« IDÉEFIX | Entrada | É COMPREENSÍVEL MAS NÃO DEIXA DE SER TRISTE »

outubro 07, 2005

SINOPSE DO DEBATE DE ONTEM À NOITE, NA RTP

Aspectos positivos - A cordialidade dos candidatos, a moderação correcta dos pivots, a ausência de atropelos e gritaria.

Aspectos negativos - Demasiado tempo gasto a discutir questões particulares (o túnel do Marquês, a entrada de carros em Lisboa, as questões da habitação) e pouco tempo reservado à comparação dos programas e soluções propostas por cada candidatura.

Carmona Rodrigues - Foi atacado tanto pela esquerda como pela direita, numa espécie de "quatro contra um". Talvez por isso, demonstrou nervosismo e falta de confiança, refugiando-se numa linguagem técnica de engenheiro camarário, sem carisma nem rasgo. Por muitas piruetas que dê, voltou a não conseguir libertar-se do fardo da gestão santanista e brandiu com demasiada insistência, para não dizer desespero, o seu único trunfo (a notícia de que Lisboa subiu dois lugares no ranking das melhores cidades para instalar empresas). O sorriso amarelo, entre o desdém e o enfado, também não lhe fica nada bem. E o tom de superioridade, como que a dizer "já ganhei isto de caras", ainda lhe pode trazer dissabores.

Manuel Maria Carrilho - Irritante, palavroso, abstracto e inconsequente, mas menos do que é costume. Jogou nitidamente à defesa, contando com o desgaste do principal adversário e com o efeito das sondagens que anunciam uma redução do fosso que o separava, até há poucas semanas, de Carmona. No auge da luta, optou pelo low profile, o que só lhe pode trazer dividendos.

Ruben Carvalho - O vencedor da noite. O mais articulado, o mais contundente e o que melhor soube resumir ideias, projectos e medidas concretas para a cidade.

Maria José Nogueira Pinto - Confirmou a excelente campanha que fez e não deu tréguas às inconsistências de Carmona. Clara, directa, lúcida e intelectualmente honesta. Tomara que toda a direita fosse assim.

José Sá Fernandes - O melhor candidato (na minha opinião) teve uma prestação fraca. Pouco dinâmico, lento nas respostas e mal preparado para o registo que um debate com estas características exige. O ataque final a Ruben de Carvalho, então, foi um completo despropósito, um tiro no pé. Só espero que o impacto deste desastre mediático não condene nas urnas quem já mostrou que pode ser um vereador importante para a defesa de Lisboa e dos lisboetas.

Publicado por José Mário Silva às outubro 7, 2005 07:23 PM

Comentários

Só uma questão curiosa:
- Alguém por acaso aqui no Blogue sabe que a Mariasita Nogueira é cronista na revista Plenitude?

Já agora para os mais distraidos a revista Plenitude é um orgão de informação escrita do "pequeno" império chamado IURD.

Publicado por: zandoris em outubro 7, 2005 09:31 PM

Também concordo que o Rúben de Carvalho foi de longe o melhor candidato. O José Sá Fernandes tem sido uma enorme desilusão. Não duvido da sua preparação e conhecimento dos problemas da cidade mas não tem o mínimo traquejo para estes debates.

Publicado por: xana em outubro 7, 2005 09:55 PM

"Maria José Nogueira Pinto - Confirmou a excelente campanha que fez e não deu tréguas às inconsistências de Carmona. Clara, directa, lúcida e intelectualmente honesta. Tomara que toda a direita fosse assim." Disse o JMS. E Eu discordo e passo a explicar porquê.

Mas a Nogueira Pinto não é a mesmíssima que votou sempre contra os aumentos dos salários mínimos, contra o rendimento mínimo de inserção contra a despenalização do aborto, pelo aumento da idade das reformas das mulheres, pela privatização da segurança social, contra a educação sexual nas escolas, contra os aumentos da função pública, etc., etc?

Não é a mesmíssima pessoa que no Parlamento não tinha escrúpulos no encadear de argumentos falaciosos para levar a agenda da direita em frente? Não é a mesmíssima pessoa que desavergonhadamente usava os argumentos das seguradoras para levar a água ao caminho delas?

Não é também a mesma pessoa que nos frente-a-frente da SIC Notícias, atropela constantemente o parceiro?

Claro que é: se há pessoa que não mudou nem de ideias nem de estilo é ela. Se há pessoa que entende que tem direito a privilégios por ser quem é, é ela.

Nesta campanha não mudou a pessoa, mudaram foram as circunstâncias. Depois da derrota do CDS-PP em 20 de Fevereiro ela sabe que o CDS-PP precisa de reconquistar a confiança que perdeu com os disparates e exageros do Portas, do Bagão , do Nuno Melo, do Telmo.

Nesta campanha eleitoral ela precisa desesperadamente de pelo menos ser eleita vereadora que é condição para se afirmar no CDS-PP. Porque esse é o objectivo dela, afirmar-se no partido.

E inteligente como é, ela sabe que uma maneira de fidelizar o seu eleitorado e de marcar a diferença em relação ao Carmona era desenvolver a sua postura de tia amiga dos pobrezinhos, com postura modesta e comedida, caridosa e de bom senso, uma postura acolhida nas classes média-alta e bem vista nos meios da hierarquia e da Igreja.

Por isso nos debates manteve-se modesta, deixou de interromper, apagou os tiques de madame. E puxou para os holofotes o discurso do social, dos excluídos, qual Evita preocupada com os pobres e os humildes.

