« SENSIBILIZAÇÃO DE CHOQUE | Entrada | PIROMANIA »

maio 13, 2005

OS "DESPERADOS"

A lei portuguesa relativa aos projectos turísticos (e não só) promove, a coberto do indispensável controlo do Ordenamento do Território por parte do Estado (os que duvidem que vão dar uma volta pela Brandoa ou por Portimão e Albufeira), um sistema burocrático com aspectos sinistros e autistas.
Por isso mesmo prefiro ser cauteloso antes condenar os ministros do PP agora acusados de actuação delituosa, pelo menos no que ultrapasse o nível de actuação política subjacente à tomada de decisões com esta importância em cima da hora da saída, de resto uma prática em que o PP nem sequer detém a exclusividade.
O que não é possível é aceitar o argumento do "excessivo peso do Estado" apresentado para justificar a corrupção.
Nem a activa, nem a passiva.
Sim senhor, talvez isso possa ser abordado num debate genérico sobre o assunto mas nunca quando analisamos uma situação concreta.
E é extraordinario e revelador da situação de desnorte que as pessoas que ocupam ou ocuparam cargos públicos, e se apresentam a eleições para ocuparem o poder, apresentem argumentos deste calibre quando simultaneamente vão recitando as orações "estou certo de que tudo não passará de um equívoco"´ou "até serem julgados são todos inocentes!", como se não soubessem de facto que é assim que eles e as suas respectivas pandilhas "funcionam".
Ah, como parece que eles realmente sabem do que falam quando referem o seu cepticismo quanto à "natureza humana"...

Publicado por tchernignobyl às maio 13, 2005 01:50 AM

Comentários

O nosso amigo Cherne, depois de longas ausências da coisa blog, aparece logo com posts de elevada substância

Publicado por: Real em maio 13, 2005 02:17 PM

OK, condená-los já não
Mas desconfiar, muito seriamente, sim.
Aquele Guedes, que de Nobre não tem nada, não engana ninguém...

Publicado por: Crítico em maio 13, 2005 05:56 PM