" /> Bioquímica (s)em rede: dezembro 2004 Archives

« novembro 2004 | Entrada | janeiro 2005 »

dezembro 22, 2004

Cumprimentos

A pausa natalícia está definitivamente em vigor. A todos desejo um Bom Natal e um Feliz Ano Novo.

blx1.gif

dezembro 11, 2004

A Bioquímica e Bolonha

Sabiam que se encontra em fase de discussão pública o documento orientador da comissão de Ciências Exactas e Naturais (a nossa) para a adaptação das licenciaturas ao processo de Bolonha?
O documento pode ser encontrado aqui ("pdf", 194 kB, 12 pp.).
Para enviar comentários ao Ministério sobre o mesmo documento, "clicar" aqui.

dezembro 05, 2004

Literacia 3D

O conceito exposto no título foi tomado "emprestado" do título da apresentação de JSRichardson, referida na entrada anterior. O "3D" é a abreviatura inglesa de tridimensional, naquele caso aplicado à visualização e compreensão da estrutura das proteínas.
Qual a lição que encerra, para mim, este título? A necessidade imperiosa de dar três dimensões aos diagramas e gráficos dos livros de texto para aumentar a sua compreensão pelos alunos (e diminuir, ao mesmo tempo, a tendência natural dos mesmos para funcionar com base na memória). Este é um desígnio importante da Educação que, curiosamente, funciona independentemente das políticas educativas de geometria variável e encaixa às mil maravilhas no (verdadeiro) Processo de Bolonha. Há que concentrar-se no essencial e esquecer o acessório.

Congresso Nacional de Bioquímica 2004

A secção de Educação do Congresso, conduzida pelo "maestro" Manuel João Costa (Escola de Ciências da Saúde, U. Minho), foi mais participada do que há dois anos em Lisboa. Entre comunicações apresentadas pelos participantes e sessões temáticas (Aprendizagem da estrutura de proteínas (Jane S. Richardson, Duke U.) e "Problem based learning" (P. Moradas-Ferreira, IBMC, U. Porto)), o "Workshop" foi organizado como uma sessão paralela ao resto do Congresso, com a prestimosa colaboração de M. Aureliano Alves (Dept. de Química e Bioquímica, U. Algarve). A assistência foi variando, de acordo com os respectivos interesses e os debates posteriores às intervenções foram vivos, por vezes havendo necessidade de interrupção para dar lugar às intervenções que se seguiam. Os "posters", expostos pemanentemente, foram também um bom pretexto para trocas de ideias, assim como o almoço de trabalho, que incluiu Terry S. Woodin, da National Science Foundation (EUA).
A ideia força que eu retiraria das sessões é que não basta ter boas ideias e aplicá-las num contexto de Ensino Superior: é necessário/essencial que cada um de nós faça uma avaliação posterior do sucesso dessas ideias. E, uma vez dado esse passo, porque não escrever um artigo e publicá-lo, como MJCosta propõs como tema de conversa informal, dessa maneira partilhando as experiências e incentivando outros a aplicar estas ou outras ideias à sua prática de ensino. Perguntar-me-ão onde publicar e eu respondo que há várias maneiras: comunicações nos Encontros Nacionais, páginas da "Web", blogues, "Biochemistry and Molecular Biology Education" (na área de Bioquímica), participação em "Workshops" didácticos, etc. Todos nós temos estilos próprios de ensinar e nem todas as técnicas terão êxito. Cada um tem que encontrar a(s) que resulta(m), porque nem todos são capazes de "fazer o pino" numa sala de aulas para manter o interesse dos alunos.
Duas notas finais: a minha apresentaçao (sob a forma de "pdf") pode ser encontrada aqui (já que se refere a este blogue particular). Aparentemente, os estudantes que viajaram comigo para o Algarve (e volta) têm algo preparado para descrever as peripécias dessa excursão "épica". Fico a aguardar o texto (?) para ser aqui divulgado (sem censura, 8-)).