« O ÚLTIMO DOS MOICANOS | Entrada | À IMAGEM DO RESTO... »

outubro 09, 2005

JÁ PERCEBO PORQUE É QUE SE CHAMAM "URNAS"

Minutos antes do encerramento das urnas, ainda me mantenho teimosamente agregado aos 30% de indecisos que as sondagens descortinam em Lisboa. Aliás, dada a qualidade dos candidatos disponíveis, admira-me que sejam apenas 30%. A coisa anda tão negra que até me imagino a fazer duas coisas impensáveis: perder a vergonha por ter colaborado com a campanha de João Soares de há quatro anos, e votar no Rúben de Carvalho, apesar da nula simpatia que ele e o seu partido me inspiram.

Publicado por Luis Rainha às outubro 9, 2005 06:26 PM

Comentários

Olha lá, isso é campanha ilegal! :)

Publicado por: Nuno Morais em outubro 9, 2005 06:54 PM

luis, estava com saudades tuas.
a coisa está efectivamente preta...

Publicado por: Tchernignobyl em outubro 9, 2005 07:16 PM

CARTÃO LARANJA AO GOVERNO DE JOSÉ SÓCRATES

Publicado por: André Carvalho em outubro 9, 2005 08:16 PM

Gostei de ver o desespero de Mário Soares fazendo o apelo ao voto no filho....deve ser complicado chegar à idade dele e perceber que a familia Soares perdeu a credibilidade Politica.
Ainda vai a tempo de desistir como candidato às Presidenciais, pois aì vai levar a maior derrota da vida dele.

Cavaco ou Manuel Alegre, graças a deus......

Publicado por: Pedro Oliveira em outubro 9, 2005 08:49 PM

Tudo o que vem do Soares pai é sempre mais nojento do que se imagina.
Sabiam, por exemplo, que, quando o sujeito disse, no Brasil, não sofrer da próstata, estava a atacar miseravelmente Manuel Alegre?
E ainda haverá alguém decente que se disponha a votar em tal aberração para Presidente da República?

Publicado por: Informado em outubro 9, 2005 09:10 PM

Pior que que a indecisão em Lisboa foi a confirmação em Oeiras. Quero pensar que foi uma catarata colectiva que atingiu os munícipes deste concelho e que os fez falhar no quadrado. Qualquer outro quadrado seria digno de ser riscado. (menos o do PS, porque tem outdoors com erros ortográficos). "Vinde Isaltino e enriquecei à nossa custa mas por favor dai-nos as fontes, o fogo de artifício e os campos de futebol".

Publicado por: AnAzul em outubro 9, 2005 09:31 PM

a fátima felgueiras, o isaltino, o valentim foram eleitos nalguns casos com maioria absoluta e o pessoal empolga-se com os problemas da família soares...

Publicado por: tchernignobyl em outubro 9, 2005 09:32 PM

O problema fátima felgueiras, isaltino e valentim não é um problema eleitoral, é um problema de justiça.

Publicado por: Pedro Oliveira em outubro 9, 2005 11:06 PM

sem dúvida... excepto no pormenor em que ganham eleições. Isso é que é preocupante.

Publicado por: tchernignobyl em outubro 9, 2005 11:17 PM

O que eu acho piada é a projecção que se dá a Felgueiras - quando comparada com Braga, Coimbra, Barreiro.
Alguém ouviu o discurso dos vencedores destas camaras? Na Televisão, quero eu dizer...
E depois os jornalistas põem aquele ar de virgens ofendidas e dizem que só estão a informar o País.
Poupem-me...
Em Felgueiras a Fátima arrengou em directo durante quase 20 minutos sobre o poder judicial do povo...
O Carmona teve menos tempo que ela, cortaram-lhe o pio ao fim de dez minutos.
Mas devo dizer que gostei de ver a Babi Guimarães por de trás do seu homem, com beijinho em directo e tudo... :))))))

Publicado por: Akhenaton em outubro 10, 2005 09:08 AM

é... um compêndio de informação neutra.
mas eu acho bem.
eu acho bem que os líderes dos restantes partidos (os que se preocupam com estas coisas...) e não só oiçam bem estas coisas para ver se se capacitam por um bocadinho que seja do problema.

Publicado por: tchernignobyl em outubro 10, 2005 10:07 AM