« NOTÍCIAS DE ALKMAAR (1) | Entrada | O SISTEMA ELEITORAL MAIORITÁRIO/UNINOMINAL »

maio 05, 2005

ELEIÇÕES EM INGLATERRA

Chega a ser comovente, partindo do princípio de que a hipocrisia pode comover, a forma como a direita portuguesa (e os conservadores em particular) deixam cair os seus velhos amigos tories e se congratulam, quase em êxtase, com a previsível vitória de Tony Blair — apesar de tudo, um trabalhista — nas legislativas de hoje.

Publicado por José Mário Silva às maio 5, 2005 12:27 PM

Comentários

Pelo estilo do título, até julguei que era um post da Emiéle, no Afixe...

Publicado por: Filipe Moura em maio 5, 2005 12:58 PM

É por causa do

"Eles Mentem, Eles Perdem".

jcd

Publicado por: jcd em maio 5, 2005 01:11 PM

Parece que a "Avestruz" vai ficar, mas a Ave Rara já há muito que foi reciclada pelo Comité Central !!

É a vida "Eles pensam que são espertos, Eles levam com elas "


Publicado por: Mr X em maio 5, 2005 01:34 PM

Assim como a esquerda Portuguesa de congratulou com a oposição francesa à guerra no Iraque (na pessoa de Chirac, personagem de Direita)?

Publicado por: Louco em maio 5, 2005 02:29 PM

os tories queimaram-se demasiado com a aventura tatcheriana. hipocritamente, sem qualquer espécie de vergonha no focinho criticam agora as mentiras do blair. é um caso extremo de inveja por não terem tido eles oportunidade de enfiarem os mesmos barretes.
por muito que o blair tenha enterrado o labour, o pessoal não é parvo e já sabe com o que contaria com os conservadores. mais corrupção, abuso de poder , egoismo desenfreado e o mesmo apoio canino ao bush. sendo assim, e mal por mal.. parece não existirem muitas alternativas.

Publicado por: tchernignobyl em maio 5, 2005 02:52 PM

Atendendo a que Blair se propôs governar «ao centro» (tanto na política como no futebol = tédio imenso), parece que cumpriu razoavelmente esse objectivo (ai o Iraque...).
Por isso, corroborando o tom do post: quando se tem trabalhistas assim, quem precisa de conservadores?

Publicado por: JQ em maio 5, 2005 03:33 PM

Por muito que a esquerda se tenha "congratulado" com o Chirac não deixou cair a esquerda francesa — que era, e é, contra a guerra, ó camarada louco!

Publicado por: Marujo em maio 5, 2005 04:09 PM

quando se tem trabalhistas assim, quem precisa de conservadores?

Exactamente. Até por que o Blair é muito mais estético que os outros concorrentes. E apesar de muito mais à esquerda que Chirac, é muito menos estatista.

Publicado por: Pedro Oliveira em maio 5, 2005 05:16 PM

tchernignobyl: perfeito! Tu de facto percebes os ingleses e e nem precisas de viajar.

Publicado por: Luis Oliveira em maio 5, 2005 05:45 PM