« ROGER-GÉRARD SCHWARTZENBERG: VOTAR "SIM" MAS COM CLARIFICAÇÃO POLÍTICA | Entrada | QUASE COMO UM SEGREDO »

maio 25, 2005

LIONEL JOSPIN: "O NÃO NÃO MUDARÁ NADA. O SIM É UMA ALAVANCA, O NÃO É UM IMPASSE"

No Libération:

Ce message adressé à l'électeur socialiste tenté par le vote sanction, l'ancien Premier ministre a ensuite brocardé le cocktail des non. Jean-Marie Le Pen, le président du Front national ? «Il propose de sortir de l'Union.» Olivier Besancenot, leader de la LCR ? «Il propose des états généraux du mouvement social.» Marie-George Buffet, secrétaire nationale du PCF ? «Elle veut un autre traité grâce à la mobilisation des forces progressistes. Mais elles sont en Europe quasiment toutes favorables au oui.» Et Laurent Fabius ? «Il considère le traité inacceptable, mais dit que, si on change trois choses, tout ira bien.»

Publicado por Filipe Moura às maio 25, 2005 03:54 PM

Comentários

Filipe, Jospin é, na minha opinião, um dos grandes culpados pela situação difícil que a França vive hoje.

Não me parece que a França lhe dê muito crédito...

Publicado por: André em maio 25, 2005 04:47 PM

André:
- não concordo com a tua apreciação do Jospin, mas isso é de esperar;
- a generalidade do povo francês está muito mais farta do Chirac e do Raffarin, e isso influencia o voto no não;
- o eleitorado que vai decidir o referendo - o socialista - tem o Jospin como referência.

Por isso, acho muito importante que o Jospin apareça e dê a cara pelo "sim".

Publicado por: Filipe Moura em maio 25, 2005 05:53 PM

Filipe, a França farta-se de quem lhe diz que tem de mudar (neste caso refiro-me a Raffarin), mas também não acredito que dê crédito a alguém como Jospin. Tenho para mim que Jospin chegou a primeiro-ministro sem saber bem como.

Publicado por: André em maio 25, 2005 06:16 PM