« O DÉFICE E A CONSTITUIÇÃO | Entrada | A PROPAGANDA BUSHISTA DO "NÃO" »

maio 26, 2005

SIMPLESMENTE SIM

O "sim" de Jacinto Lucas Pires. Claro e simples, directo no essencial. O lugar do "sim" dele é também o do meu.

Publicado por Filipe Moura às maio 26, 2005 12:04 PM

Comentários

Mas quando é que cessas com o "corta e cola" nos explicas as tuas razões? "Ser a caravela"... ele devia estar a falar de outro país qualquer que não o nosso pobre, periférico e minúsculo Portugal. Ridículo.

Publicado por: Sim? em maio 26, 2005 12:28 PM

O artigo não explica ABSOLUTAMENTE NADA, mas está bem...

Publicado por: ? em maio 26, 2005 03:41 PM

SIM SIM e SIM
Parabéns Jacinto Lucas Pires admiro a tua obra literária mas começo a admirar os teus comentários; espero que o trajecto político apesar do grande respeito pessoal não se assemelha a teu pai

Publicado por: jose luis brandão em maio 26, 2005 05:22 PM

Concordo com o ponto de interrogação.
Porque é que será que, para dizer algo tão evidente e banal, ? não se identifica - terá medo de represálias? Será vizinho de Lucas Pires? Será o próprio Lucas Pires?

Publicado por: Pedro Gil em maio 26, 2005 10:27 PM

Se o teu sim e tao simples e claro como o dele, entao deixa me dizer que simples sim e mas claro nao e nada. Desculpa la mas votar sim a uma CONSTITUIÇAO so para ser caravela e nao ficar a ver navios nao lembra ao diabo.

Publicado por: Rui Alves em maio 26, 2005 10:33 PM

O artigo de Jacinto Lucas Pires limita-se a dizer SIM porque SIM. É confrangedor que um intelectual não consiga fazer melhor. O NÂO não significa ver o navio passar, significa apenas dar outro rumo ao navio. Vejam o site do Informação Alternativa para ler artigos que realmente discutem o conteúdo do tratado constitucional.

Publicado por: IA em maio 28, 2005 07:41 PM