« POST-IT | Entrada | É QUE ESTES SENHORES SÃO MESMO MUITO IMPORTANTES, SABIAM? »

outubro 26, 2005

CONTRIÇÃO

Olhando para o último post que escrevi, acerca de publicidade, vêm-me à memória, não sei bem porquê, ecos de uma desopilante canção de Momus: "I Was A Maoist Intellectual"

"How did I pass my time on earth? Now it can be revealed:
I was a Maoist intellectual in the entertainment field"

"The rich despised the songs I wrote which told the poor their worth
Told the shy to speak and told the meek to take the earth
But my downfall came from being three things the working classes hated:
Agitated, organised and over-educated"

Podem ouvir aqui um excerto da obra, originalmente editada no excelente álbum "Tender Pervert". E meditem na triste conclusão a que o protagonista chega:

"But if I could live my life again the last thing that I'd be
Is a Maoist intellectual in the music industry
No, if I could live my life again I think I'd like to be
The man whose job is to stop the men who think like me"

Publicado por Luis Rainha às outubro 26, 2005 06:19 PM

Comentários

"I'd like to be
The man whose job is to stop the men who think like me"

Afinal o LR era um maoista arrependido e já está a fazer o que sempre ambicionou fazer. Já tínhamos percebido, LR.

Publicado por: Margarida em outubro 26, 2005 06:44 PM

Uma tarefa gigantesca tendo em conta que hoje todas as opiniões que divergem do "pensamento único anti-estadista e ultraconservador" são excluídas dos Media que o sistema já controla em absoluto e que as Universidades e as Mentes são ensinadas desde tenra idade o que é o "certo" e o errado. Em que coisas como a Globalização e a Desregulamentação são tidas como fins certos e absolutos e destinos inevitáveis para todas as Economias (que treta!)

Publicado por: Rui em outubro 26, 2005 07:10 PM

olha lá, porque é que não disponibilizas a música toda?

Publicado por: aguilar em outubro 26, 2005 09:16 PM

aguilar,

Parece coisa estranha, mas custa-me partilhar assim na net uma canção por inteiro. O gajo (o Momus) anda sempre à rasca de dinheiro, sobretudo desde que foi processado pela Michelin à pala da canção "Michelin Man"...

Publicado por: LR em outubro 27, 2005 12:24 AM

«Parece coisa estranha, mas custa-me partilhar assim na net uma canção por inteiro.»

Bem, enfiei esta carapuça com uma pinta que nem te digo nada. Disponibilizar uma música por inteiro, Luís, para além de respeitar a integridade da mesma, é uma forma de se dar a conhecer um artista - para mais genial como o Momus.

(Conheces o tema do Stephin Merritt que ele canta no projecto the 6th? Se quiseres envio-te por e-mail trinta segundos da mesma. ;))

(Obrigado por este tema, Luís. Não o conhecia. Este disco passa a estar no topo do topo das minhas prioridades.)

Publicado por: João Pedro da Costa em outubro 27, 2005 12:46 AM

Bill Hicks, esse grande guru texano, disse uma coisa do genero (por outras palavras e melhor que eu):

"os publicistas sao demonios postos na terra para descer o nivel e a qualidade de vida das pessoas; nao ha racionalizacao possivel para o que eles fazem; a unica solucao para eles é o suicidio".

Publicado por: Filipe Castro em outubro 27, 2005 02:59 AM

... e vou comprar este album, ja se ve! :-)

Publicado por: Filipe Castro em outubro 27, 2005 03:02 AM

bom, não há problema. lá vou eu ter que reinstalar o Soulseek. mas concordo com o João Pedro da Costa. É mais ou menos como os filmes da SIC, em que eles cortam sempre as "letras" do fim. estão a desvirtuar por completo a integridade do mesmo.

E pensava que tu, como publicitário, tinhas consciência que quanto maior divulgação deres a um artista, (tal como partilhar uma música, ou mesmo um album!), mais dinheirinho lhe estás a pôr no bolso.

É que não é incomum entre o mundo dos consumidores de música "sacar" primeiro e comprar depois.
mas isso é outra discussão...

Publicado por: aguilar em outubro 27, 2005 07:03 AM

Pronto, está bem, não batam mais no ceguinho! JPC: envio-te o ficheiro todo por mail mal chegue ao escritório.
Aguilar: manda o teu mail para o do BdE que receberás a mesma encomenda...

Publicado por: LR em outubro 27, 2005 10:08 AM