« Ainda não é desta... | Entrada | A Taça continua... »

May 19, 2004

Convocatória do Euro

Apenas uns pequenos reparos nestes brandos costumes que analisam o mundo da bola.

Relativamente á convocatória para o Euro há sempre aquelas pessoas que dizem quem devia ir e quem não devia ir.

Antes de mais, os 23 que foram escolhidos, caso não haja nenhuma lesão, são aqueles que para mim, se conseguirem levar a Selecção Nacional ás meias-finais do Campeonato da Europa, realizaram um grande trabalho, se chegarem à final, um excelente trabalho, e se o ganharem, um fantástico trabalho.

No entanto, e como também sou um comum mortal como todos somos, não escolhia aqueles 23, porque na minha opinião geral, teria de haver modificações.

Os que retirava da convocatória seriam sem dúvida:
- Helder Postiga (passou uma época eclipsada no Tottenham, onde foi suplente de Keane e Kanouté, tendo pelo meio uma lesão)

- Maniche (tivesse acontecido o que aconteceu relativamente à indisciplina entre Scolari e o jogador, a coerência que o seleccionador tem mostrado ficou aqui provada que também abana com um pouco de pressão)

- Cristiano Ronaldo (com 19 anos e ainda tendo um futuro risonho à sua frente, o madeirense é daqueles jogadores que ainda não adquiriu a estatura que lhe é pedida numa prova de importância como um Europeu. A única desculpa é a falta de extremos credíveis para a Selecção, se bem que se calhar faz mais falta aos Sub-21)

- Tiago (O jogador do Benfica está doente. Padece de uma pubalgia que com simples tratamento não vai lá. Corre o risco de hipotecar o ínicio da próxima época se tiver que ser operado e depois não é a FPF que lhe vai pagar o ordenado ao fim do mês, pois não?)

Para o lugar destes quatro jogadores, teriam de entrar outros quatro:

- Fernando Meira (é de uma capacidade de adaptação inesgostável em qualquer posição recuada no campo. Para além disso, teve mais uma oportunidade do que Maniche depois do "incidente" com a Espanha. Se vai um, porque não vai o outro?)

- Hugo Viana (é daqueles jogadores que trabalham e gostam de trabalhar para a equipa. O exemplo de Hugo Viana como o de Postiga é em tudo equivalente. Será só pelo número de jogadores disponíveis para o meio do meio-campo português?)

- Hugo Almeida (Um jovem com valor e uma belíssima aposta para um jogo com defesas calmeirões e que dêem porrada e água pela barba aos meninos Pauleta e Nuno Gomes. Seria uma perda para os Sub-21, mas poderia ser uma boa aposta para os AA)

- Boa Morte (não sou grande apreciador do jogador do Fulham, mas é um jogador que pode jogar em várias posições na frente, e foi um dos mais utilizados nos jogos de preparação. Quanto mais não seja, esse é um grande motivo para não o deixar de fora)

Ainda existiriam mais casos para falar, como o exemplo Rui Jorge que foi tratado de maneira rápida e "eficaz" para o jogador, ao contrário de outros (o caso Kennedy é um bom exemplo).

O caso Baía continua a ser caso por causa da comunicação social e há-de ser ainda responsável para justificar todos os golos que a Selecção sofrer. Só para relembrar que no último Mundial, os jogos de qualificação foram todos disputados por Ricardo e depois na Coreia e no Japão foi o que se viu, devido às chamadas "pressões..". Mas isso são contas de outro rosário.

Por isso, só espero que a sorte esteja connosco e que consigamos chegar longe.

BOA SORTE PORTUGAL!!!!

Publicado por Danielovsky às May 19, 2004 12:23 AM