« O ACOSSADO | Entrada | AUTOCARROS (I) »

abril 21, 2005

E A MONA, ONDE É QUE PÁRA?

O João Pedro desenha, ilustra, anima em HTML, é melómano compulsivo, escreve, fotografa, polemiza, teoriza, auto-parodia-se e comenta.

Já podemos começar a chamar-te "Da Vinci dos blogues"?

Publicado por Jorge Palinhos às abril 21, 2005 10:46 AM

Comentários

Pois, mas recordam-se daquilo que o maestro Vitorino disse sobre a música Rock?

Publicado por: Ansiosa em abril 21, 2005 11:20 AM

Pois, mas recordam-se daquilo que o maestro Vitorino disse sobre a música Rock?

Publicado por: Ansiosa em abril 21, 2005 11:27 AM

Ansiosa, pá, fazes jus ao nome.
;)

Publicado por: José Mário Silva em abril 21, 2005 11:34 AM

Eu antes queria ser conhecido como o Lebowski da blogosfera, mas tá bem - pode ser. ;)

Um abraço e obrigado

PS: um comentário meu a este post foi apagado há poucos minutos. Foi acidente, foi de propósito ou estou a alucinar (normalmente só alucino à noite, mas nunca se sabe)?

Publicado por: João Pedro da Costa em abril 21, 2005 12:01 PM

João Pedro:

Não faço ideia do que aconteceu ao comentário. Se calhar foi o mesmo que à Gioconda há uns anos: foi roubado.

Publicado por: Jorge P. em abril 21, 2005 12:19 PM

(Não assim tão valioso, mas tá bem. Vou já fazer queixa à Judiciária.)

Publicado por: João Pedro da Costa em abril 21, 2005 12:31 PM

Eh, pá, não me digas que os tipos da RIAPA, para além de nos encherem as caixas de lixo, agora também conseguem apagar os comentários válidos. Só pode ter sido uma coisa dessas, ou uma acção vingativa do Espírito Santo, a mando do novo Papa.
Mil desculpas, JP.
Como se costuma dizer, a gerência deste estabelecimento é alheia ao sucedido.
Um abraço,
ZM

Publicado por: José Mário Silva em abril 21, 2005 02:49 PM

Pois, a verdade é que este mistério também me confunde. A minha teoria ( que ainda não foi desmentida ) é que este homem não existe. Isto é mas é uma equipa a trabalhar frenéticamente em diversas áreas e que decidiu usar um nome comum para causar estes efeitos especiais.
(nota - realmente às vezes os comentários aqui volatilizam-se; já me tem acontecido mas vou-me sempre resignando...)

Publicado por: Emiéle em abril 22, 2005 08:18 AM

Ah, que desilusão, à primeira leitura julguei que fosse eu.

Publicado por: João Pedro em abril 22, 2005 11:34 PM

Yô Dude! My man... mas tu dormes?
Só uma completa Dudeness pode ser tão omnipresente... espiritualmente falando... ou coisa assim... tás a ver... uma espécie de... mas não tanto... mais como...
vou embora.

Publicado por: Carlos Teixeira em abril 23, 2005 01:20 AM