« EU E O OUTRO | Entrada | ABAIXO A CONCORRÊNCIA »

maio 10, 2005

DECLARAÇÃO DE CONIVÊNCIAS

Eu, Jorge Palinhos, maior de idade e e na plena posse de todas as minhas faculdades mentais (por muito escassas que sejam) declaro solenemente que nunca fui para os copos com o João Pedro da Costa, nem de outro modo frequentei discotecas, bares, clubes nocturnos, bares de strip, casas de alterne, bordéis ou encontros de bloggers com o mesmo João Pedro da Costa, que nunca troquei dois dedos de conversa com o citado João Pedro da Costa, apesar de termos pontos de vista em comum, nem nunca trocámos números de telefone, e-mails, faxes, números de ISP, de segurança social, do contribuinte ou mesmo códigos multibanco, nem nunca partilhámos um carro, um charro, uma seringa, um urinol, um preservativo, um segredo, uma bicicleta, ou mesmo um apartamento time-sharing em Albufeira.

Mais se declara que o post em causa do Leonardo da Vinci se constituia como uma referência elíptica ao lugar "homem renascentista", para descrever a extrema polivalência e à-vontade com que o supracitado João Pedro da Costa se move através de vários registos artísticos e bloguísticos, como se pode confirmar numa rápida passagem pelos arquivos do seu blog, e não ao seu talento para pintar paredes desbotadas e sorrisos amarelos e inventar sanduíches (embora tal possibilidade não seja de todo excluída).

Mais se lamenta o equívoco ocorrido, assente no pressuposto que a maioria dos leitores teria competências lúdicas mínimas, o que se reconhece não ser esse o caso.

O subscritor deste post gostaria ainda de se solidarizar com a destinatária deste post, na medida em que também ele lamenta que ninguém lhe queira publicar os posts em encadernação de luxo ou que tenha (aproximadamente) um milhão a menos de admiradores que o excessivamente mencionado João Pedro da Costa, mas informa que, ao contrário daquela, não tem complicações gástricas.

Publicado por Jorge Palinhos às maio 10, 2005 12:14 PM

Comentários

Quem muito se justifica perde a razão.
O desmentido foi feito mas o boato ou a metáfora ainda não caiu.
Complicações gástricas? Não percebi.Pouca clareza no discurso e lançamento de boato sobre o meu estômago.
Chamar leonardo Da Vinci (com link) ao proprietário do Ruínas Circulares revela-te um homem muito pouco viajado pela blogosfera portuguesa...logo a ´´unica justificação é o potencial " amiguismo".
amiguismo não tem nada a ver com amigos...a cena de copos, para ti é um boato, para mim uma metáfora.Podem tomar-se copos na internet sem nunca ter de trocar mails, faxes e telefones.Não faças os outros de estúpidos.
E agora o que me trouxe a esta caixa de comentários:

Obrigada pelo Link...adivinha-se uma boa amizade.

Publicado por: catarina em maio 10, 2005 01:23 PM

Obrigado, Jorginho (tás com o telemóvel desligado? É que a tua irmã, minha cunhada, deixou cá ficar o casaco do puto. Deixa lá, amanhã passo por tua casa e aproveito para te devolver o carro).

Publicado por: João Pedro da Costa em maio 10, 2005 09:42 PM

Exmo Sr. Jorge Palinhos:
Aconselhe e ajude o seu amigo João Pedro da Costa.Ele está a dar um mau exemplo.Não é assim que ele consegue defender a honra da senhora sua mãe.(referência ao post do Ruínas-"esclarecimento")
Pelos vistos, o João Pedro da Costa ficou magoado consigo por ter desmentido a amizade que existe entre os dois.
Outra coisa:lembre-lhe que já existe um blog espanhol chamado Las Ruínas Circulares.Nem o nome do blog é de sua autoria.Se é amigo dele, ajude-o.

Publicado por: patrícia em maio 10, 2005 10:54 PM

(LOL)

Publicado por: João Pedro da Costa em maio 11, 2005 12:50 PM