julho 02, 2004

MA FIN EST MON COMMENCEMENT

Como Ourobouros — a serpente que morde a própria cauda — a final do Euro 2004 é um regresso ao princípio, às origens, àquele maldito jogo de estreia. Portugal e Grécia vão defrontar-se de novo, para acertar contas, decidir o título e repor a harmonia quebrada. Até no plano simbólico, bate tudo certo: começámos nas trevas do Dragão para acabar no esplendor da Luz. E o estádio fica na Segunda Circular...

(OK, fico por aqui com a brincadeira, antes que pensem que me transformei na Fina d' Armada.)

Um pouco mais a sério: domingo à tarde, não nos espera o céu nem o inferno, mas apenas um estado transitório de glória ou decepção. Ainda assim, será tempo de catarse, uma palavra grega que se virará (espero) contra quem a inventou.

Publicado por José Mário Silva em julho 2, 2004 12:20 PM | TrackBack
Comentários

GUERRA TOTAL!!! Chegou ao nosso conhecimento que um site americano, ou blog ou lá como aquela merda se pode classificar tem em marcha uma campanha de difamação da pátria portuguesa.

www.worldwiderant.com

Em nome de uma suposta Comunidade Portuguesa de Blogs... defendam-se uns aos outros! Vamos rebentar com o gajo, aniquilar-lhe os comentários (se alguém perceber alguma coisa de scripts, faça favor de lhe rebentar o canastro), insultar, atacar sem medo este imperialista americano com ar de bacoco!

Aproveitem e passem também a palavra!

Afixado por: Dinhas em julho 2, 2004 03:56 PM

Tal como a cobra que morde a própria cauda...

Afixado por: zoe em julho 2, 2004 04:04 PM

Discuti este problema com os gregos presentes na conferência. Basicamente eles propõem condições fronteira periódicas. Os portugueses propõem condições fronteira antiperiódicas

Afixado por: Filipe Moura em julho 2, 2004 05:01 PM

Eles agora gostam mais do cattanacio.

Afixado por: BP em julho 3, 2004 01:14 AM

Estava a ser sério para lá do sério e quando quis falar a sério é que é a brincar, porque os símbolos e os arquétipos movem as emoções ao nível do inconsciente colectivo...ao nível em que todos somos sensíveis mesmo que a razão diga que é estupidez...


R.L.

Afixado por: rosa Leonor em julho 3, 2004 11:39 PM
Comente esta entrada









Lembrar-me da sua informação pessoal?