julho 15, 2004

THE AUSSIE THAT CONTROLS THE MEDIA

O movimento MoveOn, numa tentativa de demonstrar a parcialidade da Fox, uma das principais estações noticiosas de televisão norte-americanas (propriedade de Rupert Murdoch), patrocinou um estudo na forma de um documentário chamado Outfoxed. Na sua apresentação pode ler-se:

Seven days a week, 24 hours a day, Fox News Channel turns Republican talking points into news headlines. Now Uncovered director Robert Greenwald -- working with a group of Fox-monitoring MoveOn members -- has put together a documentary film called Outfoxed that exposes Fox for what it is: partisan spin, not news. (...)
Outfoxed was co-sponsored by the Center for American Progress and MoveOn. The film features former Fox News producers, reporters, bookers, and writers talking for the first time about how they were pressured to push each day's partisan message. Through leaked memos and never-before-seen Fox clips, Outfoxed makes a powerful and disturbing case not only about Fox, but about the state of American journalism.
Fox News makes no real distinction between its opinion shows and its news coverage -- partisan politics infuse all of Fox's programming. The media watch group FAIR just released a study of Fox's flagship evening news program, finding Republican guests outnumber Democrats by 5 to 1. Having an opinion is one thing. Insisting your partisan politicking is "fair and balanced" journalism is quite another. Whether you agree with Fox's politics is beside the point -- citizens in a democracy depend on unbiased news reporting.

O documentário Outfoxed vai ser vendido em DVD. Neste fim de semana o MoveOn está a organizar reuniões de divulgação onde o vídeo será exibido. Podem ver a apresentação e um trecho do mesmo aqui.
Outro estudo estatístico sobre a parcialidade da Fox News pode ser lido aqui.

Publicado por Filipe Moura em julho 15, 2004 01:31 AM | TrackBack
Comentários

Estive nos Estados Unidos acerca de um mês a visitar uns primos. Contavam eles horrorizados como o os noticiarios eram manipulados de forma a apresentar uma visão salvadora do exercito americano no Iraque (não se sabe que há oposição, da situação caótica no país, a informação é sonegada), eu propria cheguei a ver imagens como de um filme de propaganda se tratasse, com música de fundo género Adagio, imagens de soldados a ajudar as criancinhas a dar comidas ás mulheres.... manipulação da mais torpe.

Mas o pior devo dizer é um certo jornalista chamado Bill O'Reilly, uma espécie de Marcelo rebelo de Sousa lá do sítio, que através de uma série de desmontagem torpe de argumentos defendeu as torturas particadas pelos soldados americanos a prisioneiros de guerra. Argumentos como: como se podem tirar informações importantes sem "apertar" os prisioneiros,ninguém morreu no processo (!), estes são os mesmos terroristas que poem bombas no nosso país, etc e tal...foi de pasmar, mas verdadeiro e infelizmente e visto por milhões :(

Afixado por: Sofia em julho 15, 2004 10:31 AM

Que a Faux News é assim já toda a gente sabe há anos e anos. Mas há algo que não percebo: não era uma sinistra cabala judaica que controlava os media americanos?

Afixado por: Troll em julho 15, 2004 11:55 AM

Sobre esta matéria, convido-vos a ler a minha opinião aqui.

Afixado por: Pimenta em julho 15, 2004 12:24 PM

O "aqui" acima devia linkar a http://autodapimenta.blogspot.com/2004/07/propsito-deste-post-no-blog-de.html

Afixado por: Pimenta em julho 15, 2004 12:25 PM

Esta tira vem mesmo a propósito...

Afixado por: Luis Rainha em julho 15, 2004 04:35 PM
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?