Esta é a minha leitura da aparente metamorfose da Nogueira Pinto, que não foi nenhuma. Ela continua a ser uma gaja da direita que só porque nasceu num palacete pensa que tem direito a toda e qualquer regalia. E esta minha leitura está bem distante dos encómios que o JMS lhe dedica.

PS: Porque é que o Sá Fernandes é o melhor candidato? Só porque sim JMS?

Publicado por: Margarida em outubro 7, 2005 10:32 PM

"José Sá Fernandes - O melhor candidato (na minha opinião) teve uma prestação fraca. Pouco dinâmico, lento nas respostas e mal preparado para o registo que um debate com estas características exige. O ataque final a Ruben de Carvalho, então, foi um completo despropósito, um tiro no pé. Só espero que o impacto deste desastre mediático não condene nas urnas quem já mostrou que pode ser um vereador importante para a defesa de Lisboa e dos lisboetas."

Sem tirar nem por. Ele perdeu-se naquele 4 contra 1. Aliás, ele até se deveria ter demarcado e ter deixado um 3x1 e ter-se batido pelas suas ideias.
Não voto em Lx, mas espero que ele seja eleito pelo menos para vereador!

Publicado por: Denis o Pimentinha em outubro 7, 2005 10:59 PM

Denis, JMS:

Mas porque é que o Dr. Sá é o melhor candidato? Porque sim? Só isto? Please, ao menos uma razãozinha. Não é pedir muito, pois não?

Publicado por: Margarida em outubro 7, 2005 11:38 PM

"Não é a mesmíssima pessoa que no Parlamento não tinha escrúpulos no encadear de argumentos falaciosos para levar a agenda da direita em frente?"

Margarida, a seu ver, há alguma pessoa que, para levar a agenda de direita em frente, não recorra a argumentos falaciosos?

Publicado por: cordobes em outubro 8, 2005 02:26 AM

cordobes
Eu não gosto de generalizar nem de generalidades e mantenho o que disse sobre a Mª José Nogueira Pinto que é a cabeça de lista do CDS-PP por Lisboa e que fez a campanha eleitoral, segundo ela o disse, com ideias próprias.

Publicado por: Margarida em outubro 8, 2005 10:34 AM

Segundo a revista Sábado, Ana Cristina Ribeiro a Presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, a única autarquia do BE, foi constituida arguida. É suspeita de ter conspirado para afastar adversários políticos. E o que diz agora, o Xico caça-bandidos desta sua bandida?

Publicado por: João em outubro 8, 2005 12:20 PM

Nem o Denis nem o JMS conseguiram encontrar uma única razão para justificar a opinião de Sá Fernandes ser o melhor candidato.

Para mim o melhor candidato é o Ruben: porque domina como nenhum os problemas da cidade, porque apresentou soluções sensatas para os resolver, porque tem uma equipa experiente e porque personifica o trabalho e a luta de 30 anos da CDU juntamente com a população para tornar a cidade mais solidária, mais convivial e mais preocupada com a integração de todos os seus habitantes.

Publicado por: Margarida em outubro 8, 2005 02:56 PM

Sem sombra de dúvida o candidato Rubem Carvalho é o melhor candidato a camara de Lisboa, a sua lucidez e a sua visão e intrepretação dos problemas da cidade, torna-o a pessoa mais indicada para comandar a camara Lisboeta. Sem falar da campanha que foi de longe muito superior a dos outros candidatos, que nao passaram de campanhas negativas com discuções pelo meio e tudo.

Publicado por: Vitor Pires em outubro 8, 2005 04:24 PM

"E inteligente como é, [Maria José Nogueira Pinto] sabe que uma maneira de fidelizar o seu eleitorado e de marcar a diferença em relação ao Carmona era desenvolver a sua postura de tia amiga dos pobrezinhos, com postura modesta e comedida, caridosa e de bom senso, uma postura acolhida nas classes média-alta e bem vista nos meios da hierarquia e da Igreja." Publicado por: Margarida em outubro 7, 2005 10:32 PM

"o Ruben: [...] personifica o trabalho e a luta de 30 anos da CDU juntamente com a população para tornar a cidade mais solidária, mais convivial e mais preocupada com a integração de todos os seus habitantes." Publicado por: Margarida em outubro 8, 2005 02:56 PM

A reflexão é uma coisa muito importante, e eu que o diga. Obviamente o meu objectivo não é pôr em causa a validade das propostas de Ruben de Carvalho para Lisboa, ou a sua integridade política, que isso fique bem claro.

Publicado por: Luís Oliveira em outubro 8, 2005 04:32 PM

Margarida
Longe de mim querer que se desdiga quanto à Mª José Nogueira Pinto. Também não pretendo que caia em generalidades - bem pelo contrário: apenas gostaria de saber se, na opinião da Margarida, existe "alguma pessoa que, para levar a agenda de direita em frente, não recorra a argumentos falaciosos". Como vê, qualquer resposta sua estará longe de corresponder a uma generalização. Excepto, eventualmente, a que deu. E já agora, aproveito o ensejo para adicionar outra pergunta: sabe o que é uma falácia?

Publicado por: cordobes em outubro 9, 2005 04:42 AM

cordobes: lol

Publicado por: Luís Oliveira em outubro 9, 2005 05:01 AM

Excelente post. Subscrevo a 100%, principalmente "o ataque final a Ruben de Carvalho, então, foi um completo despropósito, um tiro no pé."

Publicado por: work buy consume die em outubro 9, 2005 11:02 PM