« DURANGO KID SÓ EXISTE NO GIBI | Entrada | AVISOS IMPRESCINDÍVEIS À SAÚDE PÚBLICA »

outubro 25, 2005

O ÓBVIO QUE FAZ FALTA

Por vezes, é preciso reafirmar o evidente. Mesmo que a oposição ao recente prémio Booker também tenha argumentos fora da aritmética das vendas...

Publicado por Luis Rainha às outubro 25, 2005 02:22 PM

Comentários

A teoria da conspiração que envolve o presidente do júri, John Sutherland, que pretenderia obrigar Banville a provar o veneno do sucesso comercial é simplesmente deliciosa.

Publicado por: José Mário Silva em outubro 25, 2005 02:59 PM

Quem diria, Pedro Mexia, com estatuto de Guru no BDE :)

Publicado por: hDn em outubro 25, 2005 03:19 PM

"Quem diria"? Mas porquê? A inteligência e a graciosidade deixam de existir quando falamos de gente que não pensa como nós?

Publicado por: LR em outubro 25, 2005 03:26 PM

A inteligência e a graciosidade de quem fala de "salsicheiros"...a crónica do Pedro Mexia é um imenso lugar-comum.

Publicado por: grim em outubro 25, 2005 04:11 PM

Daí precisamente o título deste post... é óbvio, é lugar-comum, mas é também algo de que muitos se esquecem ocasionalmente.

Publicado por: LR em outubro 25, 2005 04:33 PM

A cronica e', neste caso, um lugar-comum: diz o obvio, e' essa a sua virtude.

Publicado por: MP-S em outubro 25, 2005 05:57 PM

"Quem diria"? Mas porquê? A inteligência e a graciosidade deixam de existir quando falamos de gente que não pensa como nós?"

Claro que não, mas vá o Luís por essa blogoesfera fora e conte os casos em que alguém do campo politico oposto seja tantas vezes citado...ou quantas vezes a inteligência do opositor é usada para elogiar o opositor e não como mera arma de arremesso político.

Publicado por: hDn em outubro 26, 2005 08:42 AM