« AQUI FARROUPILHA! | Entrada | PACIÊNCIA »

setembro 22, 2005

SOBRE O DIA EUROPEU DA MOBILIDADE

Por que não todos os dias?
Transporte gratuito de bicicletas nos transportes na Área Metropolitana de Lisboa - por que não sempre? Em Paris é possível. Dêem-me uma boa razão.
Mas eu vou mais longe. Os transportes públicos de graça, todos os dia, por que não? Vital Moreira recorda-nos frequentemente que os transportes públicos de Lisboa e Porto já são fortemente subsidiados pelo Estado. Poderá discutir-se o interesse nacional de tal subsídio, mas eu proponho mesmo um imposto municipal (ripo "poll tax") que financie os transportes públicos. Tal imposto seria pago por todos os habitantes da Área Metropolitana de Lisboa ou Porto (os transportes seriam gratuitos em toda essa área). Esta medida, conjugada com restrições sérias à circulação de automóveis na cidade (semelhantes às que existem, por exemplo, em Londres) permitiriam melhorar a qualidade do ar que se respira, circular mais facilmente (e rapidamente) e aumentar em muito a qualidade de vida.
Poderão dizer-me: não é justo que os visitantes ocasionais (de outros pontos do país e do estrangeiro) não paguem por usarem o mesmo serviço que os locais. Não é assim, uma vez que tais utentes são ocasionais. Não se pode comparar a utilização esporádica que fariam destes serviços com uma utilização regular. E de resto, tal melhoraria (e muito) a imagem internacional das nossas cidades, ao nível ecológico e mesmo turístico - onde não se paga para andar de transporte! Portugal ficaria conhecido pela sua hospitalidade e políticas amigas do ambiente.
Tal tipo de política nem é assim tão original - tem sido seguida frequentemente com as portagens para as SCUTs. Só que financiada pelo Estado, e não pelos munícipes delas utentes. Pelo menos perto das cidades, esta opção está errada - devem pagar-se (e bem) portagens para entrar nas cidades de carro; não se deve pagar para utilizar o transporte público.
Por que não?

Publicado por Filipe Moura às setembro 22, 2005 11:20 PM

Comentários

Nem mais! Era mesmo assim que devia ser!

Publicado por: Sara Figueiredo Costa em setembro 23, 2005 03:16 PM

"eu proponho mesmo um imposto municipal (ripo "poll tax") que financie os transportes públicos. Tal imposto seria pago por todos os habitantes da Área Metropolitana de Lisboa ou Porto"

Está-se a esquecer é que a maioria dos trabalhadores das grandes cidades mora fora delas, nos subúrbios. Só como exemplo a linha de Sintra é a linha de comboio com maior tráfego em toda a europa (cerca de 200.000 passageiros/dia) - segundo dados da CP.

Mas a ideia parece-me boa. Depois desço à terra e lembro-me que vivo em PT :(.

Publicado por: Denis o Pimentinha em setembro 23, 2005 03:41 PM

Que linda teoria. Eu moro perto da praia e por isso ao fim de semana tenho que levar com os "domingueiros" todos a empatar o trânsito, a poluir o ar e a estacionar em tudo que é lado.
Assim usando a mesma linha de pensamento porque não impor uma "portagem" para entrar nas zonas das praias?

Publicado por: fidel em setembro 23, 2005 04:01 PM

Tu não tens grande ideia do tamanho da AML, pois não? Ias pôr esta gente toda a pagar os transportes dos lisboetas (é que em LX há-os, no resto... enfim)? E já pensaste no valor que essa "poll tax" deveria ter para conseguir suportar só por si uma despesa de tal modo faraónica? E não queres comparar os transportes de Londres com os de Lisboa, pois não?
Em resumo, e respondendo á tua pergunta: porque não? Porque não há dinheiro.

Publicado por: LR em setembro 23, 2005 04:13 PM

Onde estao os Pretos?

