« CONTRIÇÃO | Entrada | TORRE DE PAPEL »

outubro 27, 2005

É QUE ESTES SENHORES SÃO MESMO MUITO IMPORTANTES, SABIAM?

A trupe do Super Mário continua em grande. Depois de mais uma chalaça muito bem apanhada — anunciaram um link para o site oficial da campanha de Alegre, na realidade dirigido para a SPA — já só podemos esperar o pior.
Como este belo post, onde alguém escreve, "antes que seja tarde para discorrer sobre questões marginais", algumas considerações oportunistas e distorcidas a propósito de um texto do Daniel Oliveira. O tema deste era a última candidatura presidencial de Ralph Nader, que muitos então receavam poder dar mais uma vez um contributo decisivo à vitória do monkey boy em estados-chave.
Numa óbvia pirueta sofista, o postador tenta transplantar o raciocínio para Portugal e contra a candidatura de Louçã. Esquecendo que: não é por haver mais candidatos à esquerda que Cavaco ganhará mais facilmente à primeira volta, antes pelo contrário; que estamos longe de uma situação em que a coisa se decida entre Soares e Cavaco logo nessa primeira volta; que o sistema eleitoral português nada tem em comum com o dos EUA, consumando-se ali tudo logo ao primeiro escrutínio; que nem sequer é líquido que Soares seja o mais bem posicionado para obrigar o professor de Boliqueime a um segundo round; etc.
O que este senhor não esqueceu foi a sua própria importância, com aquele pormenor delicioso do "antes que seja tarde para discorrer sobre questões marginais". Ou seja, ele digna-se a falar de alguém tão obviamente insignificante como o Daniel apenas enquanto assuntos sérios não lhe ocuparem a augusta atenção.
A isto chama-se uma bebedeira de HTML. Maravilhados com as muitas menções (a que fazem abundantes referências) do seu blogue em jornais, na TV, noutros blogues e sabe lá Deus mais aonde, convenceram-se de que o que lá escrevem tem mesmo alguma consequência no mundo real.
Fazem-me lembrar aquelas figurinhas patéticas do putativo jet set luso: sempre deslumbradas com as suas aparições na "Nova Gente", sempre convencidas da sua incontornável relevância, sempre em bicos de pés para aparecer na próxima fotografia.

Mas o que fará Vital Moreira em tão insalubre estaminé?

Publicado por Luis Rainha às outubro 27, 2005 12:46 PM

Comentários

bem se vê que o camarada não tem lido com muita atenção aquilo que tem sido escrito pelo camarada vital das piruetas.

Publicado por: fidel em outubro 27, 2005 02:13 PM

peço desculpa de incomodar esta secção de comentários mas não posso deixar de dizer que a foto do post está incorrecta. onde se lê 64 deve ler-se 82. obrigado.


pat.blogspot.com

Publicado por: pistolero em outubro 27, 2005 02:34 PM

é caso para assobiar...."oh nintendo, volta para trás!".

Publicado por: pachancho em outubro 27, 2005 02:38 PM

e pelos vistos, tb aqui vão ocupando espaço...
(gostei especialmente da referência ao "putativo jet set luso")

Publicado por: eu em outubro 27, 2005 03:24 PM

Ó LR, mas esse é mesmo o lugar indicado para o Vital.
Vê-se logo que não o conhece bem.
Olhe, leia os Diários das Sessões da AR, ao tempo em que o mesmo Vital era deputado do PC...

Publicado por: Informado em outubro 27, 2005 04:54 PM

James Reston interviews Mario Soares about NATO's role in easing the unrest in Angola, Portugal, Russia, Spain etc., August 1975.

Página 3 de 11. Amanhã será publicada a página quatro desta entrevista de Mário Soares a James Reston, em Agosto de 1975. Estas imagens são fotos dos originais dactilografados e anotados pelo próprio jornalista.

Publicado por: gr em outubro 27, 2005 09:37 PM

Como eu acho piada a este afã em desenterrar o passado de Mario Soares.

Aqueles que o apoiaram em 86, aqueles que o apoiaram em 91, aqueles que lhe deram o seu voto há 5 anos quando se candidatou ao Parlamento Europeu, sabiam de muitas destas histórias e isso não foi nenhum problema, para o apoiarem nessa altura.

Agora como tivessem descoberto a polvora, aqui-del-rei que o Soares é isto, fez aquilo, francamente....

Mas eu percebo Soares incomoda, sobretudo os Cavaquistas, aqueles que querem esconder o passado de Cavaco ou a falta dele.
Aqueles que querem esquecer dez anos de corrupção compadrio neopotismo, esbajamento de fundos públicos, deficite galopante, desemprego,e por fim a fuga de Cavaco deixando o PSD entregue a um Fernando Nogueira de ocasião.

Aqueles que querem esquecer a miserável campanha de ataque a Jorge Sampaio adversario de Cavaco nas eleições de 96, em que valeu tudo, até ataques á familia e a vida privada do actual Presidente da Republica.

Aqueles que querem fazer esquecer a traição oportunista ao PSD nas ultimas eleições legislativas.

Em suma atacar da maneira que certas pessoas fazem Mario Soares, e esquecer Cavaco, o homem que aos 40 anos não se apercebia que Portugal na época era uma ditadura, e que confunde Assembleia da Republica com Assembleia Nacional, que sai á rua rodeado de gorilas com medo do povo, é no fundo ser ingénuo ou oportunista.

Publicado por: a.pacheco em outubro 28, 2005 12:01 PM

Este a.pacheco, se não fosse um idiota, gostaria de ser o quê?

Publicado por: Dasse em outubro 28, 2005 04:56 PM

Quando pela primeira vez até acho que o Pacheco disse coisas acertadas, aparece logo um "inteligente" a insultá-lo, mas claro, sem fundamentar. Há certas inteligências que são mesmo assim: insultam e nem precisam de explicar porquê.

Publicado por: Margarida em outubro 28, 2005 11:48 PM

Exactamente o Pacheco tem toda a razão.
Se eu fosse do PSD nunca votaria no Cavaco, pois ele despreza o partido que o apoia.
Mário Soares é claramente o melhor candidato e é o candidato que eu apoio, será o Presidente de todos os Portugueses, sem negar a sua área política ligada ao PS.

Publicado por: Filipe em outubro 30, 2005 12:50 PM