« SÍSIFO | Entrada | DEPOIS DO TABACO MATA: A TELEVISÃO MURCHA »

setembro 16, 2005

O PROVIDO PROVEDOR

Exmo. Senhor Jorge Palinhos,

Serve este e-mail, (sic) para informar V. Exa. que o Provedor do Cliente da STCP, SA é um órgão autónomo e com estatuto próprio, à inteira disposição para receber e analisar as reclamações, queixas e sugestões dos Clientes e assegurar a defesa dos seus interesses e direitos.
Neste contexto, o seu pedido de informação extravasa as competências do Provedor do Cliente da STCP, SA, pelo que reencaminhei o seu e-mail para a STCP, SA (geral@stcp.pt), para eventual tratamento.
Porém, qualquer esclarecimento adicional poderá ser obtido através da Linha Azul nº 808 200 166.

Com os melhores cumprimentos,
P’ Provedoria do Cliente

[assinatura legível mas sou caridoso]

Pronto, e assim se vê para que servem os "provedores do cliente": para mandarem os clientes ir passear.

Para que conste, esta foi a resposta que recebi por ter reclamado que a renovação dos passes sociais da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto seja paga. A STCP está a reformular o sistema de cobrança de utentes, o que implica a emissão de novos passes. Não contentes com atazanarem os clientes, obrigando-os a arranjar fotografias, preencher formulários e esperar em bichas, a mesma empresa quer, ainda, cobrar por esta renovação forçada dos passes, independentemente do prazo de validade dos passes anteriores.
O custo, reconheça-se, não é muito elevado, só que o passe social serve a idosos e camadas sociais desfavorecidas, sem hipóteses de comprar veículo próprio, e por isso àqueles a que o dinheiro faz mais falta.
Assim se vê a consciência cívica das empresas públicas.

Publicado por Jorge Palinhos às setembro 16, 2005 11:48 AM

Comentários

As pessoas que ocupam esses cargos deviam meditar na utilidade das suas funções; ou seja: se justificam o que ganham em utilidade para a sociedade. Mas o que acontece é exactamente o contrário: eles acham que a "utilidade" que têm é serem inúteis para a sociedade.
Para que conste, o procedimento dos STCP até materializa uma descriminação, negativa, dos "tripeiros", em relação aos habitantes da grande Lisboa. Porque o Metro de Lisboa decidiu alterar o controle de bilhetes, criou um sistema que exigia a substituição dos cartões antigos pelos "Lisboa Viva" e essa substituição foi gratuíta (com o novo cartão enviado para casa e tudo) para todos os utentes que tivessem cartão e senha válida! Posso garantir, porque tratei de duas substituições sem pagar um tostão (para além das fotografias e do tempo, é claro). E mesmo em relação às filas era possível encontrar postos de atendimento acessíveis...

Publicado por: Biranta em setembro 16, 2005 12:29 PM

é evidente que, mais uma vez, os STCP se comportam como o puto que dá porrada nos outros todos porque não tem concorrência.
qualquer empresa civilizada, pública ou privada, em circunstâncias idênticas procederia de forma educada e gratuita, sem tratar os clientes como criaturas indesejáveis.
a título de exemplo, para além da Metro de Lisboa, veja-se a substituição dos cartões de aderente da FNAC...

Publicado por: NC em setembro 16, 2005 12:59 PM

Olha, aqui tens um bom exemplo sempre que quiseres diabolizar os privados e a dicotomia tão estúpida com as empresas públicas e o estatismo, o pior serviço que podemos prestar aos cidadãos.

Publicado por: Publico/privado em setembro 16, 2005 04:24 PM

Pois é, acontece que quem está na direcção dos STCP é o Juvenal Peneda e «sus muchachos», homem do aparelho do PSD e tachista militante, com provas dadas de imcompetência em vários cargos assumidos por ele anteriormente.
Não me parece que a direita tenha grande vocação e sentido de serviço público, aliás, em muitos casos,há mesmo a estratégia propositada de denegrir as empresas públicas para as passar a preço de saldo para as mãos dos privados.

Publicado por: Adaúfe em setembro 16, 2005 05:54 PM

Se o texto do post era interessante, ainda são mais esclarecedores os comentários.
Gostei.
E fiquei razoavelmente esclarecida.
Boa malha!

Publicado por: LG em setembro 18, 2005 03:30 AM

Ainda me lembro do que significa a sigla STCP: SOMOS TRATADOS COMO PORCOS.

Publicado por: talvez em setembro 19, 2005 12:40 AM