Os unicos que tem tentado lutar contra a pobreza em Africa sao... os brancos. Os estados do Sul dos EUA, habitados maioritariamente por negros, foram recentemente flagelados pelo tufao Katrina, e quem foi em seu socorro? Os brancos, pois evidentemente. As comunidades de milionarios negros americanos olharam para o outro lado e assobiaram, nao mexendo uma palha para ajudar os seus "irmaos".

Dr. Focas


"A América (e o resto do mundo) entrou em estado de choque com os pobres desalojados do Katrina. Negros, a maioria. Os jornais, as rádios, as televisões, os colunistas, os «pundits» apontam o dedo a uma pobreza americana, de raça negra, sulista, vítima da desigualdade, dos cortes orçamentais aos programas de combate à pobreza, dos cortes na Saúde e na Educação, dos cortes do welfare. Vítima do racismo e do esquecimento, da feroz desigualdade dos estados do sul, de maioria negra, em que os brancos controlam o poder económico e social. Está tudo certo, é tudo verdadeiro.Mas, toda a gente sabe que existe uma classe média negra na América, com poderosas organizações de direitos civis. E que existe, tanto em Hollywood e Los Angeles, como em Chicago, como em Nova Iorque, um clube de milionários negros, poderosíssimos, que controlam o mercado da música rap que domina o mundo, controlam o merchandising da música rap, e controlam o mercado de raça negra consumidor desse merchandising (e não só, todos os miúdos brancos, de todo o mundo ocidental e abastado, copiaram a street fashion e os tiques dos rappers americanos. Yo!).Mas, alguém viu da parte desta gente, que se caracteriza pelo consumo conspícuo de moda de alta costura e logos, de diamantes, de roupas caríssimas, de iates e carros, de jactos privados, e de um estilo de vida ostentosos à boa maneira dos líderes africanos corruptos, alguém viu, dizia eu, um grande movimento de solidariedade e ajuda financeira aos seus irmãos negros do sul? Alguém viu P. Diddy, Lil Kim, Russell Simmons, Quincy Jones, Mary J. Blige, e os milhares de rappers milionários de Chicago e Nova Iorque e da Califórnia, fazer o que fizeram alguns actores e celebridades de Hollywood e ajudar, ou abraçar, um desgraçado que perdeu a família e os bens no Katrina? Alguém viu o reverendo Jesse Jackson, ou Eddie Murphy, ou inefável reverendo Al Sharpton, ou mesmo os boxeurs negros e bem de vida como Mike Tyson (e de Michael Jackson e da sua família nem é bom falar) levantarem a voz e a mão num gesto altruísta? Só Oprah Winfrey o fez, e tem feito, e continua a fazer. Ela é a negra mais bem sucedida da América e a que tem maior consciência social. O resto, não existe, ou existe egocentricamente. Corruptamente.Quando se culpa apenas a Administração Bush de tudo, e os brancos de tudo, de todo o racismo, deixa-se de lado o racismo de negros contra negros, o fosso entre ricos e pobres da mesma cor. Existe, e são poucos os que o saltam. Na América, como em África, quem menos ajuda os negros são os negros. "
Clara Ferreira Alves

Publicado por: Rui Pinhão em setembro 23, 2005 04:34 PM

Cara Clara Ferreira Alves,

Venho desto modo solicitar a Vossa Ex.a, ajuda para um pobre necessitado. Encontro-me desempregado e sem meios para assegurar a minha sobrevivência. Acredite a Cara, que pelo mesmo dinheiro que gasta em Rimmel, daria para me assegurar uma refeição diária.
Vejo que a Sra é generosa e atenta, e não deixará de responder à minha solicitação.

Bem haja

PS.Desculpem-me caros foreiros por ter saído do tema

Publicado por: Carente em setembro 23, 2005 05:52 PM

“Mas eu vou mais longe. Os transportes públicos de graça, todos os dia, por que não?” Pergunta inocentemente o Filipe Moura.

Porque somos um dos 25 Estados da União Europeia. Tão simples como isso. Ou já se esqueceu que a Comissão Europeia pretende a total liberalização do sector do transporte ferroviário, nomeadamente de passageiros, até 2010?

