« VARGEM FRESCA | Entrada | MAIS UM ELO NA CADEIA INTERMINÁVEL »

maio 11, 2005

TRÊS MESES

A curva do amor paterno, já o suspeitava, tem uma progressão geométrica.

Publicado por José Mário Silva às maio 11, 2005 02:13 PM

Comentários

E nao deveria ser exponencial?

Publicado por: LA-C em maio 11, 2005 05:16 PM

Caro LA-C: tanto quanto me lembro, a progressão geométrica é exponencial.

Publicado por: José Mário Silva em maio 11, 2005 05:21 PM

Tome como progressão geométrica a sucessão a_n=(1/2)^n (um exemplozinho inocente) e pode concluir que o amor pelo seu rebento vai diminuindo ao longo dos dias.
Cuidado ao utilizar a matemática ;)

Abraços e felicidades.

Publicado por: Bruno em maio 12, 2005 04:26 PM