« ELEIÇÕES EM INGLATERRA | Entrada | THE BRITISH WAY OF LIFE »

maio 05, 2005

O SISTEMA ELEITORAL MAIORITÁRIO/UNINOMINAL

Do Público de segunda-feira passada:

«Troca de votos ameaça conservadores e desafia sistema uninominal

Um exemplo apenas: algures no norte da Escócia uma tradicional apoiante dos trabalhistas vai trocar o seu voto com um inglês do sul do país que sempre votou liberal democrata. Os dois não se conhecem e provavelmente não partilham ideologias ou ambições, mas concordaram em trocar votos para torná-los mais válidos. Assim ela vai votar LibDem porque o candidato deste partido na sua circunscrição tem reais possibilidades de derrotar o candidato conservador, e ele vai votar trabalhista para conseguir derrotar o candidato dos tories na sua circunscrição. Todos contra os conservadores, portanto.
A "moda" da troca de votos começou nas últimas eleições legislativas de 2001, onde as estimativas apontam para um universo de 5000 participantes activos nesta táctica eleitoral e vários observadores garantem que está bastante mais organizada este ano. Há vários sites na internet que se dedicam exclusivamente à troca de votos, quase todos eles empenhados em fazer a vida negra aos conservadores. Jason Buckley, no seu site www.tacticalvoter.net, explica que o seu objectivo é colmatar um sistema político injusto e garantir "que todos os votos contam". Ideologicamente, Buckley quer "travar a ameaça conservadora para depois encorajar um debate mais aberto e sincero entre o Labour, os LibDem, os Verdes e outros".
O cantor Billy Brag, apoiante dos trabalhistas, criou o www.votedorset.net para encorajar este tipo de promiscuidade eleitoral em Dorset, onde decorrerm várias corridas bastante renhidas. Mais do que apelar ao voto no Labour, Bragg pede aos eleitores que votem "contra os conservadores, porque eles exploram os medos e incitam aos preconceitos, levam a política para o esgoto, beneficiam os ricos e prejudicam os pobres e porque se eles ganharam... os trabalhistas perdem"»

Deus nos livre deste sistema eleitoral.

Publicado por Filipe Moura às maio 5, 2005 05:56 PM

Comentários