Lamento dizer-lhe mas a demagogia à maneira está à solta neste blog! Vocês são dos que querem comer o bolo e ficar com ele. Têm mesmo de repensar se é assim tão bestial que paulatinamente percamos a nossa autonomia, a nossa soberania e a nossa capacidade de decisão para pertencermos ao tal club onde quem manda são os grandes e as transnacionais.

Publicado por: Margarida em setembro 23, 2005 06:16 PM

Preciso do seu apoio.
http://fatima-felgueiras.blogspot.com
Obrigada

Publicado por: Fatima Felgueiras em setembro 23, 2005 06:30 PM

Margarida, não sei o que a liberalização do transporte ferroviário - concorde-se ou não com ela - tem a ver com o transporte urbano.
Diga-nos objectivamente para que serve a nossa "soberania", e em particular o que a nossa "soberania" até hoje fez pela ecologia. Basta olhar para o ordenamento do território em Portugal para ver... Nos países europeus que tanto a assustam há muito mais respeito pelo meio ambiente. A ecologia foi mais uma das "manias" que nos chegaram da Europa, como tudo de bom nos últimos 20 anos.

Publicado por: Filipe Moura em setembro 23, 2005 07:10 PM

Diga-me onde é que os transportes urbanos rodoviários não estão já liberalizados? E não sabia que a última linha que resistia à liberalização dos transportes públicos nalguns países ainda eram os ferroviários?

E falando da àrea Metropolitana de Lisboa, como você fala, não tem a noção que de facto os mais usados pelos trabalhadores, são a CP (linha de Sintra, linha de Cascais, linha da Azambuja) e a Fertagus? E já viu a quantidade de rodoviárias que vêm de toda a Zona Metropolitana de Lisboa, tanto da outra banda, como dos eixos Vila Franca, Loures, Sintra, Cascais, etc., despejar e carregar trabalhadores?

Você sabe quanto custa um passe L1, ou o L? Você sabe que cada vez há menos carreiras da Carris na cidade, precisamente as carreiras que mais jeito davam a quem trabalha? Você sabe que muita malta trabalhadora estudante ou trabalhador por turnos tem que correr para apanhar o último comboio porque até nos últimos comboios, nomeadamente na linha de Sintra a Carris cortou?

E pergunta para o que serve a nossa "soberania" no âmbito desta discussão? Porventura sabe o que é o PEC? Se sabe já deve ter descoberto que temos que baixar o défice, senão somos "multados". Se tivessemos mantido a totalidade da nossa "soberania" não estaríamos sujeitos a este constrangimento, pois não?

No meu post anterior, não mencionei uma única vez a palavra "ecologia", que nem penso que é uma mania. Pelo contrário, o meu partido até tem uma coligação eleitoral com os Verdes. Mas repito-lhe isto de pertencermos à UE tem constrangimntos e grandes. E um dos mais gravosos são os orçamentais. Repito-lhe ou se come o bolo ou se fica com ele. Pretender as duas coisas ou é demagogia ou é infantilidade.

PS: A Europa assustar-me? Deixe-se de farolices Filipe Moura. Ainda não percebeu que elas (as farolices) às vezes os levam a becos sem saída?

Publicado por: Margarida em setembro 23, 2005 08:32 PM

Não é por aí.

Não é pelo preço que as pessoas não andam de transportes públicos.

Se o preço das portagens fosse de tal maneira que ninguém entrasse em Lisboa, nem saísse, o problema do trânsito em Lisboa mantinha-se. É um verdadeiro mito urbano dizer que são os carros de fora da cidade que empatam Lisboa, eles correspondem apenas a cerca de 1/3 e desses grande parte só atravessa lisboa porque não há caminhos circulares ou os que há, como a CREL, têm estupidamente portagem.

A solução passa por uma melhor rede de trasnportes públicos, pela integração tarifária como já se faz no Porto, e por uma boa fiscalização no estacionamento.

