

Comentários

sim quaresma a meu ver tem lugar no onze e hugo almeida é tb um bom jogador mas mccarty continua a ser o melhor ponta de lança do fcp.
do sporting espero k a alergia ao 1 lugar continue.
do benfica kero é k o nuno marke golos em todos os jogos e nao precisa ser aos 3 de uma vez, mas tb sei k não se joga sp contra o leiria.
ps- luis campos só a um... o josé gomes tenta iguala-lo hehee

Publicado por: rosado às September 22, 2005 12:02 AM

Comente




Recordar-me?