Publicado por: Pedro Farinha em setembro 24, 2005 12:01 AM

Comparar os transportes públicos de Lisboa e Porto com o sistema londrino é digno de um alucinado sem qualquer contacto com a realidade...

Publicado por: 1km/h em setembro 24, 2005 02:01 AM

Uma coisa engracada que li no jornal: o governo britanico nao quer aumentar mais os transportes publicos, para... tantantantan: nao perder no imposto sobre os combustiveis!! Aqui em Londres, os gajos medem os todos os beneficios dos transportes publicos, e da congestion charge, como por exemplo, trasformam o tempo ganho no fluxo do trafego, em libras, e isto e mais que verdade, claro. Eu acho que precisamos de qualquer coisa desse tipo que tu descreves, nao digo trasnportes gratuitos, mas quase.
Desta vez gostei do que escreveste!

Publicado por: luis em setembro 24, 2005 08:56 PM

CFA: AQUI ESTAO OS NEGROS

Sai de Portugal ha 10 anos para nunca mais voltar por causa do racismo (ou sera simplesmente irremediavel tacanhez de espirito ou pura e santa ignorancia?)...
Vejo que pouco ou nada mudou na cabeca de certas pessoas...
Sou negra e talvez seja impossivel encontrar uma pessoa mais critica das comunidades negras do que eu...
Mas, francamente, porque que certos jornalistas portugueses nao fazem o seu trabalho de casa antes de se meterem a escrever "cartilhas"??! Tenham la alguma integridade profissional, caramba!!! Ou sera simplesmente porque nao entendem Ingles? Se eh esse o caso, lamento, mas a informacao que ai vai abaixo nao existe em Portugues e eu nao sou tradutora!

NBC-TV's September 2 "Concert for Hurricane Relief" raised nearly $51 million for the victims of Hurricane Katrina. More donations will soon be pouring in from other fundraising events. On September 9, a one-hour, commercial-free telethon aired on eight national networks and more than 30 cable channels to 140 countries around the world. Performers on "Shelter From the Storm: A Concert for the Gulf Coast" included Garth Brooks, Kanye West, the Dixie Chicks, Alicia Keys, Rod Stewart, Paul Simon, Neil Young, Sheryl Crow, Mariah Carey, Mary J. Blige and U2. Proceeds will be donated to the American Red Cross and the Salvation Army. Also on September 9, BET (Black Entertainment Television) presented "S.O.S. (Saving Ourselves): The BET Relief Telethon" with performances or appearances by Stevie Wonder, Jay-Z, Diddy, Master P, Omarion, Rihanna, B


Top Artists Raise Millions for Hurricane Victims
By Mary Morningstar
Washington
10 September 2005
Michael Jackson has written a song called "From the Bottom of My Heart," which he plans to record to raise money for Hurricane Katrina relief efforts. Jackson is reaching out to other artists to join him on the project, as he did in 1985 for the "We Are The World" hunger benefit. Jackson released a statement that said, "It pains me to watch the human suffering taking place in the Gulf region of my country. My heart and prayers go out to every individual who has had to endure the pain and suffering caused by this tragedy."

David Banner, Q-Tip, Remy Ma, more in NY concert
*Following his star-studded benefit concert for Hurricane Katrina victims in Atlanta Saturday night, rapper David Banner is headlining another benefit show tonight in New York at B.B. King’s. The Mississippi rapper, whose Saturday night show for his Heal the Hood Foundation featured T.I., Nelly, Lil’ Jon, and others, will share the NY stage with Q-Tip, Remy Ma, Styles P, dead prez, and Dave Chappelle. Showtime stars at 10 p.m.

Twista’s Chicago Benefit Concert
*Chicago rapper Twista has called upon his fellow Chi-Town hip hop artists to perform a free concert that will serve as a platform for businesses and the public to donate food, clothes and money specifically for the victims of Hurricane Katrina. Da Brat, Do or Die, Shawnaa, Crucial Conflict and Bump J have been confirmed for the show, to be held at Chicago’s House of Blues on Sept. 19.

From the Big Apple to the Big Easy
*Fats Domino, the Neville Bros and Allen Toussaint are among the performers scheduled for a Sept. 20 benefit for Hurricane Katrina victims at Madison Square Garden. The New Orleans music legends will join Joss Stone, Lenny Kravitz, Earth Wind & Fire, Elton John, Rod Stewart and other artists for “From the Big Apple to the Big Easy." In addition to underwriting the show, Madison Square Garden will donate $1 million to Katrina-related fundraising efforts. Other acts on the bill include Jimmy Buffett, Stevie Nicks, Bette Midler, John Fogerty, Elvis Costello, Simon & Garfunkel, Loggins & Mussina, the Original Meters and the Dirty Dozen and Rebirth Brass Bands. Proceeds from both shows will go to the Bush Clinton Katrina Fund, Habitat for Humanity, the MusiCares Hurricane Relief Fund and the Children's Health Fund.

Jazz Jam in Brooklyn, NY.
*Brooklyn New York’s Fort Greene community will host a Jazz Jam on Tuesday, Sept. 20, from 7 to 11 p.m. at Night of the Cookers (767 Fulton St.). All proceeds will go to Habitat for Humanity International for the rebuilding of affordable homes in New Orleans.

International Association of African American Music Foundation Fundraiser
*Jill Scott, TI, Pretty Ricky and Michael Ealy are confirmed to attend the International Association of African American Music Foundation’s fundraiser for New Orleans Hurricane Katrina Victims on Sept. 24 from 11:30 a.m. to 4:00 p.m. at New York City’s Negril Village restaurant (70 W. Third Street – between Thompson Street and LaGuardia Place). Roy Ayers, Jean Carne, Slum Village, producer Young Lord, NYC radio personality, Egypt (Power 105) and author Teri Woods will also be on hand to mix, mingle and serve lunch to guest donors. A silent and live auction will include a Bahamas vacation with VIP passes to Kool & the Gang’s concert; a personalized voicemail message belted by Will Downing; plus items donated by Destiny’s Child, Jaguar Wright, E. Lynn Harris, Musiq and Eric Benet. Event attendance donations are $25 at the door and $25 for lunch. Proceeds will benefit a local New Orleans grassroots organization.

Mississippi Rising
*Morgan Freeman, Whoopi Goldberg and Debbie Allen are among the confirmed participants for "Mississippi Rising," a concert to be held Oct. 1 at the Coliseum at the University of Mississippi in Oxford to benefit the Mississippi and Louisiana hurricane recovery funds. The event is being organized by Mississippians Sam Haskell III, former worldwide head of television at WMA, and Lanny Griffith, partner in the Washington-based lobbyist firm Barbour Griffith & Rogers. Freeman, Ward, Archie Manning, John Grisham and Brett Favre will be honorary chairmen of the event. Other confirmed guests include Ray Romano, Sela Ward, Jason Alexander, Kathie Lee Gifford, Delta Burke, Gerald McRaney, Mary Haskell, Lance Bass, Marilu Henner, Kathy Ireland, Marilyn McCoo, Billy Davis Jr., Doris Roberts and Steve Azar.

ETC

ETC

ETC

Publicado por: P Preto em setembro 29, 2005 05:28 PM

hello! http://www.dirare.com/Sweden/ online directory. About DIRare, Search in Business Category, Yellowpages search. From online directory .

Publicado por: online directory main em abril 20, 2006 02:02 PM

hello! http://www.dirare.com/Sweden/ online directory. MY yellowpages, SMART Yellow Pages, About DIRare. From online directory .

Publicado por: online directory main em abril 23, 2006 04:43 AM

hello! http://www.dirare.com/Sweden/ online directory. About DIRare, Search in Business Category, Yellowpages search. From online directory .

Publicado por: online directory main em abril 26, 2006 03:15 PM

hello! http://www.dirare.com/Sweden/ online directory. SMART Yellow Pages, About DIRare, Search in Business Category. From online directory .

Publicado por: online directory main em maio 19, 2006 05:20 PM